Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

segunda-feira, 23 de março de 2015

"Sai dela, povo meu" - Apocalipse 18.4

Por Eliseu Antonio Gomes

Meus pêsames a Rede Globo, por tamanha falta de criatividade. Esquece que a finalidade de folhetins é entreter, não é doutrinar. Então, ultrapassa o limite do ridículo e da incompetência.

É uma tristeza uma emissora deste porte estar neste servilismo exacerbado ao ativismo gay. Ela acompanha empresas internacionais, de refrigerantes, automóveis, moda, redes sociais e, também, de televisão. Mas, diferente das demais empresas, a Globo exagera na dose e entorna o caldo. É servil ao extremo!

Sendo a cúpula de criação e produção de novelas da Rede Globo exagerada como é, o público que verdadeiramente sustenta a emissora se afasta porque o enredo oferecido neste formato desagrada profundamente. O dinheiro vem de anunciantes, mas quem é que compra os produtos anunciados? O telespectador, infeliz com a qualidade da atração em que o anúncio está posto, é motivado ou desmotivado a adquirir o que a propaganda quer vender? Não é preciso ter dois neurônios sadios para entender que a estratégia de doutrinação adotada pela Globo já fez com que ela tenha os dois pés no precipício e a Lei da Gravidade exerce de maneira fatal o seu papel de levar seu nariz de encontro ao chão.

Haja vista que o telespectador brasileiro recebe transmissões de sinal aberto para televisão em alta definição (HD), grande parte das emissoras em território nacional já operam por este sistema de ótima qualidade em som e imagem. Foi-se o tempo quando usava-se antenas de recepção VHS e a Globo possuía melhor imagem que suas concorrentes. Neste cenário de equiparação em excelência na transmissão da programação, o público não está mais preso na telinha como esteve no passado. É capaz de sintonizar canais com a mesmíssima qualidade de som e imagem. Além da concorrência de programas em canais concorrentes do sinal aberto, o telespectador da Globo pode migrar para canais por assinatura e outras formas de entretenimento como a gigantesca Internet, que só cresce e evolui em qualidade e suas muitas formas de interatividade prazerosa com o usuário.

No futuro, se a Rede Globo não abrir os olhos para a realidade de quem a mantém viva e operante, gente católica e evangélica que não quer ser catequizada por autores de novelas, experimentará a lenta e enorme agonia dos moribundos. Aliás, está claro que apresenta os primeiros sintomas de sofreguidão aguda. Cai na escala do IBOPE vertiginosamente, basta fazer comparações de números abrindo parâmetro de um período de dez anos, colocando como foco de observação o horário noturno, de segunda a sexta-feira, que se diz ser nobre, e a faixa vespertina dos sábados e domingos.

Para quem não crê em Deus, esta emissora  perece firme e inabalável. Entretanto, nem tudo o que parece ser de fato é. E nem tudo que agora é continuará a ser amanhã. É válido lembrar a grandeza e o horrível fim de Nabucodonossor. Caso a Rede Globo não se desapegar deste servilismo esquisito e feio, chegará o dia que, após cambalear tal qual um débil bêbado e comer capim em público pensando ser iguária de prato francês, a enterraremos. Depois, evangélicos e católicos comentarão sobre a extinta plim-plim, que desejou doutrinar telespectadores cristãos e morreu de maneira vergonhosa.

Quem se lembra da tentativa de doutrinação da extinta MTV brasileira?

E.A.G.

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.