Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Os cristãos não precisam guardar o sábado

Sobre a anulação da obrigatoriedade de observar o sábado, eis sete tópicos para reflexões.

1. O Novo Testamento não repete os Dez Mandamentos por inteiro!

Não há dúvida de que o Novo Testamento cita mandamentos encontrados no Antigo Testamento. Repete ordens encontradas na Lei de Moisés, mas não repete o quarto mandamento (referente ao sábado) em nenhum lugar. A ordenança na guarda do sábado não existe como norma imposta a ser seguida pelos cristãos.

Vejam as seguintes comparações entre o Antigo e o Novo Mandamento:

1º mandamento

"Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. Não terás outros deuses diante de mim" - Êxodo 20.2,3.

"E dizendo: Senhores, por que fazeis estas coisas? Nós também somos homens, de natureza semelhante à vossa, e vos anunciamos o evangelho para que destas práticas vãs vos convertais ao Deus vivo, que fez o céu, a terra, o mar, e tudo quanto há neles" - Atos 14.15.

2º mandamento

"Não farás para ti imagem esculpida, nem figura alguma do que há em cima no céu, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás diante delas, nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam" -  Êxodo 20.4-6.

"Filhinhos, guardai-vos dos ídolos" - 1 João 5.21.

3º mandamento

"Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente aquele que tomar o seu nome em vão" - Êxodo 20.7.

"Mas, sobretudo, meus irmãos, não jureis, nem pelo céu, nem pela terra, nem façais qualquer outro juramento; seja, porém, o vosso sim, sim, e o vosso não, não, para não cairdes em condenação" - Tiago 5.12.

4º mandamento

"Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás, e farás todo o teu trabalho; mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus. Nesse dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o estrangeiro que está dentro das tuas portas. Porque em seis dias fez o Senhor o céu e a terra, o mar e tudo o que neles há, e ao sétimo dia descansou; por isso o Senhor abençoou o dia do sábado, e o santificou" - Êxodo 20.8.

Não existe texto normativo exigindo do cristão que guarde o sábado no Novo Testamento. A Igreja de Cristo vive no tempo Dispensação da Graça, os cristãos são livres, sendo solicitado deles que observem as Leis Morais. O sábado, que os adventistas têm costume de guardar, percebemos que não faz parte do catálogo de regras neotestamentárias.

5º mandamento

"Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá" - Êxodo 20.12

"Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa) para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra" - Efésios 6.1-3

6º mandamento

"Não matarás" - Êxodo 20.13.

"Com efeito: Não adulterarás; não matarás; não furtarás; não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo" - Romamos 13.9.

7º mandamento

"Não adulterarás" - Êxodo 20.14.

"Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus" - 1 Coríntios 6.9, 10.

8º mandamento

"Não furtarás" -  Êxodo 20.15.

"Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tem necessidade" - Efésios 4.28

9º mandamento

"Não dirás falso testemunho contra o teu próximo" - Êxodo 20.16

"Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do homem velho com os seus feitos" - Colossenses 3.9.

10º mandamento

"Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo" - Êxodo 20.17.

"Mas a prostituição, e toda sorte de impureza ou cobiça, nem sequer se nomeie entre vós, como convém a santos" - Efésios 5.3.

2. O sábado é um sinal para os judeus e não um mandamento aos gentios.

Não existe sequer um mandamento no Novo Testamento ordenando aos cristãos que guardem o sábado como um dia santo. Na verdade, o que lemos no Novo Testamento é que ninguém seja julgado por causa do sábado (Colossenses 2.16) e que o homem não foi criado para o sábado e sim o sábado para o homem (Marcos 2.27).

O sábado foi dado como sinal para Israel (Êxodo 31.13-17); em texto algum do Novo Testamento ele é dado como sinal para a Igreja. Milhares de anos após a entrega do mandamento, ainda podemos distinguir claramente o sinal que separa Israel do mundo - os judeus continuam a guardar o sábado.

3. O apóstolo Paulo não guardava o sábado.

Os adventistas afirmam que o apóstolo Paulo guardava o sábado, usando Atos 16.13. Mas, nesta passagem bíblica o apóstolo não foi à sinagoga para atender ao quarto mandamento. A finalidade era debater com os judeus sobre Cristo. Seu jeito de evangelizar era comportar-se como judeu para com os judeus. Em seu coração, desejava alcançar sua própria nação com o Evangelho da Salvação. Isso está mais claro que o sol do meio-dia em dia de verão, com céu de brigadeiro. Para conferir, basta ler em 1 Coríntios 9.20-22.

