Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

domingo, 16 de dezembro de 2012

A Blogosfera Evangélica e o Festival Promessas da Rede Globo

Amauri Nehn/AgNews via UOL




Ontem, navegava pela Internet e a conexão caiu, ao mesmo tempo que também caíram as conexões de telefone e da televisão, serviços oferecidos por uma mesma empresa. Sendo raro acontecer falta tríplice, procuramos o motivo e logo constatamos que na rua de frente haviam diversos funcionários da empresa de energia elétrica pendurados nos postes. Pensamos: “por acidente alguém cortou o cabo de banda larga.” Pouco tempo depois, muito prestativa, a empresa que distribui a Rede Mundial de Computadores, telefone e TV na minha casa, e de muitos outros vizinhos, apareceu e desfez o problema.

Neste interim busquei a captação de sinal pela velha antena UHF e sintonizei a Rede Globo em sinal digital, justamente quando começaria o Festival Promessas, realizado no Campo de Marte, em São Paulo, transmitido ao vivo através do moderníssimo sistema HD e som para Home Teather com distribuição 5.1 - disponibilização de tecnologia de primeira linha e que merece parabéns!

A vida é bem assim, mesmo: tinha uma leve curiosidade sobre o Festival Promessas, mas não sabia data e hora da transmissão, pensava que seria próximo ao Natal. E satisfiz minha curiosidade, por causa de um eletricista desatento, ao acaso fui levado a ver com meus próprios olhos o que tanta gente parece ter muito prazer de opinar, uns contra e outros favoravelmente. Adianto que ao final exporei  meu parecer quanto ao lado "teológico" do evento.

Em 1.997 também estive no Campo de Marte, também era um sábado, o evento chamava-se 2º Congresso Mundial das Assembléias de Deus, quando estiveram reunidas cerca de 700 mil pessoas, segundo os dados das autoridades. Sobre aquele evento a cobertura do jornalismo da Rede Globo usou cerca de 1 minuto, mesmo com o então Fernando Henrique Cardoso se fazer presente no local. Talvez, por me lembrar disso fiquei um pouco surpreso em ver todo o aparato tecnológico que a Rede Globo investiu no Festival Promessas, num programa de aproximadamente sessenta minutos de duração.

Hoje eu naveguei pela Blogosfera Evangélica, para saber qual eram os posicionamentos. Não fiquei surpreso com as críticas de muitos blogueiros, que fique claro que respeito a todos. De alguma forma as manifestações deles apenas reforçou o que já disseram antes.

O blog Esquiziltol – Zilton Alencar (1) usou o capítulo 15 do primeiro livro de Samuel, trocando Amaleque por Rede Globo. E o resultado foi esquisito. O autor do texto, que se diz cristão pentecostal, recebeu a reprodução ipisis leteris de seu texto em outro blog, que se ocupa de zombar de toda a cristandade pentecostal, e um vídeo (2) de um internauta que se identifica com o codinome 40 rodes no YouTube, e este vídeo postado no blog da Rô Moreira. (3)

No Olhar Cristão, encontrei a crítica equilibrada: "No meio evangélico mais conservador o entendimento de que "a Globo é do diabo" e vive espalhando porcaria por meio de novelas nojentas, é uma realidade. Por outro lado, não deixa de ser uma vitória evangélica. Não são os evangélicos que precisam da Rede Globo. É a Rede que precisa dos crentes para garantir seu faturamento. Os evangélicos são, hoje, 1/4 da população brasileira em 2012. Em 2020 serão 1/3, cerca de 70 milhões, crescendo naturalmente e sem pressa à mesma taxa anual de 4,9% dos últimos 70 anos. E chegamos até aqui debaixo do preconceito da família Marinho." João Cruzué usou o logotipo da Rede Globo para anexar em seu centro uma moeda. E juntou ao anexo “aleluia, irmão; tim-tim; Globo gospel” (4)

No O Blog do Ciro (5),o editor começa seu texto afirmando não querer comentar sobre o evento em si, que classifica de “evangelho-show” e as pessoas que se simpatizam com quem cantou naquela ocasião de “fãs de celebridades gospel”. O Pr Zibordi voltou aos textos que eu já havia lido em alguma ocasião passada, para esclarecer as bases bíblicas que sustentam seu posicionamento contrário. Achei pertinente a pergunta dele sobre o troféu, com anjos a assemelhados aos querubins da arca da aliança. Também considero de péssimo gosto. Mas eu não vi nenhum cantor ou cantora ser premiado. Se foram, não houve televisionamento.

Renato Vargens escreveu aos seus leitores: "O dualismo que nos cerca é absulutamente assustador. Impressiona-me a rapidez com que os evangélicos transformaram demônios em santos e santos em demônios. Ora, a Globo não pertence ao capeta e nem tampouco está preocupada em glorificar o nome do Senhor. Na verdade, a que globo deseja é vender aos milhões de evangélicos deste tupiniquim país seus produtos globais. Por favor, não sejamos simplistas o surgimento do Festival Promessas não se deu pelo fato de que a Globo esteja se convertendo". (6) Eu não conheço ninguém que tenha mudado seu pensamento por causa do Festival Promessas, mas talvez o tal blogueiro sim...

