Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

COMEDIANTE ROBIN WILLIANS FAZ PIADA SOBRE MULATAS E TRÁFICO CARIOCA E PROVOCA MELINDRES EM BRASILEIROS


Robin Willians em Bom Dia, Vietnam - o filme relata a guerra que os Estados Unidos não ganharam.
Nesta segunda-feira, 30 de novembro, Robin Willians se apresentou no mais popular programa de talk show americano, apresentado por David Lattterman, e fez piadinhas sobre o Rio de Janeiro ter ganho o direito de sediar as Olimpíadas de 2016. Afirmou não ter sido um resultado justo, porque enquanto a cidade de Chicago foi representada no Comitê Olimpíco Internacional (COI) pela primeira-dama Michelle Obama e a apresentadora Oprah Winfrey, o Rio Janeiro levou (entenda-se ofereceu) aos organizadores do evento meio quilo de pó (drogas) e cinquenta strippers.
Parte da piada de péssimo gosto que o ator Robin Willians fez sobre as brasileiras, entendo ser consequência da construção da imagem que o Ministério de Turismo brasileiro incentivou que se mostrasse no estrangeiro. Qual? A anatomia semi-nua das nossas belas jovens compatriotas. Por anos, ao apresentar o Brasil no exterior, mostrava-se nádegas de dançarinas mulatas usando biquínis ou fio-dental dançando samba.
O que isto significava para as mentes masculinas estrangeiras? Um convite para visitar o País ou visitar as nossas filhas, irmãs, primas, mães e vizinhas?
As minúsculas vestimentas das mulheres no carnaval, imagens mostradas ao vivo na televisão brasileira, livremente em qualquer horário do dia e da noite, devem ser menores do que as roupas das strippers americanas. Então, não entendo porque tantos melindres pela declaração de Robin Willians sobre as mulheres brasileiras com poucas roupas, promovendo a sede carioca das Olimpíadas de 2016.
Sabemos que não foi bem assim. Mas as piadas dos norte-americanos, dentro da cultura deles sempre acontece nessa linha sarcástica. Achincalham tudo e todos, até o presidente Obama, que ajudaram a eleger.
Sobre a declaração das drogas, lembro-me que há duas semanas atrás, eu assistia o programa da Oprah, canal GNT. Era uma matéria que apresentava diversas cidades ao redor do mundo e seu modo de vida. O Rio de Janeiro foi mostrado através de uma carioca de classe média e sua empregada. A equipe de reportagem mostrou a casa de ambas, sendo que a doméstica morava num dos morros dominado por traficantes. A apresentadora fez questão de dizer que a equipe de reportagem foi pressionada pelos chefes do tráfico a pagar 600 dólares para que pudesse ir ladeira acima e concluir a matéria na residência da empregada. Também foi comentado o caso do helicóptero da polícia, derrubado por traficantes do Morro dos Macacos, em Vila Isabel. E ao filmar a praia de Copacabana, foram feitas algumas distorções de imagens, evitando focar detalhes de corpos de mulheres pormenorizadamente.
Esta é a imagem do Brasil que o comediante vê.
A assessoria de Robin Willians informou que o episódio de "acusações" não passou de uma simples brincadeira.
Em seu currículo, ele tem problemas com álcool e cocaína. Por duas vezes foi internado para desintoxicar-se.
Após a entrevista, o Comitê Olimpíco Internacional publicou nota parabenizando o Rio de Janeiro pela conquista das Olimpíadas e declarou que cogita processar Willians. Os membros do COI, sim, têm o justo direito aos melindres.
E.A.G.

2 comentários:

Natalia disse...

Eu achei muito bom sim ele ser processado !Pena que essa é a imagem do Brasil lá fora.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Natalia

Cogitou-se na hipótese de processo. Até agora não soube se o discurso virou fato.

Acredito que tudo ficará como está.

Abraço.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.