Objetivo

Este site tem a finalidade de, com toda a simplicidade das pombas, prudentemente, mostrar o que o crente em Jesus espera. Reflexão. Informação. Opinião. Fotografia. Troca de ideias. Blog idealizado por Eliseu Antonio Gomes. Criado em 12 de junho de 2007.

Select the language

Arquivo | 13 anos de postagens

Pesquisar este blog

domingo, 1 de agosto de 2021

Não se preocupe!

Por George R. Foster

Tanta gente anda preocupada. Em dias conturbados como estes que vivemos, não é de se entranhar que em determinados momentos, quase todos têm dificuldades de sair do estresse e ficar com o coração aliviado. Não é porque queremos  e muito menos porque decidimos fazê-lo, mas é difícil manter a alegria e uma atitude positiva diante das dificuldades da vida.

Embora Filipenses 4.6 a Bíblia nos ordene: "Não fiquem preocupados com coisa alguma, mas, em tudo, sejam conhecidos diante de Deus os pedidos de vocês..." assim mesmo ficamos ansiosos e deixamos de orar sobre muitas coisas. A ansiedade passa a fazer parte tão constante em nossa vida que nem percebemos quando vem, quando vai, ou se em algum momento estamos livres dela.

Afinal, o que é preocupação? Talvez a definição mais simples seja "atormentar-se com pensamentos negativos e dolorosos sobre possíveis acontecimentos no futuro ou possíveis consequências de acontecimentos do passado".

A ansiedade não é simplesmente nos prepararmos para o dia de amanhã. É ser acometido de um medo irracional por fatos que talvez nunca aconteçam ou que, quando acontecem, raramente serão sérios como imaginamos. A preocupação, na verdade, é o medo em sua forma mais comum e prolongada.

Por que Paulo escreve sobre a preocupação? De ser porque quase todos se preocupam, e isso não faz bem a ninguém, não resolve nada, e não honra a Deus que prometeu sempre cuidar de nós.

Jesus e Paulo estão de acordo em ralação à ansiedade. Não devemos nos preocupar.
• com comida ou bebida;
• com vestuário;
• com o dia de amanhã;
• com o que vamos dizer na hora do aperto;
• com a nossa vida;
• com alguma coisa.
Mas para ficarmos livres da ansiedade; temos de substituí-la. Por exemplo:

Trocar a ansiedade por prioridades corretas. "Mas busquem em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas lhes serão acrescentadas" (Mateus 6.33). Quando cuidamos dos interesses de Deus, sabemos que Ele cuida dos nossos interesses. Quando invertemos essa ordem, passamos a duvidar dessa promessa.

Trocar a ansiedade por conceitos racionais. Em Lucas 12.27-31, Jesus falou de maneira racional com os discípulos: "Vejam os campos...veja as flores, veja as aves... Vocês têm mais valor que tudo isso, logo, ele cuidará ainda mais de vocês." 

Trocar a ansiedade por perspectivas acertadas. Devemos sempre nos fazer duas perguntas quando sentimos que estamos começando a ficar ansiosos: "O que pode dar errado? E qual será a gravidade da consequência do imprevisto? Temos de calcular a seriedade desses possíveis contratempos e cuidar de não fazer tempestade em copo d'água.

Trocar a ansiedade por esperança. O salmista escreveu: "Na verdade, dos que em ti esperam, ninguém será envergonhado; envergonhados serão os que, sem motivo, procedem traiçoeiramente" (Salmos 25.3). "Sejam fortes, e que se revigore o coração de todos vocês que esperam no Senhor" (Salmos 31.24). 

A esperança, no sentido bíblico da palavra é muito mais do que um desejo de que tudo dê certo, é o fundamento sobre o qual construímos nossas expectativas. É o próprio Cristo, a palavra dEle, e o caráter dEle. Ele é nossa esperança.

Trocar a ansiedade pela consciência da presença de Deus. Os dois discípulos que caminhavam para Emaús estavam atrasados. Cristo estava morto, sepultado, e o corpo havia desaparecido. Os seguidores de Jesus não sabiam mais o que pensar, fazer ou esperar. Naquele momento de desespero, o Cristo ressurreto se juntou a eles. ouviu suas reclamações, e eles não perceberam que quem lhes falava era o próprio Senhor. Depois, no momento certo, ele se revelou a eles (ver Lucas 24). Quantas vezes ele nos acompanha e não reconhecemos sua presença! Nunca devemos dar crédito à ideia de que Ele não está conosco. Como filhos de Deus, onde nós estivermos Ele também estará!

Trocar a ansiedade pela ação. Tenho uma placa em meu escritório com os seguintes dizeres: "Não deixe para amanhã o que você tem de fazer. Faça-o agora." A procrastinação nunca será um alívio para o estresse. Preciso agir, mesmo que a única ação é deixar Deus agir por mim.

Trocar a ansiedade pela oração. O hino diz tudo, "Oh! que paz perdemos sempre, oh! que dor no coração, só porque nós não levamos tudo a Deus em oração!" Na oração conquistamos não somente a intimidade com Deus, mas encontramos a paz, a coragem, a força de que precisamos, e as soluções para nossos problemas.

Tive a tarefa na da invejável, nos últimos meses de trabalhar em um livro sobre a paz em um dos periódicos mais tumultuados da minha vida. Às vezes senti-me indigno de escrever sobre sobre o assunto quando faltava paz no meu coração. Mas o processo me fez bem. Tive de valer-me de todas as técnicas mencionadas anteriormente. Um dia minha esposa leu o texto que eu escrevia e perguntou chorando: Você não percebe que está escrevendo para você mesmo?"

Dei razão a ela, e pensei: "Pelo menos posso entender um pouco mais as aflições das pessoas que vão ler este livro e preparar um texto que fale aos coração delas." Durante todo tempo de indecisão e desconforto, senti o Senhor comigo e sei que ele tem um propósito para o que deixou acontecer.

Além do mais, tenho aprendido a refletir sobre o caráter de Deus e afirmo cada vez mais com maior convicção:
Deus é bom; quer o melhor para mim.
Deus é poderoso; consegue fazer o que é melhor para mim.
Deus é sábio; sabe o que é melhor para mim.
Deus é fiel; promete o que é melhor para mim e cumpre suas promessas.
Deus é paciente; espera até que eu esteja preparado para provar o que é melhor para mim.
Deus é justo; em cada situação suas obras são perfeitas.
Deus se importa comigo; sente a minha dor e está sempre ao meu lado.
Por essas razões e muito mais podemos deixar nossa ansiedade, estresse, e preocupação nas mãos de Deus. "Lancem sobre ele todas as suas ansiedades, porque ele cuida de vocês" (1 Pedro 5.7).


Texto adaptado do livrete A Paz que Você Procura, da Editora Betânia, via revista Mensagem da Cruz, número 118, julho a setembro de 2002. Venda Nova - MG (Editora Betânia). Na data de publicação do artigo: George Foster esteve como. membro da Missão Evangélica Betânia, apresentou-se como conferencista e trabalhou como diretor regional de missões pela Europa.

Nenhum comentário: