EBD - Escola Bíblica Dominical

Temas

Angeologia      |      Apologia Cristã      |      Antropologia Bíblica      |      Bibliologia      |      Cristologia     Eclesiologia      |      Escatologia       |      Soteriologia      |      Hamartiologia      |    Pneumatologia      

Select the language

Pesquisar este blog

Arquivo | 14 anos de postagens

segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

A motivação de pessoas envolvidas no cristianismo

Quando Jesus iniciou o período em que se dedicou integralmente a sua missão, Ele não precisou anunciar a realização de um grande evento, pois sabia onde estavam as pessoas que precisavam de ajuda. Apesar disso a notícia se espalhou e muitos eram levados até Ele. Possivelmente a motivação dessas pessoas fosse apenas buscar a cura ou a solução de seus problemas. 

Na atualidade muitas pessoas fazem o mesmo. Encontram-se mais interessadas nisso do que na vida nova que Ele oferece? 

De outra parte, será que os que conhecem a Cristo estão espalhando a Boa Notícia de que Ele veio ao mundo e que, por sua morte em nosso lugar, podemos ter vida completa aqui na terra e vida eterna no céu? Entregam a mensagem de Jesus aos que sofrem e não têm esperança? É necessário que os cristãos apresentem Jesus e convidem as pessoas a deixarem seus sofrimentos - espiritual, emocional e físico - nas mãos dAquele que sofreu por nós.

"Jesus percorria toda a Galileia, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do Reino e curando todo tipo de doenças e enfermidades entre o povo. E a sua fama correu por toda a Síria. Trouxeram-lhe, então, todos os doentes, acometidos de várias enfermidades e tormentos: endemoniados, epilépticos e paralíticos. E ele os curou. E da Galileia, de Decápolis, de Jerusalém, da Judeia e do outro lado do Jordão numerosas multidões o seguiam" - Mateus 4.23-25.

O texto diz "numerosas multidões o seguiam". E hoje? É possível considerar que muitos procuram Jesus motivados apenas pelo que Ele pode fazer por eles física e até financeiramente? Será que desejam receber benefícios, mas não querem ter compromisso com Cristo? 

Qual será a nossa motivação ao buscar a Cristo? Será que nossa prioridade é a mudança espiritual que Ele traz? A vida cristã nem sempre atrai, talvez porque durante a caminhada cristã o sofrimento está presente. No entanto, ter um amigo com quem contar quando sofremos faz toda a diferença. Não podemos esquecer jamais que Cristo prometeu sua companhia e auxílio, não uma vida isenta de sofrimentos.

Com certeza, Jesus disse: "Em verdade, em verdade lhes digo que aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço e outras maiores fará, porque eu vou para junto do Pai. E tudo o que vocês pedirem em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. Se me pedirem alguma coisa em meu nome, eu o farei" - João 14.12-14.

Qual é a sua motivação quando você pensa em seguir a Cristo? Você busca uma melhora temporária? O que tem feito para que outros conheçam a Jesus? Seguir a Jesus é uma decisão de longo prazo, a vida neste mundo está cheia de momentos de altos e baixos, o cristão encontra capacidade para dar a volta através do conhecimento do amor e poder de Deus. 

O resultado de seguir a Cristo será visto na eternidade. "Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor" - 1 Coríntios 15.58.

E.A.G.

2 comentários:

Carlos Roberto, Pr. disse...

Caro amigo Elizeu Gomes,
A Paz do Senhor.
Concordo plenamente com a sua lavra, sempre necessária, pertinente e cirúrgica.
Deus te abençoe!
Swu conservo em Cristo

Anônimo disse...

Pastor Carlos Roberto.

Deus o abençoe, meu irmão. Abraço.