Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

sábado, 31 de janeiro de 2015

Não tomarás o nome do Senhor em vão

No Antigo Testamento, o nome não era empregado para simplesmente distinguir as pessoas. Eles eram colocados pelos pais com o objetivo de revelar alguma característica física ou do caráter da pessoa. Tomemos como exemplo o caso de Esaú e Jacó. Esaú significa cabeludo e Jacó suplantador (Gênesis 25.24-26).

Deus revelou Seu nome a Moisés: "E disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós. [...] O Senhor Deus de vossos pais, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó, me enviou a vós; este é meu nome eternamente, e este é meu memorial de geração em geração" - Êxodo 3:14-15.

O nome de Deus, EU SOU O QUE SOU, além de ser revelador é uma frase sugestiva ao Ser que é o Criador. Não se trata "simplesmente ser" no sentido filosófico da palavra, mas de um Ser vivo e em atividade permanente de santidade. A revelação do nome, não é apenas uma verdade teológica, mas é um apelo à resposta de fé; "Sede santos porque eu sou santo" - 1 Pedro 1.16.

As revelações da identidade de Deus nos faz saber que Ele é santo e deve ser reverenciado pelo homem como Ele é. Na Bíblia, os nomes de Deus não são apenas uma identificação pessoal, mas são inerentes à sua natureza e revelam suas obras e atributos, apontam ao poder e a glória do Deus Todo-Poderoso.

Será que o terceiro mandamento se refere a apenas controlar a nossa língua para não misturarmos o nome em expressões banais?

Faraó fazia tudo em nome de seu deus. Muitos eram os deuses do Egito: deuses Rá, Osiris, Amon, Serápis, etc. O rei se declarava o dono da terra, das suas colheitas, e em nome desses falsos deuses ele se via o dono do povo egipciano. Havia guerras, atrocidades em nome dessas supostas divindades. A religião idólatra encombria às maldades, perversidades, mentiras, escravidão. Tudo era legitimado pelos nomes dos falsos deuses cultuados. O povo israelita não deveria imitar Faraó.

Quando acontece de se tomar o nome de Deus em vão?

• Ao fazer falsas promessas, ou juramentos, usando seu nome (Levíticos 19. 12; Mateus 5.33-37);
• Ao amaldiçoar a Deus (Êxodo 20.7);
• Ao mentir em nome de Deus;
• Ao usar o nome de Deus em conversas tolas, misturado com palavrões.

Além disso, não devemos tomar o nome de Deus em vão através de atos impensados. O Criador não está interessado que o Seu nome seja usado para legitimar interesses humanos, mas que seja usado para que se realize Sua vontade, perpetuadas em ações de amor, justiça e misericordia.

De maneira sistemática, líderes judaicos usaram o nome do Senhor em vão ao colocar sobre o povo uma carga insuportável que nem eles mesmos conseguiam carregar. Nos dias atuais, em nome de uma identidade denominacional, alguns líderes evangélicos ousam exigir do povo cristão práticas de usos e costumes que não fazem parte da doutrina do Evangelho do Senhor. E dessa forma eles banalizam o nome de Jesus, misturando a Palavra de Deus com palavras frívolas criadas por homens.

Deus se apresenta ao seu povo mediante vários nomes, que revelam seus atributos. Portanto, o cristão deve interessar-se em saber qual é a vontade de Deus para sua vida, agir conforme a vontade divina e jamais tentar legitimar o pecado usando o nome do Senhor em vão. Então, "segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor" (Hebreus 12.14).

E.A.G.

Compilações:
Ensinador Cristão, ano 16, nº 61, páginas 32 e 38 , jan/fev/mar 2015, Rio de Janeiro (CPAD).
Êxodo, Introdução e Comentário, R. Allan Cole, página 67, reimpressão 2011, São Paulo (Vida Nova).
Os Dez Mandamentos - Valores Divinos para uma Sociedade em Constante Mudança, Esequias Soares, 1ª edição outubro de 2014, página 50, Rio de Janeiro (CPAD). 

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.