4. Por que os adventistas alegam que o sábado foi criado para cultuar a Deus?

O quarto mandamento não diz que devemos adorar a Deus nos sábados. Ele manda os judeus descansarem, assim como Deus descansou.

Vejamos: "Lembra-te do dia de sábado, para santificá-lo. Trabalharás seis dias e neles farás todos os teus trabalhos,mas o sétimo dia é o sábado dedicado ao Senhor teu Deus. Nesse dia não farás trabalho algum, (...) pois em seis dias o Senhor fez os céus e a terra, o mar e tudo o que neles existe, mas no sétimo dia descansou. Portanto, o Senhor abençoou o sétimo dia e o santificou"- Êxodo 20.8-11 (NVI).

5. Sábado é o Dia de Saturno e o domingo é o Dia do Sol?

Os adventistas celebram e guardam o sábado cultuando a Deus neste dia. O interessante é que, como defensores do sábado, eles alegam que o domingo (dia que o Criador também fez!) é dia pagão. No entanto, esquecem - ou não querem tocar no assunto - que na língua inglesa sábado é saturday, e na sua origem latina significa "dia de saturno", referência à astrologia, uma abominação.

Nem o sábado pertence a Saturno e nem o domingo é o dia do sol.

6. Por que em Lucas 23-54-56 as mulheres descansaram no sábado?

Elas descansaram porque faziam parte daquela sociedade, que era composta de judeus.

Ao ler a Bíblia Sagrada, é preciso levar em consideração o seguinte:

a - Textos normativos

É quando há mandamentos.

b - Textos narrativos

É quando um fato é tão somente constado, registrado sem levar em consideração se a ação é correta ou um equívoco. Esquecendo-se disso, muitos poderão ler as passagens sobre o harém de Salomão e pregar que podem ter 700 concubinas, ou ler sobre o suicídio de Judas, e pregar que Deus permite que tiremos nossas vidas.

Não devemos tratar narrações como se elas fossem determinações divinas.

7. Quando os apóstolos se reuniram para tratar dos mandamentos válidos aos cristãos (nada sobre o sábado).

Se a salvação do cristão dependesse da decisão de guardar determinado dia, Deus certamente teria dito isso. Em certo momento, os apóstolos se reuniram com a intenção específica de debater e deliberar sobre os cristãos e a Lei de Moisés. O trecho de Atos 15.5-11, 24-29 foi a ocasião que Deus teve para comunicar claramente sua vontade à Igreja, que somos nós.

Naquela ocasião da assembléia apostólica, tudo que Deus deveria fazer para salvar milhões da condenação eterna seria dizer: "Lembrem-se de santificar o sábado", e milhões de cristãos fiéis, centrados em Jesus e não em Moisés, adoradores de Deus e crentes na Bíblia como regra de fé e conduta, receberiam esse mandamento encontrado no Novo Testamento.

Mas, em vez disso, os únicos mandamentos que os apóstolos deixaram, foram que nos abstivéssemos de comida sacrificada aos ídolos, do sangue, da carne de animais estrangulados e da imoralidade sexual.

E.A.G.

18 comentários:

Thiago Seabra disse...

Eliseu vc precisar estar ais vigilante a palavra de Deus dando ddeclarações sem nenhum sentido, Pois onde está explicito que Paulo fingia ser Judeu se o propósito não era pregar ao judeus e sim ao gentios, onde fala que as leis de Deus foram extintas se nenhuma delas fora, como vc pode explicitar que as mulheres eram judias e que o sábado não tem validade? Acho que vc deve estar muito enganado, ou vc não se lembra que constantino que adorava o Sol sendo Imperador pra interligar a cultua pagã juntamento com a Cristã, começou a ser cristão sor pra impor seus preceitos e juntamento com esses preceitos o culto ao Domingo, já que na época não se guardavao Domingo, vc precisa pedir mais disirnimento a Deus meu Querido irmão em cristo Jesus.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Thiago, exatamente por vigiar, vigilância no sentido de conferir as doutrinas cristãs se estão embasadas nas Escrituras, é que eu declaro o que declarei.

Repito a declaração: cristãos não precisam guardar o sábado.

Por favor, não se ofenda. Meu objetivo não é ofendê-lo.

