Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

terça-feira, 31 de março de 2015

Grande maldade

Nova determinação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) determina que automóveis circulem em território brasileiro carregando extintores de incêndio contendo carga do tipo ABC. Segundo técnicos da área, o equipamento é realmente mais eficaz no combate aos incêndios. Tudo bem! Mas, neste caso, comerciantes bandidos se aproveitam da grande procura por este instrumento e vendem extintores de incêndios falsificados. É muita maldade! Eles pouco de importam com o momento ruim em que o fogo sobe, a pessoa procura o extintor para apagar as chamas e o produto não dá a resposta necessária; não se importam em colocar vidas em risco; eles pensam apenas em ganhar dinheiro.

Observando a situação, eu me lembro da seguinte passagem bíblica:

"Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis. Os homens serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder. Afaste-se também destes" - 2 Timóteo 3.1-5 (NVI).

E.A.G.

quinta-feira, 26 de março de 2015

INSS sovina

Os governantes brasileiros se mostram pouco interessados no bem-estar da população brasileira em todas as situações que possamos imaginar. O modo de trabalhar da maioria dos políticos parece levá-los a ser generosos apenas com o nosso dinheiro quando é para aumentar os seus próprios salários e para sustentar estilo de vida luxuosa, ter moradia de alto padrão, carros de luxo cujo tanque de combustível não é pago com seus salários, mas com nossos impostos, uso de roupas novas e caras às custas do erário público, planos de saúde diferenciado que são pagos pela população brasileira, população esta que quando está doente é obrigada a tentar se tratar e morre em hospitais caindo aos pedaços, com falta de médicos, falta de aparelhos básicos, falta de remédios, população que sofre e passa anos para conseguir um simples diagnóstico e sentar-se diante do profissional de medicina especialista no tratamento do seu mal.

Uma pesquisa recente da instituição Insper revelou que a média de uma família com dois filhos para criar e que marido e esposa trabalham fora é de até R$ 3.000,00. Isto é, ganham hoje para comer amanhã. Mesmo assim, Ricardo Dias Brito, professor de finanças do Insper, respondendo uma entrevista para um canal de televisão em 25/03/15 sobre este assunto, disse que o INSS é generoso com a classe mais pobre, pois a renda do cidadão que se aposenta tem condições de recompor a renda precária dos domicílios.

Dados do IBGE apontam que 94.74% dos cidadãos que trabalham ganham até cinco salários mínimos, que equivale a R$ 3.940,00, enquanto que os aposentados recebem até R$ 4.663,00.

Estranhamente, Ricardo Dias Brito parece não ter considerado que a Previdência Social não presta favores aos cidadãos ao entregar os benefícios. O trabalhador contribui ao longo de sua vida de trabalho para que no declínio de sua estrutura física tenha o direito de que este valor entregue aos cofres do governo federal retorne e mantenha-o em qualidade de vida ao envelhecer.

Falar em generosidade do INSS é um disparate! No final da década de 90, foi criado pelo governo federal o Fator Previdenciário, que castiga o idoso que trabalhar mais. Isto é, na dura realidade, quanto mais velho o trabalhador estiver no momento em que se aposenta, menos dinheiro receberá em benefício de aposentadoria.

Assim, o que acontece é que o brasileiro aposentado não consegue ter em seu benefício o mesmo valor do salário ao longo de seus anos de aposentadoria como recebia trabalhando, pois o benefício não acompanha o crescimento da inflação e nem o valor de aumento do salário mínimo. Não tem condições de se aposentar e desfrutar um bom lazer, não consegue realizar viagens interessantes como fazem os aposentados europeus.

A verdade é que o INSS age à revelia das determinações da Constituição Federal. É inconstitucional aplicar correção de aumentos em percentual menor aos aposentados e maior aos que estão em atividade. A CF exige tratar todos os brasileiros pelo princípio da igualdade, e isto vale ao aumentar o salário do trabalhador e do cidadão aposentado.

E.A.G.

quarta-feira, 25 de março de 2015

Esforce-se para viver como bom despenseiro da multiforme-graça de Deus

“Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus” - 1 Pedro 4.10.

A maioria dos cristãos sabem, mas vale relembrar que o exercício de fé possui mais de uma característica para ser exercida.

O apóstolo Paulo escreveu que a graça de Deus nos basta, porque o poder do Senhor se aperfeiçoa em nossas fraquezas (2 Coríntios 12.9). E muitos interpretam a frase como uma repreensão do Senhor para que nos contentemos em viver em uma vida oprimida, aceitemos de bom grado o derrotismo.

É importante lembrar também que o termo “graça” significa “favor não merecido”; ter bem esclarecido que a graça do Senhor se multiplica entre nós e possui muitas formas de se manifestar em nossas vidas.

Por este motivo Paulo escreveu: “Sei o que é passar necessidade e sei o que é ter fartura. Aprendi o segredo de viver contente em toda e qualquer situação, seja bem alimentado, seja com fome, tendo muito, ou passando necessidade” - Filipenses 4:12 (NVI).

Precisamos buscar a sabedoria de Deus para saber administrar bem a graça que Ele nos dá. O escritor do livro Aos Hebreus mostrou como servos de Deus souberam administrar a fé e graça divinas:

Vencedores aos olhos humanos (Hebreus 11.32-35).

Pela fé servos de Deus alcançaram as promessas. Eles conquistaram reinos, fizeram a justiça prevalecer na geração em que viveram, fecharam a boca de leões, apagaram incêndios, escaparam da ponta da espada, encontraram forças na fraqueza, colocaram exércitos para correr, e mulheres tiveram parentes ressuscitados.

Vencidos os olhos humanos (Hebreus 11.35-40).

Pela fé, outros não alcançaram as promessas. Eles foram alvos de escárnios, torturas, aprisionados, tiveram os corpos dilacerados, mortos por golpes da espada, usaram roupas das mais simples, se perderam pelas areias do deserto e se esconderam no abrigo de cavernas, experimentaram o desamparo e aflição, foram maltratados.

Isto posto, abra com fé as despensas da graça e faça a diferença em seu círculo social.

E.A.G.

terça-feira, 24 de março de 2015

Avião da Lufthansa A 320 caiu em Paris com 150 passageiros

Imagem de um modelo da aeronave acidentada.

Segundo a agência de notícias Reuters, avião Airbus A-320, operado pela Germanwins, uma companhia subsidiária da alemã Lufthansa, teria desaparecido do radar nos Alpes de Haute Provence com 144 passageiros, e 6 tripulantes, por volta de 7 horas do horário de Brasília e 11 no horário de Paris. A aeronave decolou do aeroporto espanhol, em Barcelona, com destino à Düsseldorf, na Alemanha. Houve pedido de socorro do piloto poucos minutos antes do sumiço. Relatos iniciais, informaram que o avião caiu entre a cidade de Digne, capital da região e da cidade de Barcelonette.

O clima para voos estava favorável. As causas do acidente ainda são desconhecidas. A aeronave viajava a uma altitude de 2 mil metros (6.800 pés). Destroçosos de fuselagem foram localizados em uma pequena vila, inacessível por automóvel devido a intensidade de neve, junto a Prads-Haute-Bléone, entre Digne-les-Bains e Barcelonnette. próximo da região dos Alpes de Haute Provence, (sul da França).

O ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, anunciou que realiza esforços de resgate no local. Porém, o presidente francês, François Hollande, se pronunciou dizendo que "a área da queda é de difícil acesso e as condições do acidente indicam que não há sobreviventes."

O aparelho é igual ao modelo que se acidentou em 17 de julho de 2007, no aeroporto Congonhas vindo de Porto Alegre, operado pela TAM Linhas Aéreas, e causou a morte de 187 pessoas.

A gigante alemã Lufthansa realizou fusão com a transportadora Germanwings em 2012 e os voos domésticos começaram a acontecer em 1º de janeiro de 2013.

A maioria dos passageiros seriam alemães, sendo 45 espanhóis. Ainda não está confirmado a notícia de quer entre as vítimas estarem belgas e turcos.

A Germanwins declarou em seu site que haviam 150 pessoas a bordo da aeronave.

E.A.G.
__________

Com as primeiras informações de Heraldo.es http://www.heraldo.es/noticias/nacional/2015/03/24/un_avion_que_volaba_entre_barcelona_dusseldorf_estrella_los_alpes_franceses_347411_305.html 

Atualizações em 8h12, 8h38, 8h55; 9h30.

segunda-feira, 23 de março de 2015

"Sai dela, povo meu" - Apocalipse 18.4

Por Eliseu Antonio Gomes

Meus pêsames a Rede Globo, por tamanha falta de criatividade. Esquece que a finalidade de folhetins é entreter, não é doutrinar. Então, ultrapassa o limite do ridículo e da incompetência.

É uma tristeza uma emissora deste porte estar neste servilismo exacerbado ao ativismo gay. Ela acompanha empresas internacionais, de refrigerantes, automóveis, moda, redes sociais e, também, de televisão. Mas, diferente das demais empresas, a Globo exagera na dose e entorna o caldo. É servil ao extremo!

Sendo a cúpula de criação e produção de novelas da Rede Globo exagerada como é, o público que verdadeiramente sustenta a emissora se afasta porque o enredo oferecido neste formato desagrada profundamente. O dinheiro vem de anunciantes, mas quem é que compra os produtos anunciados? O telespectador, infeliz com a qualidade da atração em que o anúncio está posto, é motivado ou desmotivado a adquirir o que a propaganda quer vender? Não é preciso ter dois neurônios sadios para entender que a estratégia de doutrinação adotada pela Globo já fez com que ela tenha os dois pés no precipício e a Lei da Gravidade exerce de maneira fatal o seu papel de levar seu nariz de encontro ao chão.

