Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

sábado, 28 de janeiro de 2012

Prossigo Para o Alvo: Robson Silva pergunta

Perfil no Blogger: São Paulo, SP, Brazil. 38 anos, casado há 18 com Vera Carvalho, pai de 3 joias, membro da Assembleia de Deus Ministério de Cubatão; Presbítero; Líder de Missões e Superintendente da EBD. Bacharel em Direito. Servo abnegado. Editor do blog Prossigo para o Alvo.
.
Graças ao mundo virtual, tenho contato com o preclaro irmão em Cristo Robson Silva desde o primeiro semestre de 2007. Nosso contato em comum é o ilustre Pr. Carlos Roberto (Point Rhema).
.
Por algumas vezes, tive a honra de recebê-lo no Belverede, comentando meus posts. E estive fazendo o mesmo no blog dele. Para mim, essa honraria voltou a acontecer ontem, na postagem que eu escrevi sobre a lição nº 5 da escola dominical.
.
Achei por bem transformar o comentário dele e as minhas respostas em um post, assim como foi o tratamento que ele disponsou para mim.
.
_________
.
Robson: Meu prezado amigo Eliseu, Graça e Paz! É possível que minhas palavras não caibam em um único comentário então vou divídí-lo. Também sou pela moderação, pelo verdadeiro ensinamento bíblico – que é segundo a doutrina de Cristo, pela transparência na administração da "bolsa" e por uma homilética coerente e condizente com uma hermenêutica não viciada, não soberba, não interesseira, não fadada a defender um objetivo pessoal, não particular: “Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.” (2Pe 1.20).
.
Belverede: Prezado irmão, nos esforçamos para que seja assim. Anunciamos o Evangelho e porfiamos para viver o que é anunciado.
.
Realmente é importante trabalhar em favor dos interesses do reinado de Deus entre nós. Muitos entram no ministério cristão, como é o caso de um pedreiro que convivi no passado, que andava de fusquinha. De evangelista a pastor, de pastor de igreja para pastor setorial, e quando isso aconteceu se desligou da CGADB e, dizem, "vendeu" o ministério. Escândalo nacional em rede de televisão. Após isso, se arrependeu e quis reaver o que havia vendido. O povo o rejeitou, fizeram uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE), aberta para os membros, e o excluíram daquela igreja.
.
Robson: 1. Por que o evangelho de Cristo precisa ser anunciado sobre uma plataforma antropocêntrica e egoísta (RECEBER) e não cristocêntrica e altruísta (DAR)? (At 20.35).
.
Belverede:  Atos 20.35 apresenta duas bem-aventuranças pronunciadas por Jesus Cristo. Daquele que dá e daquele que recebe. Ambos são bem-aventurados. Nem todos que recebem são egoístas, se seus corações são abertos ao compartilhamento daquilo que receberam.
.
Penso que é preciso cuidado ao tocar no assunto do antropocentrismo. Alguns confundem o que venha ser. Tenho encontrado quem esteja defendendo a Doutrina da Gnose em nome da prática do cristocentrismo. Escrevi sobre isso, é uma das postagens escritas como subsídio ao 1º trimestre de 2012 da EBD / CPAD. Conferir: Prosperidade Versus Doutrina da Gnose.
.
Robson:  2. Por que prosperam sobremaneira os defensores da chamada Teologia da Prosperidade a ponto auferirem para si fortunas incalculáveis, bens supérfluos e geradores de custos insuportáveis (imagina quanto custa manter uma aeronave particular, ou o IPVA de um SUV blindado), sabidamente às custas de DOAÇÕES de fiéis seguidores de suas doutrinas? (Is 55.2; At 8.20).
.
Belverede: Olhando o movimento que diz fazer apologia ao Evangelho e se coloca contra a Teologia da Prosperidade, vejo que não existe uma militância uniforme. Muitos se posicionam contra a TP. Mas quando fazemos observação e comparação geral dessa gente, eles apenas parecem um grupo, defendem e atacam  conceitos doutrinários que se chocam entre eles mesmos.
.
Sobre doações: Elas são voluntárias, feitas por pessoas maiores de idade, independentes, em um país em que há liberdade de culto. O dinheiro é do doador, que não pede assessoramento financeiro de ninguém. Quem sou eu para me intrometer nesta relação? Prefiro não opinar em vida alheia.
.
Além disso, é um preconceito pensar que os doadores são gente sem personalidade própria, uma massa da marionetes nas mãos de quem recebe as doações.
.
Sobre fortunas: vivemos num Brasil em que há um abismo entre ricos e pobres. Para uns, R$ 600,00 representa o salário mensal, para outros é o preço de um jantar na companhia da esposa na região dos Jardins, na cidade de São Paulo. Neste cenário - eu que não sou pastor e nem penso em ser - sou da ideia que o pastor deve ter uma vida digna, com um bom ganho mensal. Escrevi sobre isso detalhadamente em Dezembro de 2011: Pastor Evangélico em tempo integral.
.
Sobre aeronave e carro blindado: Cada ministro tem um ministério característico, dentro do cenário socioeconômico brasileiro, onde existem muitos com pouco e poucos com muito. Se o líder lidera uma membresia paupérrima, 50 membros, será um erro locomover-se em automóvel importado e avião. E se a membresia é abastada, em número bastante expressivo em território nacional e estrangeiros, ele não deverá locomover-se em Fiat 147. É preciso olhar os contextos.
.
Robson: 3. Por que a Teologia da Prosperidade não funciona como uma “montanha russa”, com seus disseminadores abrindo mão vez ou outra de TUDO O QUE TÊM em favor dos pobres – como os vistos no referido vídeo do You Tube – a fim de MATAR a fome dos que MORREM por causa dela? Será que DEUS não os RESTITUIRIA, cem vezes mais? (Mc 10.21).
.
Belverede: Amigo, essa ideia de abrir mão de tudo é antibíblica. Parece ter origem no catolicismo de São Francisco de Assis.
.
Jesus ensina diferente: "E Pedro começou a dizer-lhe: Eis que nós tudo deixamos, e te seguimos. E Jesus, respondendo, disse: Em verdade vos digo que ninguém há, que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho, que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições; e no século futuro a vida eterna - Marcos 10:28-30.
.
Sobre o vídeo no YouTube, fiz o seguinte comentário em Novembro de 2011: Claudio Pimenta aos trancos e barrancos. Não sei ao certo a quem o Pimenta se dirige, mas sei que existem igrejas perto da região mencionada por ele, essas que são classificadas como neopentecostais e professoras da TP.
.
Robson: "4. Por que a LEI MAIOR da Teologia da Prosperidade, a da SEMADURA, não se aplica da mesma forma aos disseminadores da doutrina? Não deveriam eles também SEMEAR proporcionalmente àquilo que colhem, preferencialmente nas vidas dos fiéis e não nos próprios bolsos ou de seus parceiros ministeriais? (Ef 4.28).
.
Belverede: Quem sou eu para dizer se fulano Y ou fulano X não pratica o ato do dízimo e o ato das ofertas? Não tenho essa capacidade para saber tudo, sou pó.
.
Sabemos que a onisciência pertence exclusivamente ao Senhor. Portanto, ambos concordamos que apenas Ele, e quem estiver gozando da intimidade de Y e X, têm condições para dizer que não ou que sim.
.
Lembro-me da época que ocorreu o grande terremoto no Haiti. Fazendo parte de uma comunidade do Orkut, encontrei um tópico com diversas pessoas criticando um determinado evangelista. Comentavam a calamidade e perguntavam, em tom de cobrança, porque o fulano X, que havia comprado um jatinho não fazia nada a respeito. Sabia que o mesmo havia enviado um grupo de socorro por conta própria, as  pessoas enviadas eram enfermeiros e médicos. Ele não fez propaganda "olhem, sou bonzinho", como fazem alguns atores de Hollywood nessas horas...  Então, o óbvio é: às vezes esquecemos que não é porque não sabemos que algo acontece, que este algo não está acontecendo ou aconteceu.
.
As igrejas que eu conheço em São Paulo praticam obras assistências. Os membros em crise financeira não são deixados em esquecimento. Mas não tenho como comentar de ministérios que não possuo informação alguma da rotina deles.
.
Eu sou da seguinte ideia: todo ofertante e dizimista precisa saber se o ministério onde contribue presta assistencialismo em favor dos membros. Se não fizer isso, ele deve mudar-se de congregação, ir para onde os pobres não são esquecidos.
.
Eu sei de líderes que "semeiam" em ministérios de colegas líderes. As ofertas vão para quem eles gostam. É assim comigo e com você também. Sua oferta não vai ao ministério do pastor que não se simpatiza. E está certo em ser assim, porque é preciso contribuir com alegria.
..
Robson: 5. É lícito, justo e ético barganharmos com DEUS a oferta ou a contribuição espontânea em favor de Seu Reino (leia-se Igrejas) na Terra, mas não em favor dos pobres miseráveis que diuturnamente morrem de fome na África, Ásia, Oriente Médio e outros rincões a fora? Não deveriam os defensores da TP organizar campanhas contra a fome, a pobreza a falta de abrigo o desemprego, ao invés de Campanhas vultuosas de R$1.000,00, R$911,00, R$900,00, R$600,00 + uma Bíblia capaz de extirpar a pobreza da vida dos fiéis? (1Tm 6.18).
.
Belverede: Ser filantropo é algo bom e bonito. Muitos ricos fazem isso para garantir uma boa aparência na foto social. Uma boa devolução do imposto de renda está garantida, uma parte do que foi volta.
.
A missão da Igreja não é levantar fundos para tentar acabar com a miséria do mundo. Paulo ensinou que os pastores devem cuidar daqueles que são servos de Jesus Cristo (1 Timóteo 5, capítulo inteiro).
.
Falamos da África, o métodoo cristão é estabelecer igrejas lá, e aos africanos que se convertem prestar a assistência social necessária. Isso acontece hoje. Mas é muito complicado. Há convertidos polígamos, com mais de uma família constituída legalmente... O problema é bem mais complicado do que imaginamos!
.
Robson: Muitas outras questões poderiam ser formuladas para refutar a Teologia da Prosperidade (não da verdadeira prosperidade à luz da Bíblia) tal como ela é apresentada e aplicada por seus defensores. No entanto, para não tornar cansativa e enfadonha a leitura vou me ater a essas somente.
.
Belverede: Sinta-se livre para se manifestar quando julgar necessário.
.
Falando do geral, não especificamente. O problema na questão dessa refutação é que muita gente não conhece a Bíblia Sagrada suficientemente para elaborar conteúdo próprio. Vemos cópias de cópias. Existem muitos "Loros Josés" por aí. Mas ninguém vê quem é o manipulador desses bonecos.
.
Outro dia, quis rastrear.  Usa-se textos de terceiros sem dar créditos... Reservei tempo, quando cheguei ao fim do fio de novelo embaraçado, descobri um site ateu como fonte, que provavelmente também deveria ser de um homossexual. A questão da preferência sexual não ficou confirmada.
.
Robson: Sabedor que sou do equilíbrio e bom senso com que debates temas tão ácidos, e da tua simpatia pelo Pr. Silas Malafaia, me antecipo em dizer que as questões acima não dizem respeito exclusivamente às suas doutrinas, mas a de todo aquele que de alguma forma defende ou pratica a TP em substituição à cruz de Cristo.
..
Belverede: Amigo, sou simpático até com os que se comportam como inimigos. Deus vive em mim. Difamaram-me? Minha oração: Senhor, me guie para encontrar pontos positivos na vida dessa pessoa para que eu possa falar bem dela sem mentir. Acusaram-me injustamente? Senhor, me ajude a não deixar crescer uma raiz de amargura e possa continuar levantando minhas mãos em seus cultos sem ira e nem contenta.
.
Sobre Malafaia. Existe alguma identificação com ele. Mas não é plena, como não é plena com ninguém. Meu coração é inteiro só para Jesus. Como me identifico? Antes de Malafaia entrar nessa briga do PL 122/2006, eu já estava dentro usando Internet. Sou um nada, e a minha militância parecia invisível naquela época. Tenho ameaça de processo por causa disso, assim como ele tem...
.
Além disso,  tendo muitos conhecidos que participam da CGADB, percebo que muitas ações contrárias a Malafaia são motivações da política eclesiásticas e a praça comercial.
.
Ele desfiliou-se da convenção assembleiana, mas muita coisa ainda está aí como ecos de braçadeiras em portas enferrujadas. Não pretendo tomar partido de um ou outro lado. E a minha imparcialidade incomoda alguns.
.
Ele é dono de publicadora de livros e lojista. O marketing negativo, tão presente no mundo secular também é usado no meio cristão. Triste!
.
A boa apologética trabalha com o conhecimento pleno sobre quem é o alvo da critica, olha o todo, e faz isso sem parcialidade, sem interesse pessoal.
.
Sem ser específico. Temos na atualidade muitos "Apologetas de Youtube". tem muita gente deixando que vídeos editados formem as suas cabeças e dirijam as suas vidas. É impressionante!
.
Certa vez, conversava com um eminente membro da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil. Ele revelou crer que o re-te-té era uma movimento de origem entre os neopentecostais, mais precisamente na Igreja Internacional da Graça de Deus e na Igreja Universal do Reino de Deus. Ledo e crasso engano! E... o tal é formador de opinião entre os assembleanos. Refutei-o!
.
Sei que se um sapatinho de fogo quiser fazer show nas reuniões da IIGD e IURD, são orientados a calar e manterem-se em seus assentos prestando atenção na mensagem. Minha refutação se confirmou dois anos depois. Edir Macedo usou o jornalismo da Rede Record para criticar o re-te-té, até considerando quem rodopia, pula, grita, como gente possessa. RR Soares também se manifestou contra publicamente, porém, com mais brandura.
.
Robson: “Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada.” (Rm 8.18).
.
Belverede: Amém!

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.