Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Efésios 4.10-11: os cinco dons de Cristo para qualificar você a trabalhar na Igreja

Por Eliseu Antonio Gomes

"E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo" - Efésios 4.10-11.

Ao ler Efésios 4.10-11, esqueçamos os títulos que a liderança eclesiástica concede aos homens, pois nem sempre tais honrarias humanas se equivalem aos dons ministeriais dados pelo Senhor ao honrado. Por exemplo: quando o obreiro é separado ao cargo de pastor, espera-se que, antes, o mesmo já tenha recebido o dom pastoral da parte de Cristo. Percebemos que nem sempre o dom de Cristo e o cargo denominacional estão em paralelo na vida ministerial  de alguns obreiros. Infelizmente, existem homens com título de pastor mas sem ter recebido o dom de Cristo para pastorear.

Lemos no Novo Testamento que, querendo o aperfeiçoamento dos santos, Cristo deu cinco dons distintos aos cristãos. São: apóstolos, profetas, evangelistas, pastores, e mestres. Cada qual têm a sua função no reinado de Deus, para que com estas capacitações o exercício do trabalho do Senhor tenha como consequência a edificação espiritual dos crentes.

Diante dessa informação ficamos cientes que nem todos são apóstolos (missionários), nem todos têm o dom para profetizar, ou a capacidade de evangelizar ou está em condições para pastorear ou ensinar.

E assim, dentro do Corpo de Cristo - que é a Igreja - é necessário haver unidade entre as repartições ministeriais:

1º - o apóstolo funda novos endereços de templos e implanta a ordem de cultos ao receber as almas evangelizadas;

2º - o profeta adverte aos crentes que vivem em desacordo com o reinado de Deus e traz mensagens de consolo aos cansados e desanimados;

3º - o evangelista vai ao mundão anunciar Cristo aos pecadores;

4º - o pastor acompanha a rotina das almas, que são  os crentes novos convertidos, cuida delas e prega a Palavra para alimentá-las e fazê-las fortes.

5º - o mestre ensina as Escrituras.

Dessa maneira, entendemos que é um erro cobrar evengelização de quem recebeu o dom para ser pastor, não é correto cobrar a prática pastoral de quem é evangelista, não devemos esperar haver a rotina de evangelização de quem é profeta, ouvir profecias de quem é apóstolo. Por quê? Porque nem todos têm a capacidade espiritual para trabalhar evangelizando, nem todos têm condições espirituais para ser útil pastoreando, nem todos estão aptos por Cristo para ir às missões, ou estão qualificados para ensinar a Palavra aos neófitos. 

Os cinco dons são capacitações de lideranças, é preciso haver humildade da parte de todos   os cristãos para que a Obra do Senhor cresça ordenadamente, segundo a vontade de Deus. O apóstolo precisa ser humilde quando ouve a profecia, ouve o pastor pregar e o mestre ensinar; e na mesma condição de humildade o mestre deve reconhecer a liderança do evangelista, do apóstolo, do pastor e do profeta. E de igual forma de uns para com os outros.

Oremos: se houver união e humildade por parte dos cristãos, principalmente entre quem seja líder eclesiástico, a Obra do Senhor caminhará sendo feita com perfeição, seguindo a vontade do Senhor.

E.A.G.

Postagens paralelas:

Profetas - reflexão em Efésios 4.9-13 

CPAD - EBD: 2º trimestre 2014 - Dons Espirituais e Ministeriais - servindo a Deus e aos homens com poder extraordinário

Um comentário:

Joe Rodrigue disse...

Me enriqueceu muito essa definição espiritual. Creio que com esse esclarecimento estarei bem mais humilde e conscientemente tomarei meu lugar respeitando e honrando o chamado de outros membros do corpo de Cristo quem nos deu os dons. Grato! Parabéns!

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.