Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Pombas brancas soltas da janela do Papa Francisco são atacadas por predadores

Faz parte do ritual católico. Antes de falar aos presentes na praça São Pedro, o Pontífice liberta duas pombas brancas. No dia 26, domingo, foi assim. No entanto, as aves não voaram em paz para muito longe, foram atacadas por predadores. Enquanto uma era perseguida por um corvo preto, outra era fustigada por uma gaivota, diante de uma multidão perplexa. Os quatro pássaros saíram dali, e não foi possível saber qual o desfecho das pobres pombas.















Imagens coletadas em

Aol.com - http://www.aol.com/article/2014/01/26/birds-attack-peace-doves-freed-from-popes-window/20816102/#!slide=2172760 
Jornal do Brasil - http://www.jb.com.br/internacional/noticias/2014/01/26/pomba-da-paz-solta-por-papa-e-atacada-por-gaivota-e-corvo/ 
Messa in Latino Italia - Messa in Latino Italia http://blog.messainlatino.it/2014/01/non-praevalebunt.html 
Voz da Rússia - http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_01_27/foto-pombos-de-paz-do-vaticano-atacados-com-bicadas-a-olhos-dos-crentes-3084/?slide-4 
Yoyo Press - http://yoyopress.com/2014/01/26/en-fotos-el-papa-lanza-una-paloma-de-la-paz-y-fue-atacada-por-una-gaviota-y-un-cuervo/ 

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Genialidade infantil

Principais características da criança com altas habilidades:

• Aprende rapidamente
• Adapta-se com bastante rapidez a novas situações
• Não convencional, original, criativa
• Está sempre bem informada
• Habilidade nas artes
• Pensa de maneira incomum para resolver problemas
• Resiste à rotina e à repetição
• É inquisitiva, curiosa
• Tem vocabulário excepcional, múltiplos interesses
• É persistente, independente, persuasiva, auto-direcionada

Como lidar com elas

• Dedicar-lhes tempo, discutir ideias, responder a perguntas, valorizar a curiosidade
• Transmitir amor e confiança nas capacidades e demonstrar aceitação
• Encorajar a busca por fontes diversificadas de conhecimento
• Estimular habilidades físicas e sociais

A falta de estímulo pode causar

• Baixo rendimento escolar
• Decepção e frustração
• Desinteresse pelos estudos
• Comportamento inadequado, muitas vezes confundido com hiperatividade, deficit de concentração, dislexia ou depressão.

Uma criança com altas habilidades não apresenta, necessariamente, todas essas características.

Fonte: Associação Paulista para Altas Habilidades/Superdotação (Apahsd), Conselho Brasileiro de Superdotados (Conbrasd).

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Black blocks versus cidadania


Ao protestar, é importante que haja senso de cidadania. Quem protesta sendo portador de sentimento egoísta, lutando em uma causa que beneficia apenas a si mesmo ou seu grupinho, não age como autêntico cidadão.

Cidadania é pensar e agir em prol da comunidade. Na dimensão humana, os exemplos mais próximos são Martin Luther King, Nelson Mandela e Mahatma Gandhi. Na esfera espiritual, é Jesus Cristo e todos os cristãos, com nome em destaque ou anônimo, que vai ao mundo usando estratégias evangelistas.

E.A.G.

Copa Mundial de Futebol 2014, copa da vergonha

Por Eliseu Antonio Gomes

Eu vi a cena do Fusca em chamas na Avenida Paulista, sábado, 25 de janeiro, praticamente no momento em que o sinistro acontecia. Assistia por transmissão de TV. Fiquei pensando se se tratava de veículo de colecionador ou veículo de gente pobre. Mais tarde senti indignação ao saber que havia uma família humilde, com criança, dentro daquele carro, que retornava de uma reunião em uma igreja. Vi a mulher e a menina saírem do carro em chamas, as duas chorando, apavoradas. E senti indignação redobrada ao saber que no mesmo dia a comitiva da Dilma farreava em Portugal comendo pratos caríssimos em restaurante chique, possivelmente às custas de impostos de toda a Nação - que não quer ver futebol de gringo, quer um Brasil melhor!

Passei a pensar nos meses que virão, a tendência é piorar essa indignação que já faz parte do senso coletivo da classe média brasileira, residentes nos estados mais importantes do país. Ao dizer isso, não se trata de previsão, algo sobrenatural. É apenas o uso da lógica de alguém que observa as coisas com atenção. É igual você espremer limão e ao misturar com água e açúcar deduzir que o líquido servido no copo é um suco de limonada. 

Copa do Mundo de Futebol, 2014: copa da anarquia quase que totalmente generalizada.

Quem acredita que esse campeonato será uma maravilha, alegria dentro de campo e festas nas ruas, como alguns anteriores quando a Rede Globo montou telões no Vale do Anhangabaú - SP?

Neste ano, o som não será de vuvuzelas ensurdecedoras, o barulho será de muvucas, sirenes de polícia. Muita gente gritando sem querer ouvir o que o outro tem a dizer.

Por quê? Porque esse evento mundial já é pauta para protestos, data marcada no calendário para colocar para fora a dor das injustiças, descasos, indiferenças, desmandos de governos eleitos que parecem não se importarem com os eleitores que os elegeram, que parecem acreditar que fazem parte de uma casta de privilegiados.

O período da Copa é período de execução da política manifestada da "casta de baixo" contra "a casta de cima". É um momento raro, tipo Cometa Halley no céu, quando gente comum se percebe importante e pronta ao confronto de ideias, exposição de sentimentos de desencantos com a classe dominante.

Tempo do protesto da elite partidária na oposição, tempo do protesto do cidadão apartidário contra o sistema quebrado. Covardias de mascarados Black blocks e frieza de gente com coragem de mostrar quem é ao praticar desumanidades. Tempo do pessoal dos Direitos Humanos levantar a voz e defender o mau-caratismo de bandidos travestidos de gente. Hora do encontro de policiais fardados com baderneiros idiotas que pensam que queimar ônibus é heroísmo patriótico.

Aos olhos atentos e câmeras ligadas de jornalistas estrangeiros de quase todos os continentes, haverão passeatas repletas de vândalos que farão do Brasil manchetes impactantes para as principais redações jornalísticas ao redor do mundo, com notícias que nunca vimos ou imaginamos que veríamos.

Talvez, a cobertura mais procurada na mídia não será o esporte dentro das quatro linhas do gramado. Ficaremos envergonhados de ser filhos e filhas da Pátria Amada.

Eu gostaria de estar totalmente equivocado. Se errar, me sentirei feliz!

E.A.G.

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

A travessia do mar vermelho

Por Eliseu Antonio Gomes

Os hebreus viveram 430 anos sofrendo como escravos no Egito. O Todo-Poderoso tirou o povo israelita do cativeiro de maneira marcante, com cuidado e zelo, através de Moisés o conduziu no meio do deserto à Terra Prometida.

A saída deles do território de Faraó significou um desastre para a economia egípcia. Além da perda da mão de obra escrava, os israelitas não saíram daquele país com as malas vazias, eles despojaram os egípcios, como uma forma de ressarcir os anos em que não foram pagos pelos quase quatro séculos e meio trabalhados em regime forçado.

Mares na Bíblia

Entre os hebreus o termo "mar" compreendia qualquer massa de água. Então, na Bíblia encontramos à extensão de água designada como mar, a água salgada ou doce. Exemplos: o oceano (Gênesis 1,10; Jó 38.8); o Mar da Galiléia (que é um lago, Mateus 4.18).

Os mares são:

1 - Mediterrâneo, também chamado apenas de Mar, ou de Mar dos Filisteus, Mar Grande, Mar Ocidental (Números 34.6).
2 - Mar Morto, ou de Arabá, ou Oriental, ou Salgado (Josué 3.6).
3. Mar Vermelho, ou Mar Eritreu, Mar de Sufe, ou Mar do Egito (Êxodo 13.18)

O Mar Vermelho

Mar de Sufe ("Yam Suph"), significa "de plantas marinhas". Não se sabe como originou o nome Mar Vermelho, suas águas não são avermelhadas, mas verde-azul.

Embora não pertença à Terra Santa, encontra-se estreitamente ligado à história do povo israelita.

O Mar Vermelho separa os territórios egípcios e sauditas, está entre a África e a Arábia. Na parte setentrional divide-se em dois golfos pela península do Sinai: o braço ocidental é conhecido como o Golfo de Suez; o oriental, Golfo de Acaba.

É provável que os israelitas tivessem atravessado o Mar Vermelho num ponto que fica 300 milhas * ao norte da atual entrada do Golfo de Suez. Como todo o exército pereceu nas águas, a largura deveria ser de pelo menos 12 milhas.

A parte mais larga do Mar Vermelho, até o sítio onde se fende em dois golfos é de 200 milhas e a parte mais estreita é de 100 milhas. O Golfo de Suez ao longo do tempo da era cristã tem se estreitado. A mudança de largura, secando-se a língua do Mar Vermelho, dificulta localizar a região onde ocorreu a travessia dos hebreus. Mas cogita-se que possa ter sido próximo dos Lagos Amargos.

Escravidão na Bíblia

Muitos se perguntam sobre o motivo de os judeus escaparem da servidão no Egito e depois incorporarem o regime escravagista após o estabelecimento da sua sociedade. Segundo Charles H. Spurgeon, comentando a passagem de Êxodo 21.5-6, a escravidão que existia entre os judeus antigos era uma coisa muito diferente daquela que desgraçou  humanidade nos tempos modernos. O escravo de um judeus tinha liberdade para sair da casa de seu mestre e ir sozinho onde quisesse. Mas, parece que, por ser a servidão tão leve - diz Spurgeon - benéfica para a pessoa escravizada, era comum o escravo não buscar sua liberdade.

Conclusão

Depois da conversão, o pecador torna-se servo de Jesus Cristo. Ele apresenta seu como um sacrifício vivo. Seus ouvidos estão sempre abertos na direção da porta do Salvador. O pecador arrependido ouve a sua voz (João 10.3, 9).

O cristão verdadeiro submete-se voluntariamente à Lei de Cristo: 1 Coríntios 9.21; Gálatas 6.2).

É necessário crer na eficaz proteção de Deus e eficiente providência divina. Assim como Ele não havia se esquecido das promessas que havia feito para Abraão, não abandona o cristão. Se esperamos que os planos do Senhor sejam realizados, não podemos cair em desespero e nos esquecer que nenhum objetivo do dEle é frustrado. Ele jamais se esquece das promessas que faz, todas são concretizadas efetivamente.

E.A.G.

* - Para converter medidas de milhas para metros, e obter o número exato, é preciso usar o Sistema Internacional, multiplicando o valor por 1 609,344.

Consultas:
Bíblia de Estudo Almeida, Dicionário, página 109, edição 2007, Barueri, (SBB).
Bíblia Evangelismo em Ação, página 76, edição 2005, (Editora Vida).
Geografia Bíblica, Claudionor de Andrade, página 140 1987, Rio de Janeiro (CPAD).
Lições Bíblicas, Antonio Gilberto, 1º trimestre 2014, Rio de Janeiro (CPAD)..
Pequena Enciclopédia Bíblia O.S. Boyer, páginas 401 e 402, 404, edição 1992, São Paulo (Editora Vida).

Rolezinho evangélico?

Luiz Carlos da Cruz - Gazeta do Povo
Saiu uma matéria no Gazeta do Povo informando que houve uma articulação da igreja Comunidade Vida Feliz para ocupação de um shopping em Cascavel, o mesmo que dias antes havia sido alvo de vândalos. Os crentes foram lá, ocuparam ordeiramente a praça de alimentação e leram a Bíblia Sagrada. 

Tudo bem, mas é preciso levar em consideração que para evento assim é preciso ir preparado para consumir. Quando um grupo grande senta-se às mesas, sem comer e beber nada, gera um enorme prejuízo ao dono do estabelecimento comercial.

E.A.G.

Consulta: http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/conteudo.phtml?id=1439143

Ana Paula Valadão é contra casamento gay

O blog de Julio Severo, um dos mais antigos, polêmicos e atuantes, na blogosfera brasileira, replicou recentemente uma matéria da revista Veja em que Ana Paula Valadão desmente o boato que seria favorável ao romance e união conjugal entre homossexuais. 


Trecho enfatizado:

"O dever de submissão ao marido não é sua única opinião polêmica. Ela é contra o casamento gay e não esconde seu ponto de vista. “Se há um cristão falando por aí que é a favor da homossexualidade, ele não é um cristão de verdade”, afirma. Mas garante que os homossexuais são bem-vindos em sua igreja. 'Tenho um grande amigo ex-gay.' Também não se constrange ao abrir o coração e falar das próprias dores a seus fãs. 'Na gravação do CD Esperança, em 2004, ela contou no palco que não conseguia engravidar', lembra o pai. Mais de 1 milhão de pessoas ouviram a cantora  — hoje mãe de Isaque, de 7 anos, e Benjamin, de 4 - falar sobre seus problemas de fertilidade." 

E.A.G.

Saudades da Igreja Deus é Amor que não existe mais

Em casa: Bíblia de Estudo em Cores, Shedd, Plenitude, Thompsom, NVI, além do livro Jesus Biografia Completa
Levi Muniz

Fui criado na Igreja Pentecostal Deus é Amor, a Sede Mundial em São Paulo. 

Saudades! Eu me lembro que quando criança todo ano ia ao campo São Cristovão no Rio de Janeiro, dia do aniversario da cidade. O Missionário David Miranda em cima de um caminhão, muitos paralíticos andavam

Eu sinto muitas saudades dos cultos às segundas-feiras, durante a noite, com o Pastor Jose Borges, aonde o fogo caia e ele gritava: "Isto é vida, senhores, eu prefiro ficar com Jesus".

Que saudades das vigílias na Sede Mundial com direção do Joel Miranda. Comparecia grande multidão. Quando ele dava o "sopro divino" os demônios não resistiam e caiam. 

Quantas saudades dos cultos aos domingos à noite na rua Conde de Sarzedas, centro da Capital de São Paulo, com a participação de muitos grupos de jovens, vocais louvando a Deus. 

Com nostalgia me recordo de viagens com o grupo Unforgetable Praise. Lembro dos cultos na Brasilio Itibere, em Curitiba, Paraná. Uma vez a Leia Miranda viajou conosco e foi muito bom, ela era bem animada e divertida.

Tenho saudades do Programa Jovem, que eu ajudava a apresentar, inclusive fiz a narração de um congresso em 1991. Ia ao ar pela Radio Universo de Curitiba em ondas curtas. Eu era ouvinte da Sessão da Criança, adorava o vovô Pedrão e os demais personagens que hoje não existem mais. Gravávamos no meio da semana, ia ao ar aos sábados às 11 horas. Ficávamos na expectativa querendo ouvir tudo. Certa vez, eu e os meninos do Unforgetable dormimos na casa do Pastor Luiz Gomes, ele morava no prédio da rádio, rua Senador Alencar Guimarães, 97, edifício Marisa.

Quem se lembra do Raul Nazário, que apresentava com a Débora Miranda o programa Mensagens Cantadas? Sim, era gravado em Curitiba, também. Só depois começaram a ser produzidos em São Paulo. Ah... Saudades de cultos realizados por Lourival de Almeida em vários estados e cidades com a participação do Unforgetable.. 

Lembro-me das concentrações com o Sergio Sora nos Arcos da Lapa. Quantas curas e milagres e muito louvor!

Tempos bons! Final da década de 1970 e começo dos anos 90.

sábado, 25 de janeiro de 2014

Aniversário de São Paulo com protestos na Avenida Paulista contra a Copa do Mundo

Na celebração dos quatrocentos e sessenta anos de aniversário da Capital de São Paulo, paulistanos enchem a Avenida Paulista manifestando-se pacificamente contra a Copa do Mundo. 



















Mas, o evento que começou em paz, horas depois se transformou em tumultos com depredações.

O motorista do automóvel disse em entrevista que voltava de uma igreja, ao passar perto de um colchão em chamas, atirado no meio da rua, o fogo dominou seu veículo.

Folhapress

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

A hora de almoço do pastor - charge


Quem irá pregar para a geração do rolezinho?


Por Eliseu Antonio Gomes

O rolezinho é um fenômeno cultural.  Acontece porque a juventude que não tem espaço de convivência na cidade de São Paulo - e por isto fecham ruas e invadem shopping center. É uma consequência da popularização da Internet. Jovens pobres, moradores de periferia, plugados na rede mundial de computadores marcam local para encontrarem-se com seu cantor de funk num shopping ou rua de bairros afastados do centro da capital paulista. Aquele cantor que nunca gravou um CD por gravadora convencional, nunca foi ao programa popular da televisão e nem é tocado em rádio, no entanto faz sucesso com a garotada por causa de seu vídeo caseiro que postou no YouTube ou site similar, e dessa forma é capaz de mobilizar multidão para vê-lo.

Alguns dizem que os rolezinhos são passageiros. Pode ser mesmo que passe daqui há algum tempo. Garotos e garotas amadurecerão, se casarão, terão outras atividades futuramente. Mas, com certeza o momento presente acompanhará a vida dessa juventude. Para alguns jovens será motivo de sentimento nostálgico, para outros a razão de fazer política, escolhendo governos pelo quesito competência ou se fazendo alguém a ser escolhido no voto de seus pares porque aos seus olhos não existe representante competente. Eu acredito que do meio desses jovens incompreendidos pela classe social abastada surgirão vereadores, deputados, prefeitos e governadores.

O governo vigente, esferas municipal, estadual e federal, precisa governar bem para todas as faixas etárias e camadas da sociedade e os cristãos partirem para o evangelismo. Quem se dispõe a pregar para a geração do rolezinho?

Movimento popular de jovens sempre existiu. Aconteceu na década de 1960 com os hippies nos Estados Unidos pedindo fim da guera do Vietnã, e algo parecido por aqui nos primeiros cinco anos da década de 1970. Na dezena de anos de 1980, houve por quase todo o mundo a concentração de jovens em discotecas, quando havia aversão à política.

