Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

sábado, 4 de novembro de 2017

Comer antes de dormir faz mal à saúde?


Você já notou que de uns tempos para cá estamos comendo cada vez mais tarde?  A cada dia que passa a qualidade da comida também não está boa. Muita gordura e frituras são posta no prato. Sabemos que a vida tem sido corrida e muitas vezes o que dá tempo de comer, são justamente essas comidas não saudáveis. Mas isso tem preocupado especialistas que dizem que comer à noite - especialmente quando a refeição é farta e realizada perto da hora de dormir - pode alterar o organismo e os processos digestivos.

Um estudo realizado com 700 alunos e apresentado em congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia analisou a relação entre as horas nas quais se consome alimentos e os efeitos no organismo. A pesquisa constatou que ingerir alimentos tarde da noite gera um impacto significativo na pressão arterial.

12 sugestões para combater o estresse
A ilusória prosperidade dos ímpios
Conselhos para viver bem e melhor
Diabetes mal controlada aumenta riscos de problemas nos olhos e nos pés
Medicina confirma que a fé faz bem para a saúde
Os cinco benefícios da água
Você sabe o que é glaucoma?


Durante a noite, o processo biológico normal é a queda da pressão arterial. Porém, o estudo descobriu que 24,2 % dos participantes que comeram até duas horas antes de dormir não registraram uma queda adequada da pressão sanguínea. Entre os que haviam jantado mais cedo, a porcentagem foi 14%.

Especialistas explicam que consumir alimentos antes de dormir faz com que o organismo permaneça em "estado de alerta" no qual estimula a produção de hormônios do estresse, como a adrenalina, e pode alterar o ritmo cardíaco, o ritmo diário do organismo.

Com a chegada da luz artificial e a industrialização, os humanos modernos começaram a experimentar horas prolongadas de iluminação. Isso levou a um consumo estendido de alimentos e ao consumo de alimentos cada vez mais tarde no dia.

Sandra Hirsch, especialista em produção humana pelo Instituto de Nutrição e Tecnologia de Alimentos da Universidade do Chile, afirma que as refeições noturnas podem ter efeitos adversos no organismo.

"Quando alguém come, uma série de processos metabólicos se desenvolve", disse a especialista à BBC Mundo. "São liberados hormônios no processo de absorvição de alimentos. Portanto, se eu comer e ir dormir, esses mecanismos hormonais podem ter impactos negativos no organismo." Segundo ela, alguns desses impactos podem ser ganho de peso ou mesmo obesidade.

"Comer tarde pode inibir a degradação da gordura no organismo, que é um processo natural durante a noite", afirma Hirsch. "E isso pode fazer com que uma pessoa que está tentando emagrecer tenha mais trabalho."

Outro problema que pode acontecer perto da hora de dormir é o refluxo, segundo a especialista. Esse transtorno faz com que o conteúdo estomacal retroceda do estômago até o esôfago, o que pode irritar o esôfago e causar acidez gástrica, náusea, indigestão e, em alguns casos, provocar câncer de esôfago.

"Se uma pessoa come e vai dormir não consegue esvaziar o estômago, por isso o estômago fica cheio, e se a válvula gastro-esofágica está alterada a comida vai subir."

Segundo estudos mais antigos, pessoas que comem antes de dormir têm maior risco de desenvolver sintomas de refluxo.

Em um artigo publicado no jornal americano The New York Times em 2015, Jamie Koufman, médico espacializado em transtornos de refluxo, afirmou que o ideal é não comer após às 20 horas ou fazer a refeição noturna três horas antes de dormir.

Fonte: Geração JC, ano 17, número 118, maio - junho de 2017, página 39, Bangu/RJ (CPAD).

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.