Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

EBD 2012 - O Novo Testamento e o ensino sobre a prosperidade

Na revista publicada pela CPAD,  Lições Bíblicas, entitulada A Verdadeira Prosperidade - A Vida Cristã Abundante, comentada por José Gonçalves, referente ao 1º trimestre de 2012 na lição 4, há a abordagem A Prosperidade em o Novo Testamento.

A seguir, um trecho da revista, edição Mestre, e ao final o meu comentário.

No tópico Interação, página 27,  encontramos o seguinte: "Jesus optou por ter um estilo de vida simples e nunca incentivou seus discípulos a buscarem ou acumularem tesouros na terra (Mateus 6.19-21). Ele nos ensinou a buscar o Reino de Deus e a sua justiça em primeiro lugar (Mateus 6.33). Para o Senhor o que importa não é o ter mas o ser".

"Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração." - Mateus 6.19-21.

O ensino de Jesus é contra a ganância e a avareza, não é contra as riquezas.

Na minha infância, lembro-me que este texto bíblico era usado de maneira errada. Diziam: "Para que estudar muito, se Jesus Cristo vai voltar? Não temos que buscar o aprimoramento da cultura secular porque o que verdadeiramente importa são as coisas de Deus." E assim, uma geração de assembleianos não cursaram faculdades e viveram a vida toda em profissões com pouca renda. Muitas famílias padeceram das necessidades básicas e acreditando que, por faltar o necessário, eram mais espirituais que os ricos.

Como ser social, o cristão não deve alienar-se. Ninguém sadio deve cruzar os braços e esperar que as bênçãos materiais caiam do céu .Jesus disse que nem só do pão vive o homem. Todos precisam comer o pão cotidiano, que não deve ser o pão da preguiça, mas resultado de estudos e trabalho honesto. Lucas 4.4; Lucas 11.3; Provérbios 31.27; 2 Tessalonicenses 3.10.

O cristão pode ser rico, porém, vigilante para que o amor ao dinheiro não o domine. Aqueles que trabalham só para si mesmo são egoístas. E quem trabalha contra os outros são maus. "O engano está no coração dos que maquinam o mal, mas a alegria está entre os que promovem a paz. Nenhum mal atingirá o justo, mas os ímpios estão cobertos de problemas." - Provérbios 12.20-21 (NVI).

Ter bom preparo profissional para trabalhar é importante, porque a consequência é um bom salário. Estude, trabalhe. Aprimore-se nos estudos e na profissão. Trabalhe para o seu bem-estar e para o bem estar do próximo. O trabalho honesto e com finalidade justa dignifica e abençoa o ser humano.

Se uma pessoa de muitas posses tem a consciência para compartilhar, ela é uma pessoa que tem íntima comunhão com Deus, além de rica é uma pessoa próspera.

"Portanto, não se preocupem, dizendo: ‘Que vamos comer? ’ ou ‘que vamos beber? ’ ou ‘que vamos vestir? Pois os pagãos é que correm atrás dessas coisas; mas o Pai celestial sabe que vocês precisam delas. Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal." - Mateus 6.31-34

Mateus 6.31-34 traz o ensino precioso sobre prioridades e a fé em Deus. Precisamos agir como súditos, querer viver segundo os padrões do Reino de Deus, escolher fazer a vontade do Rei. nos esforçar e.agir de acordo com a justiça do Rei. e ter confiança que Ele não nos abandona quando precisamos dEle.

A vontade do Rei não é que sejamos miseráveis. Seu desejo é que tenhamos paz e o suficiente para viver tranquilos e com capacidade de repartir com quem necessita. Deus pede para amar o próximo e deseja que sejamos justos.

Mateus 6.31-34 não é uma licença para a irresponsabilidade no campo da administração financeira.  Em Provérbios 6.6-11, encontramos a lição das formiguinhas. Elas trabalham no verão e acumulam o necessário para o tempo do inverno. O cristão também deve agir com a mesma prudência desses insetos. Não acumule em exagero, tenha em depósito seguro o suficiente para usar naqueles dias que precisar fazer gastos extras, como os momentos de doenças, ou para as mensalidades da faculdade dos filhos.

Com certeza, a mentalidade mundana tem seus valores invertidos. Para quem não vive segundo os padrões do Reino de Deus, o dinheiro vale mais do que pessoas e até do que Deus. A mente mundana não ama o Criador e nem o próximo. Quando faz o bem é porque há a relação de troca de interesses, tem como certo que poderá tirar algum proveito pessoal.

Para quem está no mundo, ter é mais importante que ser. Considera-se natural pensar que fins justificam os meios. Então, muitos mentem, traem, roubam, assaltam, matam, se prostituem. Fazem isso com o objetivo de se apoderar do dinheiro, querem acumular riquezas, sem se preocupar como conquistarão. Eles não são súditos no reinado de Deus entre nós.

Confira todas as abordagens sobre as matérias da revista no blog Belverede: EBD 2012 primeiro trimestre: Verdadeira prosperidade - vida cristã abundante.

E.A.G.
Encontre mais sobre o assunto: EBD 2012 - O Novo Testamento e o ensino sobre a prosperidade (parte 2)

Um comentário:

Anônimo disse...

chalom,maravilhozissima lição mais como Jesus não deveriamos nos preocuparmos com os mercantilistas do evangelho, que usam a verdade que é a palavra de Deus para enrriquecerem as custas dos fiés; mais usarmos a palavra de Deus sem pretenção, para tirarmos muitos fiés da pobreza quaze mizeria, por nao conhecerem a verdade que liberta, que Deus em cristo vos abençoe

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.