Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

domingo, 1 de dezembro de 2013

Saúde pra valer



Por Silmar Coelho


Você parou de viver e apenas existe. Você acorda, alimenta as crianças, toma café correndo, preocupa-se com as contas. Você enfrenta o trânsito caótico, trabalha com uma mula, almoça às pressas, fala ao telefone sem parar. Volta para o lar, termina o serviço de casa, faz o jantar; pede silêncio aos seus filhos, revisa seus trabalhos escolares, preocupa-se um pouco mais com dinheiro, assiste à TV sem ânimo, come outra vez.

De tão ansioso não consegue dormir, e assiste a todos os jornais televisivos até apagar de tão cansado. Então, acorda para viver a mesma rotina cansativa de novo. As pessoas sorriem para você porque querem vender alguma coisa. O telefone toca, do outro lado mais uma oferta de cartão de crédito. As crianças correm para a escola, a aula de inglês e natação, treino de futebol e jogos de videogame ou computador. Preferem a comida do McDonalds a sua. Vocês quase não se falam.

Ocupados, não mais pensam no que gostam, querem ou precisam para serem realmente felizes. Você aceita esse estado de coisas - constantemente cansado, infeliz, depressivo e preocupado. Reclama que está gordo, mas continua a comer. Não se exercita, não volta para a faculdade, não conversa com a esposa, e negligencia a educação dos filhos.

Sua vida é dominada por uma constante ansiedade, mas você não faz nada para mudar. Suas emoções são marcadas por cinismo, sarcasmo, apatia e desesperança. Até suas prioridades estão confusas e seus relacionamentos adoeceram. Mesmo sabendo que isso não é viver, nega-se a encarar o problema. É mais fácil continuar fingindo que tudo vai bem. Em vez de procurar a causa da dor que o machuca o dia inteiro, de achar a raiz do problema que o aflige, você escolheu trabalhar como um louco, continuar correndo, fazendo de conta que é feliz.

É hora de colocar sua vida no lugar, para que tenha respeito por quem você é e pelo que faz. Para que quando você olhar no espelho, saiba que não está empurrando a vida com a barriga. Para que você viva de tal maneira que as coisas que sonhou ainda estejam vivas em você. pare de viver tão ocupado. A cor da vida vai acabar fugindo de você.

Pare de focar a vida em aparência e não em substância. Pare de colocar sua energia no que é superficial e não nas coisas que são importantes. Você foi criado de dentro para fora; logo, precisa cuidar primeiro do interior. É do coração que procedem as coisas boas e más. O problema está dentro de você. Enquanto achar que o seu problema está na falta de coisas ou em pessoas, você não encontrará solução. Encontre tempo para olhar-se de verdade e pare de usar essa máscara de felicidade.

Enquanto você não buscar o propósito para o qual nasceu, continuará infeliz. O que seria de Davi se ele continuasse tomando conta de ovelhas do seu pai? Ele jamais se tornaria rei de Israel. Que seria de Beethoven se aceitasse a surdez sem lutar? Ele não teria composto a mais bela sinfonia de todas. O que aconteceria aos judeus se Moisés não tivesse voltado para o Egito e enfrentado a fúria de Faraó? o povo judeu continuaria escravizado por mais quatrocentos anos.

Que tragédia aconteceria se Maria não estivesse disposta a carregar em seu ventre a semente do próprio Deus? Jesus Cristo não teria nascido, sido crucificado, morto e ressuscitado, e a humanidade estaria perdida, sem salvação.

Todos esses homens e mulheres cumpriram o propósito para o qual nasceram e mudaram tanto o seu destino como o de seus semelhantes. Chegou a sua hora!

Fonte: Renovação da Fé, ano 15, número 57, outubro - novembro - dezembro de 2013.

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.