Abraço.

Carlos Deus é Fiel disse...

Parabens pelo Blog Eliseu, por esclarecer sobre guardar ou não o sabado, concordo com o que você disse no Novo Testamento não esta claro para o Cristão guardar sabado, Abraço fique na Paz do Senhor.

Anônimo disse...

Eu não entendo vcs, eu não sou adiventista sabe.Eu estudo as escrituras sagradas, Deus abençoou um dia este é o sábado podem ver no capítulo 2 de Genesis. Depois quando vc vai para Aopcalipse 12; 17 ele menciona os ensinamentos em Cristo eos mandamentos de Deus.
Eu acho que no protestantismo deveria ter algum mas completo não deveria estar faltano.
Se a linha protestante quer seguir mandamentos católicos tudo bem. Agora falar q o sábado não precisa ser guardado, sabemos qualquer interessado em estudar sabe q o único dia q Deus abençoou foi o sábado. Amados não se deixem ser enganados.Saibam que o verdadeiro caminho para com Deus é o estreito. Os mandamentos são os dez Jesus disse q não veio abolir a Lei nem os profetas .
A lei moral já está implantada em seu coração .Os fariseus na epoca não tinham amor sensibilidade aos seus. Jesus veio acabar com o homem carnal pois eles só se baseavam em juízos aos outros e eram hipocritas de si mesmos.
Pois quem mexe ou acaba com a LEI de Deus é o Anticristo.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Olá, Anônimo.

Embora você se descreva como uma pessoa não-adventista, defende a doutrina deste movimento com bastante guarra.

Antes de ir ao assunto, sem qualquer espécie de ironia, quero dizer que respeito você e todas as pessoas que amam a Deus e desejam servi-lo de todo o coração. Que o capítulo 14 de Romanos seja usado como balanço moderador nas relações de cada um de nós.

Você citou Gênesis. Repare, o texto é um texto narrativo, não é um texto normativo. Não existe uma norma, há uma informação da ação do Criador: “E havendo Deus acabado no dia sétimo a obra que fizera, descansou no sétimo dia de toda a sua obra, que tinha feito. E abençoou Deus o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que Deus criara e fizera" (capítulo 2 e versículos 2 e 3).

Depois, você cita Apocalipse 12.17: “E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao remanescente da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus Cristo”. Nesta passagem, não há qualquer referência para o dia de sábado; mas os adventistas interpretam considerando que exista (?).

O que eu penso sobre adoração no sábado ou domingo? Resumidamente, repetirei o que escrevi no artigo: “Se a salvação do cristão dependesse da decisão de guardar determinado dia, Deus certamente teria dito isso com total clareza. Em certo momento, os apóstolos se reuniram com a intenção específica de debater e deliberar sobre os cristãos e a Lei de Moisés. O trecho de Atos 15.5-11, 24-29 foi a ocasião que Deus teve para comunicar claramente sua vontade à Igreja...”. E não há menção sobre o sábado nesta passagem de Atos e em nenhuma outra passagem do Novo Testamento.

Enfim, é preciso que o ser humano reserve um dia da semana para dedicar-se ao Senhor. Esta dedicação deve ser manifestada em atos de amor ao Criador. E amar a Deus significa amar o próximo também. Então, se dedicamos o sábado ou o domingo, que neste dia escolhido façamos o bem com maior afinco que nos demais dias da semana: aos entes da família; aos vizinhos; aos que se comportam como nossos inimigos... Que este dia escolhido sirva para realizar reconciliações. E além de tudo isso, que possamos ir ao culto para louvar a Deus.

Abraço.

E.A.G.

Waldecy A. Simões disse...

