Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

terça-feira, 19 de março de 2013

Jeito


Por Andréa Pavel

"Inclinai os ouvidos, e ouvi a minha voz; atendei bem e ouvi o meu discurso. Porventura lavra todo o dia o lavrador, para semear? Ou abre e desterroa todo o dia a sua terra? Não é antes assim: quando já tem nivelado a sua superfície, então espalha nela ervilhaca, e semeia cominho; ou lança nela do melhor trigo, ou cevada escolhida, ou centeio, cada qual no seu lugar? O seu Deus o ensina, e o instrui acerca do que há de fazer. Porque a ervilhaca não se trilha com trilho, nem sobre o cominho passa roda de carro; mas com uma vara se sacode a ervilhaca, e o cominho com um pau. O trigo é esmiuçado, mas não se trilha continuamente, nem se esmiuça com as rodas do seu carro, nem se quebra com os seus cavaleiros. Até isto procede do SENHOR dos Exércitos; porque é maravilhoso em conselho e grande em obra." - Isaías 28.23-29.

Gosto de pensar que para Deus somos como peças únicas de seu artesanato. Não há no mundo ninguém igual a mim e a você. Não fomos fabricados em série como iogurtes ou qualquer outro artefato industrial. Não, Deus não nos fez assim. Cada um tem seu jeito de ser criado por Deus.

Só que muitas vezes esquecemos disso e nos sentimos desvalorizados, perdidos, sem horizontes. Nossos pensamentos e sentimentos concentram-se em angústias que nem sempre serão concretizadas. Achamos que não sabemos fazer nada de bom. Paralizamos. Tudo fica absolutamente sem cor, encurralando-nos em becos intransponíveis. Deixamos de cantar, de exercer hospitalidade, de rir, de tratar com ternura as crianças, os velhos e até os animais. Deixamos de visitar, de telefonar, de conversar. Parece que Deus nos esqueceu. É aí que nos enganamos e somos enganados. Deus se importa e continua nos amando como sempre nos amou. 

Nossa percepção quando enfrentamos problemas fica turva, e o papel do inimigo, que entra em cena neste momento, é nos acusar, roubar a nossa paz e nos inferiorizar. Ele é especialista nisso. Nessas horas, não importa tanto qual é o nosso jeito, mas sim quem é o Deus a quem servimos - é Ele que nos consola e faz lembrar quem realmente somos: tão especiais a ponto de rececer seu cuidado.

Lembre-se do que o Senhor fez até aqui. Motive-se por lembrar aquilo que lhe dá esperança: o amor e misericórdia de Deus (Lamentações 3.21-22). Não se esqueça disso e que Deus lhe deu talentos e dons - para que sejam usados em sua obra. Portanto, respire fundo, ore e descanse: Deus está no controle!

Deus fez cada um com um jeito especial. Use o seu jeito de ser para glorificar a Deus!

Fonte: Pão Diário, nº 12, 2008 - (Rádio Transmundial)

Um comentário:

Mateus Emilio Mazzochi disse...

Paz do Senhor irmão Eliseu, obrigado por nos trazer este tão belo e tocante texto. Confesso que estava muito precisando ouvir, ou ler, algo assim. Deus te abençoe e mais uma vez obrigado.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.