Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Quando se faz o que não devia fazer

Edom não devia ter feito isso e aquilo, mas fez. Eu não devia ter feito isso e aquilo, mas fiz. Você não devia ter feito isso e aquilo, mas fez. Foi um grande erro fazer o que não deveria ser feito. Agora Edom, você e eu "recebemos o que os nossos feitos mereciam" (Lucas 23.41).

Quem é Edom? O que ele fez? Edom é Esaú, o irmão gêmeo de Jacó. filho de Rebeca e Isaque.

O Edom que fez o que não devia ser feito não é a pessoa de Edom, mas os seus descendentes, os edomitas, um povo aparentado com os israelitas. 

É a eles que se dirige a melancólica reprimenda do profeta: "Mas vocês não deviam ter ficado alegres com a desgraça dos seus irmãos de Judá; não deviam ter olhado com prazer quando eles foram destruídos; não deviam ter zombado deles quando eles estavam aflitos. Quando o meu povo foi derrotado, vocês não deviam ter entrado em Jerusalém, nem deviam ter ficado alegres com a desgraça deles. Quando eles sofreram a derrota, vocês não deviam ter roubado os seus bens; não deviam ter esperado nas encruzilhadas para matar os que procuravam fugir, nem deviam ter entregado ao inimigo os que escaparam com vida” - Obadias 1.12-14 (NTLH).

Ao todo, são oito "não devia", mas todos os oito não devia" foram feitos por Edom.

As lembranças de muitos "não devia" realizados provoca inquietação de consciência por culpa ou crime cometido, o remorso traz uma dor insuportável.

• Não devia ter comido da árvore do conhecimento do bem e do mal;
• Não devia ter me deitado com a mulher de Urias;
• Não devia ter negado três vezes o meu Senhor;
• Não devia ter traído sangue inocente;
• Não devia ter dado meu voto contra os santos quando eles eram condenados à morte;
• Não devia ter engravidado aquela garota de 15 anos;
• Não devia ter expulsado minha filha de casa;
• Não devia ter experimentado drogas;
• Não devia ter atentado contra a vida do próximo;
• Não devia ter procedido com a política do "olho por olho e dente por dente".

Depois de tantos vergonhosos equívocos, resta o juízo ou a misericórdia de Deus. Mas, para ser alvo do perdão do Senhor é preciso agir misericordiosamente com o próximo, confessar e pedir perdão a Deus e à pessoa prejudicada e saber conviver com as consequências naturais dos erros cometidos (João 3.16-18; Mateus 6.14; Tiago 2.13; 1 João 1.9; Gálatas 6.8).

Artigos paralelos:
Você sabe quem foram e quem são os edomitas?
Obadias: o princípio da retribuição

E.A.G.

2 comentários:

Theonia Soares disse...

Amigo,há tantos " não devia...", e o que mais presto atenção nesses casos, são irmãos enchendo o peito para dizer: "Bem feito!, quando o Senhor, de alguma maneira mostra o erro e as consequências vão para aquele outro irmão que falhou. Já ouvi frases de arrepiar, que parecia que eu nem estava ouvindo de um Filho de DEUS. Triste ver isso, escutar isso. Quem não erra? Quem só acerta? E por que maravilhar-se com o retorno tão ruim do ato cometido? Todo ato tem sua consequência, e é na consequência que muitos correm aos Pés do Senhor, arrependidos, então, para que achar bom o que o irmão está passando, se tudo aquilo levou a tristeza? Nunca me maravilhei por alguém está pagando por algo ruim que fez. Oremos por quem erra, por quem acerta, enfim, oremos...

Teônia Soares

Eliseu Antonio Gomes disse...

Theonia.

As suas palavras são sábias.

Devemos orar pelos que erram, sem jamais torcer pelo mal do próximo. Quem sente prazer pelo sofrimento do outro incorre no mesmo pecado dos descendentes de Edom.

Lembrei para um certo alguém no dia 1º de janeiro a vontade do Senhor para nós, os cristãos. O que é? Nós cristãos precisamos nos alegrar com os que se alegram e chorar com os que choram (Romanos 12.15).

Deus te abençoe cada vez mais.

E.A.G.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.