Recado curto sobre os sábados

O sábado será sempre o Dia do Senhor, primeiramente porque foi instituído na Criação, foi abençoado e santificado por Deus (quando ele abençoa é para sempre), Em Ezequiel 20:20 foi instituído como um Sinal entre ele e a humanidade (quanto a isso Está escrito que Deus não faz distinção de pessoas ou de raças (Atos 3:24 e 25) ; Está Escrito em I Carta de Pedro 1:24 que DEUS NÃO MUDA e que sua Palavra permanece eternamente. Como ele escreveu, pessoalmente, a Lei do Sétimo Dia nas Rochas Sagradas é para sempre; Jesus promulgou que O SÁBADO FOI CRIADO PARA O HOMEM (Marcos 2:28); Jesus bradou que podem passar os Céus e a Terra antes que das leis se consiga retirar um só caractere, e a leis do sábado tem 433 caracteres (Mateus 5:15 a 37) Sobretudo, Jesus santificou os sábados, sua Igreja, seus apóstolos e a Igreja de Paulo santificaram todos os sábados e jamais um só domingo (Lucas 4:16; Lucas 23:55; Atos 16:13; Atos 13:31 a 44) Outro dia, ouvi o pastor Malafaia afirmar que os evangélicos não guardam o sábado porque nove dos mandamentos estão repetidos no Evangelho, mas o do sábado não; Pura Utopia e desconhecimento bíblico, pois o sábado está repetido por 10 vezes: Marcos 2:28; Lucas 4:16; Lucas 23:55; Atos 16:13; Atos 13:41; Atos 18:4; Atos 1:12; Atos 24:20; Hebreus 4:4; Mateus 5:17 e seguintes.
Jesus nomeou aqueles que o acusavam de violar os sábados de Filhos do Diabo. João 8:44. Jesus respondeu a eles que apenas APARENTAVA que ele desrespeitava os santos sábados:
“Se o homem recebe a circuncisão no sábado, para que a lei de Moisés não seja quebrantada, indignais-vos contra mim, porque no sábado curei de todo um homem? Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça”. Jesus, em João 7:23 a 24

Estudando-se o Novo Testamento com critério e atenção, concluímos que a palavra de Deus não atribui nenhum significado litúrgico ao dia da ressurreição, simplesmente porque esse acontecimento tem de ser visto apenas como uma realidade existencial experimentada pelo poder do Cristo vitorioso também sobre sua própria morte. De modo algum a ressurreição de Jesus pode ser vista como uma prática cristã associada ao culto aos domingos. Cristo, que havia ressuscitado a outros, não poderia ser vencido pela morte, o que anula totalmente a pretendida importância do tal domingo. Mas a Monumental Vitória de Jesus Cristo deu-se com a sua sofrida Morte na cruz! E não há uma linha no Evangelho que aponte qualquer indício da troca maluca do sábado pelo domingo. Coisa do papado romano para que se cumprisse a profecia no Apocalipse 13:7: Satanás venceu os santos.
Então, apesar dos pastores famosos e não famosos, O SÁBADO É PARA SEMPRE, PERPETUAMENTE e foi o Senhor Deus quem nos revelou isso quando promulgou que sua palavra permanece eternamente!
Waldecy Antonio Simões walasi@uol.com.br

Eliseu Antonio Gomes disse...

Caro Waldecy.

Responderei em partes, porque meu tempo é escasso e quero comentar sobre todos os versículos que você citou. As respostas não serão publicadas uma após outra, por causa da falta de tempo disponível, então, peço sua gentileza de, em caso de querer replicar, esperar que realize minhas respostas.

Você argumentou: "O sábado será sempre o Dia do Senhor, primeiramente porque foi instituído na Criação, foi abençoado e santificado por Deus (quando ele abençoa é para sempre), Em Ezequiel 20:20 foi instituído como um Sinal entre ele e a humanidade (quanto a isso Está escrito que Deus não faz distinção de pessoas ou de raças (Atos 3:24 e 25)...".

Sobre Ezequiel 20.20, basta que faça a contextualização do versículo. O livro foi escrito para a Igreja do Senhor ou para os judeus? Aos judeus cativos na Babilônia, escrito com o propósito de anunciar o julgamento de Deus sobre Israel, aproximadamente me 571 a.C. A repreensão que lemos neste versículo é feita para os judeus e não para os cristãos - nem se quer havia igreja naquela época!

Sobre o texto em Atos 3.24-25, ele faz parte da pregação de Pedro na porta do templo judaico, no episódio da cura do coxo. A mensagem que o apóstolo prega não é sobre o sábado, é sobre Jesus Cristo. Pedro anuncia a Jesus Cristo como Salvador!

Abraço.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Caro Waldecy

Continuando as respostas:

Você digitou: "Está Escrito em I Carta de Pedro 1:24 que DEUS NÃO MUDA e que sua Palavra permanece eternamente. Como ele escreveu, pessoalmente, a Lei do Sétimo Dia nas Rochas Sagradas é para sempre; Jesus promulgou que O SÁBADO FOI CRIADO PARA O HOMEM (Marcos 2:28); Jesus bradou que podem passar os Céus e a Terra antes que das leis se consiga retirar um só caractere, e a leis do sábado tem 433 caracteres (Mateus 5:15 a 37)".

Concordo com você, ao afirmar que Deus não muda, pois o apóstolo Tiago, no capítulo 1 e versículo 17 de sua carta, afirma que o Criador não muda, não existe nEle sequer sombra de variação.

Também, é verdade que a Palavra dura para sempre (Isaías 40.7; 1 Pedro 1.24).

Entretanto, destas referências que você usou, não podemos fazer uma base que sustente a guarda do sábado, no que se refere à doutrina da Igreja Adventista do 7º Dia. Por que? Porque o mandamento do sábado nunca foi dirigido aos cristãos, apenas aos judeus. Dizer algo diferente disso é forçar o sentido das Escrituras Sagradas, amigo.

Quanto a sua citação de Mateus 5.15-37. Note que Jesus diz no versículo 19: "Qualquer, pois, que violar um destes mandamentos...".

Quais seriam os mandamento que Jesus se referiu naquele momento? Jesus cita sobre quais mandamentos se referia. Vejamos:
• não matarás (versículo 21);
• não adulterarás (versículo 27);
• falou sobre o divórcio (31);
• falou sobre o uso do nome do Senhor em juramentos (33);
• falou sobre vingança (38);
• referiu-se ao ódio (43).

Enfim, Mateus 5.15-37 não vale como texto-base para sustentar a guarda do sábado entre os cristãos, porque Jesus não fala nesta passagem sobre guardar o sábado. Dizer que o sábado é para ser guardado por cristãos, porque é mandamento dirigido aos cristãos, é o mesmo que dizer que Deus muda, que a Palavra muda.

Abraço.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Prezado Waldecy.

Sua digitação: "Sobretudo, Jesus santificou os sábados, sua Igreja, seus apóstolos e a Igreja de Paulo santificaram todos os sábados e jamais um só domingo (Lucas 4:16; Lucas 23:55; Atos 16:13; Atos 13:31 a 44)".

Para responder sobre Lucas 4.16, primeiro vamos colocar o texto. E, chegando a Nazaré, onde fora criado, entrou num dia de sábado, segundo o seu costume, na sinagoga, e levantou-se para ler." O que temos aqui? Um texto narrativo: como judeu que era, Jesus seguia o costume religioso dos judeus e no dia de sábado ia para a sinagoga.

Jesus, como judeu, também era circuncidado. Será que você, e todos os defensores dessa doutrina de guardar o sábado, também se circuncidariam? Creio que deveria, porque o apóstolo Tiago (2.10) alerta que aquele que pratica um só ponto da Lei deve praticar a Lei integralmente.

Vamos transcrever Lucas 23.55: "E, havendo-o tirado, envolveu-o num lençol, e pô-lo num sepulcro escavado numa penha, onde ninguém ainda havia sido posto. E era o dia da preparação, e amanhecia o sábado. E as mulheres, que tinham vindo com ele da Galiléia, seguiram também e viram o sepulcro, e como foi posto o seu corpo. E, voltando elas, prepararam especiarias e unguentos; e no sábado repousaram, conforme o mandamento." - Lucas 23.53-56.

Bem, sem querer polemizar, o que dizer dessa narrativa? Será que os adventistas, seguindo à risca esta passagem bíblica, também velam os seus mortos apenas no dia de sábado? Sinceramente, não sei. O que sei é que os cristãos de um modo geral não observam o dia de sábado para enterrar seus entes queridos.

Resposta para Atos 16.13, que está escrito assim: "E no dia de sábado saímos fora das portas, para a beira do rio, onde se costumava fazer oração; e, assentando-nos, falamos às mulheres que ali se ajuntaram." Ora, o que lemos aqui é uma estratégia inteligente de evangelismo. Paulo ia anunciar o Evangelho em dias, horas e lugares que as multidões de concentravam. Segundo os relatos bíblicos, as mulheres não se concentravam para cultuar.

[continuarei...]

Eliseu Antonio Gomes disse...

Você escreveu assim: "Pura Utopia e desconhecimento bíblico, pois o sábado está repetido por 10 vezes: Marcos 2:28; Lucas 4:16; Lucas 23:55; Atos 16:13; Atos 13:41; Atos 18:4; Atos 1:12; Atos 24:20; Hebreus 4:4; Mateus 5:17 e seguintes."

Amigo, você não leva em conta que essas dez passagens bíblicas são textos narrativos; eles não são normativos, ou seja, não servem para criar doutrina porque não foram escritos contendo ordenamento.

A narrativa mostra o comportamento de Jesus como judeu, assim como de muitas outras pessoas que consideraram / desconsideraram as regras do judaísmo.

Não somos judeus, somos cristãos.

Marcinhofonseca Servo disse...

Só falta você dizer que 1joão 2: 3,4 também é narrativo.
Daniel 7:25 bem profetizou a vosso respeito dizendo que cuidariam em mudar os tempos e as leis.
Eu guardo o sábado, porque amo a Deus e seus mandamentos, guardo o sábado, porque é um dos mandamentos e não quero passar por mentiroso, guardo o sábado porque até no céu ele será santo e guardado ( Isaías 66:22,23 ) e não é só judeu não; é toda carne, inclusive a sua se estiver lá.
1joão 2:3,4 é bem específico; aquele que diz: Eu o conheço e não guarda os seus mandamentos é mentiroso, e nele não está a verdade.
Quero ver você dizer agora, que esse texto também é só para os judeus e não para todos os cristãos.
Conhecereis a verdade é a verdade vos libertará.
Permanecer no engano já não é bom; agora defende-lo é pior ainda.
À; só para te lembrar quando o sábado foi abençoado e santificado ( separado ) por Deus, não existia nem judeus nem Israel; à não ser que pra você Adão e Eva eram judeus.

Marcinhofonseca Servo disse...

Só falta você dizer que 1joão 2:3,4 também é narrativo.
Daniel 7:25 bem profetizou a vosso respeito: cuidariam em mudar os tempos e as leis.
Eu guardo o sábado meu amigo, porque amo a Deus e seus mandamentos; ou você também vai distorcer a Bíblia a ponto de dizer que o sabado não faz parte dos mandamentos? Eu guardo o sábado, porque conheço a Deus e não sou mentiroso,eu guardo o sábado, porque não quero tropeçar em um só ponto e me tornar culpado de todos como diz em Tiago 2:10, eu guardo o sábado meu amigo, porque até no céu ele será guardado (Isaías 66:22,23) e não vai ser só por judeu não; vai ser por toda carne inclusive eu e você se estiver lá.
De um sábado a outro sábado, virá toda carne perante Mim me adorar. Isto é o próprio Deus falando meu amigo, será que você vai distorcer isso também? Você pode falar o que quiser, pode dizer que é narrativo, pode tentar distorcer, pode ignorar e etc... Até porque quem tem a mente cauterizada no erro dificilmente dá crédito a verdade.
Qual é mais fácil para mim? Mudar a minha vida para obedecer os mandamentos de Deus ou tentar mudar os mandamentos de Deus para viver do jeito que eu quero? Quando a verdade é o oposto daquilo que eu gosto de viver, é mais fácil pra mim confronta-la do que aceita-la.
1joão 2:3,4 é bem objetivo: aquele que diz: eu o conheço e não guarda os seus mandamentos é mentiroso, e nele não está a verdade.
E agora? Vai dizer que esse texto também é só para os judeus ou vai ter a dignidade de concordar que serve para todos os cristãos?
Sei que eu posso passar o tempo que for necessário falando sobre o sábado com você e não vai adiantar; sabe porque? Porque a guarda do sábado requer mudança e principalmente obediência; só que para alguns é melhor sacrificar do que obedecer.

Marcinhofonseca Servo disse...

Se o meu comentário não for aprovado é porque incomodou

Marcinhofonseca Servo disse...

