Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

sábado, 7 de janeiro de 2012

EBD 2012 - A prosperidade no Antigo Testamento e para o cristão hoje

José Gonçalves, o comentarista da revista Lições Bíblicas A Verdadeira Prosperidade - A Vida Cristã Abundante, publicada pela CPAD para atender os estudantes da Bíblia no 1º trimestre de 2012,  lição 2, cujo título é A Prosperidade no Antigo Testamento, foi muito feliz ao abordar qual é o propóstido de Deus ao abençoar os seus servos com a prosperidade.

Gonçalves fez uma paralelo entre prosperidade e solidariedade, explicou que a bênção da prosperidade é dada para compartilhamento com o próximo.  Quem é financeiramente próspero e é servo de Deus, uma de suas características é ser solidário, pois ama a Deus e ao próximo.

É importante frisar: prosperidade bíblica não representa acúmulos de riquezas, se bem que é possível ser rico e próspero. A essência da prosperidade bíblica é a estabelidade espiritual, emocional e física. É o completo bem-estar, do corpo, da alma e do espírito.

2 Crônicas 1.6-12. Encontramos a solidariedade no coração do jovem Salomão. Ele fez uma grande oferta ao Senhor. Depois, em sonho, o Senhor apareceu e disse´lhe: "Peça o que quiser". Ele pediu sabedoria para ter condições de ser um bom governante. Não pediu sabedoria para proveito próprio, era uma solicitação solidária, queria o bem coletivo. Deus gostou da característica do seu desejo, deu-lhe a sabedoria e também a prosperidade financeira.

Jó 42.10. O patriarca Jó é conhecido por seu sofrimento. Ele perdeu tudo que tinha. Ao seu lado, sobrou-lhe os companheiros de conversas e Deus, que parecia bem distante, embora sempre fosse o mais próximo dele. Enquanto aconteciam discursos, o drama persistia. Mas Jó resolveu orar intercedendo em favor dos  amigos. Deus gostou da iniciativa de solidariedade, então, mudou o cativeiro dele. fazendo com que  tudo que ele tinha perdido fosse restituído em dobro. E Jó veio a falecer com farturas de dias. Isto é, os dias de dores não significaram muito se comparados aos dias de bençãos.

O cristão precisa ser solidário para agradar ao Senhor. A solidariedade é a ação de amar o próximo, é atender ao que Jesus manda.

Jesus disse: Mais bem aventurada coisa é dar do que receber (Atos 20.35).

Alguém disse certa vez que ninguém é tão carente que não tenha algo de bom para oferecer, e ninguém é tão abastado que não necessite de alguma coisa. É verdade, embora aparentemente não possamos visualizar essa questão.

Você é mais feliz dispensando tempo de oração pelos outros do que por si mesmo, sonhando em ser bênção ao próximo do que ser abençoado. Invista no amor ao próximo. A contrapartida positiva é tão óbvia quanto a luminosidade do sol do meio-dia.

Poucas pessoas compreendem o mandamento de amar o inimigo (Mateus 5.44). Elas acreditam que Deus quer que o cristão sofra praticando o bem para quem lhe faz mal Não! Deus não é um ser masoquista. Amar quem se comporta como inimigo é uma das portas que se abertas na vida do cristão. dão acesso ao compartimento de bênçãos indescritíveis. Por quê? Porque ao praticar amor aos que se comportam como inimigos o cristão é portador do amor de Deus a quem não merece ser amado. E nesta ação, o cristão imita a Deus, que ama a todos sem que ninguém mereça ser amado.

Ame quem te odeia, elogie quem fale mal de você e ore por quem te persegue. Faça isso com o coração voluntário, pois o Senhor está presente e não o desamparará jamais nestes momentos. É difícil, mas não é impossível. Ore, e peça para Deus ajudar você nisso. Peça ao Senhor para preparar as situações em que você poderá fazer o bem. Tenha certeza, esse tipo de oração é respondida

É mais feliz quem dá amor do que quem recebe o amor. E este sentimento pode acontecer de muitas maneiras. Entregando cestas básicas, financiando o tratamento odontológico, ensinando uma fração matemática, perdoando ofensas, perdoando dívidas, esforçando-se para compreender as pessoas em situações ruins, passando um voto de confinaça para quem não pode provar uma afirmação sob suspeita, etc.

Quem é  solidário e recebe properidade. A maior bênção que o cristão recebe do Senhor são aquelas quando não espera que aconteça porque não precisa delas, quando não está pedindo nada. Essa é a bênção sacudida e transbordante. Deus dá e sobra. Então o cristã abençoado se transforma em vaso nas mãos dEle, é um intermediário nesses momentos, e é usado para transferir as bênçãos transbordantes para outras pessoas (Lucas 6.38).

Confira todas as abordagens sobre as matérias da revista no blog Belverede: EBD 2012 primeiro trimestre: Verdadeira prosperidade - vida cristã abundante

E.A.G.

Postagem paralela: EBD 2012 - o Rico Nabal e o pedido de ajuda de Davi

Um comentário:

blogdogaldino.com disse...

A paz,

Que maravilhoso conteúdo que aguarda os estudantes desta revista, quando as pessoas descobrirem que tudo o que elas precisam para prosperar é estar plantando uma semente de liberalidade, mudariam seu conceito sobre todas as coisas sobre este assunto.
Ótimo post.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.