Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

O lado bom das crises

Por Lourenço Stelio Rega

Depois de um fim de semana de descanso, você chega na sua empresa e recebe uma carta do proprietário do imóvel solicitando o prédio. Você já tem uma clientela estabelecida, a empresa vai bem e agora surge uma grande crise. Uma crise desestabiliza qualquer um. Como pode haver um lado positivo nela?

Em primeiro lugar, vamos lembrar que não é possível viver neste mundo, tocar um projeto, ser empregado ou patrão,  sem conflitos e crises. Em segundo lugar, a palavra chinesa para crise é composta por dois idiogramas: wei-ji. Wei significa risco e perigo. Ji significa oportunidade. Assim, a crise tem o lado negativo, mas poderá ser uma oportunidade para rever nossa situação e reavaliar o empreendimento que estamos envolvidos.

Com isso, depois do primeiro susto e das primeiras sensações de desespero, pare um pouco e avalie como você chegou até ali. Coloque em um lado de uma folha de papel os riscos e os perigos que a crise está trazendo para sua vida e seu empreendimento. No outro lado, anote todas as oportunidades que poderão surgir diante desta situação. Se você for empresário: novos clientes, busca por um novo sistema de marketing, revisão na maneira de tratar o cliente. Etc. Se você for empregado: uma nova oportunidade de emprego com novos desafios, revisão da vida financeira, revisão na maneira de relacionar-se com o chefe, etc.

Esse procedimento poderá gerar em você uma disposição criativa e positiva diante das crises, ao invés de levá-lo ao "fundo do poço". Mas não se esqueça de considerar também as causas da crise - se são voluntárias ou involuntárias. Se foi você que criou a crise, seja sincero revendo seus pontos de vista e sua maneira de reagir, analise seu ambiente e avalie seu temperamento. Se a crise for financeira, causada por um descontrole nos gastos, reveja suas prioridades, policie o uso do cartão de crédito, cheques pré-datados, e faça um planejamento para colocar sua vida e seus negócios em ordem. 

Muitas crises também podem ser prevenidas. Neste caso, esteja atento às situações da sua empresa, aos projetos em andamento, aos relacionamentos e à funcionalidade das coisas.  Tente pensar nos resultados de tudo que faz antes mesmo de fazê-los. Pergunte-se: como as pessoas, os clientes, o chefe reagirão? Se eu fizer isso desse jeito, que resultado obterei?

A Bíblia traz exemplo inspirador de José do Egito e sua capacidade para lidar com as adversidades. Ele foi vendido pelos irmãos como escravo, perdeu toda sua segurança, foi vítima de calúnia e considerado traidor pelo seu chefe, mas venceu porque soube ver Deus transformando suas crises em oportunidades de superação.

Fonte: Consumidor Cristão via Jornal Renovada News de março de 2007.
O autor é escritor, educador e teólogo. 

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.