Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

O caso da acusação de tentativa de estupro feita por Patrícia Lélis contra Marco Feliciano. Desdobramentos apontam à inocência do Pastor e Deputado Federal


Marco Feliciano no Conexão Reporter com Roberto Cabrini, exibido no SBT
Ao clicar sobre a imagem, você será direcionado ao site oficial do SBT,
poderá assistir a edição do Conexão Repórter na íntegra.


.
Durante a noite do último domingo, 14 de agosto, Roberto Cabrini ofereceu aos telespectadores do SBT a reportagem exclusiva, cujo título é Atrás do Plenário, na qual apresenta sua investigação sobre o suposto caso de estupro e agressão do Pastor e Deputado Federal Marco Feliciano (PSC). Cabrini fez entrevistas exclusivas com o parlamentar e também entrevistou a suposta vítima, Patrícia Lélis, estudante, 22 anos.

Na reportagem, levada ao ar no programa Conexão Repórter, Cabrini realizou entrevistas com bastante imparcialidade, dando oportunidade para Feliciano contar seu lado da história. E o resultado surpreende por apresentar desdobramentos claros em seu favor. Este desdobro poderá servir de prova cabal, fazê-lo passar de acusado à posição de vítima de calúnia, injúria, difamação e extorsão. 

O álibi de Marco Feliciano: Ministro do Trabalho Ronaldo Nogueira

Para a data e a hora em que Patrícia Lélis afirma ter sido atacada, Feliciano apresenta sua agenda, comprovando que, no mesmo momento da suposta tentativa de estupro, ele estava em outro lugar, em reunião com o Ministro do Trabalho Ronaldo Nogueira. A produção do Conexão Repórter conseguiu imagens de câmeras de segurança comprovando que Feliciano realmente esteve com Nogueira.

Patrícia Lélis poderá ser presa em breve

Os rumos das investigações mudaram. A garota, que foi à uma delegacia da mulher em Brasília apontar Feliciano por tentativa de estupro e numa delegacia em São Paulo dizer havia sido vítima de cárcere privado por parte do assessor do parlamentar, também sofreu revés em sua acusação de encarceramento. Imagens de câmeras de segurança a desmentiram.

Conforme o delegado Luiz Roberto Hellmeister, que conduz o caso na Capital paulista, investigações trouxeram à tona que que Patrícia hospedou-se em companhia do namorado no hotel San Raphael, o mesmo hotel em que disse que havia sido mantida encarcerada; e além disso, flagras de câmeras de segurança mostram a garota passeando pela cidade ao lado do namorado, fazendo tratamento de beleza ao custo de R$ 700,00. Idas e vindas muito descontraídas, justamente nas mesmas horas que alegou estar presa pelo assessor de Marco Feliciano. 

Com tais evidências, Hellmeister afirmou, à imprensa que acompanha este caso, que a garota será indiciada por denúncia caluniosa e extorsão.

Conclusão

Toda espécie de crime possui uma motivação. Então, que fique exposta aqui a minha pergunta, que deve ser a mesma de muita gente: para quem interessa este tipo de escândalo, às portas de campanhas eleitorais, envolvendo o nome de Feliciano? A menina "atirou" para todos os lados, sempre negativamente, proferindo nomes de diversos parlamentares que compõem a Bancada Evangélica e políticos filiados ao Partido Social Cristão. Que os culpados não fiquem impunes! 

E.A.G.

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.