Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

sábado, 16 de julho de 2016

A prosperidade que eu li na Bíblia Sagrada


"Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo" - Romanos 10.13.
“Da abundância do seu coração fala a boca” - Lucas 6.45.

Não é possível alguém dar aquilo que não tem. Quem não possui amor sincero, o máximo que conseguirá doar é o amor fingido; quem não conhece o Salvador no íntimo de seu ser, o máximo que conseguirá falar sobre Ele é o que ouviu outros dizerem a respeito dEle.

Equilibre-se!

Nas Escrituras Sagradas, Antigo e Novo Testamento, idiomas hebraico e grego, os vocábulos paz, bênção e salvação, entre outros significados, também significam prosperidade. Não representam apenas o acúmulo de riquezas, mas o bem-estar do espírito, da alma e do corpo; tem a ver com estabilidade em todos os sentidos.

Eu penso que o pregador que não centraliza Jesus Cristo em sua pregação, insiste em repetir incentivos ao acúmulo de bens e dinheiro, não é seguidor de Cristo. Aquele que prefere pautar suas mensagens apenas em coisas dessa vida, segundo o raciocínio do apóstolo Paulo, com muita certeza eu digo que é o mais miserável dos pecadores (1 Coríntios 15.19).

Na outra ponta do extremismo, aquele que vive apenas a pensar no relacionamento da raça humana apenas na condição seres espirituais, erra. Primeiro, Deus criou a parte física de Adão e só depois soprou a vida em seu corpo. O Criador que fez o corpo, a alma e o espírito do ser humano, agiria de maneira incoerente dizendo amar o mundo inteiro e enviando Jesus ao mundo para salvar apenas o espírito de cada um de nós - e que se arrebente a alma e o corpo dos servos fiéis? Nas Escrituras Sagradas, Antigo e Novo Testamento, os vocábulos paz, bênção e salvação, entre outros significados, também significam prosperidade. Não representam apenas o acúmulo de riquezas, mas o bem-estar do espírito, da alma e do corpo; tem a ver com estabilidade em todos os sentidos: saúde, finanças, emoções, espiritualidade.

Precisamos dia após dia conhecer mais a Bíblia Sagrada e empreender esforços para que ela permaneça, em todas as situações que vivemos, como a nossa regra de fé e de prática. Assim, nenhuma pregação ouvida nos púlpitos de igreja, conselho em roda de conversa ou mensagem escrita deverá ser aceita sem antes passar pelo crivo das Escrituras.

Só aquilo que estiver de acordo com a Bíblia deve ser guardado no coração.

1 - Na Bíblia, encontramos o equilíbrio de Paulo em contato com a pobreza e a riqueza: “Tanto sei estar humilhado como também ser HONRADO; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de FARTURA como de fome; assim de ABUNDÂNCIA como de escassez” – Filipenses 4.12.

2 - Na Bíblia, conhecemos a oração de Agur, homem desejoso de ser uma pessoa sincera, distante de gente dissimulada e mentirosa, cujo coração não queria ser pobre e também não queria ser rico. “Afasta de mim a falsidade e a mentira; não me dês nem a pobreza nem a riqueza; dá-me o pão que me for necessário” – Provérbios 30.8.

3 - Na Bíblia, aprendemos que ser um trabalhador e ter a condição de desfrutar do salário do próprio labor é um presente divino.

“Eis o que eu vi: boa e bela coisa é comer e beber e gozar cada um do bem de todo o seu trabalho, com que se afadigou debaixo do sol, durante os poucos dias da vida que Deus lhe deu; porque esta é a sua porção. Quanto ao homem a quem Deus conferiu riquezas e bens e lhe deu poder para deles comer, e receber a sua porção, e gozar do seu trabalho, ISTO É DOM DE DEUS ” – Eclesiastes 5.18-19.

Concluindo

Foi Jesus que disse: mais bem-aventurada coisa é dar do que receber (Atos 20.35).

Logicamente, Jesus não quer que você, após a conversão, passe a viver uma vida miserável. Não quer que o cristão rico empobreça, não deseja que o trabalhador, que pela fé nasceu outra vez, fique desempregado, e o desempregado que ama a Deus morra de fome. O Senhor não quer gente crente em eterna dependência de descrentes, perambulando vestido de farrapos a pedir esmolas, não quer ver o crente como o mendigo fedorento que ninguém sente prazer em ter por perto.

Também não é da vontade dEle que o pobre se transforme em um milionário, esnobe e avarento. A vontade do Senhor é que todos nós confiemos nEle, confiança maior do que a depositada no saldo da conta bancária, ou em alguém de carne e ossos. Ele quer que eu e você sejamos compartilhadores das bênçãos que recebemos e que nunca sejamos pessoas egoístas.

E.A.G.

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.