Ruy Marinho, escrevendo um dia após Vargens, trouxe uma crítica bastante parecida: (7) "O curioso é que o mesmo "povo gospel", que há pouco tempo atrás satanizava a Rede Globo por conta de sua programação anticristã, bipolaricamente hoje se vê parceira da audiência desta emissora, vendo-a como um canal abençoador para a população. Triste massa de manobra!"

Meu parecer sobre tudo o assunto

Ao meu lado, minha esposa perguntou para mim o que eu achava daquilo. Disse-lhe que acreditava que muitas pessoas que não têm disposição de ir às igrejas e nem sintonizar programas ou canais evangélicos naquele instante estavam ouvindo música e letras que falavam em Deus e Jesus Cristo. E considera isso bom? Sim, respondi.

Não considero que o evento seja algo ruim. O fator televisão secular é algo que podemos ver como similar do mundo, ao qual Jesus Cristo ordena que o cristão vá pregar o Evangelho (Marcos 16.15-16). É uma ordem divina, e nem todos obedecem. Antes de criticar os cantores, examinemos a nós mesmos, perguntemos a nós mesmos o que fizemos neste ano de 2012 com relação às evangelizações.

Eu tinha a ideia de que o evento Festival Promessa seria apenas uma vitrine para a Som Livre, que é o braço musical da Rede Globo. Pensava que a intenção era  fazer concorrência a Sony Music, que está vendendo o filão gospel há mais tempo. Mas, além da Ana Paula Valadão e Diante do Trono, se apresentaram cantores contratados de outras gravadoras também. As cantoras Cassiane e Aline Barros usam o selo musical  Sony Music; Thales Roberto grava pela Graça Music, e salvo equívoco, Fernandinho e André Valadão conduzem seus trabalhos de maneira independente.

É claro que, apesar dos críticos dizerem o contrário, a maioria dos cristãos evangélicos sabe que a Rede Globo promove o Festival Promessas pensando em ganhar dinheiro através das canções cristãs. E por acaso as gravadoras evangélicas doam CDs e DVDs em nome do evangelismo? Ora, vamos ser maduros ao falar sobre isso, lembrando que o dinheiro move praticamente todas as ações no Brasil. Não é inteligente que se critique venda e compra, pois estamos em um país regido pelo sistema econômico capitalista.

Segundo alguns sites especializados na televisão brasileira, a exibição do Festival Promessas atingiu índices ótimos, marcou 10.4 pontos de Ibope. No mesmo período a Record ficou com 7.3 e o SBT com 5.3. Na semana anterior, no mesmo horário era exibido um programa da Xuxa, que pontuou números menores. A conclusão de tudo isso é que o Festival chegou para ficar, e toda a crítica negativa servirá apenas de mola propulsora à Som Livre, Globo e todos os cantores e gravadoras que fizerem parte do evento. Sim, cada postagem contrária será propaganda gratuíta para a Som Livre / Rede Globo e os demais envolvidos.
_________

Imagem - http://musica.uol.com.br/album/2012/12/08/festival-promessas-reune-os-principais-nomes-da-musica-gospel-em-sao-paulo.htm
1 - http://esquizilton.blogspot.com.br/2012/12/1-samuel-15-uma-releitura-para-nossos.html?m=1
2 - http://www.youtube.com/watch?v=aN6QjN1c15Q&feature=player_embedded#!
3 - http://mulheresabias.blogspot.com.br/2012/12/rede-globo-trofeu-promessas-x.html
4 - http://olharcristao.blogspot.com.br/2012/12/o-gospel-na-globo-festival-promessas.html
5 - http://cirozibordi.blogspot.com.br/2012/12/festival-promessas-o-importante-e-que.html
6 - http://renatovargens.blogspot.com.br/2012/12/os-evangelicos-globo-e-o-festival.html
7 - http://bereianos.blogspot.com.br/2012/12/festival-promessas-na-globo-e-seus.html#.UM4e0qwkT_A

7 comentários:

Albervan disse...

Olá Caro Eliseu, ótimo dia!
Achei bem ponderada sua postagem abordando de forma bem pessoal o tema do festival, e até esse ponto estou de acordo com voce. É hipocrisia querer criticar ou elogiar a produção e execução desse evento, cada um deve examinar a si mesmo buscando o que edifica para si e rejeitando as outras coisas, isso é uma decisão e uma atitude individual.

