Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

domingo, 13 de novembro de 2016

O casamento e o livre-arbítrio



Com todo respeito a todos que pensarem diferente de mim, quero dizer que eu creio na doutrina do livre-arbítrio. E assim como Deus nos dá a liberdade de escolha para nós em tudo que decidimos realizar, também nos deixa livres para escolher o marido ou esposa. O que o Senhor faz neste caso do matrimônio, e em todos os outros, é nos apresentar critérios sábios para fazer as melhores escolhas - e após a escolha feita da pessoa do cônjuge, ensinar a ter uma vida à dois em respeito mútuo. Sendo mais direto: não entendo que o Senhor queira escolher no lugar do pretendente ao casamento a pessoa que será o marido ou esposa de quem se casa.

Isaías 46.10 dá base para os calvinistas refutarem o livre-arbítrio?
Qual a permissão dada na Bíblia para o divórcio?
Salvação e Livre-Arbítrio


Nosso Deus dá liberdade de escolha quanto ao parceiro ou parceira conjugal, porém, exige que o matrimônio seja tratado com toda seriedade. Está claro na Bíblia:

"Respondeu-lhe Jesus: Não tendes lido que o Criador os fez desde o princípio homem e mulher, e que ordenou: Por isso deixará o homem pai e mãe, e unir-se-á a sua mulher; e serão os dois uma só carne? Assim já não são mais dois, mas um só carne. Portanto o que Deus ajuntou, não o separe o homem" - Mateus 19.4-6.

"Honrado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula" - Hebreus 13.4 a.

Nas Escrituras Sagradas, o termo existente em hebraico para o que é traduzido ao nosso idioma como "uniu / ajuntou" tem o sentido de unicidade, ou seja, algo de impossível separação. O versículo bíblico é expressado como uma ordenança, mas podemos considerar como uma constatação.

O assunto é bem complexo e sempre chamou muito a minha atenção, ao ponto que li a Bíblia inteira com o objetivo de me aprofundar neste tema, sem a opinião de terceiros entre mim e as Escrituras. Foi assim que cheguei à conclusão do livre-arbítrio na esfera matrimonial.

O Criador nos fez seres pensantes, e nos deu a capacidade de conhecer a sua vontade sobre o casamento. Aqueles que já se casaram e quem está para casar-se, precisa refletir sobre a declaração do Senhor sobre a separação: Deus a permite por causa da dureza de coração humano, quando ocorre a infidelidade conjugal. Também, é importante a declaração de Jesus sobre a bem-aventurança que paira sobre os mansos de coração, que o Senhor ensina o ato de perdoar. Ler: Mateus 19.18, 19.

Enfim, os solteiros precisam ter a exata noção do que representa um casamento antes de casarem-se.

E.A.G.

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.