Objetivo

Este site tem a finalidade de, com toda a simplicidade das pombas, prudentemente, mostrar o que o crente em Jesus espera. Reflexão. Informação. Opinião. Fotografia. Troca de ideias. Blog idealizado por Eliseu Antonio Gomes. Criado em 12 de junho de 2007.

Select the language

Arquivo | 13 anos de postagens

Pesquisar este blog

sexta-feira, 28 de maio de 2021

Adeus, Lula Molusco

Por Devacir Carneiro

O Molusco livre foi um tiro no pé. Claro que os petistas já perceberam que a estratégia falhou.

Eles pensaram que Lula botaria fogo no país, voltaria a mobilizar as massas, e ressurgiria como a Fênix de Garanhuns. Ledo e fatal engano. A soltura mostrou aos petistas a face mais cruel da realidade: O desprezo do povo pelo ex-presidiário. Hoje ele é carregado por um punhado de puxa sacos, como um cadáver putrefato, fedorento, que as pessoas sentem náusea ao avistar.

A figura causa repulsa, nojo, asco, na maioria do povo. Seus discursos não conseguem reunir um número minimamente decente de pessoas, nem na internet, e ainda por cima, têm de aguentar os protestos e xingamentos de muitos - fora a já tradicional chuva de ovos.


A desmoralização é total. E os petistas notaram isso. E estão estupefatos, pois o choque de realidade foi grande demais. Agora, estão sem saber o que fazer com a carcaça pútrida. Preso, ainda tinha alguma relevância, por conta do discurso "sou vítima". Solto, perdeu tudo, até mesmo a narrativa mentirosa de preso político.

Mas, a vida segue. Rei morto, rei posto. Afinal, agora, o Sistema aceitou que não pode mais contar com uma hipotética ressurreição de Lula.

Então agora, eles têm um problema: quem poderia substituí-lo na batalha pelas eleições de 2022? O Sistema não consegue encontrar alguém na centro esquerda ou mesmo no Centro Democrático, apelidado por incautos de "centrão", que seja páreo para Bolsonaro. Na esquerda, Ciro Gomes é irrelevante. Rodrigo Maia? Uma piada sem nenhuma graça. Huck? Pior ainda. João Dória? Suicidou-se politicamente.

A esperança era Lula. Lula não existe mais. Poderiam apelar para um plano B, mas a verdade é que também não existe um plano B. O desespero é grande. A tendência é que, se não encontrarem um nome forte, terão de aguentar a reeleição de Bolsonaro, e, ainda o ver fazendo um sucessor. O golpe seria duro demais.

Pior para o Sistema composto por vermes que infestam e aparelham todo o testamento político e burocrático, e que terminarão morrendo à míngua. Melhor para os patriotas e pessoas de bem, deste país.

São novos tempos, graças a Deus!


Fonte: Rudiber Lotufo, Facebook, Adaptado ao blog Belverede.

Nenhum comentário: