Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

sábado, 18 de julho de 2015

Oração e recomendação às mulheres cristãs

Por Eliseu Antonio Gomes

Os capítulos 2 e 3 da primeira carta de Paulo a Timóteo dão instruções detalhadas sobre o culto e sobre a organização da igreja.

Com o começo do segundo capítulo da primeira carta a Timóteo, o apóstolo atende à questão que o levou a escrever, a preocupação com a devida ordem no culto. Fala sobre a liturgia de adoração a Deus, que além de ser composta pela pregação cuja fonte é a Bíblia Sagrada, louvores e reverência, deve ser caracterizada por intercessões em favor de todos os homens. O apóstolo apresenta dois temas de extrema importância, com vista a estabelecer ordem na igreja efésia: a necessidade de orar e a maneira como as mulheres cristãs devem se vestir e agir como esposas no recinto do templo.

A responsabilidade do crente de orar em favor de todos os homens. Orar por alguém que admiramos não exige esforço algum, mas a Palavra de Deus nos incentiva a orar por todos, sejam eles bons ou maus, um defensor estrênuo ou o pior dos algozes que uma pessoa possa encontrar.

Deus é misericordioso e amoroso, por isso, deseja que todos os homens se salvem. Paulo enfatizou: "Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens; pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade; porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem" - 1 Timóteo 2.1-5.

Como crentes precisamos orar por todos aqueles que estão em eminência. Quando Nero era o imperador e promovia espetáculos públicos repugnantes que o fizeram conhecido como uma das figuras mais polêmicas da história - perseguia os crentes, prendia-os e enviava-os ao Coliseu para morrer devorados por leões - Paulo recomendou a Timóteo que orasse por todos os homens, em especial aos que estavam na posição de líderança.

A ordem do apóstolo para orar pelos reis é digna de nota. Nero governava com crueldade extrema, era um imperador que representava uma ameaça crescente aos crentes. Ao atribuir aos cristãos a culpa do incêndio que destruiu grande parte de Roma, e assim safar-se da suspeita sobre sua própria pessoa, Nero foi o responsável pela grande perseguição em todo o Império Romano.

Deus aceita as nossas orações. Ele não somente nos ouve, mas também atende nossas súplicas. Não existe situação, por mais difícil que seja, que não possa ser resolvida mediante a oração (Salmo 6.9).

A oração dos que se desviam da lei do Senhor é abominável (Provérbios 15.8;  28.9). Aqueles que não dão ouvidos às recomendações do Senhor não pode esperar que Deus lhes dê ouvidos ao orar. As atividades de quem se desvia do caminho da sabedoria, indicado na Bíblia Sagrada, incluindo suas orações, são abomináveis ao Senhor. Deus se contenta com a oração dos retos.

A conduta e a maneira como as mulheres cristãs devem se vestir  (1 Timóteo 2.9-10). A mulher, assim como os homens, deve ter uma conduta exemplar na igreja e fora dela.

O primeiro assunto abordado por Paulo em sua carta a Timóteo, no capítulo 2, que é a oração, parece estar completamente separado do segundo assunto, a conduta das pessoas de sexo feminino na congregação. Mas, ambas matérias estão interligadas pela frase "que do mesmo modo..." (versículo 9 - ARC 4ª edição [SBB]).

O apóstolo começa o capítulo ensinando sobre a indispensabilidade de orar e depois aborda a necessidade de se estabelecer um ambiente de oração que não contenha distrações, atitudes, fatos e coisas, que venham a atrapalhar a motivação daqueles que oram durante o culto público. Ao observar e exortar sobre a situação da presença e ações de mulheres na igreja, tem em sua mente o fato de que é importante manter um ambiente adequado para adorar a Deus.

O vestuário extravagante e o comportamento feminino inconveniente nas reuniões de culto, são capazes de afetar os homens a ponto de eles trocarem o desejo de orar ao Senhor pelo deslumbramento aos encantos físicos da beleza feminina.

Assim como era a sociedade na geração da igreja Primitiva, do mesmo jeito é o padrão comportamental da cultura de hoje em dia. Na congregação que Timóteo pastoreava, algumas mulheres se vestiam de forma chamativa, ostentavam vestuário caro, para refletir o status social elevado e diferenciar-se dos membros pobres   e/ou sensual, seguindo o modelo de vida pagão. As mulheres eram pressionadas pelo mundo a que se trajassem de maneira a estimular a sexualidade dos homens.

A admoestação de Paulo aconselha a mulher a vestir-se elegantemente, a evitar usar o vestuário para atrair a atenção  com o objetivo de ostentação de riquezas ou como se fosse objeto sexual. A  atitude era preocupante, porque criava uma barreira de convivência naquela comunidade cristã.

A recomendação de Paulo, solicitando que as mulheres priorizem em suas vidas atos de caridade em lugar da exposição da aparência física desordenada, não é restrita para elas. O contexto bíblico nos mostra que as boas obras são exigidas como um todo:
• dos membros abastados financeiramente (1 Timóteo 6.18);
• dos membros como um todo, independente da condição de vida econômica (Tito 2.14; 3.8, 14);
• dos pastores e líderes em geral (Tito 2.7).  

Nos dias atuais, não são poucas as mulheres que renunciam a sua carreira profissional para, sem compensação financeira, cuidar da casa e da família e, depois, se queixam porque o seu trabalho não é reconhecido como suficientemente digno. Lavar, cozinhar, limpar, educar os filhos, cuidar do marido. Outras mulheres, além de dar conta do serviço doméstico ainda possuem uma carreira profissional longe do lar. Não é surpresa que frequentemente o resultado é um sentimento de frustração, especialmente quando é o próprio esposo que não reconhece nem valoriza sua dedicação redobrada. A Bíblia mostra que um elogio na hora e medida certa é importante e pode fazer maravilhas. Haja vista o exemplo encontrado em Provérbios 31.10-31. Que os maridos considerem o valor de suas companheiras e não somente atitudes equivocadas no ambiente de culto e fora dele, se acontecerem.

Conclusão


A oração da fé salva o doente e ele  levanta-se (Atos 3.1; Tiago 5.15).

A oração é a suprema proteção contra o ceticismo que insinua ser o objeto de fé mera ilusão ou uma projeção de nossos anseios.


O hábito da oração nos ensina a depender de Deus, deixando que Ele escolha. em sua liberdade soberana, o tempo, o lugar, o meio e o fim, na certeza que tudo quanto Ele fizer sempre será o melhor.

E.A.G.

Compilações:
1 e 2 Timóteo e Tito - Introdução e comentário, J.N.B Kelly, volume 14, página 71, reimpressão 2011, São Paulo (Vida Nova). 
As Ordenanças de Cristo nas Cartas Pastorais, Elinaldo Renovato, páginas 21, 29, 1ª edição 2015, Rio de Janeiro (CPAD).
A Bíblia da Mulher, página 1947, edição 2009,  Barueri - SP (Sociedade Bíblica do Brasil)
Ensinador Cristão, ano 16, nº 63, página 37, 3º trimestre de 2015, Rio de Janeiro (CPAD) 
Lições Bíblicas - Professor - A Igreja e o seu Testemunho: As Ordenanças de Cristo nas Cartas Pastorais, Professor, Elinaldo Renovato de Lima, 3º trimestre 2015, páginas 18-25, Rio de Janeiro (CPAD). 
Histórias de Mulheres da Bíblia, Eva Mündlen (seleção de textos) páginas 122, 123, edição 2013,  Barueri - SP (Sociedade Bíblica do Brasil).

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.