Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Jesus, o Messias

Jesus disse aos judeus: Vocês estudam cuidadosamente as Escrituras, porque vocês pensam que têm nelas a vida eterna. E são as Escrituras que testemunham a meu respeito" (João 5.39). As Escrituras do Antigo Testamento revelaram onde Jesus iria nascer (Belém), como Ele nasceria (de uma virgem) e porque Ele viria ao mundo (para sacrificar-se por nossos pecados). A passagem de Isaías, também registra que aquela criança seria Deus, o Deus Todo Poderoso e Pai da Eternidade.

Por Judith Kemp

Muitos e muitos anos antes de Jesus nascer, Deus Pai, através do profeta Isaías, disse ao seu povo qual deveria ser o nome do bebê. Ele seria a única criança na história da humanidade que seria chamado de Deus Forte e Pai da Eternidade.

No entanto, quando Jesus começou seu ministério na terra, muitos se recuraram a aceitá-lo, incluindo a maioria dos líderes religiosos da época. Eles se orgulhavam do seu conhecimento sobre as Escrituras do Antigo Testamento, mas, mesmo assim, queriam matar a Jesus porque Ele dizia que "Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus (João 5.18).

É difícil entender porque eles não o reconheceram, mas foi o que aconteceu.

Os anjos disseram à Maria, sua mãe: "...Assim, aquele que há de nascer será chamado Santo, Filho de Deus" (Lucas 1.35). Jesus disse: "Eu e o Pai somos um" (João 10.30). Seus discípulos acreditavam em sua divindade. João disse: "No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus" (João 1.1). Pedro exclamou: "Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo" (Mateus 16.16).

Mais convincente ainda foi o testemunho do próprio Deus. No batismo de Jesus e também em sua transfiguração, o Pai Celeste disse: "Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo" (Mateus 3.17 e 17.5). Jesus disse: "...a própria obra que o Pai me deu para concluir, e que estou realizando, testemunha que o Pai me enviou" (João 5.36).

Quem, senão Deus, poderia dar visão aos cegos, andar sobre as águas, multiplicar o almoço de um menino para alimentar 5 mil pessoas? Quem, senão Deus, poderia ressuscitar Lázaro?

Jesus disse aos judeus: Vocês estudam cuidadosamente as Escrituras, porque vocês pensam que têm nelas a vida eterna. E são as Escrituras que testemunham a meu respeito" (João 5.39). As Escrituras do Antigo Testamento revelaram onde Jesus iria nascer (Belém), como Ele nasceria (de uma virgem) e porque Ele viria ao mundo (para sacrificar-se por nossos pecados). A passagem de Isaías, também registra que aquela criança seria Deus, o Deus Todo Poderoso e Pai da Eternidade.

Se Jesus não fosse o Pai eterno, Ele não poderia nos dar a vida eterna. Mas Ele é Deus, é o Messias e por isso podemos colocar nossa confiança em suas palavras. "Eu lhes asseguro: Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado, mas já passou da morte para a vida" (João 5.24).

Lar Cristão, 14 e 15 

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.