Haja vista que o telespectador brasileiro recebe transmissões de sinal aberto para televisão em alta definição (HD), grande parte das emissoras em território nacional já operam por este sistema de ótima qualidade em som e imagem. Foi-se o tempo quando usava-se antenas de recepção VHS e a Globo possuía melhor imagem que suas concorrentes. Neste cenário de equiparação em excelência na transmissão da programação, o público não está mais preso na telinha como esteve no passado. É capaz de sintonizar canais com a mesmíssima qualidade de som e imagem. Além da concorrência de programas em canais concorrentes do sinal aberto, o telespectador da Globo pode migrar para canais por assinatura e outras formas de entretenimento como a gigantesca Internet, que só cresce e evolui em qualidade e suas muitas formas de interatividade prazerosa com o usuário.

No futuro, se a Rede Globo não abrir os olhos para a realidade de quem a mantém viva e operante, gente católica e evangélica que não quer ser catequizada por autores de novelas, experimentará a lenta e enorme agonia dos moribundos. Aliás, está claro que apresenta os primeiros sintomas de sofreguidão aguda. Cai na escala do IBOPE vertiginosamente, basta fazer comparações de números abrindo parâmetro de um período de dez anos, colocando como foco de observação o horário noturno, de segunda a sexta-feira, que se diz ser nobre, e a faixa vespertina dos sábados e domingos.

Para quem não crê em Deus, esta emissora  perece firme e inabalável. Entretanto, nem tudo o que parece ser de fato é. E nem tudo que agora é continuará a ser amanhã. É válido lembrar a grandeza e o horrível fim de Nabucodonossor. Caso a Rede Globo não se desapegar deste servilismo esquisito e feio, chegará o dia que, após cambalear tal qual um débil bêbado e comer capim em público pensando ser iguária de prato francês, a enterraremos. Depois, evangélicos e católicos comentarão sobre a extinta plim-plim, que desejou doutrinar telespectadores cristãos e morreu de maneira vergonhosa.

Quem se lembra da tentativa de doutrinação da extinta MTV brasileira?

E.A.G.

A Igreja e a Lei de Deus

"Não cuideis que vim destruir a lei e os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir" - Mateus 5.17.

Os estatutos do Senhor (Salmo 119.33-36).

O salmista faz vários pedidos que expressam o desejo de ser instruído. Ele entendeu que de si mesmo não tinha condições de aprender os caminhos divinos e usufruir o que está escrito nas Escrituras Sagradas. Nenhum ser humano tem em si mesmo essa capacidade; no entanto, quando aceitamos aprender o que a Bíblia ensina, as Escrituras Sagradas passam a ser um Livro vivo, pois o Espírito Santo atua entre os crentes ensinando e fazendo-os lembrar o que Deus tem dito (João 14.26).

O cristão e a Lei. 

O Novo Testamento diz que nós, que estamos sob a graça, não estamos subordinados a Lei (Romanos 6.14). Nosso relacionamento com Deus não depende de atender uma lista extra de leis, mas, em vez disso, de adequar-se aos estímulos do Espírito Santo.

Os Dez Mandamentos foram especialmente entregues a Israel. Mas também foram dados para nós, Igreja de Cristo, as dez ordenanças do Decálogo revelam Deus como uma Pessoa moral e amável e somos instruídos a imitá-lo (Efésios 5.1).

Somos Igreja quando estamos reunidos em nome de Cristo. "Igreja" é uma palavra vertida do grego koiné do termo Eklesia, significa "assembleia", "ajuntamento". A primeira vez que aparece no Novo Testamento, foi proferida por Cristo. A citação está em Mateus 15.15-17.

Qual o significado de Mateus 5.17?

Jesus viveu toda a Lei. Ele é o sujeito, o alvo, o cumprimento das profecias do Antigo Testamento (Mateus 1.22; 2.6, 15, 17, 18, 23, 3.3; 4.14-15). As Escrituras expõem que toda a Lei foi cumprida em Jesus, o único que cumpriu-a por inteira (Gálatas 3.11, 24). Além disso, capacitou os que creem e confiam nEle a satisfazer as suas exigências.

No Sermão do Monte, Cristo afirmou enfaticamente que não veio para destruir a Lei, pois ela não pode ser anulada. O texto de Mateus 5.17 mostra a expressa e total obediência de Jesus à Lei, tanto pela sua obediência a ela como pela sua morte sacrificial.

Como o cristão se relaciona com a Lei nos dias atuais?

Ninguém pode ser justificado pelas obras da lei (Gálatas 2.16). O Decálogo nunca teve a função de salvar, mas, de conduzir as pessoas a Cristo.

A  Lei de Deus, entregue por Moisés, tinha os seguintes objetivos:
a. veio para para expor e condenar a malignidade pecado do homem (Romanos 3.20; 7.7);
b. prover um padrão de justiça; 
c. revelar a santidade de Deus; 
d. levar o homem à plena consciência de que é pecador;
e. apontar para aquEle que a viveria integralmente.
Quem ama a Cristo guarda os seus mandamentos (João 14.23-24).

Jesus deu a Lei um novo significado, enfatizando o amor a Deus e ao próximo.

Se ao guardarmos os mandamentos damos prova de que amamos a Deus, também provamos o contrário quando não os observamos.

Ninguém pode ser salvo pelas obras da Lei, apesar disso ela é dada aos crentes.

A fé em Jesus é a chave para o cumprimento da lei.

A Lei do Espírito de Vida (Romanos 8.2).

Hoje, vivemos a Lei do Espírito de vida em Cristo Jesus. O fato de estarmos debaixo da graça não nos isenta de obedecermos aos mandamentos de Deus (Romanos 6.15). Todavia, é preciso perceber com clareza que o cumprimento da lei moral não é um mérito pessoal conquistado pelo esforço próprio, mas uma situação que surge de um coração regenerado e transformado.

As Escrituras Sagradas é a inerrante Palavra de Deus revelada ao ser humano. O Criador preservou-a de forma incontestável a sua mensagem ao longo dos séculos, o que nos traz a garantia de que podemos confiar em seu conteúdo como regra de fé e conduta, como a lâmpada para os nossos pés e luz para os nossos caminhos (Salmo 119.115).

A Lei real (Tiago 2.8).

As leis do Antigo Testamento destinadas à nação de Israel , tais como as leis sacrificiais, cerimoniais, sociais ou cívicas, já não são obrigatórias (Hebreus 10.1-4). A Lei que o crente deve cumprir se consiste nos princípios éticos e morais do Antigo Testamento (Romanos 3.31; Gálatas 5.14); bem como nos ensinamentos de Cristo e dos apóstolos (1 Coríntios 7.19; Gálatas 6.2).

A ética do Reino mencionada por Jesus no Sermão do Monte não é alcançada pelo esforço humano e, muito menos, é condição para alcançar a salvação. A única maneira pela qual a humanidade pode ser redimida é pela fé em Jesus Cristo.

A sombra dos bens futuros (Hebreus 10.1).

Pensar com prudência sobre a lei divina para os dias atuais é uma necessidade que nos pressiona, pois ela nos fornece valores e princípios eternos, sustenta nossos passos e dá em momento oportuno a garantia de felicidade perpétua.

O Evangelho isenta-nos da Lei (Gálatas 4.1-5). Mesmo depois de terem conhecido Cristo, os crentes gálatas passaram a observar o calendário de festas judaicas como se ainda fossem servos da Lei. Então, por meio de uma comparação, Paulo explicou que os que creem em Jesus são filhos de Deus e não precisam fazer coisa alguma para merecer as dádivas do Senhor, pois elas foram dadas como herança.

E.A.G.

Lições Bíblicas Jovens - Professor - Jesus e o seu Templo - Conhecendo o contexto da sociedade judaica nos tempos de Jesus, Valmir Milomen - 2º trimestre de 2015, páginas 25-31, Rio de Janeiro (CPAD).
Lições Bíblicas - Professor, Os Dez Mandamentos - Valores divinos para uma sociedade em constante mudança, Esequias Soares, 1° trimestre de 2015, páginas 90-96, Rio de Janeiro (CPAD).

Pecado: é culpa da carne ou é culpa de demônios?

Por Eliseu Antonio Gomes

Tenho ouvido no meio evangélico um debate que não tem uma firmeza de base bíblica. Uns afirmam que o ser humano peca por culpa de demônios e outros que o ser humano peca por culpa própria, inocentando o Diabo de toda responsabilidade pelo pecado cometido. No meu modo de entender, os dois lados estão certos e errados ao mesmo tempo.

Ambas as afirmações ocorrem com intensidade igual entre pentecostais e neopentecostais - não sinto segurança em dizer como os crentes reformados se posicionam sobre isso porque não tive chance de apurar.

Hoje conversei sobre este assunto com alguém. Ela me fez saber que havia conversado com outra discordando que o Diabo tinha culpa sobre o pecado e reputava o ato de pecar à natureza humana. Então lembrei a ela sobre o episódio de Eva e a serpente no jardim do Éden. Lá, o inimigo de nossas almas instigou a mulher a desobedecer ao Criador. Disse-lhe que existe a participação do Diabo e do homem na prática de pecar, há culpas mútuas.

O inimigo é chamado na Bíblia de tentador (Mateus 4.13), tem esta descrição porque tenta as pessoas a pecarem. E na Bíblia também está escrito que Deus não permite que ele lance tentação sobre o ser humano além do que o ser humano possa suportar (Tiago 1.13-15). Assim sendo, tanto o Diabo quanto o homem são culpados por ocorrências de atos pecaminosos.

O Diabo sugere o erro e quem o materializa é a pessoa tentada. Como ser humano, Jesus Cristo refutou suas investidas e é o nosso melhor exemplo nesta questão (Mateus 4.1-11). Não inocentemos o pecador contumaz dizendo que é uma vítima e nem inocentemos o Diabo, pois suas intenções malignas estão sempre em curso neste mundo, no qual ele está sempre ativo de maneira incansável, buscando oportunidades para fazer com que quem estiver andando no espírito dê vazão às obras da carne. Ver Lucas 11.34; Efésios 6.12; e 1 Pedro 5.8.

Está em pecado continuado? Reconcilie-se com Deus e dê um basta às sugestões da serpente: “Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça” - 1 João 1.8-9.

Vive sua vida em inimizade com alguém? Então, esforce-se e se possível restabeleça sua paz com ela o quanto antes. Perdoe quem pecou contra você porque Deus só concede perdão aos que perdoam. Confira este conselho na Bíblia: Romanos 12.18; Mateus 5.23-25; 6.12.

E.A.G.

A Bíblia e as mulheres

Por Erni Walter Seiberg

Em 8 de março, é celebrado o Dia Internacional da Mulher. Nos últimos anos, o tema mulher tem sido central na sociedade. Entre os aspectos debatidos estão os papéis desempenhados na família, no trabalho e na sociedade. A discussão desse tema também está nas igrejas. Mas, nem sempre, o debate foca na situação da própria mulher e quase nunca é citado o que a Bíblia diz sobre o assunto.

Na Bíblia Sagrada, a mulher aparece já no primeiro capítulo. Deus criou homem e mulher. Mas não é só aí, ela aparece ao longo de todo o texto bíblico. A Bíblia descreve os dramas que enfrenta, suas características especiais, seu relacionamento com Deus.

Reflita sobre alguns exemplos bíblicos de mulheres. A própria Eva de Gênesis 1, tem importância fundamental para todo o desenvolvimento da história humana. Basta ler os capítulos seguintes de Gênesis. Mas não só ela. Há outras. Sara, a esposa de Abraão, é notável. Ela é a mãe de uma grande nação. Mas também enfrentou tentação e fraquezas. Rute da exemplo de confiança em Deus e de perseverança na fé. E eu poderia citar outras do Antigo Testamento.

Quando se chega ao Novo Testamento, há outras mais. Isabel, a mãe de João Batista, é um bonito modelo de mulher temente a Deus. Maria, a mãe de Jesus, é o maior exemplo, que sendo a mãe do Salvador, ao mesmo tempo de mantém humilde. Ela dá exemplo de obediência a Deus e de vida dedicada aos propósitos do Pai Celestial.

Maria Madalena é uma pecadora, que se arrepende de sua vida e passa a seguir o Mestre. Lóide e Eunice, respectivamente, avó e mãe de Timóteo, são exemplo de educadoras. E, assim, sewria possível mencionar outras que aparecem nos textos bíblicos. São mulheres reais, que viveram os dramas da vida, mas que encontraram em Deus o sentido de sua existência.

Na História da Igreja Cristã são milhares, milhões de mulheres, que não apenas creram, mas fizeram com que a mensagem do evangelho fosse passada de geração em geração. Se você olhar para as pessoas que estão em sua igreja, verá que uma grande parcela, senão a maioria dos presentes é composta por mulheres. São servas do Senhor, na maioria das vezes anônimas, mas que Deus conhece pela obra que realizam.

Mulher na Bíblia não é um tema difícil de ser encontrado. Nos últimos anos, respeitando a vontade dessas mulheres, foram criadas capas da Bíblia especialmente dedicadas a elas. Além disso, A Bíblia da Mulher, publicada pela Sociedade Bíblia do Brasil, já passou de 2 milhões de exemplares distribuídos. Muitos homens compram essa publicação para ler e aprender a entender melhor suas esposas, mães e filhas.

Diante de tudo isso, gostaria de agradecer a Deus que em sua sabedoria, como diz em Gênesis criou homem e mulher. Agradecer a Deus que, em sua graça, em Cristo, é o Salvador de homens e mulheres. Além disso, pedir a Deus que continue  concedendo à sua igreja mulheres sábias, que ajudam no desenvolvimento do seu Reino. Pedir a Deus que abençoe as mulheres, pois fazem parte do imprescindível plano providencial para a humanidade.

Erni Walter Seiberg é Secretário de Comunicação e Ação Social da Sociedade Bíblica do Brasil.
Fonte: Ceifeiros em Chamas, ano 17, nº 205, março de 2015, página 6 - Órgão Oficial CONFRADESP

domingo, 22 de março de 2015

O Evangelho Segundo Lucas

Por Eliseu Antonio Gomes

Autoria

O autor do terceiro Evangelho era claramente um escritor cuidadoso e um homem de cultura, usualmente concorda-se que deve ser identificado também como o autor de Atos, pois o prefácio de Lucas (1.1-4) é muito parecido com o de Atos 1.1, as duas obras são endereçados para Teófilo, o estilo e vocabulário favorecem a unidade de autoria, e o segundo prefácio refere-se a um livro anterior. 

A tradição concorda com o prefácio, que nos mostra que o autor não era testemunha ocular das coisas que registra, não era um dos primeiros seguidores de Jesus. e nesta posição ele fez uma pesquisa apurada de todos os acontecimentos do Mestre.

Não está grafado o nome do autor no terceiro Evangelho, porém, uma tradição antiga confere a autoria a Lucas, o médico amado, baseada nas referências de Colossenses 4.14; 2 Timóteo 4.11; e Filemon 24. Lucas não era, pelo que saibamos, um cristão de tanto destaque na igreja primitiva. O fato de um homem que não era apóstolo, sem posição de destaque que se conheça, ser universalmente considerado como tendo sido o autor, deve receber a merecida consideração.

O Fragmento Muratoriano, uma lista dos livros aceitos como parte do Novo Testamento, afirma que Lucas era gentio, nativo de Antioquia, escreveu seu Evangelho em Acaia, morreu aos 84 anos solteiro e sem filhos.

Data

A data do Evangelho de Lucas é motivo de debate entre os acadêmicos, e a questão está relacionada à sua autoria. A data mais tardia possível para a autoria do Evangelho é aproximadamente 80 d.C., uma vez que há evidências do seu uso a partir de 95, e que o livro de Ato utiliza as cartas de Paulo. Por outro lado, provavelmente o Evangelho não foi escrito antes do final dos anos 50, visto não ter sido escrito muito tempo antes do livro de Atos  (Atos 1.1), e 62 é a data do último evento registrado em Atos (a prisão domiciliar de Paulo em Roma).

Conteúdo

Lucas inicia seu Evangelho com uma declaração especial: ele mesmo havia se informado minuciosamente de tudo sobre a vida de Jesus desde o princípio. A genealogia de Cristo é rastreada desde Davi e Abraão até Adão, nosso antepassado comum, apresentando-o deste modo, como alguém da nossa raça. A obra não é uma repetição monótona de datas e ações, exibe uma fervorosa sensibilidade quanto aos detalhes pessoais íntimos, retrata Jesus como o Homem Perfeito e de grande empatia.

Seu relato é um dos mais completos e ricos em detalhes a respeito do nascimento e infância de Jesus, atrai o leitor para dentro dos eventos que ele descreve. A escrita é vívida. Narra de forma inigualável a vida do Filho de Deus, apresenta a Jesus como o Filho do Homem, o Homem Perfeito que veio salvar a todos, judeus e gentios.

Comparações com os Evangelhos de Mateus e Marcos

Quando se faz um paralelo entre Lucas e os demais Evangelhos Sinóticos observa-se a peculiaridade do vocabulário médico empregado por Lucas. Ao comparar, por exemplo, Lucas 4.38 com Mateus 8.14 e Marcos 1.30, observamos que Lucas enfatiza a natureza ou grau da febre da sogra de Pedro; ao analisar Lucas 5.12 com Mateus 8.2 e Mateus 1.40, vemos que o escritor anotou "cheio de lepra" e não apenas "um leproso"; ao confrontar Lucas 8.43 com Marcos 5.26. Somente Lucas observou que o episódio da cura do homem da mão mirrada era a mão direita que estava seca (6.6; Mateus 12.10; Marcos 3.1); e quanto a orelha decepada de Malco, foi quem assinalou que o corte ocorreu do lado direito (22.50; Mateus 26.50; Marcos 14.47).

Finalidade

1. Lucas narra a história, mas não tão-somente a história como se entende hoje em seu sentido secular e positivo, que se prende à narrativa da perspectiva humana, conta a ação de Deus entre os homens e como Ele demonstra sua soberania entre eles;
2. Escreve para esclarecer que o cristianismo tem vínculos com o judaísmo, a fé cristã possui raízes judaicas;
3. Esclarece que o cristianismo não é uma religião que veio a existir para competir com o império romano;
4. O endereçamento do Evangelho a Teófilo pressupõe que o autor tinha o objetivo de circular o livro entre pessoas cultas.

Conclusão

Sabemos que o autor do terceiro Evangelho obteve as informações sobre a vida e o ministério de Jesus entrevistando testemunhas oculares, ministros e apóstolos do Senhor e pesquisando escritos sobre Jesus. Coube a Lucas colocar a história em ordem histórica e cronológica. Assim, temos o tratado extraordinário sobre o Salvador,

Enfim, sabemos que pessoas inspiradas pelo Espírito Santo escreveram os livros da Bíblia Sagrada, e que através da instrumentalização que Deus fez de Lucas foi possível chegar até nós informações relevantes sobre os passos, pormenorizadamente.

E.A.G.

Compilação:
Bíblia de Estudo Defesa da Fé, página 1588, edição 2010, Rio de Janeiro (CPAD)
Lucas, Introdução e Comentário, Leon L. Morris, página 13, 14, reimpressão 2011, São Paulo, (Vida Nova).
Lucas - O Evangelho de Jesus, o Homem Perfeito, José Gonçalves, página 14, 16, 1ª edição 2015, Rio de Janeiro (CPAD).

Flerte, paquera, cantada agressiva


Só é possível dizer que existe flerte quando as duas partes se correspondem na intenção da aproximação. Mas, segundo o que dizem muitas mulheres, a abordagem de homens em lugares públicos não acontecesse assim, eles agem de maneira inconveniente, proferem termos vulgares e palavras cheias de segundas intenções.

E.A.G.

sábado, 21 de março de 2015

Marco Feliciano e Thammy Miranda Gretchen no programa Raul Gil




video

Programa Raul Gil apresenta o Deputado e Pastor Marco Feliciano no quadro de entrevistas Elas Querem Saber. E. e determinado momento. a filha da cantora Gretchen, assumidamente homossexual, na posição de entrevistadora, se descontrola emocionalmente e abandona o palco, indignada com os posicionamentos de cristão que Feliciano professa e defende ao responder sobre como a Bíblia Sagrada apresenta a questão da sexualidade humana no casamento.

Fonte: https://www.youtube.com/channel/UCmndzxLayqPrwINmMnwmiaA 

sexta-feira, 20 de março de 2015

Gênesis 3.6 - A tentação de Eva

Nesta semana, por conta de preparar matéria de escola dominical, cujo tema é "cobiça", fiz uma pesquisa buscando a raiz etimológica do verbo "cobiçar". E o resultado foi um pouco diferente do que acostumamos usar em nosso idioma. No hebraico também existe o sentido positivo ao vocábulo, existe a "cobiça boa", que não vai contra as determinações do Decálogo.

Sobre Gênesis 3.6, precisamos analisar em detalhes. Começa assim. “E vendo a mulher...” A vogal “e” nos remete aos versículos anteriores, porque exerce a função de conjunção aditiva, une a oração com as orações anteriores. O que encontramos nos versículos anteriores? Lemos que a serpente chama a atenção de Eva para as árvores existentes no Éden induzindo-a a pensar que o Criador mentiu sobre a questão da morte se ela comesse o fruto proibido. A narrativa bíblica mostra que Eva só passou a ter o interesse especial pela árvore após o diálogo com a serpente.

Vale frisar que o Diabo se aproximou de Eva como se fosse uma das animálias daquela região em que Adão e Eva viviam, nada é dito sobre o tentador apresentar-se a ela dizendo de sua origem e rebelião contra o Criador. Ou seja, estava disfarçado.

Sobre o verbo "ver", no idioma hebraico, a palavra não possui sentido negativo, não possui sentido de “cobiça” entre as suas definições. Depois que Eva teve sua atenção despertada pela serpente, observou o fruto, contemplou-o com olhar de admiração (cogito que seria muito bonito), viu o fruto discernindo que ele era bom, da mesma maneira que o Criador fez tudo e em seguida discerniu o resultado de tudo que criou e declarou que todas as coisas feitas eram boas.

Mas, na continuidade de Gênesis 3.6, encontramos o adjetivo “desejável”, que entre suas definições em hebraico tem o sentido de cobiça. E o texto bíblico afirma: “árvore desejável para dar entendimento”. O erro de Eva foi acreditar na serpente, que lhe disse que o fruto lhe daria mais conhecimento do que possuía, que a partir daquela refeição ficaria mais sábia. Não foi isso que o Criador afirmou em Gênesis 2.17, apenas informou que se Adão comesse ele morreria. Aliás, quando Deus emitiu a proibição Eva ainda não havia sido criada.

E.A.G.

quinta-feira, 19 de março de 2015

Não cobiçarás

Por Eliseu Antonio Gomes

"Que diremos pois? É a lei pecado? De modo nenhum. Mas eu não conheci o pecado senão pela lei; porque eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás" - Romanos 7.7.

"Não cobiçarás..." - Êxodo 20.17. O verbo cobiçar expressa a ideia de encontrar prazer em alguma situação ou coisa. No versículo em apreço, a raiz primitiva em hebraico significa sentir predileção, deleitar-se em beleza, desejar intensamente, querer coisas valiosas, amar de maneira apaixonada. É inerente ao ser humano ter desejos e vontades, não existe erro algum nesta característica. O que o décimo mandamento proíbe é a ambição imprópria, como desejar a esposa, a casa, entes de outras pessoas.

O Salmo 39.11 assinala o desejo ou anseio excessivo. As palavras "beleza" (ARC), "precioso" (ARA), "valioso" (NVI) e "mais amamos" (NTLH) são extraídas do vocábulo hebraico que tem o sentido de algo ou alguém cobiçado e conquistado. Assim o salmista declara que o ser humano é vaidade e que aquele que comete o pecado da cobiça fora dos parâmetros determinados no Decálogo é castigado por Deus.

O Talmude, livro sagrado do judeus, identifica o coração e o olho como agentes de pecado. Considera que quando uma pessoa permite que a mente se encha de pensamentos contrários à vontade do Senhor, se expõe deliberadamente à tentação.

E viu a mulher que... (Gênesis 2.6).  Neste texto bíblico vemos que Deus permite que o proibido exerça a sua atração total sobre o ser humano. Assim como Eva foi conduzida pela serpente, Adão foi conduzido por Eva, ao invés de exortá-la a obedecer ao Criador. Os atos simples de tomar o fruto proibido nas mãos e comê-lo teve resultado penoso ao casal. Após homem e mulher provarem o sabor, descobriram que a declaração da serpente era mentirosa, conheceram o afastamento do Criador, a pobreza e a morte.  

A narrativa da queda de Adão e Eva é o primeiro exemplo bíblico do processo do pecado, do estágio da cobiça que rapidamente se transforma em ato de desobediência, pois Eva deu ouvidos a uma criatura em lugar do Criador, seguiu suas impressões pessoais contra as instruções recebidas e estabeleceu para sua meta a autorealização. O desejo veemente de conseguir alguma coisa é a raiz do qual surge o pecado contra si mesmo e contra o próximo, tanto no pensamento quanto na prática. 

Esta visão prospectiva de enriquecimento material, estético e mental, parecia incrementar a própria vida. Mas o prumo da vida do homem é espiritual, a saber, a Palavra de Deus e a resposta da fé (Deuteronômio 8.3, Habacuque 2.4); rompê-lo é morrer espiritualmente.

A beleza é uma porta para a entrada da cobiça.  A Palavra de Deus oferece orientações claras com a finalidade de oferecer escape aos que temem ao Senhor. Explica que por causa de uma mulher prostituta o homem passa a mendigar uma porção de pão, age tal qual um suicida pois caminha como um animal em direção ao matadouro sem tentar livrar-se da morte iminente.

No capítulo 6 de Provérbios encontramos advertência ao homem a não cobiçar a formosura da mulher do próximo. A pessoa que entrar numa relação adúltera e escolher a insensatez em vez da sabedoria piedosa certamente sofrerá as consequências dessa escolha, o preço da desobediência é altíssimo, até sua alma será destruída (Provérbios 6. 25, 29, 32; 7.1-27).

Bate-Seba, a cordeirinha roubada (2 Samuel 11. 1-27). Quando o rei Davi em vez de liderar seu exército em batalha resolveu desfrutar do conforto de seu palácio cometeu o pecado da cobiça, desejando a mulher do próximo.

Após descansar durante o calor do dia, Davi saiu para aproveitar a brisa do calor da noite em seu terraço. Aparentemente, o palácio era mais alto que as outras construções em volta, permitindo uma vista privilegiada dos pátios e terraços de outras construções em Jerusalém. Nestas condições, os olhos de Davi encontraram a bela esposa do heteu Urias em sua intimidade. Ele viu Bate-Seba no momento em que tomava banho na privacidade de seu lar e seu coração a cobiçou. Então, ordenou que a trouxessem diante de sua presença e adulterou com ela. Neste encontro adúltero ela ficou grávida. Davi quis esconder seu pecado e trouxe o marido de Bate-Seba da guerra para sua casa, para que houvesse conjunção carnal entre o casal e todos pensassem que a criança fruto de cobiça lasciva seria o filho do marido de Bate-Seba. Mas como Urias não aceitou voltar para seu lar e os braços da mulher à batalha emitindo ordem expressa que ficasse em um ponto arriscado. Urias morreu guerreando.

A luxuria de Davi causou a morte de um leal comandante do seu exército e a tristeza de Bate-Seba pelo estado de viuvez e perda de um filho (2 Samuel 11.26; 12.24).

É importante frisar que na parábola do profeta Natã, Bate-Seba é descrita como vítima, é comparada a uma cordeirinha roubada (2 Samuel 12.3-4). Apesar de nenhum texto bíblico informar que tenha resistido aos avanços do rei, também não diz que ela tentou seduzi-lo. Portanto, não é correto descrevê-la como uma mulher sensualmente provocativa, que usou sua beleza física para morar no palácio, tal interpretação de texto não possui fundamentos bíblicos.

A vinha de Nabote (1 Reis 21.1-19). O rei Acabe poderia ter a terra que desejasse, porém tomado pela cobiça desejou a bela plantação de videiras do jizreelita Nabote, que se recusou a vendê-la ou trocá-la porque era herança de seus pais, e entristeceu-se a ponto de não querer comer. Deu plena liberdade para que sua esposa, Jezabel, cometesse abuso de poder, mentisse, usasse métodos degradantes para que dessa forma se apoderasse do que era de seu próximo.

Jezabel havia aprendido o suficiente da lei judaica, era conhecedora que nenhum homem deveria ser condenado à morte sem duas ou três testemunhas de seu crime  então usou o conhecimento da prescrição da lei para transgredi-la, ao chamar duas testemunhas falsas para dizer que Nabote havia blasfemado contra Deus e o rei, visando a morte de um homem inocente por apedrejamento (Deureronômio 17.6). Nabote morreu. Quando Acabe estava para se apossar da vinha, recebeu o recado do profeta Elias anunciando que sua casa seria exterminada e cães lamberiam seu sangue e devorariam Jezabel. A profecia se cumpriu (1 Reis 22.38; 2 Reis 9.34-37).

Conclusão

A cobiça é o resultado da maldade humana. Os Dez Mandamentos preservam os cristãos de todas as espécies de cobiça e todos os outros pecados existentes (Provérbios 6. 24, 25, 26, 29).

O mundo continua a oferecer coisas que façam o ser humano agir contra as determinações do Senhor (1 João 2.16). O Diabo tem sido eficiente na vida de muitos crentes ao ter sucesso na estratégia de fazer crer que a Palavra de Deus não é significante nos dias atuais, vende a falsa ideia do mal como se fosse uma coisa que está além do bem; da sabedoria, como sofisticação; e, de grandeza, como ambição. É capaz de fazer de tudo para levar o cristão a desfrutar de um pouco de prazer mundano, mas, na sequência do pecado vem a cobrança caríssima.

Nunca devemos confiar unicamente em nossa consciência para ser salvo da condenação pela prática do pecado. O interesse da carne em pecar encobre a doce e calma voz da consciência. A função da Lei de Deus é apontar a sujeira que possa estar oculta na alma humana. É imprescindível que se exponha a Lei espiritual, porque somente quando o crente vê suas falhas à luz da santidade de Deus e da Lei é que ele terá a sua consciência despertada e aceitará a direção do Evangelho de Cristo.

Jamais caia na armadilha de pensar que a Lei de Deus não tem mais importância. Além de ser a tutora que nos leva até Cristo, ela também nos oferece o conhecimento que nos guiará por toda a vida. Não é edificante desprezar os ensinamentos bíblicos (Gálatas 3.24).

E.A.G.

Compilações
A Bíblia da Mulher páginas 530, 531, 605, 1008. edição 2009, Barueri  (Sociedade Bíblica do Brasil).
Bíblia de Estudo Palavras Chaves, página 1642 , edição 2011, Rio de Janeiro (CPAD). 
Bíblia Evangelismo em Ação, Ray Comfort (organização), página 580, edição 2005, São Paulo-SP (Editora Vida). 
Gênesis, Introdução e Comentário, Derek Kidner, página 64, reimpressão 2011, São Paulo (Vida Nova).
Lições Bíblicas - Professor, Os Dez Mandamentos - Valores divinos para uma sociedade em constante mudança, Esequias Soares, 1° trimestre de 2015, página 85, Rio de Janeiro (CPAD). 

domingo, 15 de março de 2015

Manifestações contra o governo Dilma em 15 de março de 2015







José Antonio Dias Toffoli já trabalhou como subordinado do réu, condenado, do Mensalão, o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu. Ele foi subchefe da área de assuntos jurídicos da Casa Civil quando Dirceu era o ministro. Como advogado, em 2012, Toffoli defendeu Dirceu no escândalo do Mensalão. Agora a população brasileira observa apreensiva seus passos como Ministro do Supremo Tribunal Federal. A proximidade dele com o Partido dos Trabalhadores é uma situação delicada, e espera-se que como magistrado analise e delibere no julgamento do Petrolão com total imparcialidade. Se agir de maneira ruim, sua conduta demolirá a confiança do Brasil na instituição STF.

Os protestantes em São Paulo lembraram a transferência do ministro Toffoli para a 2ª turma do STF, onde serão julgados os eventuais réus do Petrolão. Não esqueceram que ele foi advogado do PT e de José Dirceu.

E.A.G.

sábado, 14 de março de 2015

Não darás falso testemunho

Por Eliseu Antonio Gomes

Numa sociedade simples, vivendo no deserto, Moisés apresentou o Decálogo, que entre as dez determinações divinas havia a proibição ao falso testemunho. A justiça deveria ser preservada por considerações das circunstâncias sociais e econômicas. Então, o nono mandamento surgiu para vetar a mentira, o mexerico e o testemunho falso contra o próximo, nos tribunais e no dia a dia.

Tanto no Antigo Testamento quanto na Nova Aliança esses três pecados são considerados partes do estilo de vida do ímpio, que motivado por intriga, inveja ou suborno usa a língua com maldade e com falta da verdade.

A mentira

Não devemos mentir contra ninguém. A Bíblia declara que a mentira é pecado e que o Diabo é o pai da mentira. Entre as pessoas mundanas, é aceitável a busca pelo interesse pessoal usando despudoradamente a mentira. Inventa-se o dolo contra alguém e este alguém que se vire com as explicações necessárias para restabelecer a verdade.

A verdade corresponde aos fatos e permanece em oposição à falsidade. A verdade é o conhecimento da realidade que o ser humano constata e relata. Deus é a Verdade e deseja que os nossos relacionamentos sejam pautados na verdade.

Deus se importa com o que sai da boca de seus servos e deseja que haja somente a verdade nos lábios do seu povo. O crente deve escolher sempre andar pela e na verdade em quaisquer lugares. Na família, na escola, no trabalho, nas amizades.

O mexerico

Entre os israelitas, as pessoas que espalhassem tagarelice maldosa estavam sujeitas à condenação da legislação mosaica.  "Não andarás como mexeriqueiro entre o teu povo; não te porás contra o sangue do teu próximo. Eu sou o Senhor" - Levítico 19.16.

Atualmente, com o advento das redes sociais, um comentário maldoso e mentiroso pode produzir danos irreparáveis muito rapidamente devido ao número de pessoas que terão acesso a ele.

Quem é de Jesus tem compromissos relacionados com a verdade. A verdade de quem é, do que faz e do que fala. Portanto, jamais deve emprestar a sua língua para levantar falso testemunho e espalhar ondas de boatos contra o próximo.

O falso testemunho

A mentira e a falsidade aborrecem a Deus e prejudicam o próximo, pode destruir lares, arruinar carreira profissional, e até induzir a vítima ao suicídio. É um atentato contra o Criador e contra a criatura. é capaz de destruir o bom nome que alguém levou uma vida inteira para construir (Salmo 109.2; Provérbios 6.16-19).

Quando os judeus caminhavam pelo deserto rumo à Canaã, quase todos os crimes tinham como resultado as penas capitais. A pessoa que testemunhasse com falsidade sabia que se não fosse descoberta em seu erro teria que ser executora do próximo contra quem mentiu, e por ser culpada de sangue inocente, a lei determinava que aquele que cometeu tal delito, o falso testemunho, deveria pagar com a própria vida (Deuteronômio 17.7).

A violação do nono mandamento é um pecado grave na lei divina e crime na lei dos homens - calúnia e difamação - mas muitos não se dão conta disso. De acordo com o código penal brasileiro, o crime de falso testemunho consiste em fazer afirmação falsa, ou negar ou calar a verdade como testemunha em processo judicial, policial ou administrativo. Dar, oferecer ou prometer dinheiro ou outra vantagem a testemunha, para fazer afirmação falsa, negar ou calar a verdade em depoimento, ainda que a oferta não seja aceita.

Conclusão

"Jesus respondeu: Tu dizes que eu sou rei. Eu para isso nasci, e para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz" -  João 18.37.

O propósito do nono mandamento é erradicar a imputação falsa que ofenda a reputação e a honra do próximo, coibir difamadores e caluniadores. Jesus Cristo ratificou o nono mandamento e o apóstolo Paulo reafirmou que emitir falso testemunho é uma ação de pecado, portanto está claro que é dever do cristão permanecer longe da mentira, calúnia, falsidade e mexericos (Mateus 19.18; Romanos 13.9; 2 Corintios 12.20).

Deus deseja que venhamos a amar a respeitar o próximo, jamais usar subterfúgios maldosos contra o nosso semelhante. O cristão verdadeiro não se ajunta com fofoqueiros e mentirosos. Sabe que no Dia do Juízo teremos que dar conta ao nosso Senhor de toda palavra ociosa proferida pela nossa boca (Mateus 12.36).

E.A.G.

Compilação:
Ensinador Cristão, ano 16, nº 61, página 41, jan/fev/mar 2015, Rio de Janeiro (CPAD). 
Êxodo, Introdução e Comentário, R. Allan Cole, páginas 154, 155, reimpressão 2011, São Paulo (Vida Nova);
Lições Bíblicas - Professor, Os Dez Mandamentos - Valores divinos para uma sociedade em constante mudança, Esequias Soares, 1° trimestre de 2015, páginas 76 a 82, Rio de Janeiro (CPAD). 

sexta-feira, 13 de março de 2015

Chamados para viver em paz e ser agradecidos

"Que a paz de Cristo seja o juiz em seus corações, visto que vocês foram chamados a viver em paz, como membros de um só corpo. E sejam agradecidos" - Colossenses 3.15 (NVI).


quarta-feira, 11 de março de 2015

Jean Wyllys, quando você acordará?

Por Eliseu Antonio Gomes

A primeira vez que eu li o nome Jean Wyllys foi em uma comunidade chamada Assembleia de Deus Tradicional, na extinta rede social Orkut. Apesar do espaço virtual se chamar Assembleia de Deus, se reuniam ali muitos perfis que não tinham qualquer relação com a doutrina apregoada pela denominação  pentecostal, inclusive alguns ferozes simpatizantes do nobre "para lamentar" vinculado ao PSOL.

Perguntei: Quem é Jean Wyllys? Isso foi o bastante para que os simpatizantes dele digitassem divervos impropérios, palavreados chulos contra mim. Não acreditaram que eu desconhecesse essa figura saída do Big Brother Brasil, e estava ali fazendo um desdém contra ele.

Nunca perdi tempo com BBB no meu televisor. Considero o reality show a mancha que desbotou o currículo profissional do jornalista Pedro Bial. Aliás, nunca dei atenção nem para as notas inseridas em sites de fofocas abordando o programa, acredito que elas nada mais são do que peças de propagandas desse subproduto anacrônico. Sendo assim, não tinha condições de saber quem era o tal de Jean Wyllys e sua turminha esbravejou de todas as formas, como se o fato de desconhecer um participante dessa espécie de programa fosse ser alguém alienado. 

Depois de todos os insultos recebidos, quis saber de quem se tratava. Saí do Orkut e fui persquisar. Descobri que era alguém de carne e osso, soube que ele existia, não era fruto da imaginação daqueles usuários da extinta rede social, cheios de imaginação,  criadores de encrenca através de personagens fakes. Constatei que o sujeito havia mesmo participado do BBB, era assumidamente homossexual e havia sido eleito "para lamentar" federal representando o Rio de Janeiro, estava eleito graças ao jogo político do voto proporcional, ele era o político com menor número de votos recebidos.

Desde então, sempre que leio-o em redes socias ou assisto-o em alguns programas de televisão, tenho a impressão que é uma pessoa sonâmbula, ele deve estar dormindo desde aqueles tempos que viveu preso na casa do Bial. Suas falas são sempre fora de sintonia com a realidade, nunca demonstra conhecer plenamente os assuntos que aborda, sempre se manifesta como se estivesse sendo perseguido por cristãos evangélicos, trata a classe de cidadãos cristãos como se fosse os inimigos da nação brasileira.

Por favor, acordem Jean Wyllys!

terça-feira, 10 de março de 2015

Ives Gandra explica porque Dilma Roussef precisa receber impeachment ao ser entrevistado por Danilo Gentili no The Noite da edição 9 de março de 2015



O programa The Noite, na segunda-feira de 9 de março de 2015, trouxe aos telespectadores brasileiros o renomado jurista Ives Gandra Marins para explicar o seu posicionamento sobre o seu parecer que declara ser legal pedir o impeachement da presidente do Brasil Dilma Roussef. 

O que é um parecer jurídico?

O parecer é a conclusão do olhar técnico do especialista. Nenhum analista deve pender ao interesse do contratante, porque o que o contratante busca é saber a realidade de uma situação à luz das leis. O resultado simpático ao contratante, se não for imparcial, é prejudicial porque oferece ilusão e não a verdade.

Gandra e Dalmo Dallari

Assim que saiu na revista Veja a tese de Gandra, o jurista Dalmo de Abreu Dallari contestou: "Esse parecer do Dr. Ives Gandra é absolutamente inconsistente. Ele cita uma porção de artigos e leis, mas não cita um único fato que demonstre a responsabilidade da presidente Dilma. O que ele está fazendo é uma aplicação da chamada doutrina do conhecimento do fato, ou domínio do fato, e que é absolutamente absurda, não é juridicamente aceitável",

A crítica do Dallari e o Dallari estão lembrados no vídeo da entrevista. Existe refutação coerente na entrevista.

Análise profissional?

Petistas tentam desqualifar o parecer alegando que teria sido encomendado por Fernando Henrique Cardozo. Mas mesmo que seja, este fato não desvaloriza a análise. O próprio Ives Gandra já emitiu parecer em favor de José Dirceu em relação a sua prisão, isso demonstra sua idoneidade em suas emissões de pareceres.

Dilma impedida

Segundo a fala de Gandra, Dilma pode ser impedida de governar com base em culpa (omissão, ingerência, negligência, imprudência, imperícia) e não por dolo (a intenção de cometer o crime). 

Baseado em decisões de artigos da Constituição Federal e decisões do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), explica que a culpa também representa crime de improbidade.  É a falta de probidade que gera o motivo de impedimento à governança. 

Fonte: https://www.youtube.com/channel/UCEWOoncsrmirqnFqxer9lmA

Ai dos espertalhões

Ser esperto é uma virtude. Mas esperteza em alguns casos é a descrição de quem quer levar vantagem em tudo e age como se os fins justificassem os meios, ignorando que todos são iguais perante à lei, ignorando o mandamento que nos ordena amar o próximo como amamos a nós mesmos.

Entre os seis "ais" do livro de Isaías, capítulo 5, encontramos um "ai" que é dirigido aos "sábios aos seus próprios olhos".

Quem seriam tais pessoas?

• vivendo em sinuosidade afirmam que estão em plenitude de retidão (Provérbios 12.15);
• acreditam que perdem tempo ao buscar os conselhos do Senhor (Mateus 18.15-17);
• se consideram mais espertas do que são (Romanos 1.22);
• vivem suas vidas segundo o que consideram procedimento certo e prazeroso, pensando que não é importante mudar seu estilo de vida, o modo de viver que está em desarmonia com as recomendações das Escrituras Sagradas (Lucas 12.20).

No momento da desobediência, o pecado é indolor, é motivo de festa sentir o gosto do pecado. Mas se a pessoa "sábia aos seus próprios olhos" continuar a viver pecando, poderá chegar ao momento em que terá que prestar contas com o Justo Juiz. Nenhuma dor é maior do que a dor de ser reprovado por Deus, para essa sensação não existe analgésico eficaz (Provérbios 29.1).

Sufoquemos nossa opinião humana quando ela entra em conflito com o Evangelho de Cristo, apresentemos os nossos planejamentos ao Senhor antes de coloca-los em prática, cultivemos a humildade diuturnamente.

E.A.G.

A gratidão dos corvos

Katy Sewall
de Seattle para a BBC News 

Gabi Mann alimenta as aves há anos. Em troca, eles trazem de volta pequenos objetos, como botões, clipes de papel e até brincos. Gabi guarda seus "presentes" cuidadosamente em uma caixa na sala de jantar da casa da família. "Você pode olhar de perto, mas não toque", avisa a menina, repetindo uma frase que diz ao irmão mais novo.

Dentro da caixa é possível ver os objetos embalados e até alguns com rótulos. "Guardamos na melhor condição que conseguimos", disse a menina segurando uma das embalagens. Entre os presentes, está uma bola prateada em miniatura, um botão preto, um clipe azul, uma miçanga amarela, um pedaço de espuma preta, desbotada, uma peça azul de Lego. Muitos deles estão sujos e arranhados, mas, para Gabi, este é um verdadeiro tesouro.

A amizade da menina com os corvos começou por acidente em 2011. Gabi estava com 4 anos e sempre deixava o que estava comendo cair no chão. Ela saía do carro da família, e um pedaço pequeno de frango empanado caía de seu colo. Um corvo vinha voando para pegá-lo. Logo, os corvos estavam observando Gabi, esperando por mais restos de comida. Quando ficou mais velha, a menina recompensou esta atenção das aves dividindo seu lanche a caminho do ponto de ônibus para ir para à escola. O irmão se juntou à brincadeira.

Depois disso, os corvos se reuniam na parte da tarde para receber Gabi, esperando por mais comida. A mãe de Gabi, Lisa Mann, não se importava com o fato de as aves devorarem a maior parte do lanche que ela preparava para a filha.

Em 2013, Gabi e Lisa começaram a oferecer os alimentos seguindo uma rotina diária, em vez de simplesmente derrubar alguns restos de vez em quando. Todas as manhãs, mãe e filha enchiam o bebedouro para aves do quintal com água fresca e cobriam as bandejas para alimentação das aves com amendoins. Gabi também espalhava comida para cachorro na grama. Enquanto elas terminavam este trabalho, os corvos já se reuniam nas linhas telefônicas e postes, piando alto para as duas. Depois que elas adotaram esta rotina, os presentes começaram a aparecer. Os corvos comiam todo o amendoim e deixavam os pequenos objetos nas bandejas vazias: um brinco, uma pedra polida, uma dobradiça. (...)

Gabi já recebeu alguns presentes diferentes. A mãe teve que jogar fora uma pata de caranguejo que estava apodrecendo. A menina também já recebeu um parafuso enferrujado que ela embalou e rotulou como seu "terceiro presente favorito", pois, para ela, o corvo poderia estar tentando "construir uma casa".

A mãe, Lisa, fotografa os corvos e registra o comportamento das aves. O presente mais incrível deixado por eles chegou há algumas semanas, quando Lisa perdeu uma tampa de uma lente da câmera em uma rua próxima e encontrou tempos depois no bebedouro das aves.

Lisa filmou o quintal e assistiu ao vídeo pelo computador. O corvo estava nas imagens. "Você pode vê-lo trazendo a tampa para o quintal. Indo até o bebedouro e até mesmo passando um tempo enxaguando a tampa da lente." "Tenho certeza de que foi intencional. Eles nos observam o tempo todo. Tenho certeza que eles sabiam que eu deixei cair. Sei que eles decidiram que queriam devolver", acrescentou.

__________

Artigos paralelos em Belverede:

A inteligência do corvo
Os corvos na Bíblia

__________

Comentário Belverede: 

"Cantai ao Senhor em ação de graças; cantai louvores ao nosso Deus sobre a harpa. Ele é o que cobre o céu de nuvens, o que prepara a chuva para a terra, e o que faz produzir erva sobre os montes; o que dá aos animais o seu sustento, e aos filhos dos corvos, quando clamam" - Salmos 147.7-9. Interpretação do texto bíblico: Deus usa pessoas bondosas como instrumentos de propagação de sua bondade.

Matéria apresentada neste blog em forma resumida. Acesse a fonte do artigo para encontrar fotos das aves e o parecer de um professor, especializado em vida selvagem, falando sobre a situação apresentada no artigo.

http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2015/02/150226_vert_menina_alimenta_corvos_fn.shtml?ocid=socialflow_facebook

segunda-feira, 9 de março de 2015

A pérola de Castro Alves sobre Democracia



"A praça é do povo."
 Castro Alves

Em face do discurso de Dilma Roussef via rádio e televisão, ontem, Dia Internacional da Mulher, quando usou a data comemorativa para defender o Partido dos Trabalhadores, envolvido na enorme corrupção investigada pela Polícia Federal, investigação apelidada de Lava-Jato, o povo brasileiro protestou em muitas partes do Brasil com panelaço e buzinaço. 

Esta situação política trouxe à lembrança a frase do poeta baiano, que louva e enfatiza a importância da Democracia.

A oposição pública contra o governo, que não satisfaz às necessidades do país, é legítima. 

E.A.G.

Lembre! (Reflexão bíblica em Lamentações de Jeremias 3.21-23)

Vanessa Weiler Ribas

"Disto me recordarei na minha mente; por isso esperarei. As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade" - Lamentações 3.21-23.

Não é Deus que nos desampara em momentos difíceis, nós é que não enxergamos a sua presença.

O terceiro capítulo do livro Lamentações de Jeremias registra uma situação de calamidade. O povo de Judá tinha abandonado o seu Deus e por isso foi levado ao exílio na Babilônia.

Os judeus sofreram muito durante o cerco de Jerusalém e ao ver sua amada capital destruída. Quando tiveram que deixar sua pátria desolada, sentiram-se abandonados pelo Senhor.

O escritor de Lamentações se lembra de todas as circunstâncias desfavoráveis que os cercam, de sua tristeza e dor. Ele sabia que aquele castigo terrível e a humilhação que seu povo sofria tinham sido causados pela desobediência - Deus não estava sendo injusto. Mesmo assim, o sofrimento o dominava. Até que ele para de pensar apenas nas circunstâncias e se lembra de algo que lhe dá esperança: o amor do Senhor é o que nos mantém, sua misericórdia se renova constantemente e sua fidelidade é grande!

Sua atitude nos ensina a também reagirmos positivamente diante do sofrimento. Todos enfrentamos dificuldades - elas se multiplicam e não nos dão descanso! Porém, o texto bíblico nos leva a pensar; quando estamos cercados de problemas e tudo parece perdido, de que lembramos? Do nosso Deus? Ou nos concentramos apenas nos problemas e esquecemos tudo o que o Senhor já fez por nós?

Quando sofremos, precisamos lembrar-nos do Senhor. Ele nos ama incondicionalmente e sua fidelidade não tem limites - então podemos confiar em que ele nunca vai nos desamparar. Além disso, podemos contar com sua misericórdia, que também não tem prazo de validade. Quando lembramos de tudo isso e buscamos a Deus, Ele nos ajuda a vencer nossas dificuldades - ou ao menos nos dá paciência para suportá-las. Portanto, não esqueça que Deus está sempre perto. Lembre-se dEle em todas as situações e peça a sua ajuda quando as circunstâncias levarem você a pensar que não há mais esperança.

_________

Comentário Belverede: A palavra em hebraico para "misericórdia", encontrada em Lm 3.22, refere-se ao amor incondicional sempre operante e que nunca acaba. Somos objeto desse amor inclusive quando estamos no erro, pois Deus refreia o juízo por causa do sacrifício vicário de Jesus em nosso favor. Se você sabe que colhe amarguras hoje porque plantou sementes erradas no passado, volte-se ao Pai, imediatamente, crendo que Ele ainda está perto de você e quer seu bem-estar. Medite em 1 João 1.9: "se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça".

Fonte: Presente Diário: O Livro de leituras devocionais diárias - nº 16, página referente ao dia 9 de março (Rádio Trans Mundial). 

sexta-feira, 6 de março de 2015

Não furtarás

"Não furtarás" - Êxodo 20.15.

Furtar é subtrair a coisa alheia. No Decálogo, a proibição visa preservar a comunhão da comunidade da aliança. Originalmente, segundo os exegetas do Antigo Testamento, o oitavo mandamento está dirigido aos sequestradores, ao rapto com propósito de escravidão, contudo o contexto é aplicável contra todo tipo de apropriação indébita,  diz respeito à proteção da propriedade, porque ninguém tem o direito de tomar posse daquilo que não lhe pertence. Ver: Êxodo 22.1-4.

Na antiguidade dos israelitas, numa sociedade camponesa cuja vida era árdua, pessoas eram roubadas para serem vendidas como escravas, como aconteceu com José do Egito, que foi vendido pelos próprios irmãos (Gênesis 37.22-28). Este tipo de crime também era comum no período do Novo Testamento, e o apóstolo Paulo o citou na passagem 1 Timóteo 1.10.

O sistema mosaico aplica a pena capital a quem violar o oitavo mandamento no crime de tráfego de seres humanos. E o receptador de bens roubados ou furtados é igualmente culpado com o autor do crime (Êxodo 21.16; Deuteronômio 24.7; Salmo 50.18; Provérbio 29.24).

Deus garantiu a todos os seres humanos o direito de adquirir bens materiais, é considerado um direito sagrado a posse de bens desde que essa aquisição seja de maneira honesta e envolva trabalho.

"Não furtarás" abrange grande variedade de furto sobre os quais o cristão precisa vigiar para não cair nas ciladas do Diabo. A ação de furto pode acontecer em vários níveis humanos:

1. Acontece na família
O pai furta o filho, o filho furta o pai; o esposa furta a esposa, a esposa furta o esposo; o tio para com o sobrinho, avós e netos.
2. Na área profissional
A empresa pode furtar o salário do funcionário quando não lhe paga o que é devido pelo trabalho; e o funcionário furta a empresa quando não cumpre o combinado entre as partes. O chefe furta o funcionário; o funcionário furta o patrão.
3. No âmbito religioso
A relação financeira entre pastores e membros tem causado escândalo em muitos lugares por não observar o princípio do oitavo mandamento. Irmãos furtando irmãos; o pastor furtando os irmãos.
4. O nível coletivo
O Estado pode furtar o dinheiro do cidadão quando aplica altos encargos tributários, e diminuir o poder do pequeno e médio empreendedor de gerar mais empregos.
Nem mesmo o Estado pode lançar mão de propriedade alheia. O rei Acabe de apropriou ilegitimamente do campo de Nabote e Deus se irou com essa atitude do monarca, por isso ordenou ao profeta Elias anunciar o seu fim e o fim de sua esposa (1 Reis 21.17-19).

O oitavo mandamento foi dado a Israel como preceito jurídico e religioso, no Novo Testamento na pessoa de Jesus Cristo a Palavra de Deus retoma o princípio do "Não Furtarás", enfatizando a avareza como agente motivador do furto e apresentando o tema em nível espiritual.

1. O perigo de acumular bens materiais. "E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui" - Lucas 12.15,
2. Dois senhores. "Nenhum servo pode servir dois senhores; porque, ou há de odiar um e amar o outro, ou se há de chegar a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom" - Lucas 16.13.
3. A avareza dos doutores da lei. "E os fariseus, que eram avarentos, ouviam todas estas coisas, e zombavam dele. E disse-lhes: Vós sois os que vos justificais a vós mesmos diante dos homens, mas Deus conhece os vossos corações, porque o que entre os homens é elevado, perante Deus é abominação" -  Lucas 16.14-15.
4. A denúncia de Jesus sobre o furto dos escribas. "E, ensinando-os, dizia-lhes: Guardai-vos dos escribas, que gostam de andar com vestes compridas, e das saudações nas praças, E das primeiras cadeiras nas sinagogas, e dos primeiros assentos nas ceias; Que devoram as casas das viúvas, e isso com pretexto de largas orações. Estes receberão mais grave condenação" - Marcos 12.38-40.


 Ladrões e roubadores não herdarão o Reino de Deus (1 Corintios 6.10).

Não haverá paz em uma sociedade se não houver proteção da propriedade. Isso inclui o compromisso de cada um na construção de uma sociedade mais justa e saudável.

"Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade"- Efésios 4.28.

E.A.G.

Compilações:
Ensinador Cristão, ano 16, nº 61, página 41, jan/fev/mar 2015, Rio de Janeiro (CPAD).
Êxodo, Introdução e Comentário, R. Allan Cole, página 154, reimpressão 2011, São Paulo (Vida Nova). 
Os Dez Mandamentos - Valores Divinos para uma Sociedade em Constante Mudança, Esequias Soares, 1ª edição outubro de 2014, páginas 99, 111, Rio de Janeiro (CPAD).

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

Assuntos abordados em Belverede / clique sobre a palavra para acessar os artigos sobre o tema

