Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

terça-feira, 21 de junho de 2011

Dízimo: ato de amor e fé

O livro Hebreus , um dos livros mais profundos do  Novo Testamento, apresenta Melquisedeque. O escritor, inspirado pelo Espírito Santo, baseando-se nas informações de Gênesis 14 e no Salmo 110.4, o descreve como um sacerdote de uma ordem sacerdotal sem começo e sem fim. Ou seja, Melquisedeque é uma figura que simboliza Jesus Cristo, o sumo sacerdote eterno. Portanto, não é possível se considerar cristão e ao mesmo tempo ignorar os relatos bíblicos sobre as experiências dos patriarcas Abraão e Jacó sobre o dízimo,

E com essa revelação que os dizimistas cristão entregam 10% de seus salários nas igrejas. Eles entendem que o
dízimo não surgiu para ser praticado apenas na Dispensação da Lei, surgiu antes, foi usado pela fé e pela espontaneidade de Abraão e Jacó, então, é um sistema de coleta válido para uso na igreja. Conferir: Gênesis 14, capítulo todo, e Gênesis 28, capítulo todo. 
.
Dízimo é uma questão de fé, amor, consciência, É questão de reconhecer que Deus não faz brotar árvores com fruto dinheiro e nem permite que chova dinheiro do céu para financiar os ministérios de obreiros cristãos.

Sobre o tema bíblico, eu me ative por três anos inteiros pesquisando-o nas Escrituras Sagradas. E está mais do que claro que o dízimo veio a existir 430 anos antes de Moisés subir ao monte Sinai e descer dele com as duas tábuas da lei.

Nunca participei, portanto não conheço culto que contenha campanhas. Sempre fui testemunha da entrega dos dízimos como uma parte litúrgica, que ocorre no momento de coletas com salvas carregadas por diáconos, enquando grupo musical ou cantor (a) louva ao Senhor.

O dízimo no sustento da vida de obreiros
 
É importante trabalhar.

O trabalho dignifica a pessoa. Deus não aceita vagabundagem de ninguém.

As pessoas que ainda não tiveram a oportunidade de conhecer a Cristo, e portanto não tem raciocício espiritual, não consideram a importância do trabalho de pastores, que são tarefas espirituais. Não conseguem entender que o profissional secular trabalha com vista para as coisas dessa vida, enquanto que o pastor lida com almas, objetivando a felicidade dessas almas no porvir.

O apóstolo Paulo escreveu duas coisas importantes sobre trabalho:

1 - Trabalho secular
 
"Porque, quando ainda estávamos convosco, vos mandamos isto, que, se alguém não quiser trabalhar, não coma também" - 2ª Tessalonicenses 3.10.

2 Trabalho espiritual

"Os presbíteros que governam bem sejam estimados por dignos de duplicada honra, principalmente os que trabalham na palavra e na doutrina; porque diz a Escritura: Não ligarás a boca ao boi que debulha. E: Digno é o obreiro do seu salário" - 1ª Timóteo 5.17-18.

Jesus Cristo, ao começar seu ministério, chamou pessoas trabalhadoras para andar com Ele, chamou pescadores e um coletor de imposto. Por três anos, 12 profissionais palmilharam Israel, sem nenhum contato com o trabalho secular, apenas se ocupando do trabalho espiritual.

Quem cuida de tarefas espirituais devem ser honrados. O trabalho do líder espiritual é muito mais importante do que trabalhos seculares!


E.A.G.

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.