.____________________________________________

Este site tem a finalidade de, com toda a simplicidade das pombas, prudentemente, mostrar o que o crente em Jesus espera. Reflexão. Informação. Opinião. Troca de ideias. Blog idealizado por Eliseu Antonio Gomes. Criado em 12 de junho de 2007.

Research | Pesquisar artigos de Belverede

sábado, 12 de dezembro de 2020

Hulda: a profetisa escolhida por Deus na geração de Jeremias e Sofonias

Por Eliseu Antonio Gomes

A Bíblia Sagrada não fornece muitos detalhes sobre Hulda, profetisa em Jerusalém numa época em que poucos judeus davam ouvidos ao Senhor. As informações que encontramos sobre ela nos esclarece que esta mulher soube viver em comunhão com Deus em tempo de apostasia generalizada. A história de Hulda encontra-se em 2 Reis 22.14-20 e 2 Crônicas 34.19-22.

Durante o reinado de Josias, o sacerdote Hilquias encontrou o Livro da Lei na Casa do Senhor  e este o entregou a Safã, e este leu-o para o rei. Então, quando Josias tomou ciência da situação de rebeldia espiritual praticada pela nação que ele era o líder, cheio de grande temor rasgou-suas vestes, ficou muito preocupado, entristeceu-se muito e, querendo tomar decisões corretas, ordenou: "Vão consultar o Senhor por mim, pelo povo e por todo o Judá, a respeito das palavras deste livro que foi encontrado. Porque é grande o furor do Senhor, que se acendeu contra nós, porque os nossos pais não deram ouvidos às palavras deste livro, para fazerem segundo tudo o que está escrito a nosso respeito (2 Reis 22.13).

Apesar de os profetas Jeremias e Sofonias ainda estarem vivos, Hilquias, e os mensageiros do rei, Aicão e Acbor, procuraram a profetisa Hulda, que morava no bairro novo de Jerusalém, era esposa de Salum, o encarregado das vestimentas da Casa do Senhor. (2 Reis 22.11-14; 2 Crônicas 34.19-22). Eles contaram-lhe o que havia ocorrido.

Hulda foi escolhida por Deus para entregar a mensagem divina ao monarca. Caso fosse entregue por Jeremias ou Sofonias, não há dúvida de que seria o mesmo recado, porém, através de uma mulher o modo de dizer veio em um tom  ameno e encorajador como Josias necessitava recebê-lo.

Hulda pronunciou-se desta maneira: "Assim diz o Senhor, o Deus de Israel: 'Digam ao homem que os enviou a mim: ‘Assim diz o Senhor: Eis que trarei desgraça sobre este lugar e sobre os seus moradores, a saber, todas as palavras do livro que o rei de Judá leu. Por terem me abandonado e queimado incenso a outros deuses, para me provocarem à ira com todas as obras das suas mãos, o meu furor se acendeu contra este lugar e não se apagará.' Mas ao rei de Judá, que os enviou para consultar o Senhor, digam o seguinte: 'Assim diz o Senhor, o Deus de Israel, a respeito das palavras que você ouviu: Visto que o seu coração se enterneceu e você se humilhou diante do Senhor, quando ouviu as ameaças que fiz contra este lugar e contra os seus moradores — que seriam objeto de horror e de maldição —, rasgou as suas roupas e chorou diante de mim, também eu ouvi a sua oração, diz o Senhor. Por isso, deixarei que você morra e seja sepultado em paz, e os seus olhos não verão todo o mal que trarei sobre este lugar.' ” (2 Reis 22.14-20).

Os enviados do rei entregaram-lhe a mensagem. Ao ouvir a profecia, o rei Josias tomou a decisão de renovar sua aliança com o Senhor. Tomou outras atitudes importantes, entre estas atitudes estava fazer com que o povo de Israel seguisse os estatutos e mandamentos que estavam escritos no Livro da Lei, isto é, servisse ao Senhor de todo o coração e abandonasse a idolatria. Para isso, empreendeu a reforma do Templo, que havia sido esquecido por reis anteriores, para que os israelitas voltassem a adorar a Deus (2 Reis 21.20-22; 22.3-7; 2 Crônicas 33.1-10; 34.8-34). 

Em meio à mensagem de condenação, Hulda encontrou palavras de encorajamento ao rei Josias. Através do seu exemplo, vemos que Deus busca instrumentos para transmitir sua mensagem, pessoas dispostas a obedecê-lo, independente se é um coração masculino ou feminino. Aprendemos que é preciso informar a verdade proveniente do Espírito Santo e que ao sermos firmes não precisamos ser rudes. 

Dizer a verdade é uma responsabilidade que, como cristãos, não podemos negligenciar jamais.

Nenhum comentário:

Voltar ao início da página


Blog Belverede 12 anos de atividades - https://belverede.blogspot.com.br

Introdução aos livros do Antigo Testamento.

Conclusão em andamento.

GênesisÊxodoLevíticosNúmerosDeuteronômioJosuéJuízesRute 1 Samuel2 Samuel • 1 Reis • 2 Reis • 1 Crônicas • 2 Crônicas • Esdras • Neemias Ester • Jó • Salmos Provérbios • Eclesiastes • Cantares • Isaías • JeremiasLamentações • Ezequiel • Daniel • Oseias • JoelAmósObadiasJonas • Miqueias • NaumHabacuqueSofonias Ageu ZacariasMalaquias