Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

sábado, 23 de janeiro de 2016

Jesus também está nas tempestades que você enfrenta




"Bendito o varão que confia no Senhor, e cuja esperança é o Senhor. Porque é como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro, e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e no ano de sequidão não se afadiga, nem deixa de dar fruto" - Jeremias 17.7-8 (Almeira Revista e Atualizada - SBB).

Quero crer que dentro do coração de cada cristão - gente adolescente, adulta ou idosa, frequentadoras de igrejas evangélicas - existe a semente da Palavra. E esta semente germinou plenamente, se transformou em plantinha frágil, está plantada em solo apropriado ao plantio, suas raízes cresceram, hoje a planta se desenvolveu é forte e tem bons frutos para oferecer. 

O que poderíamos dizer de Jesus, nosso Modelo perfeito de árvore frutífera? Tanto em seu íntimo quanto o seu comportamento em sociedade, viveu absolutamente dentro da vontade do Pai celeste. Mesmo em comunhão, certa vez teve que enfrentar enorme dificuldade ao ser envolvido pelo vento dentro de uma tempestade. 

"Logo em seguida obrigou os seus discípulos a entrar no barco, e passar adiante dele para o outro lado, enquanto ele despedia as multidões. Tendo-as despedido, subiu ao monte para orar à parte. Ao anoitecer, estava ali sozinho. Entrementes, o barco já estava a muitos estádios da terra, açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário. À quarta vigília da noite, foi Jesus ter com eles, andando sobre o mar. Os discípulos, porém, ao vê-lo andando sobre o mar, assustaram-se e disseram: É um fantasma. E gritaram de medo. Jesus, porém, imediatamente lhes falou, dizendo: Tende ânimo; sou eu; não temais. Respondeu-lhe Pedro: Senhor! se és tu, manda-me ir ter contigo sobre as águas.  Disse-lhe ele: Vem. Pedro, descendo do barco, e andando sobre as águas, foi ao encontro de Jesus. Mas, sentindo o vento, teve medo; e, começando a submergir, clamou: Senhor, salva-me. Imediatamente estendeu Jesus a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste? E logo que subiram para o barco, o vento cessou" - Mateus 14.22-32 (ARA - SBB).

E quanto a nós, seres humanos, pecadores? Embora queiramos realizar a vontade de Deus, e realizemos, também vivemos momentos de luta. Apesar do crescimento promissor, crentes jovens, maduros e com mais anos vividos, não estão isentos de passar pelas "ventanias", como toda árvore frondosa e frutífera sobrevive em meio às intempéries. E experimentam provações de todos tipos (João 16.33)

Como fez Pedro, descemos do barco para apenas dar alguns passos e logo afundar. Porém, creia como eu creio: a mão do Mestre vem em nosso socorro, e por misericórdia dEle somos trazidos e mantidos à tona. Sobrevivemos. Salvos do naufrágio na fé, damos a volta por cima.

E ainda vivos, devemos seguir adiante caminhando com Jesus; falando de acordo com tudo que Ele ensina; fazendo apenas aquelas coisas que Ele também faria; amando a todos como amamos a nós mesmos.

Não desista dos planos que Deus deu a você. Nunca desista de servir a Deus, mesmo que em algumas circunstâncias da vida o vento frio sopre demais, a força do vento empurre você em sentido contrário ao seu destino, mesmo que seus passos naufraguem em água gelada.

Prossiga ao alvo rejeitando as vozes que incentivam você a descansar conversando à roda de escarnecedores. Jamais mude seus objetivos de pessoa cristã, não tire seus olhos de Jesus. Não entristeça o Espírito Santo, que Ele permaneça em sua vida fazendo morada em seu coração. Deus é contigo, quer continuar abençoando você.

E.A.G.

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.