Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

domingo, 3 de novembro de 2013

Quando a internet controla o internauta

A Bíblia Sagrada instrui sobre a convivência em todos os relacionamentos, inclusive a relação a dois quanto ao laço matrimonial. É imprescindível existir amor no cotidiano do casal. Marido e esposa devem dispensar respeito um ao outro. Isso implica em que quem se casa precisa ter a postura de pessoa casada, perto e longe do marido ou esposa. O comportamento claro é necessário na vida presencial e também na atividade virtual. 

Wilma Rejane, no blog A Tenda na Rocha (link abaixo), aborda o caso de um homem casado que passou a ter dois comportamentos diferentes por causa do vício da pornografia. Neste caso, feria os sentimentos de sua esposa e colocava o futuro de seu casamento em risco. 

Lamentavelmente, tenho visto alguns casamentos acabarem em rompimento de divórcio. Sinto tristeza em ver pessoas fracassarem no casamento. A pornografia é como o escorrimento de um esgoto a céu aberto e desestabiliza matrimônios. Jesus Cristo comparou o coração ao solo. E, nesta linha de comparação podemos dizer que o pecado é como a erosão, quanto maior e mais vezes correr sobre a terra as correntes de águas roubadas e sujas, mais infértil e desnivelado será o terreno. Não haverá vegetação frutífera nele, não será possível escavar e fazer fundamentos para edificar uma casa segura. 

Logicamente, nem todos os finais de relacionamento conjugal ocorrem por causa do vício em pornografia. Entre os fracassos do casamento, compartilho aqui o de uma jovem senhora em que seu marido não suportou o tempo em que ela gastava conversando em chat com pessoas que ele desconhecia. 

As águas roubadas não representam apenas a traição do adultério, há a fornicação, também. Lembro o perigo de jovens cristãos que se distanciam do Senhor por causa de sites imorais. O prazer do contato com a imoralidade, assistida às escondidas dos pais no monitor de computador, coloca um fim na fertilidade do coração, muda o futuro promissor da pessoa como servo de Deus e pode inviabilizar o encontro dela com alguém que lhe faça realmente feliz em um matrimônio. 

Casado ou solteiro, a solução para não pecar é guardar o conteúdo bíblico no coração, confessar os erros e humilhar-se aos seus pés de Cristo. Se casado e viciado em pornografia ou tentado à infidelidade com alguém que se relaciona do outro lado da tela, é importante pensar em compartilhar os mesmos espaços com o cônjuge, evitar o isolamento, querer que a pessoa com quem casou possa ter acesso online aos ambientes virtuais em que navega. E até ponderar se é preciso revelar as senhas assim como compartilha os segredos das chaves de sua casa e do automóvel.

E.A.G.
_________

 www.atendanarocha.com/2013/11/aguas-roubadas-sao-doces-mas-ali-estao.html 

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.