No entanto, quero deixar uma observação que julgo ser a verdadeira preocupação referente a esses eventos peculiarmente chamados "Show-gospel". Considerando que são nossos irmãos que estão lá em cima, e procurando cultivar e manifestar a preocupação com eles (como JESUS), vejo que estes tem se aproximado cada vez mais do limiar mundano, aderindo aos métodos do homem e abandonando a verdadeira fé. Nossos irmãos se colocam em um lugar extremamente perigoso, onde precisão de grande apoio e ajuda, pois se não tiverem uma verdadeira conversão a JESUS, facilmente os holofotes e mamom irão dominar suas vidas. O real problema não é estar lá, mas sim a intensão do coração em estar lá.

Nesse sentido nos cabe apresenta-los diante de DEUS, para que ouçam e obedeçam ao Espírito Santo, que sondando seus corações conhece intimamente a cada um.

Carolina Tavares disse...

Gostei muito do seu comentário da respeito e concordo com ele.
Deus o abençõe!

http://carolcarrilhotavares.blogspot.com.br/

Para a glória de Deus disse...

A paz Elizeu, gostei muito da sua potagem, respeito a opinião de todos.Mesmo que o interesse da Globo é finaceiro e audiência, podemos reter o que é bom.

Cleuza Nogueira disse...

Olá Eliseu

Muito pertinente sua postagem.
Creio que o festival Promessas é uma consequência do avivamento que estamos vivendo no Brasil. Pois, avivamento é encher a terra do conhecimento da Glória de Deus.
A mim, me fez muito bem ver o evangelho preenchendo espaços e o nome do nosso sendo exaltado.
Entretanto, oro para que esta parceria Redes de Televisão não Evangélicas e cantores evngélicos, não induza a condescendências que coloquem em cheque o compromisso dos nossos irmãos com a mensagem que pregam.
Que Deus os abençoe!

Marcelo Medeiros disse...

Caro e amado irmão muito pertinente a sua crítica. Mas um fator que não pode ser omitido, e falarei dele em meu blog, é a estranha fusão entre o profano e o sagrado, que este movimento vem promovendo faz tempo.

Além do mais, evangelizar é "pregar o Evangelho". Se o apelo à sabedoria é vão, que dizer do apelo emocional. Mas gostei da sua opinião, muito equilibrada.

Dep de missoes da Comunidade Crista Raah em Fall River disse...

ola Elizeu,acompanho sempre seu blogue,gosto da maneira simples de escrever,usando sempre palavras faceis de entender,acho muito humano suas opinioes,nos fazendo lembrar que ainda vivemos no mundo dos humanos,deixando de boca fechada os hipocritas,que gostam de criticar quem faz a obra,no entanto nao sao perfeitos.Deus continue abencoando a sua vida e te dando essa mentalidade.silvana reis

Pastor ornelas disse...

Olá, Eliseu, Graça e Paz!
Acredito que estamos vivendo um momento no Brasil e no mundo jamais visto, no que diz respeito a fé cristã.Não há inocência na promoções realizadas pela Rede Globo e por isso a grande massa evangélica precisa estar mais atenta, pois como uma serpente, a Globo dará seu bote no momento certo.Uma fonte não pode jorrar água de dois sabores.Da parte dos evangélicos o que interessa á Globo são:O domínio eterno da audiência, e conquistar(quem sabe até dominar) o mercado fonográfico gospel.Precisamos estar bem atentos para a sutileza que de forma silenciosa vem caminhando entre o povo de Deus.A música é uma arma pra qualquer das partes quando se pretende conquistar corações ou implantar reinos ainda não estabelecidos.A história geral não nos deixa enganados.Como diz o ditado:"O pior cego é aquele que não deseja enxergar".Que credibilidade espiritual tem a Rede Globo para promover um Festival de Promessas?No fundo no fundo o que interessa a todos não é o cumprimento das promessa de Deus, e sim outros grandes interesses.Também por outros eventos quem são realizados em nosso país vejo muita falta de seriedade em relação a Palavra de Deus.É como se as promessas de Deus fossem quaisquer coisas; é como se estivessem sendo barganhadas o tempo todo.Tem até gente que canta criando coisas comerciais com a própria imagem, aparecendo mais do que o próprio Jesus.Estamos vivendo tempos difíceis, tempo de se pensar com seriedade.O mundo religioso está em ebulição.Todos nós sabemos que há projetos de uma Nova Ordem sendo preparados.A pergunta é: Nós atraímos a Rede Globo ou é a Rede Globo quem tem nos atraído? Temos exercido autoridade sobre ela ou ela é que tem(aos poucos) tido autoridade sobre nós?Nota-se aí uma mistura perigosa.A Rede Globo está disposta a abrir mão dos temas que ora nós evangélicos temos combatido?Qual a posição dela em relação ao Casamento Bíblicamente correto? E em relação a construção e estabilidade da família? Que todos os cristãos possam refletir sobre isto.Que cada qual pense nisso de forma responsável.

Rev. Renilson Ornelas
www.pastorfamilia.blogspot.com
Seriedade e Responsabilidade na Arte de Pastorear

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.