Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

quinta-feira, 3 de março de 2016

O que acontece com a igreja brasileira?

Heróis da fé em terras brasileiras.
O que aconteceu com a igreja brasileira? 

Antes que continue a ler este texto, quero que você saiba que é com dor no coração que eu escrevo o que lerá... Redijo mantendo respeito e admiração para com a Igreja, que se encontra fiel a Deus. Sim, ela existe, é para ela que escrevo. A redação também tem o intuito de alertar as outras igrejas a voltarem ao primeiro amor.

Quando digo Igreja, usando o substantivo com vogal maiúscula, falo de um povo imensurável que teve seus pecados perdoados, lavados pelo Sangue de Jesus e que a duras penas continuam firmes nos propósitos do Senhor em semear o verdadeiro Evangelho, convictos que não há outro. Se "igreja" tem "i" minúsculo, falo da instituição humana.

Sabemos todos que ainda existem 7 mil que não se dobraram a Baal (1 Reis 19.18). Deus não nos fez cegos, nem insensíveis. Vemos e nos angustiamos com a presença do joio crescendo tanto no meio do trigo, que se tornou quase impossível conviver pacificamente com pessoas que repetem falácias dentro de instituições eclesiásticas. 

Pois bem; não sou saudosista, embora a idade o permita, porque creio que idade cronológica não é nada para um espírito recriado e cheio do Espírito Santo.

Esta semana, recebi uma correspondência via Correios que trazia a Revista da Missão Vida, Anápolis, Goiás, com destaque para os Heróis da Fé em Terras Brasileiras, o que me levou a escrever este texto. Conheci a Missão Vida e o Reverendo Wildo Gomes dos Anjos em 1993, quando ainda morava em Goiânia. Aproveitei que fui visitar irmãos em Asas de Socorro, Anápolis – Goiás (ministério que usa aviões para socorrer tribos indígenas e missionários no campo de difícil acesso) e ensinar minhas duas filhas – 12 e 6 anos sobre Missões. Porque é preciso mostrar o Caminho...

O Rev. Wildo, aos 13 anos, foi impactado pela dura realidade da vida ao saber da história de um morador de rua. Iniciou então um trabalho árduo no evangelismo e alimentação dos mendigos da cidade. Muitas vezes usando sua própria casa para barbear, dar banho e falar de Jesus.

Ao perceber que não havia instituições para isso, deu início à Missão Vida, fundada em 1983. Que hoje se expandiu para muitas cidades e estados. Com milhares de pessoas atendidas e libertas.

Este é um dos exemplos de verdadeiros heróis da fé no Brasil. A revista fala de outros 58 homens e mulheres, brasileiros ou não, que deram, e alguns ainda dão, sua vida e o Evangelho aos brasileiros. Entregaram-se tendo como alvo Cristo, sem esperar retorno maior do que ouvir “Vinde benditos de Meu Pai...” (Mateus 25.34).

Mas hoje em dia o que temos visto na maioria das igrejas não é mais esta paixão pelas almas, este amor pelos perdidos... Como existem tantos que se autoproclamam cristãos e ao mesmo tempo vivem afastados da doutrina de Cristo! Quando digo doutrina não é referência a usos e costumes, aliás, nisso muitas igrejas ainda penosamente permanecem. Comento sobre o ardor missionário, que está em falta!

Por outro lado, crescem os cultos, aparentemente, idólatras, havendo inclusive pontos de contato físico; ou, cultos, provavelmente, a seres humanos - cujos líderes acabam por pecar ao acalentar tal adoração, ou suposta adoração.

Eu acredito que melhor seria parar tudo, vender os carros, as mansões, os jatinhos, romper os “valiosos” contratos milionários com emissoras de televisão, para conseguirem agradar a Jesus, que nunca ensinou nem demonstrou tal soberba. Mas quem tem coragem? Continuam sorrindo na TV, no YouTube e nas redes sociais.

Como “ficaram famosos” no passado próximo depois de orarem, talvez pensem que ainda estão agradando a Deus. Parecem agir como se tivessem olhos espirituais cegos pelo diabo, muitos estão caminhando nesta vereda de pseudo sucesso e levam consigo milhares de almas de toda uma geração que não foi, ou mal foi discipulada, que batizou sem compromisso, e que não estuda a Bíblia, portanto, não sabe identificar as astúcias diabólicas.

Via internet, interajo com muitas pessoas longe de suas casas. Almas! Meu objetivo é falar do amor de Jesus a elas, que por um motivo ou outro estão longe de seus lares. A maioria sente muitas saudades de seus familiares e amigos que deixaram para trás, encontra-se em situação péssima em todas as áreas que se possa imaginar, mas tentam enganar a si mesmas.

Quem usa redes sociais vê a cada dia uma aberração maior que a outra. E tudo citando o nome Santo e Precioso de Jesus! Nos dias atuais é muito mais difícil evangelizar do que há 30 anos atrás, a dificuldade é causada pelos escândalos dentro das igrejas e expostos na internet. Posta-se de tudo. Quando penso que nada mais iria me surpreender, aparece um vídeo ou foto trazendo uma realidade (ou interpretação dessa realidade) pior do que já havia visto antes.

Agora, a maioria das pessoas têm internet e recebem informação (desinformação ou contra-informação) através da web sobre o "meio evangélico". E como eu disse em uma postagem anterior: nivela-se tudo por baixo. Outro agravante é que por causa de tantos escândalos, muitos crentes salvos não se interessam mais em se fazer presente na Igreja (com vogal maiúscula). O que nos leva a pregar para crentes, o que eu acho mais difícil ainda, pois já estudaram a Palavra, alguns tendo até frequentado Seminário.

O Espírito nos deixou o alerta (1 Timóteo 4.1, 16). E a apostasia já chegou, já está em nosso meio. Peçamos a Deus que nos ajude a permanecermos fiéis até o fim. Roguemos para que recebamos da Sua Graça, sejamos corajosos tais quais os valentes Heróis da Fé, para que façamos coisas de valor para o Reino como eles fizeram.

Oremos pelas pessoas que compõem a liderança das instituições evangélicas brasileiras, que chamados de igrejas. Lideranças essas concedidas graciosamente por Cristo com a finalidade de aperfeiçoamento dos crentes no exercício correto do cristianismo, inseridas no meio religioso com o propósito de edificação do Corpo de Cristo, apresentadas às religiões com a intenção da manutenção da unidade entre os irmãos que professam viver a fé no Salvador, para a transmissão do ensino sobre o Filho de Deus, com vista a que todos alcancemos a mesma medida espiritual do Senhor e com o plano de que haja capacidade de nós, que nos identificamos como os cristãos verdadeiros, saber desprezar e refutar eficazmente doutrinas anticristãs, quando estas são trazidas por homens fraudulentos ao nosso círculo social evangélico (Efésios 4.11-15).

Intercedamos no sentido de que os pastores usem a sabedoria que vem do Alto e tenham a unção do Santo e a fé que vence este mundo, provenientes do nosso Deus verdadeiro (Tiago 3.13-18; 1 João 2.20, 27; 5.4).

Toda glória só a Deus.

Mateus 25. 34-46:

“Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver.
Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos? E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te?
E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.
Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos; porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes.
Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos?
Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim.
E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna." 

Tânia Guahyba, Pra.
Belo Horizonte, 03/03/2016

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.