Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

sexta-feira, 23 de março de 2018

Filipenses 4.4-7: Cultivando o amor a Deus e o bem-estar emocional

"Alegrem-se sempre no Senhor; outra vez digo: alegrem-se! Que a moderação de vocês seja conhecida por todos. Perto está o Senhor. Não fiquem preocupados com coisa alguma, mas, em tudo, sejam conhecidos diante de Deus os pedidos de vocês, pela oração e pela súplica, com ações de graças. E a paz de Deus, que excede todo entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus" - Filipenses 4.4-5 (Nova Almeida Atualizada / SBB).

O ensino de Paulo sobre o bem-estar emocional em momentos de adversidades - seja um contratempo de ordem material, física ou espiritual – começa com a recomendação para que estejamos alegres. Não é alegria para tudo, não é ter boa disposição para viver embaraçado em problemas e aceitar a derrota. Não é tolerar o erro e deixar de buscar o conserto. A instrução do apóstolo é para que nos alegremos no Senhor apesar de todos os constrangimentos que possamos experimentar, porque o mal que vem de encontro a nós não é culpa de Deus.

Em tempos complicados, Paulo ensina aos cristãos a fazer petições a Deus; estar satisfeito com aquilo que possuímos e a apresentar nossas preocupações ao Senhor. Pede que em momentos maus sejamos prudentes, moderados, porque deixar de confiar no Todo Poderoso em tempos de crise nos induz às tristezas e fracassos ainda maiores. A solução para a preocupação é a oração com fé e ações de graça. E ações de graça é estar grato com o que Deus já fez por nós, reconhecer o que faz no presente momento e tudo o que fará no futuro.

Ao lembrar que o Senhor está perto, Paulo não se refere apenas ao atributo da onipresença do Todo Poderoso, mas ao Arrebatamento da Igreja, quando todos os crentes serão tirados desse mundo de aflições e levados ao céu, ao Paraíso, local onde haverá muitos motivos para ser feliz, pois é onde Jesus preparou lugar para todos nós vivermos a eternidade. Lá não haverá sofrimento, choro, dores crônicas, sores eventuais, aflições, nenhuma espécie de situação ruim.

Enquanto o Arrebatamento não acontece, o conselho do apóstolo indica que precisamos estar alegres em Deus. Tal sugestão tem o propósito de, em período adverso, evitar que a intranquilidade produza mais sofrimentos e desestabilize nossas emoções. Então, exercitemos o coração para que em tudo e todos os momentos nos regozijemos e sejamos confiantes nas promessas do Senhor. Ele promete estar conosco, em prontidão para nos socorrer se permanecermos fiéis.

O resultado de proceder conforme a admoestação de Paulo, amando a Deus e cultivando o bem-estar emocional, é ter o coração e os sentimentos envolvidos e protegido pela paz de Deus, em Cristo Jesus. A paz de Deus é maravilhosa e indescritível, supera toda a compreensão humana. Quem a experimenta é mais do que privilegiado!

E.A.G. 

2 comentários:

Reinaldo Nascimento disse...

Excelente postagem! Parabéns Belvedere!Deus continue abençoando este trabalho.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Reinaldo.

Obrigado por suas palavras.

Ore por nós, a nossa ideia é continuar a publicar conteúdo aos internautas, crentes e descrentes; temas evangelísticos, devocionais, apologéticos e da atualidade quando houver alguma espécie de interesse da cristandade.

Abraço.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.