Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

sábado, 28 de maio de 2016

A Nova Vida em Cristo

A nova vida em Cristo consiste em viver fervorosamente a vitória da cruz.
Por Eliseu Antonio Gomes

Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus" - Romanos 12.1-2.

No capítulo 12 da Carta aos Romanos, Paulo dedica-se a aplicabilidade da doutrina cristã, que apresentou nos capítulos anteriores. Ele afirma que a partir da aplicação dos ensinos de Cristo é possível renovar o nosso entendimento.

O Reino de Deus é para todos aqueles que creem, não somente para o judeu. "Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" - João 3.16.

Só existe uma coisa a fazer para receber o maior presente de Deus (Jesus Cristo), que é a maior razão para dar graças: crer. Aquele que crê no Evangelho de Cristo tem razões para dar graças  por toda eternidade.

Para fazer parte do Reino é necessário nascer de novo. "A isto, respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus" -  João 3.3.

Jesus foi direto ao que a religião não pode prover. Um novo nascimento. A salvação não é assunto de conhecimento e nem de amadurecimento. A intenção ao ato de pecar tem que morrer e o ensino de Cristo nascer no coração da alma do pecador, para que agrade a Deus.  

A regeneração pela água e pelo Espírito nos torna novas criaturas. "Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus. 6 O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito" -  João 3.5-6.

É necessário chegar a Deus em humildade, reconhecendo que Ele é o grande Mestre, ninguém sabe mais, a sua Palavra é indiscutível. Para Nicodemos, a sua religião não lhe oferecia a vida que ele podia experimentar em Cristo. Frequentemente, a religião tenta chegar a Deus mediante rituais e méritos pessoais; porém é impossível para o ser humano alcançar a Deus por estes meios.  Jesus quer abrir o entendimento do ser humano para que deixe  de pensar  somente em suas possibilidades e comece a considerar  o poder de Deus.

Deus é Espírito. Quem deseja entrar no reino deve passar por uma mudança espiritual. O Espírito Santo opera no ser humano o milagre do novo nascimento. Nesse processo, a pessoa morre para o pecado e nasce filho de Deus; torna uma nova criatura.

Se alguém está em Cristo é uma nova criatura e tudo se fez novo. "E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas" -  2 Coríntios 5.17.

A base da santificação do crente é a sua união com Cristo, pois é nesta unidade que o crente rompeu com o pecado e recebe condições para andar em novidade de vida conforme a eficácia da ressurreição do nosso Senhor (Romanos 6.4, 10-11).

A carnalidade sempre oferece desculpas e pretextos para que não façamos o que devemos. Essa conduta faz com que a culpa nos persiga e que não alcancemos a satisfação naquilo que fazemos. Somente nos aproximando de Deus podemos permanecer libertos da escravidão causada pela nossa natureza pecaminosa (Romanos 7.18-19, 24-25).

Diante do pecado, o cristão deve avançar sem olhar para trás, aceitar o novo começo, manifestar o verdadeiro arrependimento, que move o coração de Deus. Se não estamos satisfeitos com a vida que vivemos até o momento, não é tarde demais para começar uma nova vida. É possível ter uma vida melhor em Cristo, começando-a por cultivar e manter a comunhão com Deus (Filipenses 1.6).

Embora viver a piedade cristã não ser fácil, após receber a Cristo ainda continuar a existir o conflito pessoal, haja a dificuldade de renunciar alguns costumes do passado, Deus nos aconselha  a que nos desfaçamos do velho estilo de vida pecaminosa e comecemos de novo, junto com Ele atitudes de amor e santidade.

É necessário abandonar os vícios. Álcool e outras drogas. A Ciência afirma que, uma vez que alguém se torna dependente químico ou alcoólatra, será sempre assim. Mas, a Palavra de Deus anuncia que, ao decidir seguir Cristo, todas as coisas se fazem novas, pois Jesus liberta seus seguidores da escravidão (João 8.36).

Receber a Jesus como salvador é o início da vida cristã. "Ora, como recebestes Cristo Jesus, o Senhor, assim andai nele, nele radicados, e edificados, e confirmados na fé, tal como fostes instruídos, crescendo em ações de graças" - Colossenses 2.6-7.

Após receber a Cristo como Salvador, o crente deve acatá-lo como Senhor, assim, evidenciar a sua fé mediante suas ações. Depois de experimentar a graça divina não é mais compatível  viver segundo modo de agir e pensar deste mundo pecaminoso. O crente convertido pertence ao Corpo de Cristo, e como membro desse Corpo é transformado por Deus em seu interior, recebe dons e talentos que, com humildade, deve compartilhar com o mundo ao seu redor.

Como novas criaturas fomos circuncidados em Jesus Cristo. "Nele, também fostes circuncidados, não por intermédio de mãos, mas no despojamento do corpo da carne, que é a circuncisão de Cristo, tendo sido sepultados, juntamente com ele, no batismo, no qual igualmente fostes ressuscitados mediante a fé no poder de Deus que o ressuscitou dentre os mortos" - Colossenses 2.11-12.

Como nova criatura, o crente precisa exercitar o amor, o serviço cristão e resistir a todo o mal, porque na condição de renascido em Cristo tem um ética fundamentada na obra da redenção. Somos chamados a cultuar o nosso Deus com a mentalidade esclarecida sobre a mensagem do Evangelho, sendo instrumentos disponíveis de Deus para abençoar a vida do próximo: amar cordialmente uns aos outros; sermos entusiasmados no cuidado com os outros; alegres na esperança, pacientes na tribulação e perseverantes na oração. Somos chamados para em Cristo sermos santos (Romanos 12.9-11).

Conclusão

O Evangelho não é apenas poder para salvar o homem dos seus pecados, mas também, poder para viver diariamente uma vida vitoriosa e poderosa contra o pecado, contra o mundo e contra o Diabo. Quando justificado pela fé, o crente é também capacitado para tornar-se na prática, um vitorioso contra o pecado.

E.A.G.

Compilações:
Bíblia do Pescador, páginas 1117, 1118,1211, 1253, 1ª edição 2014, Rio de Janeiro (CPAD). 
Ensinador Cristão, ano 17, nº 66, página 40, abril a junho de 2016, Rio de Janeiro (CPAD). 
Lições Bíblicas - Professor - Maravilhosa Graça - O evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos; José Gonçalves, 2º trimestre de 2016, páginas 64-66, Rio de Janeiro (CPAD). 

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.