Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

sábado, 28 de abril de 2018

Lições de superação: Nick Vujicic e Kanae-Miyahara


Nicholas James Vujicic, conhecido como Nick Vuijicic, é o filho mais velho de um casal de imigrantes sérvios, da Iugoslávia, que se estabeleceram na Austrália. Nasceu em Melbourne, em 4 de dezembro de 1982.

Nick Vuijicic veio a este mundo vitimado por uma doença congênita rara, caracterizada por uma falha embrionária que causa deformação física e  leva a maioria dos portadores à morte pouco depois do nascimento. A síndrome chama-se Tetra-amelia, conhecida também como focomelia. Os bebês afetados por este mal, durante todo o desenvolvimento na fase da produção intra-uterina, têm seus membros superiores e inferiores formados de maneira inadequada. Esta condição fez com que faltassem a Nick pernas e braços normais. Ele possui dois pés pequenos, um dos quais com dois dedos. Exceto pela deficiência física, Vujicic é uma pessoa que goza de saúde.

Nick é apontado como um dos sete indivíduos sobreviventes do planeta que vivem com a síndrome. Originalmente, os dedos de Nick eram fundidos, uma operação foi realizada para separá-los, para que pudesse usá-los para agarrar objetos, virar uma página e executar outras funções. Após a intervenção cirúrgica, é possível a ele manusear o copo de água e bebê-la, barbear-se, pentear o cabelo e escovar os dentes, operar uma cadeira de rodas elétrica, escrever, usar um computador, atender ao telefone celular. 

De acordo com sua autobiografia, após sua mãe dar-lhe à luz, recusou-se a vê-lo ou abraçá-lo enquanto a enfermeira o segurava na frente dela. Declarou em palestra que sua mãe, por estar em choque emocional, não conseguia tê-lo nos braços e nem amamenta-lo. Mas ela e o marido acabaram aceitando a condição do filho e consideraram que seu estado físico era o plano de Deus para sua vida.

Depois que sua mãe lhe mostrou um artigo de jornal sobre um homem que sofria de uma deficiência grave aos dezessete anos, ele começou a dar palestras em seu grupo de oração.

Devido ao problema de saúde, Vujicic cresceu afligido por dificuldades e privações. Ainda menino, foi proibido de frequentar uma escola regular por causa de sua deficiência física. Durante a sua escolaridade, as leis foram mudadas e Vujicic foi um dos primeiros estudantes deficientes físicos a ser integrado numa escola regular.

Apesar de se ver intimidado por sua realidade, sofrer bullying e depressão e ter pensado em suicidar-se aos oito anos de idade, pedir a Deus que fizesse seus braços e pernas crescerem, afirma que o período da sua infância foi surpreendentemente normal, e prosperou em sua juventude e adolescência. Aos dez tentou se afogar e desistiu por causa do amor de seus pais, não quis provocar neles o sofrimento causado pela atitude de dar cabo da própria vida.


Aos nove anos de idade, residia em Malbourne, com seus pais, um irmão e uma irmã. Era depressivo, achava que nada de bom poderia acontecer a sua vida, via pessoas com braços e pernas e perguntava a razão de não ter esses membros. Pensava que nunca seria feliz e que sua vida jamais teria um propósito além da dor e da humilhação. Acreditava que nunca teria um emprego e que seria um peso financeiro para seus pais. Tinha a certeza que jamais iria se casar e que nunca estaria pronto para segurar os filhos quando eles chorassem.

Os pais de Nick também oravam pedindo a Deus braços e pernas para ele, porém, conscientes que se não fossem atendidos acreditavam que havia um bom propósito de Deus para aquela situação. E lhe disseram: "confie em Deus, faça o seu melhor; aceite o que não pode mudar e tente mudar aquilo que você pode". Então, Nick se deu conta que suas realizações poderiam ser inspiradoras para muitas pessoas e começou a agradecer por estar vivo.

A grande mudança ocorreu quando sua mãe lhe mostrou um artigo de jornal sobre um homem lidando com uma grave deficiência.  Isso o levou a perceber que ele não era o único que lidava com grandes problemas, que mesmo que não recebesse um milagre poderia ser um milagre para a vida de outras pessoas.

Aos 15 anos de idade, começou a sua jornada de fé, acreditando em Deus e numa vida de orações, sem ter nenhuma ideia de qual plano Deus tinha para sua vida, cujo objetivo principal era que ajudasse outras pessoas. Quando leu o Salmo 139 entendeu que foi feito pelo Criador de maneira maravilhosamente assombrosa. Entendeu que havia uma Força Maior, que na verdade não precisava de braços e pernas, e sim, de Deus! Compreendeu que não precisava de dinheiro, o que realmente precisava era da paz de Deus. Entendeu que todo o dinheiro, todo o sexo, todas as coisas desse mundo se comparadas com a paz de Deus são apenas lixo.

