Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

sábado, 10 de maio de 2014

Mães cristãs

O que a Bíblia diz sobre mães cristãs? 

A Bíblia não afirma que toda mulher deve ser mãe. No entanto, diz que aquelas que o Senhor abençoa a ser mães devem assumir a responsabilidade seriamente, pois é um papel importantíssimo que o Senhor dá às mulheres, fundamental na vida de seus filhos.

As crianças são presentes do Senhor, são seres humanos frágeis que merecem receber ternamente apoio verbal constante, a amizade dos adultos (Salmos 127.3-5).

A maternidade não é tarefa fácil e nem sempre tarefa agradável. A mulher cristã sabe que é primordial manter a presença na vida dos filhos, ter dedicação plena desde o período da gravidez até a fase adulta, quando eles tornam-se cidadãos independentes.

No texto de Tito 2.4 encontramos a recomendação bíblica para que as mães amem seus filhos. No original grego encontramos a palavra "philoteknos" ao verbo amar, que significa um tipo de amor especial, o "amor de mãe". A palavra carrega a ideia da mãe amorosa com seus filhos, aquela que estabelece uma convivência em que há carinho com a criança, abraçando-a, alimentando-a em horas regradas, disponibilizando muito cuidado em todas as suas necessidades, proporcionando um ambiente de liberdade com responsabilidade. 

A Bíblia Sagrada traz outras orientações sobre o exercício da maternidade: 

A mãe cristã é exemplo de integridade, é modelo de comportamento correto, pratica o que ensina,  dando aos seus filhos a oportunidade de observar dentro do lar o exemplo da vida em piedade (Deuteronômio 4.9, 15, 23; Salmo 37.18, 37; Provérbios 10.9; 11.3;  2 Timóteo 1.7, Efésios 4.29-32; 5.1-2; Gálatas 5.22; 1 Pedro 3.8-9).

A mãe, e o pai também, precisa manter o máximo de disponibilidade à vida dos filhos, estar junto deles durante a fase do desenvolvimento físico e psicológico, para ensiná-los sobre a vontade do Senhor.

É preciso educar a criança segundo a doutrina bíblica, com firmeza e afetuosidade, com conversa e interatividade, transmitir a ela o temor do Senhor sem provocar nela sentimentos negativos (Deuteronômio 6.6-7; Provérbios 13.24; 19.18; 22.15; 23.13-14; 29.15-17; Efésios 6.4; Hebreus 12.5-11).

É necessário apresentar à criança a cosmovisão bíblica, fazê-las ver suas habilidades naturais e auxiliá-las a desenvolver e entender que seus talentos natos podem ser usados como ferramentas à Obra do Senhor. Também, informá-las sobre a disponibilidade de dons espirituais, que elas podem ter acesso após o batismo no Espírito Santo, para que por meio deles tenham a capacidade de abençoar os irmãos em Cristo de maneira sobrenatural (Deuteronômio 4.10;  Salmos 78.5-6; Provérbios 22.6; Romanos 12.3-8; 1 Coríntios 12).

Um dia, aquele filho, ou filha, que foi docemente embalado nos braços, cercado de atenção, entra na fase da juventude e da adolescência, depois, amadurece e torna-se um cidadão, ou cidadã, independente e sem ligação com o "cordão umbilical", transformando-se também em uma pessoa que gerou outra pessoa. Nesta fase, a mãe cristã já pode dar-se à licença de descansar dos cuidados básicos, mas jamais poderá esquecer-se que o dever de demonstrar afeto e encorajamento maternos nunca cessa.

E.A.G.

Texto adaptado do artigo What does the Bible say about Christian mothers?, publicado em Got Questions ? Org

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.