Temas

Angeologia      |      Apologia Cristã      |      Antropologia Bíblica      |      Bibliologia      |      Cristologia     Eclesiologia      |      Escatologia       |      Soteriologia      |      Hamartiologia      |    Pneumatologia      

Select the language

Pesquisar este blog

Arquivo | 14 anos de postagens

quinta-feira, 25 de novembro de 2021

Mateus 7.1-12: cisco, trave, argueiro, cães, coisas santas. Reflexão sobre o Sermão do Monte

Jesus conclui o Sermão do Monte com uma serie interessante de imagens em Mateus 7.1-11.
Cristo adverte o cristão a não julgar. 

"Não julguem, para que vocês não sejam julgados. Pois com o critério com que vocês julgarem vocês serão julgados; e com a medida com que vocês tiverem medido vocês também serão medidos. Por que você vê o cisco no olho do seu irmão, mas não repara na trave que está no seu próprio? Ou como você dirá a seu irmão: "Deixe que eu tire o cisco do seu olho", quando você tem uma trave no seu próprio? Hipócrita! Tire primeiro a trave do seu olho e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão" - Mateus 7.1-5. 

Depois oferece duas imagens aparentemente não determinantes.



"Não deem aos cães o que é santo, nem joguem as suas pérolas diante dos porcos, para que estes não as pisem com os pés e aqueles, voltando-se, não estraçalhem vocês" -  Mateus 7.6.

E então Jesus apresenta uma promessa.

"Peçam e lhes será dado; busquem e acharão; batam, e a porta será aberta para vocês. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e, a quem bate, a porta será aberta. Ou quem de vocês, se o filho pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, se pedir um peixe, lhe dará uma cobra? Ora, se vocês, que são maus, sabem dar coisas boas aos seus filhos, quanto mais o Pai de vocês, que está nos céus, dará coisas boas aos que lhe pedirem? " - Mateus 7.7-11.

Ciscos e troncos nos olhos. Cães. Pérolas e porcos. Porta fechada. Todas essas figuras de linguagem estão interligadas à lição quanto ao modo correto que o cristão precisa viver, abordada nos capítulos 5 e 6 de Mateus.

O reino de Deus está acessível aos cristãos: os pobres e mansos são abençoados; o princípio da Lei de Moisés são aprofundados para ser questões do coração e não apenas recitadas por lábios religiosos. 

Jesus adverte contra a hipocrisia no meio cristão; ensina que não é possível servir simultaneamente a Deus e ao dinheiro; encoraja a todos a acreditar no cuidado e provisão do Pai celeste. Ensina aos cristão que não se deve julgar o próximo sem antes ter feito o trabalho árduo de um humilde autoexame, pois ninguém é isento de pecar e estamos em constante processo de amadurecimento espiritual.

Todos precisamos de graça divina e viver de acordo com as diretrizes do reino de Deus. No entanto, nem todos desejam, nem todos os que parecem estar em necessidade estão prontos ou aptos a recebê-lo. 

Fonte: Steve Thomason - following the cloud. Logs, Dogs, Pigs and Pearls - A visual meditation on Matthew 7.1-12. https://www.stevethomason.net/2019/02/09/logs-dogs-pigs-and-pearls-a-visual-meditation-on-matthew-71-12/ Acesso em 25 de novembro de 2021 20h53.

Nenhum comentário: