Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

A importância de um pai na vida de seus filhos em fase infantil

O calor do abraço de um pai em
 seu filho é um momento de valor
 emocional incalculável.
Em 2002, uma campanha publicitária divulgou, em tom de brincadeira, o movimento nacional dos pais desprezados. O objetivo da campanha era vender os produtos da loja que contratou a campanha. Isto traduziu uma tendência social. 

O mote da campanha dizia: "por que o Dia das Mães é o dia do "presentão" e o  Dia dos Pais é o dia da "lembrancinha?" Assim, expressava a importância que esta mesma sociedade demonstra á figura paterna. Mas afinal, qual a importância do pai?

Carlos Grzybowski, psicólogo e terapeuta familiar se manifestou dizendo: 

"O pai é figura fundamental na formação da identidade dos filhos, pois é a partir do modelo relacional entre o pai e a mãe que a criança desenvolve o sentimento de segurança básica, essencial para seu crescimento emociona sadiol."

Isabelle Ludovico da Silva, psicóloga clínica especializada em terapia familiar sistêmica, disse:

"Para o menino, o pai se torna um padrão de masculinidade. Para a menina, ele será a ponte para sua relação com os homens."

A explicação para o conjunto de anúncios pôde ser encontrada nas palavras do Pastor Marcos Inhauser, que ao lado da esposa dirige um ministério voltado para as questões familiares:

"Os pais têm a tendência de serem liberais na fixação de limites, de apoiar seus filhos nos voos por autonomia. As mães têm a tendência de ter seus filhos para sempre à sua volta, tendo maior dificuldade em liberá-los. É no equilíbrio entre as ações do pai e da mãe que os filhos amadurecem, porque dos pais recebem os estímulos para sair, para se aventurar, para se independizar. E das mães recebem a certeza de um refúgio quando as coisas não vão bem."

Carlos Grzybowski, disse que o perfil do pai dos tempos atuais tem se definido pela ideologia do capitalismo neo-liberal:

"Ironicamente alguns definem o modelo de pai atual como o "pai-presente", aquele que dá presentes no aniversário, Natal, Dia das Crianças, Páscoa... Enfim a mentalidade d que nossas emoções estão vinculadas à capacidade de compra."

Ainda por conta desta ideologia, Inhauser afirmou o seguinte:

"Tem crescido o número de pais que transferem suas responsabilidades. Este pai terceirizador da tarefa de educar e amar seu filho é algo que tem crescido nos dias atuais."

A psicóloga Isabelle Ludovico lembrou de outro aspecto resultante das tendências atuais:

"Por medo de ser autoritários, os pais muitas vezes se omitem na hora de colocar limites."

É bom ressaltar que não há pai sem mãe e vice-versa.

Isabelle esclareceu:

"Através do nosso relacionamento marido e mulher, é transmitido aos filhos referências de afetividade,sexualidade e companheirismo".

A figura paterna deve ser sempre lembrada como referencial de família. De que este é o modelo de Deus de Deus: pai, mãe e filhos. Portanto,“Honre o seu pai e a sua mãe, como o SENHOR, seu Deus, lhe ordenou, para que você tenha uma longa vida e para que tudo vá bem com você na terra que o SENHOR, seu Deus, lhe dá".

Fonte: Expressão Nacional, coluna Comportamento, agosto de 2002.

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.