Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

sábado, 4 de junho de 2011

300 heróis presos por Cabral no Rio de Janeiro


Osso duro de roer? Vizinho registra a ordem covarde de Sergio Cabral: BOPE, a Tropa de Elite da PM carioca, ataca bombeiros desarmados, mulheres e crianças!


300 Bombeiros do Rio de Janeiro foram presos pelo governador Sergio Cabral por reivindicaram aumento de salário. Hoje eles recebem míseros 900 reais ao mês!

Jornal do Brasil, em matéria de hoje, com atualização de 19h46: " Rio - Os bombeiros presos após a invasão ao Quartel Central do Corpo de Bombeiros, no Centro do Rio, estariam sofrendo maus tratos na Corregedoria da Polícia Militar em São Gonçalo, para onde foram encaminhados, de acordo com familiares e integrantes da comissão de direitos humanos da OAB-RJ. Mulher do cabo André Luiz, um dos presos, Cristiane Dionísio afirmou que vários estariam ainda impedidos de sair dos ônibus que o transportaram pela manhã".

A atitude intempestiva de Cabral, diante da greve de bombeiros, numa manifestação pacífica, pois haviam mulheres e crianças dos grevistas presente, revela muito o perfil de quem ele é.

O Governador ordenou ao BOP Pelotão, ir para cima de esposas e filhos dos grevistas, usando cavalaria, munidos de bomba de gás lacrimogêneo, granadas de efeito moral. A tropa de elite teria disparado balas de fuzil contra essa gente indefesa, e pelo menos cinco crianças foram socorridas ao Hospital Souza Aguiar, informa a Agência Estado.

Esses bombeiros são os mesmos homens que estiveram no lamaçal da tragédia de Petrópolis e regiões adjacentes, salvando vidas. Cabral não quer dar aumento para eles. Mas qual será o salário do Governador Cabral para esquentar a cadeira em seu gabinete com ar condicionado, para sentar-se em sua cadeira cujo valor é muito mais que mil reais?

O Rio de Janeiro precisa mudar de gerência, urgentemente. Lá no Japão, os moderadores que tiveram suas casas destruídas pelo terremoto e Tsunami já receberam moradias. Mas, os moradores do estado do Rio de Janeiro, abalados com tragédia em proporção menor e em maior tempo, ainda estão sem ver nada de positivo desse governador.

Haverão tragédias no período das chuvas no próximo ano, sr. Cabral... E você rouba do cidadãos cariocas 300 homens heróis, dispostos a dar suas vidas pela de outros. Que decisão nojenta!

E.A.G.

2 comentários:

Carlos disse...

O que está por trás dos bombeiros.



Nos últimos meses venho acompanhando as manifestações que alguns bombeiros vem realizando em frente a assembléia legislativa, ali na rua 1° de março. Confesso que estive presente nas duas primeiras manifestações deste ano, mas não mais retornei. Ficava ali, parado e assistindo cinco ou seis bombeiros e PMS disputarem o microfone, tomando minutos repetitivos que pareciam nunca terminar. Cada um querendo aparecer mais que outro. Eram sempre os mesmos. Normalmente, do lado dos bombeiros, era gente que tinha seus próprios vínculos políticos com deputados e vereadores. Infelizmente gente que verdadeiramente poucas horas de trabalho dedicou ao CBMERJ.

Tempos depois, li no jornal que seis ou sete bombeiros haviam sido presos por incitar greve. Ao ver cada nome, lembrava dos panfletos que recebi em época de eleição e me perguntava, se uma instituição centenária merecia ser usada para alavancar a carreira de meia-dúzia.
Gostaria que todos vocês ao lerem os nomes dos lideres desse movimento, fossem até o Google e checassem quais não foram candidatos nas ultimas eleições.

Os três principais lideres são:

Capitão alexandre Marchesini (Candidato a deputado pelo PR)
Capitão Lauro botto (candidato a deputado pelo PV)
Cabo Benevenuto (candidato a deputado pelo PRTB)

E os dois principais PMs que discursam sempre são:

Coronel Paul (Candidato pelo DEM)
Cabo Gurgel (candidato pelo PTB)

Será que não está óbvio que essa gente quer uma melhoria pra elas próprias?

O CB Benevenuto, por exemplo, passou os últimos 4 anos lotado em um gab de deputado e depois saiu candidato.
O Capitão Marchesini, foi candidato pelo partido do Garotinho. Por que ele não cobrou do Garotinho este aumento na época que ele era governador?

Acordem. Esse pessoal nunca foi bombeiro de verdade. Todos os que ali estão só querem usar a corporação como trampolim político. Já vi vários deputados bombeiros serem eleitos e a coisa só mudou para eles.
Quando fiz minha escolha por um serviço publico, eu sabia que o salário era baixo, mas decidi ingressar pela estabilidade. Foi uma escolha minha, troquei o salário mais alto da iniciativa privada, pela estabilidade de um emprego publico. Não vou agora me vitimizar por minha própria escolha. Isso seria safadeza.

Vejo até crianças sendo levadas aos protestos. Ora, pra que alguém vai levar crianças para uma manifestação? Só se for pra servir de escudo humano, não há outra justificativa. Isso é atitude de oportunista covarde.

Óbvio que bombeiro ganha pouco. Assim como todo funcionalismo e é uma situação que ouço desde que me conheço por gente.

Vamos melhorar sim, mas não com essa turma que aí está.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Carlos

O fato de nesta greve de bombeiros haver destaque de três pessoas, e essas três pessoas estarem envolvidas com políticos e cargos na política, não tira a legitimidade das reivindicações.

O salário é baixíssimo para quem é bombeiro no estado do Rio de Janeiro. Fato.

É ótimo que você traga para nós os nomes desses homens, que tomam a frente e pedem melhorias para a classe dos bombeiros. A posteriori, o povo poderá saber em quem votar. É preciso votar em quem se comportem em representante e não em quem faz promessas, só promessas.

Você fala de crianças como escudo humano. Não, não é assim que eu vejo essa situação. Os pais levaram seus filhos ao local de protestos porque não acreditavam que o lugar seria invadido pelo BOPE, com cavalos, granadas de efeito moral com uma PM violenta.

Os bombeiros acreditavam que tudo seria resolvido num processso de paz. Não sabiam que o Cabral é tão ruim como é.

Lastimável!

Sergio Cabral errou feio! E isso já faz parte do currículo da vida política dele. No futuro, seja até para uma eleição de síndico de prédio, lembrarão de mancha purulenta que ele cometeu em sua administração como governador do Rio do Janeiro em junho de 2011.

Não se bate em criança! Não se agride mulheres! Não se prende hérois!

A cúpula do PMDB deveria intervir e forçar esse Cabral a tomar medidas de bom sendo, já. Ou expulsá-lo do partido, pois ele é alguém que denigre a imagem dp partido depois dessa situação de covardia contra uma classe que só sabe salvar vidas.

Outra vez: lamentável!

Abraço.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.