Aos dezessete anos, demonstrou haver superado sua deficiência ao realizar palestras em seu grupo de oração. Depois do período de ensino regular, Vujicic frequentou a faculdade. Graduou-se na Griffith University aos 21 anos, obteve o grau de bacharel em Comércio, com dupla especialização em contabilidade e planejamento financeiro.

No colégio, uma funcionária o fez entender que poderia ser um bom palestrante, e o colocou diante de colegas estudantes. Assim que começou a falar, se apaixonou pela ideia de transmitir esperança e dizer que todos podem ter sonhos, “sonhar grande”. Ao ouvi-lo, algumas pessoas começaram a chorar, e uma adolescente desabafou dizendo-lhe: “nunca alguém havia me dito que eu era bonita como eu sou e que me amava do jeito que eu sou”. 

Em 2005, fundou a Life Without Limbs (Vida sem Membros), uma organização sem fins lucrativos. Em 2007, a empresa Attitude is Altitude, pela qual passou a viajar como palestrante motivacional, recebendo a cobertura da mídia de massa devido a essa atividade. Concedeu sua primeira entrevista de televisão, com potencial alcance mundial, a Bob Cummings, em 28 de março de 2008, apresentada pela ABC. Esteve como entrevistado no programa The Oprah Winfrey Show.



Dirige-se às congregações cristãs, escolas e reuniões empresariais. Ele dá palestras regularmente, mostra sua experiência de vida como exemplo aos que buscam a felicidade. apresenta a superação de sua dificuldade, como vive plenamente apesar da dificuldade. Fala sobre esperança e o sentido da vida. Enfoca temas que os adolescentes de hoje enfrentam.

Até o momento, o número de sua audiência ultrapassa três milhões de pessoas, esteve em 24 países e  e participou de conferências nos cinco continentes. Reflita sobre duas frases motivacionais de Nick:
"Nós temos feridas abertas, nós todos temos medos. O medo de falhar, o medo do escuro ou de o que quer que seja. Mas o bonito disso é que podemos transformar as nossas fraquezas em grandes oportunidades."
"O seu valor não é determinado por quem te reconhece, ou que tipo de instrução secular você teve ou quanto dinheiro você tem. Dinheiro, drogas, álcool, sexo, pornografia.. Se você colocar a expectativa da sua felicidade em coisas temporárias, sua felicidade será temporária também. Precisamos descobrir a verdade sobre nosso objetivo e o nosso valor." 
Vujicic estrelou o curta-metragem"Butterfly Circus" (O Circo da Borboleta) e em 2010 no Method Fest Independent Film Festival  foi premiado como Melhor Ator por sua atuação como Will. 

Vujicic escreveu o livro intitulado Life Without Limits: Inspiration for a Ridiculously Good Life (Vida Sem Limites: Inspiração para uma Vida Ridiculamente Boa), publicado em 2010 pela editora Random House. 


Em 2006, ele se mudou para a Califórnia, e dois anos depois conheceu nas proximidades de Dallas a jovem Kanae Miyahara, filha de um engenheiro agrícola japonês e uma mãe mexicana, nascida no México e residente no Texas. Ela compareceu em uma de suas palestras e se casaram em 2012. Atualmente Nick tem quatro filhos com ela e todos moram no sul californiano.

Na fase adolescente, pensava que jamais poderia se casar, e se casasse jamais pegaria na mão de sua esposa e filhos. Ao entrar na fase adulta e já casado, disse em entrevistas e palestras que compreendeu que mesmo não tocando na palma da mão de sua mulher é possível segurar o coração dela. Na questão da paternidade, lamentava não haver a possibilidade de abraçar os filhos quando chorarem, e ao ser pai de duas crianças entendeu que precisa ser o melhor pai do mundo, se não pode abraçá-los, eles têm que sentir o desejo de lhe abraçar.

Nick trabalha com órgãos governamentais em seis países da Europa. Governantes europeus implementam o seu método nas escolas, cuja didática aborda o valor do caráter, a responsabilidade, a identidade, a boa auto-estima, o empreendedorismo, o bullyng e como refutá-lo, como criar bons líderes para a sociedade.

É evangelista cristão. Em suas páginas virtuais, Vujicic declara ter renascido espiritualmente e sua adesão ao Cristianismo. Expõe abertamente aos internautas sua crença na inerrância da Bíblia Sagrada. Fala sobre as doutrinas do pecado, da redenção e da Segunda Vinda de Cristo. Porém, não compartilha qual é a denominação evangélica na qual congrega.

E.A.G.

Com informações de:
Arquivos Gerais, Nick Vujicic no Encontro com Fátima Bernardes - 13/12/2016 - completo, https://www.youtube.com/watch?v=z_ns6-Lehds&t=180s
Arquivos Gerais, Lindo e Emocionante! Nick Vujicic no Caldeirão do Huck - 31/12/2016 - completo, https://www.youtube.com/watch?v=ALcjrF1h_hw&t=482s
Wikipedia Estados Unidos - https://en.wikipedia.org/wiki/Nick_Vujicic
Wikipedia Brasil - https://pt.wikipedia.org/wiki/Nick_Vujicic 

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.