Select the language

Research | Pesquisar artigos de Belverede

terça-feira, 24 de outubro de 2017

O pastor evangélico não trabalha?


"E dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, os quais vos apascentarão com ciência e com inteligência" - Jeremias 3.15.

Se um Professor estuda, se prepara e dá uma aula de 45 minutos, ele está trabalhando. Mas se um Pastor estuda, se prepara e prega uma mensagem de 45 minutos, ele não trabalha.

Se um Psicólogo atende e aconselha pessoas, ele está trabalhando. Porém, se um Pastor atende e aconselha pessoas, ele não trabalha. 

Se um Administrador se organiza, faz reforma, contrata mão de obra, e gerencia uma empresa, ele está trabalhado. Entretanto, se um Pastor se organiza, faz reforma, contrata mão de obra e gerencia uma igreja, ele não trabalha.

Se um contador faz os cálculos, economiza, equilibra as finanças e faz investimentos, ele está trabalhando. Contudo, se um Pastor faz cálculos, economiza, equilibra as finanças e faz investimentos na igreja, ele não trabalha. 

Se qualquer um desses tirar férias, é justo, afinal, eles trabalham. Já um pastor não pode tirar férias, não deve receber salário, e não merece respeito. Afinal, ele não trabalha.

Vida de pastor.

Pastor é alvo das mais desencontradas opiniões: 

Caso o Pastor for ativo, dizem que é ambicioso. Se é calmo, falam que é preguiçoso.

No caso de o Pastor ser exigente, o acusam de ser intolerante. Se não exige, o imputam a conduta de líder displicente.

Na hipótese de o Pastor fazer visita, consideram pessoa incômoda. Se não visita, é irresponsável em seu cuidado com as ovelhas.

Se o Pastor é próximo em seu relacionamento com os jovens, é imaturo. Se sua proximidade é maior com os adultos, é descrito como antiquado e ultrapassado. Se fica com as crianças, é infantil.

Quando procura atualizar-se é mundano. Se não atualizar-se, é mente fechada.

Nas situações que o Pastor cuida muito bem da própria família, é descuidado com a Igreja. Se o Pastor tem sucesso no cuidado da Igreja, é visto como alguém descuidado com sua família.

Se prega pouco, é pregador que não tem mensagem. Se prega muito, é palestrante enfadonho. 

Se não tem boa oratória, é despreparado. Caso possua boa oratória, é exibido.

No momento em que procura agradar a todos, é sem personalidade. Nas ocasiões em que é positivo, e procura corrigir, dizem que é parcial.

Se o Pastor se veste bem, é vaidoso. Se se veste mal, é relaxado.

Quando sua característica pessoal é de alguém que sorri pouco, é antissocial. Se o Pastor ri, é irreverente. 

Se realiza programas novos, é porque só quer viver de promoções da sua imagem pública. Se não realiza, é pelo fato que não tem ideias.

Se o Pastor é alegre, dizem que é sem linha. Se chora no púlpito, é exageradamente sentimental.

Cada vez que o Pastor organiza trabalho coletivo, é explorador do rebanho. Se não organiza, é porque não pretende delegar responsabilidade ao rebanho.

Se o Pastor fala alto, é irritante. Se fala baixo, é um coitado que não tem voz ativa. 

Se o Pastor prega na rua, está desvalorizando o evangelho. Se só fica na igreja, é acomodado ao interior das quatro paredes.

Se o pastor está triste, já dizem que perdeu a fé. Se o pastor adoece, é porque está fraco e carnal.

Entenda o seu Pastor.

Ser Pastor é um tremendo desafio; pastorear é uma questão de chamada e de entrega, pois cabe ao Pastor ser o portador das Boas Novas.. Apesar disso, o Pastor é uma pessoa normal, gente que tem sentimentos como qualquer outra; é um ser humano que precisa das ovelhas, tanto quanto precisamos dele. Ele é carente de oração. Ore, apoie, valorize-o.  Ame e seja compreensível.

Autoria desconhecida (adaptado ao blog)

Extraído de Universidade da Bíblia. | www . facebook . com/ universidadedabiblia/

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.

O tempo passa.