Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

A nobreza dos crentes de Beréia e a truculência dos judeus de Tessalônica

Como cristão, ninguém deve ser apressado para concluir o pensamento em assuntos complicados, aliás, em nenhum assunto. Nenhum cristão deveria aceitar formadores de opinião aqui deste mundo, todos deveríamos conferir sempre se a opinião do próximo e a própria opinião está de acordo com a Palavra de Deus.

Como ser nobre como os crentes de Beréia?

O breve comentário do escritor do livro de Atos sobre os judeus em Beréia é importantíssimo e de interesse de cada cristão sincero. A observação coloca diante de nós a explicação de qual é a mentalidade que verdadeiramente é nobre aos olhos de Deus. "E logo os irmãos enviaram de noite Paulo e Silas a Beréia; e eles, chegando lá, foram à sinagoga dos judeus. Ora, estes foram mais nobres do que os que estavam em Tessalônica, porque de bom grado receberam a palavra, examinando cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim. De sorte que creram muitos deles, e também mulheres gregas da classe nobre, e não poucos homens" - Atos 17.10-12 .

Analisando o contexto da frase, voltamos para Atos 16 e vemos que Paulo estava em sua segunda viagem missionária e atingia a Europa com sua pregação. Na sequência dos acontecimentos, experimentou uma passagem alegre por Filipos e depois entrou em Tessalônica e lá encontrou um grupo grande de pessoas que acreditaram em sua pregação. A conversão dessa gente ao cristianimo provocou a inveja de judeus incrédulos e eles mobilizaram "homens perversos dentre os vadios" (17.5) para criar uma multidão e causar tumulto, o que resultou na saída de Paulo e Silas para Beréia antes do tempo que haviam determinado estar naquela cidade.

A afirmação de que os judeus bereanos foram mais nobres (eugenesteroi). que os judeus tessalônicos não significa literalmente, mais nobre por nascimento; descendência de ancestrais ilustres. O termo é usado para designar a qualidade da mente e do coração. A comparação feita em Atos 17 não se refere à linhagem. pois assim como eles os tessalônicos eram judeus, tinham a mesma origem e nas duas cidades existia israelitas convertidos a Cristo. O que lhes conferia nobreza era a disposição mental de aprender sobre as coisas de Deus, a sinceridade, a capacidade para receber novas informações com serenidade sem criar oposição antes de examinar o discurso apresentado, por receber a palavra com alegria do Espírito Santo, e não como a palavra de homem, mas como a Palavra de Deus e tal susceptibilidade em relação a mensagem do Evangelho entregue pelos apóstolos, os fizeram participantes da graça de Deus.

Os judeus em Beréia aplicaram-se seriamente ao estudo das Escrituras quando receberam o ensino da parte de Paulo e Silas, entenderam que não deveriam receber a mensagem como palestra teórica, mas abraçá-la espiritualmente, foram capazes de ouvir com os ouvidos abertos ao Espírito Santo, não escutaram com a afeição do homem natural. Eles não apenas foram à sinagoga no sábado para cumprir o ritual religioso, mas saíram de lá e diariamente passaram a estudar os escritos do Antigo Testamento para conferir se o que haviam ouvido a respeito do Messias, sua encarnação, obediência, morte e ressurreição era mesmo a verdade. A investigação que, de bom grado, eles se propuseram a fazer sobre a doutrina de Cristo os abençoou, levando-os a crer, e por conseguinte serem salvos da perdição eterna, pois a atitude abriu seus olhos para se enxergarem dentro da condição miserável de homens pecadores e clamaram pela salvação em Cristo.

O estudo bíblico é sempre necessário em todos os setores da vida, pois a Bíblia é a luz do nosso caminhar e a lâmpada que nos auxilia para não tropeçar na caminhada cristã.

Os judeus bereanos são um bom modelo para os crentes de hoje. Todo cristão precisa deixar de lado todos os preconceitos e opiniões e partir às pesquisas com a intenção de descobrir "se essas coisas são assim", aceitar o conteúdo bíblico como o padrão da verdade, tratar as Escrituras  como o seu manual de consulta. Quando encontra diversas situações pelo caminho que obriga-o a posicionar-se, o procedimento correto é agir como os bereanos agiram, examinar a Bíblia com a intenção de tomar atitudes em conformidade com a vontade de Deus. Este hábito prova quem é o crente que possui coração generoso para com o Espírito Santo e classifica quem é o crente considerado nobre e quem é o crente indisposto a parar e a prestar atenção na mensagem do Evangelho, considerando-a indigna de reflexão séria e única fonte que lhe trará o conhecimento que torna capaz de evitar erros e gera a graça de Deus em sua vida.

Causa espanto encontrar quem não se interesse em conhecer em profundidade as posições das Escrituras em diversos assuntos importantes e seja capaz de seguir o curso desse mundo, acatar e repassar ideias, às vezes equivocadas, de irmão X e Y como verdades absolutas. O ser humano, mesmo cheio de boas intenções, é pecador; só Deus é santo, portanto, convém sempre estar pronto para escutar e aplicar em nossas vidas a opínião divina (Provérbios 20.25a).

O estudo bíblico é sempre necessário em todos os setores da vida, pois a Bíblia é a luz do nosso caminhar e a lâmpada que nos auxilia para evitar o tropeço na caminhada cristã. Usemos a iluminção do céu (Salmo 119.105).

E.A.G.

2 comentários:

Pr. Genivaldo Tavares de Melo disse...

Muito bom este comentário e serve de alerta. Muitos sofrem por seguir orientações sem se dar ao trabalho de examinar se tudo está de acordo com a Palavra de Deus que é soberana.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Pr. Genivaldo.

É muito bom ler essas palavras vindo de sua pessoa. É um incentivo para eu continuar escrevendo.

Que tudo seja para a glória do Senhor.

Obrigado.

E.A.G.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.