.Vida Cristã .Artigo e Comentário .cosmovisão .Comportamento .Televisão .Devocional .Vídeo .Política .CPAD .Líderes e liderados .Blogosfera Evangélica .Lições Bíblicas .Pais e Filhos .Atualidade .Família .Louvores .Charge Tirinha Cartum e Gravura .Motivacional .Dinheiro .Fé .Casamento .Fruto do Espírito X Carne .Mulher .Apologia Bíblica .Sexualidade .Crente Politizado .Música .Silas Malafaia Pr .CGADB .Frases & Imagens Impactantes .Etimologia Bíblica .Prosperidade .Saúde .Profetas .Meio Ambiente e Sustentabilidade .Hermenêutica .Livros e Leitores .Bom humor .Jovens .redes sociais .Conceitos e Preconceitos .Dupla Cidadania .Você sabia? .Ateísmo e Agnosticismo x Fé .Cinema .neopentecostais .Esporte .José Wellington Bezerra da Costa - Pr .Grupo de Colaboradores em Belverede .Personagens da Bíblia .Antigo Testamento .Salmos .Dica de Blogueiro .Introspecção .Natal .Soteriologia .Marco Feliciano Pr .Verdades e Mentiras .Pérolas .Sociedade Bíblica no Brasil .Ecologia .Aborto .Comunicado .Internet .óbito .Escatologia Bíblica .pentecostalismo .Samuel Câmara-Pr .Teologia .Gif .Cosmovisão Cristã .Novo Testamento .Ana Paula Valadão Bessa .[Fotos Belverede] .UBE .Questões (des)complicadas .RR Soares .Facebook .animal doméstico .Belverede .Daladier Lima .Missões .Carlos Roberto Silva Pr:: Blog Point Rhema .Provérbios de Salomão .Fanatismo .Pneumatologia - A Doutrina do Espírito .Quem sou eu? .Aline Barros .Crônicas e fábulas .Diante do Trono .Bíblia de Estudo .Dízimos e ofertas .João Cruzue .Namoro .Billy Graham .Poema e Poesia .Sermão do Monte .Virtualidade Real e Realidade Virtual .Editora Vida .Páscoa .Educação .Gênesis .Nani Azevedo .Guerra e Paz .Hamartilogia - A doutrina do pecado .Julio Severo .Sociedade Bíblica Trinitaria do Brasil .Jeremias .Nova Tradução na Linguagem de Hoje .Política Brasileira .Postagem Factual .Valmir Nascimento Milomen-Pb .Carta de Tiago .Geremias do Couto-Pr .Lília Paz .Fotos - Templos Evangélicos .Homilética .Virada de Ano .Altair Germano - Pr .Bem aventurança .Randy Glasbergen .Sammis Reachers .rádio .André Valadão .Angeologia .Arlete Oliveira .Arqueologia Bíblica .Carnaval .Crianças .Dia das Mães .Livros da Bíblia .Nova Versão Internacional .Patmos Music .Banda Voz da Verdade .Editora Central Gospel .Geografia Bíblica .Opinião .Priscila B Gomes .Rachel Sheherazade .YouTube .animal selvagem .Eclesiologia .Thalles Roberto .Wilma Rejane EBD / sumário .Cassiane .Editora Vida Nova Carta de Paulo aos Filipenses .Editora Mundo Cristão .Ezequias Soares-Pr. .Jabes de Alencar - Pr. .LUCAS - O Evangelho escrito por Lucas .Magno Malta .Pesquisa .Primavera .Prêmio Smilinguido .Dia dos Pais .Exegese .Martinho Lutero .Mensageiro da Paz .Botânica .Dia das Crianças .Islamismo .animal aquático .Barack Obama .Cartas do Apocalípse .Charles Darwin .Dia dos Namorados .Fotos .Gutierres Siqueira .Insetos .Max Lucado .Shirley Carvalhaes X criacionismo versus darwinismo .A Bíblia Viva .Arminianismo .CONAMAD .Calvinismo .Editora Betânia .Eyshila .Fernanda Brum .Harpa Cristã .Jaime Kemp - missionário .Livro de Daniel .Lydia Moisés .Mulheres na Bíblia .Tania Guahyba .Twitter .grafite .pássaros na Bíblia .Ciclo das quatro estações .Cristologia .Donald Zolan .Marisa Lobo .Árvores da Bíblia Charles Haddon Spurgeon .Dia da Bíblia .Edições Vida Nova .Futebol .Josué Gonçalves - Pr. .Livro de Jeremias .Montes da Bíblia .Neiva Silva .Outono .Paulo César Baruk .Reinaldo Azevedo .Soraya Moraes .Verão .Walter Brunelli - Pr. .teatro .Abba Press .Abraão de Almeida-Pr. .Bruna Karla .Carla Ribas .Dia Internacional das Mulheres .Dia de Finados .Esdras Costa Bentho-Pr .Evangelho de Mateus .Instagram .Livro de Jó .Michael W. Smith .Oficina G3 .Oprah Winfrey .Política Internacional .Regis Danese .Silas Daniel - Pr .Valdomiro Santiago - Apóstolo .Vanderleia M. Silva Yosef Nadarkhani .Albert Einstein .Antonio Gilberto - Pr .Cristina Mel .Dia da Mentira .Flamir Ambrosio .Gediel Mendes .Gunnar Vingren .Inverno .Jorge Tadeu Mudalen .João Ferreira de Almeida .Lauriete .Lázaro (ex-Olodum) .Morris Cerullo .Slide . A. W. Tozer . Pregador Luo . Silmar Coelho - pastor .Adhemar Campos .August Rodin .Bom dia .CPAD Music .Carta aos Romanos .Claudionor de Andrade - pastor .Elaine de Jesus .Hillsong .John Piper .Lea Wasiliew .Livro de Êxodo .Lucilene Batista de Brito Shirota .Nova Bíblia Viva .Quarteto Harmonia Celeste .Retrospectiva 2017 .Rose Nascimento .Timidez e Ousadia .orai por Israel .publicidade WhatsApp .Alan Kardec .Amizade .Apocalípse 16 .Bete Gomes .Canon .Casamento em jugo desigual .Central Gospel Music .Daniel Berg .Danielle Cristina .David Quinlan .Dia Nacional da Consciência Negra .Dia do Trabalho .Editora Chamada da Meia-Noite .Editora Hagnos .Eduardo Cunha .Elinaldo Renovato - pastor .Enéas Tognini - Pr. .Genivaldo Tavares de Melo .Gesiel Gomes - Pr. .Google .Hernades Dias Lopes .João Alexandre .Livro de Isaías .Livro de Rute .Lourival de Almeida - Pr .MK Music .Marcelo Santos .Martin Luther King .Nito [Rubens Eduardo] .Pena de Morte .Ray Comfort .Robinson Monteiro .Russel P. Shedd .Sergio Moro .Third Day .Tim Laheye .Voltaire .Watchman Nee Damares .2 Carta de Pedro .2 Coríntios- Carta de Paulo .A Mensagem .Adolf Hitler .Alda Célia .Andrea Fontes .Anita Malfatti .BLOG .Banda Catedral .CIMEB .CPAD News .Carta aos Gálatas .Cintia Kaneshigue .Deltan Dallagnol .Dia do Professor .Donald Trump .Downloads .Dwight L. Moody .Eber Cocareli - Pr .Editora Betel .Editora Candeias .Editora United Press .Edna Goetten .Escola Dominical .Evangelho de João .Fecomex .Feliciano Amaral .Google Plus (G+) .Gutemberg - Johannes .História Mundial .Isaac Newton .Içami Tiba .Jairo Elin Gollmann-Ev .John Wesley .Jorge Araujo .Katie Bivens .Katsbarnea .Kelem Gaspar - Missionária .Link Quebrado .Literatura .Livro de Amós .Livro de Juízes .Livro de Malaquias .Marcelo Crivella .Orquestra Jahn Sorheim .Ozeias de Paula .Paulo Romeiro-Pr .Quatro por Um .Raquel Melo .Robson Silva .Ronaldo Bezerra .Sociedade Bíblica Internacional .Sonia Hernades - bispa .Superstições e Lendas Urbanas .Talita Pagliarin .Tradução King James Atualizada (KJA) .Victorino Silva .folhetos evangelísticos Esequias Soares pastor Graça Music Juliana Bezerra Gomes Nésia de Araujo Gomes William Brassey Hole . .Introspecção . C. S. Lewis . Stephanie Colbert- vocalista Starship .1 Timóteo .A Nova Bíblia Viva .Adilson Lopes .Anderson Freire .Antropologia Bíblica .Antônio Cirilo .Ao Cubo .Arautos do Rei .Bezerra da Silva .Bill Gates .Boa noite .Boa tarde .Brenda-Santos .Bruna Olly .Bruna Surfistinha .C.I. Scofield .CPOL - Curso Preparatório para Obreiros de Pirituba .Caramuru Afonso .Carlos Alberto Bezerra Jr .Carta aos Efésios .Carta de Paulo aos Colossenses .Catolicismo .Charles C. Ryrie .Claudio Duarte - pastor .Cleber Lucas .Comunidade Internacional da Zona Sul .Contos .Cristiano Santana .Curiosidades bíblicas .Danny Berrios .Dany Grace .Davi - rei .Deigma Marques .Discopraise .E-books .EBI .Editora Atos .Editora Bom Pastor .Editora Cultura Cristã .Editora Dynamus .Editora SEPAL .Editora Sextante .Eduardo Campos .Elienai Cabral - pastor .Eliseu - profeta .Estevan Hernandes - Apóstolo .Estevão - o primeiro mártir .Evangelho de Marcos .ExpoCristã. .Fatos Curiosos - internacional .Fernandinho .Ficção Evangélica .Filho do Homem .Flamarion Rolando .Frederick K.C.Price .Geisa Iwamoto .Graça Editorial .Grupo Elo .Heber Sousa - pastor .Hebraico .Hieronymus Bock .Homenagem .Igreja Evangélica Indiana .Il Divo .Imprensa Bíblica Brasileira .Instituto Cristão de Pesquisa - ICP .Jair Messias Bolsonaro .Jamily .Jeanne Mascarenhas .Jimmy Swaggart .John Bevere .John Bunyan .John Lennon .Jonas .Josias Botelho .José Wellington Bezerra da Costa Junior - pastor .José Wellington Costa Neto - pastor .José do Egito .Kathy Fincher .Kleber Lucas .Leandro Marques .Lidia Caetano de Sousa - missionária .Livro de Deuteronômio .Livro de Eclesiastes .Livro de Habacuque .Livro de Joel .Livro de Josué .Livro de Miquéias .Livro de Números .Livro de Oséias .Livro do Apocalipse .Lições Bíblicas - Jovens .Ludmila Ferber .Lívia Malta .Magno Paganelli .Manuel Ferreira - Bispo .Marcio Melânia .Mariana Valadão .Marina Silva .Mario Teixeira .Marquinhos Gomes .Michelangelo .Mike Smith .Ministério Hebrom .Ministério de Adoração .Missões na Índia .Neemias .Notícia comentada .O Livro de Ageu .Oração .Os presidenciáveis para 2018 no Brasil .Paul Wilbur .Pedofilia .Profetas .Você sabia? .Quarteto Gileade .Rachel Novaes .Rebanhão .Recursos .Ressurreição .Rob Bell .Rodolfo Abrantes .Ron Kenoly .Salomão - rei .Saudade .Snezhana Soosh .Sociedade Bíblica Íbero-Americana .Sofonias .Sony Music .T.A. Hegre .Templo Soul .Vineyard .Voices .Walciley Vieira .William Shakespeare .Wim Malgo .áudio 1 Coríntios Alberto Rezende - pastor Charles Studd Elizeu Martins - pastor George R. Foster

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Sobre ilustrações no Belverede

O Direito Autoral de algumas imagens encontradas aqui não pertence ao Editor do blog. Esta situação se dá porque elas estão na Internet sem que haja a informação de quem seja o Dono.

Caso você seja o detentor do conteúdo, queira que seja feita a indicação autoral, ou não seja de sua vontade o compartilhamento, solicitamos que nos faça saber disto. Por favor, acesse a página do próprio texto e deixe recado no próprio texto em questão, ou use a página Contato.

Arquivo de postagens

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.