Só falta você dizer que 1joão 2:3,4 também é narrativo.
Daniel 7:25 bem profetizou a vosso respeito: cuidariam em mudar os tempos e as leis.
Eu guardo o sábado meu amigo, porque amo a Deus e seus mandamentos; ou você também vai distorcer a Bíblia a ponto de dizer que o sabado não faz parte dos mandamentos? Eu guardo o sábado, porque conheço a Deus e não sou mentiroso,eu guardo o sábado, porque não quero tropeçar em um só ponto e me tornar culpado de todos como diz em Tiago 2:10, eu guardo o sábado meu amigo, porque até no céu ele será guardado (Isaías 66:22,23) e não vai ser só por judeu não; vai ser por toda carne inclusive eu e você se estiver lá.
De um sábado a outro sábado, virá toda carne perante Mim me adorar. Isto é o próprio Deus falando meu amigo, será que você vai distorcer isso também? Você pode falar o que quiser, pode dizer que é narrativo, pode tentar distorcer, pode ignorar e etc... Até porque quem tem a mente cauterizada no erro dificilmente dá crédito a verdade.
Qual é mais fácil para mim? Mudar a minha vida para obedecer os mandamentos de Deus ou tentar mudar os mandamentos de Deus para viver do jeito que eu quero? Quando a verdade é o oposto daquilo que eu gosto de viver, é mais fácil pra mim confronta-la do que aceita-la.
1joão 2:3,4 é bem objetivo: aquele que diz: eu o conheço e não guarda os seus mandamentos é mentiroso, e nele não está a verdade.
E agora? Vai dizer que esse texto também é só para os judeus ou vai ter a dignidade de concordar que serve para todos os cristãos?
Sei que eu posso passar o tempo que for necessário falando sobre o sábado com você e não vai adiantar; sabe porque? Porque a guarda do sábado requer mudança e principalmente obediência; só que para alguns é melhor sacrificar do que obedecer.

Marcinhofonseca Servo disse...

Dizer que o sábado foi criado para os judeus?
Meu povo está perecendo por falta de conhecimento.
Não sabia que Adão e Eva eram judeus, não sabia que na criação já existia Israel. Na verdade o sábado meu amigo foi abençoado e santificado (separado) por Deus muito antes de existir judeus na terra.
Quando Deus escreve os dez mandamentos e inclui o sábado nele, é porque Israel devido a tanto tempo de escravidão no Egito já estava acostumado com suas práticas pagãs.
É por isso que é colocado dessa maneira: lembra-te(porque estava esquecido e muito mais ainda; seria esquecido no futuro).
Quanto a Tiago 2:10, o senhor inverteu ou melhor dizendo distorceu o versículo para dar outro sentido a frase: não é quem guarda um só ponto, que fica obrigado a guardar todos; é aquele que guarda todos e tropeça em um só ponto se torna culpado de todos. 1joão 2:3,4 diz: ora, Sabemos que o temos conhecido por isto: se guardamos os seus mandamentos.
Aquele que diz: eu o conheço e não guarda os seus mandamentos é mentiroso, e nele não está a verdade.
Acho que não preciso dizer mais nada.
É agora? Vai dizer que esse texto também é narrativo? Vai dizer que é só para os judeus.

Marcinhofonseca Servo disse...

Vocês só publicam. Os comentários que lhes convém

Luciano Alves Alves disse...

Meu querido Isaías 66:22 e 23 diz que no céu todos irão adorar ao senhor no sábado, apoc1:10 Paulo foi arrebatado no dia do Senhor, aquestao é vcs não aceita aguarda do sábado blz,agora dizer que não é para guardar vc estar erradicimo, já que, não é para guardar o Sábado então posso,matar roubar, etc se o Sábado foi só para os judeus, também a salvação. Agora é o seguinte jamais devemos achar que poque guardar o Sábado estamos salvos não é isso, vivemos pela graça porém a lei é importante.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Luciano.

É um fato. Isaías 66.22, 23 tem como povo destinatário o povo judeu. Não é algo para os cristãos. Quando a Igreja estiver lá no Céu, composta por cristãos gentios e judeus convertidos a Cristo, adorará a Deus todos os dias, não apenas aos sábados.

Em todo o Novo Testamento não existe nenhuma passagem bíblica que possa servir de fundamento à doutrina da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Não há.

Não existe sentido lógico em seu raciocínio, ao dizer que se não existe obrigação para guardar o sábado, então, você pode matar, roubar.

A salvação é para todos, é para judeus e para gentios. Releia João 3.16. Depois, tente encontrar um versículo bíblico, que me diga que devo guardar o sábado, com a mesma clareza de João 3.16. Não existe este versículo, sua base é extrabíblica, e textos fora da Bíblia não são a Palavra de Deus, que é minha regra de fé e conduta.

Continue firme nesta fé, de que a salvação é pela graça e não pela observação do sábado. Bom trabalho, caso precisar trabalhar no sétimo dia.

Sobre a Lei de Moisés, ela é importante, sim, porém, devemos observá-la pela ótica da doutrina de Cristo, que não nos manda guardar o sábado.

Abraço.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.