Select the language

Research | Pesquisar artigos de Belverede

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

O músico também é um crente!


Por Caramuru Afonso Francisco

Numa época em que a música tem perdido o seu verdadeiro objetivo na casa de Deus, torna-se difícil para nós ministrarmos sobre o assunto sem o sentimento de repulsa àqueles que a transformaram em instrumento de enriquecimento, esquecendo-se que o seu único objetivo na igreja é para louvor do nome do nosso Deus, o Todo Poderoso, o Libertador das nações, o Grande Eu Sou, o General de guerra, o Senhor dos exércitos, o Escolhido entre os milhares etc. O que não nos falta são motivos para louvá-lo, são muitas as maravilhas que Ele, entre nós, tem operado.

O salmista diz:

"Que darei ao SENHOR por todos os seus benefícios para comigo? - Salmos 116.12.

"Deem graças ao SENHOR, porque ele é bom, porque a sua misericórdia dura para sempre" - Salmos 118.1.

"Aleluia! Louvem o nome do SENHOR! Louvem-no vocês, servos do SENHOR" - Salmos 135.1.

A definição de igreja sem termos teológicos e de maneira resumida
A questão da ordem no culto e o verdadeiro culto a Deus
Deus escolhe Arão e seus filhos para o sacerdócio
Igreja,a definição bíblica desta palavra e o preconceito do mundo contra ela
Salmos: o livro de louvores e adoração
O conceito sobre a música na liturgia dos cultos evangélicos
O verdadeiro diferencial entre o som profano e o sacro


Apesar de todos nós termos de louvá-lo, existem nas igrejas grupo de irmãos (que embora errônea, mas compreensivelmente, alguns os chamem  de levitas dado a importância no culto), que são separados e se dedicam a compor, tocar e cantar músicas ao nosso Deus, estes irmãos formam o ministério de louvor, onde cada um na sua função se organiza para a ministração no culto. 

No Antigo Testamento Deus designou um grupo para servi-lo no templo. Os sacerdotes e levitas eram responsabilizados por quaisquer delitos ou profanação contra o tabernáculo do Senhor. Precisavam ter muito cuidado no serviço de Deus, ao fazerem aquilo que o Senhor ordenara.

Suas participações eram de grande importância no culto a ponto de Deus determinar que eles fossem sustentados pelos dízimos dos demais judeus, para que servissem somente no serviço do Senhor (Números 18.20, 21, 24 e 31). 

Embora os levitas fossem de grande importância no culto à Deus, existiram aqueles aqueles que lhe ofereciam fogo estranho, conforme os sacerdotes Nadabe e Abiú (1 Crônicas 6.31-32).

Levíticos 10.1-2: "Nadabe e Abiú, filhos de Arão, tomaram cada um o seu incensário, puseram fogo dentro deles, e sobre o fogo colocaram incenso; e trouxeram fogo estranho diante da face do SENHOR, algo que ele não lhes havia ordenado. Então saiu fogo de diante do SENHOR e os consumiu; e morreram diante do SENHOR".

Quantos músicos hoje não estão oferecendo fogo estranho ao Senhor? Quantas músicas de inspiração estranha têm chegado aos ouvidos de Deus? Nadabe e Abiú puseram nos seus incensários - queimador de incenso - carvão em brasa estranha. Além disso, oferecer incenso no altar tinha que ser feito exclusivamente pelo sumo sacerdote (Êxodo 30.7-9; Levítico 16.11-13). Alguns intérpretes sugerem que Nadabe e Abiú fizeram isso sob o efeito de bebida alcoólica.

Quem ainda não ouviu alguma das diversas piadas e histórias que envolvem os músicos? Muitos dizem que músico não é crente, em muitos casos estas alegações vêm pela grande incidência de casos que os envolvem.

Mas apesar de rezar contra eles um grande número de falsos testemunhos, devemos respeitá-los como crentes e conscientizá-los de suas responsabilidades na casa de Deus. O músico é uma das classes de obreiros na casa de Deus, ele é o responsável direto pela parte inspirativa do culto, é o que pelo Espírito Santo prepara o coração do povo para ouvir a Palavra de Deus.

A Bíblia diz que um coração alegre aformoseia o rosto, serve de bom remédio (Provérbios 15.13; 17.22). Existem alguns grupos musicais que cantam músicas tão para baixo que você acaba saindo do culto pior do que entrou.

O povo de povo deve estar quebrantado e alegre para receber o alimento espiritual, por isso o ministro de louvor deve abster-se de entoar cânticos melancólicos e que expressam sofrimento e depressão, mas sim cânticos de júbilo, como os judeus, pois somos uma nação alegre.

"Alguém de vocês está sofrendo? Faça oração. Alguém está alegre? Cante louvores" - Tiago 5.13.

E.A.G.

Caramuru Afonso Francisco é Evangelista da Igreja Evangélica Assembleia de Deus - Ministério do Belém - sede - São Paulo/SP, colaborador do Portal Escola Dominical (www . portalebd . org .br), natural de São Paulo/SP, nascido em 19/09/1966, casado e pai de dois filhos. E Professor.

Fonte: Blog Ministério Desafiando os Cambiadores Evangélicos via Jornal Meu Setor, janeiro de 2009, coluna Música, página 6.

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.

O tempo passa.