Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

quarta-feira, 18 de abril de 2012

O que é avivamento?

Com certeza o assunto mais importante para a Igreja de Cristo em todos os tempos seja o avivamento espiritual. Será que os crentes do século 21 o vivem? Muitas pessoas buscam respostas para essas perguntas.

Estar avivado é estar decidido a obedecer ao Senhor. Envolve o arrependimento e o abandonamento do pecado. O avivamento identifica, de maneira clara e explícita, o momento quando entendemos o sacrifício de Cristo na cruz e decidimos obedecer a Deus. Charles Finney, certa vez declarou: "O avivamento não é senão aquele momento quando iniciamos obedecer o que o Senhor nos mandou fazer."

Penso que todos os crentes devem se esforçar para viver o padrão espiritual que a Igreja Primitiva no primeiro século.

Quando o apóstolo Pedro deu lugar, o Espírito assumiu a vida dele. Então, ele se levantou e, numa única pregação, se converteram três mil almas. A cristandade precisa ansiar por experiência assim, então vivenciará o cumprimento de Atos 1.8: "Recebereis poder ao descer sobre vós o Espírito Santo."

O cristão verdadeiramente avivado procura viver em completa obediência a Deus, orando muito mais do que o religioso tradicional. Lê as Escrituras Sagradas e medita nela com prazer, pois é plenamente consciente que existe nela a orientação que o ensina a proceder conforme o padrão correto para tudo que precisa fazer. 

Quem deseja compreender o que é avivamente precisa ir ao livro de Atos dos Apóstolos, mais especificamente ao capítulo 19. Lá, há a definição do que é o verdadeiro avivamento. O apóstolo Paulo chega em Éfeso e encontra uma comunidade de crentes, que ainda não havia recebido o batismo no Espírito Santo, eles haviam sidos batizados nas águas, haviam se arrependido de seus pecados, porém não entendiam a obra do Espírito. Paulo os instruiu e impôs as mãos sobre eles, que passaram a ser cheios do Espírito, passaram a profetizar e falar em línguas.

Não é da vontade de Deus que o mover do Espírito, registrado em Atos 19 terminasse. "Enchei-vos do Espírito" - Efésios 5.18. Da mesma forma que os apóstolos foram capacitados para o serviço, no dia do Pentecoste, depois os crentes de Éfeso, nos dias atuais é necessário haver pessoas prepararadas espiritualmente para cumprir a vontade do Senhor.

Os cristãos obedientes ao Senhor estão sobre o mover do Espírito, tal qual os cristãos no século 1.

E.A.G.

Um comentário:

Anônimo disse...

Graça e paz!

É interessante na vida de Paulo que ele não faz do púlpito uma plataforma política, um centro de poder "carnal". Digo isso porque é comum alguns pregadores chegarem em determinadas igrejas e num arroubo de prepotência e arrogância humilharem as pessoas por não serem batizadas com o Espírito Santo. Aí começa a sessão de ofensas: crentes gelados, caras de delegado, são algumas das alcunhas que berram nos microfones. E o mais triste é que decidem que irão batizar os que têm fé. Começa, então, um estardalhaço, mandando as pessoas darem glória sem cessar, até que elas enrolam a língua e aquilo são "linguas estranhas", a evidência externa do batismo com ou no Espírito Santo.
Vemos que Paulo não ofendeu ninguém, não se pôs como paladino da santidade. Ele comreendeu que tratava-se de ignorãncia, desconhecimento, e ao impor as mãos veio sobre eles o Espírito Santo, simples assim.
Paulo guardou sua ousadia e tenacidade para falar e disputar na sinagoga, mesmo assim com o intuito de discipular e anunciar o reino de Deus e não gabar-se de que orava tantas vezes por dia, ou de que jejuava constantemente, ou de que subia montes demasiadamente, ou de que tinha os joelhos gastos de orar, etc.
Ser avivado é ter vida, é ter a certeza da salvação e querer isso para os outros.
Não é somente ser avivado no templo, mas ser avivado na vida. Confunde-se avivamento com macaquice nos templos. Macaquice os símios já fazem nos galhos das árvores.
Às vezes, o indivíduo passa o culto todo sem dar um pio e quando pega o microfone se transforma, então começa a vociferar: "Você pode dar um glória?", "Você não é proibido de adorar!", "Abra a tua boca e profetiza!".
De que adianta ser avivado 2 horas por semana, aos domingos, e passar as outras 166 horas da semana escondido no meio da multidão, mudo, apático, esperando a próxima sessão dominical para se travestir de "pentecostal canela de fogo"?
É preciso lembrar-se da carta apocalíptica ao anjo da igreja de Éfeso: cuidado para não deixar o primeiro amor.

Valdir Rocha

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.