Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

domingo, 21 de dezembro de 2014

O Jô Soares preconceituoso e a resposta de Marco Feliciano

O Pr Marco Feliciano recebeu quase 400 mil votos em sua
 reeleição ao cargo de deputado federal em 2014.
Trechos da carta aberta de Marco Feliciano ao apresentador Jô Soares:

"Às vezes me pergunto como um homem com tamanha cultura, com uma equipe de produção das mais competentes, antenados em tudo que ocorre no mundo, às vezes forma juízo de valor sobre pessoas e as expõe ao seu grande público, como é o meu caso. Fui citado várias vezes durante minha gestão como presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias e também recentemente ao abordarem o ocorrido com o deputado Jair Bolsonaro, o querido Jô indagou sobre mim, e afirmando que eu não deveria estar na Comissão de Direitos Humanos, eu perguntaria por que esse preconceito? Será por que sou evangélico? Será por que não sou de movimentos considerados 'cult', nem carrego a bandeira vermelha?"

“Teria a produção do Jô, tão competente, explicado a ele que não sou mais presidente da comissão desde o início deste ano, sendo as presidências de comissões anuais e que hoje sou apenas um entre tantos membros da comissão? Teria a produção do Jô procurado nos anais da Casa do Povo os trabalhos efetuados em minha gestão à frente da CDHM, tais como, audiências com índios que há anos não eram atendidos pela dita comissão?”

"Ainda questionaria ao amado Jô se ele soube de algum trabalho da CDHM neste ano de 2014 sob a presidência do PT? O único trabalho ‘relevante’ desta douta comissão foi aprovar um Requerimento de Visita ao presidiário José Dirceu que segundo denúncias estava tendo maus tratos na Papuda”.

“Eles (Maria do Rosário e opositires) estavam chamando o deputado Bolsonaro de estuprador, e ele (Jair Bolsonaro) disse que mesmo que fosse não estupraria a deputada. É preciso restabelecer a verdade, ele não disse que era um estuprador”, 

__________

Resposta de Marco Feliciano em carta aberta ao apresentador, que se expressou de maneira repreensível em 9 de dezembro de 2014 em seu programa, no quadro Jô Soares e as Meninas do Jô, quando debatia as notícias da semana e fez menção a Marco Feliciano, que presidiu a CDMH em 2013, em pauta que se referia ao embate Jair Bolsonaro e Maria do Rosário, que o chamou de estuprador.

Falando de sua gestão na CDMH, Feliciano teria descrito as atuações do colegiado como presidente: adoção de crianças, prostituição infantil, quilombolas, trabalhos análogos a escravidão, assédio moral, suicídio de policiais, cidades inteiras contaminadas por chumbo, audiência com índios e a aprovação da lei de cotas para serviços públicos. 

Nota: Procurei pela carta de Marco Feliciano. Em sua página oficial no microblog Twitter, há um link direcionador à página hospedada no Facebook, cujo endereço é o seguinte: https://www.facebook.com/PastorMarcoFeliciano/posts/543473195792704:0. Ao seguir para lá, descobrimos que a missiva foi removida. Há o comunicado-padrão da rede social: "O link que você seguiu pode estar quebrado ou a página pode ter sido removida."

Opinião Belverede: Como se estivesse perdido no debate, Jô Soares trouxe à bancada o nome do parlamentar. No meu modo de entender, a atitude foi pré-elaborada. Jô Soares quis polemizar para aparecer mais na mídia, pois assinou contrato para mais dois anos de programa na Rede Globo. mas ultimamente tem sido ofuscado pelo brilho dos concorrentes Danilo Gentili (The Noite, SBT) e Rafinha Bastos (Agora é Tarde, Band).

Provavelmente, com o objetivo de não continuar ofuscado em 2015 e 2016, Jô Soares e sua produção devem acreditar piamente que precisam de factóides para que o velho talk show seja prestigiado pelo público. E adotaram a infeliz estratégia de criar embates com gente como os deputados federais Marco Feliciano (por São Paulo, obteve quase 400 mil votos na eleição de 2014) e Jair Bolsonado (mais 446 mil de votos pelo Rio de Janeiro) seja o caminho para manter acesa a luz da notoriedade. Esquecem-se que hostilizam dois parlamentares que representam mais de 800 mil prováveis telespectadores das duas mais importantes praças de anunciantes do Brasil. Se continuar assim, só resta desejar ao Jô e sua trupe uma boa viagem ao limbo e boa estadia em um ostracismo irreversível.

Terminando, é válido dizer que o apresentador esteve hospitalizado neste ano e também perdeu um filho. Tais fatos tornam a situação aqui tratada um pouco compreensível, mas não deixam de ser erros gritantes para uma personalidade pública.

Confira menção do Jô Soares no vídeo, a partir de 4:38: http://youtu.be/eOgAAajy42M 

Fontes:
Gospel Prime via Point Rhema http://noticias.gospelprime.com.br/marco-feliciano-critica-jo-soares/ |  http://www.pointrhema.com.br/2014/12/marco-feliciano-questiona-critica-de-jo.html 
Jô Soares Oficial https://twitter.com/josoarestrue
Marco Feliciano https://twitter.com/marcofeliciano
UOL Entretenimento TV e Novelas http://televisao.uol.com.br/noticias/redacao/2014/12/17/marco-feliciano-defende-bolsonaro-e-escreve-carta-aberta-a-jo-soares.htm

2 comentários:

Espaço SayEco disse...

Como sempre, gosto muito dos teus texto Eliseu, parabéns! Pergunto: A página não encontrada, com a resposta do Feliciano, poderia ter sido retirada de propósito? Como as muitas censuras que o Facebook faz?... Esta cada dia mais difícil para poder expressar opinião, se esta for contrária ao atual governo e seus seguidores fanáticos... Esta ficando muito difícil viver no Brasil! Abraços amado. Fique na paz do Senhor!!!

Eliseu Antonio Gomes disse...

Caro (a) Leitor (a).

Obrigado por sua opinião favorável aos meus textos e por suas visitas e manifestação aqui no blog Belverede.

Da minha parte, acredito que o parlamentar resolveu retirar a carta da exposição online. Penso em três motivos para isso:
1º. Constatar que houve a repercussão desejada, sabia que o conteúdo chegaria ao conhecimento do destinatário;
2º. Saber do momento de fragilidade do Jõ Soares: o apresentador saiu de uma internação hospitalar e também perdeu um filho recentemente.
3º. Estamos perto do Natal e Ano Novo , é tempo de celebração e não de atritos.

Boas festas.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.