Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

quinta-feira, 26 de abril de 2012

As mais populares corridas de quatro rodas no Brasil: Fórmulas 1, Nascar e Indy

Eliseu-Antonio-Gomes_Belverede_Fórmula-Indy_by-Dave-Lewandowski-divulgação
Divulgação: Fórmula Indy. Imagem by Dave Lewandowski

- Dez,  nove, oito, sete, seis, cinco, quatro, três, dois, um!

Acho que nunca o telespectador brasileiro teve tantas opções para assistir competições de automóveis como tem agora. No conforto de casa, ao ligar seu televisor pode escolher ver o canal Fox Sports e acompanhar a tradicional, embora meio desconhecida no Brasil, Nascar, ou sintonizar a Band e acompanhar os automobilistas da Indy, ou assistir a Rede Globo e seguir a aceleração dos corredores da Fórmula 1.

Nascar

Fundada em 1947, entre os americanos, os circuítos da Associação Nacional de Produção de carro de Corrida (National Association for Stock Car Auto Racing: Nascar, em inglês) foi vista como empolgante, mais pelos motoristas e automóveis do que pelos circuítos.

O campeonato se consistia em que os pilotos comprassem carros novos em concessionárias e  soubessem escolher os pneus, as carrocerias e ajustassem os motores de maneira ideal para a pista a ser percorrida, com permissão de ajustagem de corrida em corrida. Com o tempo as regras evoluíram mais, para trazer segurança e maior equilíbrio entre os competidores.

Gente famosa como os atores de cinema Paul Newman e Steve MacQueen estiveram envolvidos diretamente com as competições Nascar. O evento é extremamente popular nos Estados Unidos, está em segundo lugar em audiência, perdendo apenas ao futebol americano. Os estúdios Pixar, produtor de animação de computador, aproveitou bem essa popularidade e em 2006 lançou o filme Carros, conquistando enorme sucesso nas bilheterias local e internacional.

Fórmula Indy

A Fórmula Indy chama-se IZOD Indy Car Series, principal categoria da Indy Car. Foi fundada em 1996 por Tony George, norte-americano proprietário do Indianapolis Motor Speedway, após a separação  da CART, alegando como motivo da separação querer preservar as provas em cicuítos ovais, uma tradição de seu país neste tipo de esporte.

Embora os carros da Indy se pareçam com os da Fórmula 1, as regras são totalmente diferentes. Como pilotos, por ela já passaram Emerson Fittipaldi e Nelson Piquet. Em meados de 1992, devido haver patrocinador em comum com a Fórmula 1, Airton Senna testou veículo da Indy, mas não chegou a correr oficialmente.

A Fórmula Indy é uma categoria prodominantemente de equipes norte-americanas. Entre os três esportes, é o que mais agrega pilotos brasileiros e único que tem uma mulher competindo: Bia Figueiredo, Tony Kanaan, Hélio Castroneves e, o recém chegado à modalidade, Rubens Barrichello.

A Indy 300, tem uma híper transmissão do conglomerado Band: cobertura da pista feita pelas câmeras do canal Band, cobertura de bastidores da Band Sports e flashs ao vivo da Band News, além das locuções de rádios via Band News e Bandeirantes.

O ronco dos motores da categoria ocorrerá neste final de semana pela terceira vez no circuíto do Anhembi, em São Paulo, com data para realização em 29 de Abril, próximo domigo, às 12h30. O traçado paulistano dá voltas dentro do sambódramo e na Marginal Tietê, que é uma reta de um quilômetro e meio, a maior do evento no mundo, permitindo aos pilotos acelerarem até 340 km por hora.

Fórmula 1

O Campeonato Mundial de Fórmula 1 é modalidade de origem européia, começou na França, regulamentada pela Fédération Internationale de l'Automobile (FIA), com sede em Paris. Teve início antes de Segunda Guerra Mundial.

A corrida do Grande Prêmio de San Marino, em 1994, está na memóia de muitos brasileiros, que assistiram choque fatal que ceifou a vida de Ayrton Senna.

Ter o númeral UM (1) no nome, soa um pouco arrogante, pois a categoria se autoproclama como portadora do melhor de todos os campeonatos do mundo. A vangloria não é virtude.

A corrida da fé crista

"Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas vou prosseguindo, para ver se poderei alcançar aquilo para o que fui também alcançado por Cristo Jesus. Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo pelo prêmio da vocação celestial de Deus em Cristo Jesus" - Filipenses 3:12-14 (Almeida Revisada).

O apóstolo Paulo faz alusão às corridas olímpicas e usa jogo de palavras para falar sobre a fé em Jesus. Lembra que foi alcançado por Cristo na estrada de Damasco e se converteu do judaísmo ao cristianismo (Atos 9.3-6). E, como cristão, prossegue correndo para conquistar o prêmio do chamado celestial.

A meta de Paulo era conhecer a Cristo, ser a pessoa que Jesus esperava que fosse. Assim como ele, fiquemos atentos e ativos, sem parar diante das diversas distrações dessa vida, que nos convida a abandonar a corrida cristã.

Todo cristão precisa estar consciente da necessidade de correr a carreira da fé, ter como objetivo a linha de chegada. É Deus quem salva a alma, no entanto devemos continuar a corrida cristã. É preciso prosseguir, sempre motivados  a ir adiante sem olhar para trás. Como? Abandonar os pecados, recusar o egoísmo e abraçar o altruísmo.  Somos estimulados a continuar prosseguindo na obediência do mandamento do amor.  A fé promove a ação (aceleração) por meio do amor (Gálatas 5.6; 1 Corintios 15.10; Efésios 2.10; Colossenses 1.29; Hebreus 13.20-21).

E.A.G.

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.