A vida sem Deus é ilusão: sexo sem compromisso, drogas e outras coisas fugazes. Fiz parte dessa geração 80 nas casas de dança, mas sem me envolver com as drogas ou crimes, apenas quis a diversão e a música. Fui aos bailes, promovi bailes. Eu vi conhecidos que optaram pelo envolvimento com entorpecentes e outras ilicitudes e quem se manteve distante dessas coisas. Muita gente morreu por causa de drogas, violência, crime. Outros, como eu, ouviram falar de Jesus e se converteram. 

E.A.G

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

A sarça na Bíblia Sagrada

A Sarça Ardente, escultura em aço, 30 centímetros de altura, exposta no Museu de Arte de Haifa. Artista: Yitzhak Danziger  (1917-1977), judeu nascido na Alemanha e estabelecido em Jerusalém em 1923.
As plantas espinhosas constituem uma grande parte da flora da Palestina. Nas páginas do Velho Testamento aparecem a sarça e o cardo representados por nove palavras diferentes, e no Novo Testamento por outras três. Em Gênesis 21.15, a palavra usada supõe qualquer arbusto de pequena estatura, mas em Isaías 7.19 eram espinheiros próximos das águas. Ver Lucas 6.44 e Atos 7.80.

Em Êxodo 3.2, é muito provável que a "sarça ardente" de uma moita de acácias. 

A impressionante a chamada de Moisés, para que fosse o libertador de Israel, ocorreu quando ele parou para observar a vegetação no Monte Horebe e viu a auto-revelação do Senhor. O texto bíblico informa que o Anjo do Senhor apareceu para ele. num arbusto, provavelmente a sarça ardente era uma moita de acácias. O Anjo estava envolvido por uma chama de fogo, mas a planta não era queimada por ela (Êxodo 3.1-15; Marcos 12.26; Lucas 20.37 e Atos 7.30-34).

A expressão hebraica diz que era "como", "no modo de" uma sarça ardente que não se consumia. O significado da planta não ser consumida pela chama, revelava a Moisés a santidade divina, o interesse de Deus em providenciar o bem-estar do povo hebreu, que sofria sob o jugo da escravidão de Faraó e deveria ser conduzido à Terra Santa.

Naquela oportunidade, Deus revelou seu nome sagrado - Jeová, o Eu Sou o que Sou e Moisés sentiu medo de olhar para Ele (Êxodo  3.2, 5, 8, 14). Aquela visão extraordinária da chama de fogo, junta-se a outras manifestações sobrenaturais que representam a glória e a santidade de Deus. Veja: Gênesis 15.17; Êxodo 13.21; 19.18; 1 Reis 8.10-11; 2 Reis 1.12; 2.11; Isaías 6.1-6; 2 Tessalonicenses 1.7; Apocalipse 1.14 e 19.12.

E.A.G.

Consulta:
Bíblia Sagrada com Dicionário  e Concordância Gigante - Conciso Dicionário Bíblico Ilustrado, D.Ana e Dr. S..L Watson, página 260, edição 2003, Santo André-SP (JUERP// Geográfica Editora).
Dicionário Bíblico Universal A.R. Buckland & Luckin Williams, página 550, edição 2007, São Paulo-SP (Editora Vida)
O Novo Dicionário da Bíblia, volume III, página 1488, edição 1981, São Paulo-SP (Edições Vida Nova).

Justin Bieber preso, mãe pede orações

Instagram: foto exposta na Internet antes da prisão mostra Bieber e Chantel Jefries.

O site de celebridades TMZ, que goza de alta credibilidade por ser o primeiro a anunciar a morte de Michael Jackson, noticiou que o cantor pop, canadense, Justin Bieber está detido nos Estados Unidos.

Bieber foi flagrado pela polícia de Miami Beach, hoje, por volta de 4 horas, envolvido em um racha, também conhecido como pega, em uma área residencial. Ele estava dirigindo  um Lamborghini, acompanhado de Chantel Jeffries, uma modelo, enquanto o pessoal de sua equipe bloqueava o trânsito. Apostava corrida com um rapper, que dirigia uma Ferrari vermelha, que também foi detido

Testes flagraram que ele estava com nível alto de droga no sangue, que poderia ser álcool ou outra substância. A polícia informou a imprensa que o rapaz sua licença para dirigir estava vencida e desacatou as autoridades durante o momento da prisão. Teria dito aos oficiais que tinha cerveja, estava sob a influência de antidepressivos e havia fumado maconha. 

Recentemente, Pattie Mallete, mãe do cantor, pediu aos seus admiradores que orassem em seu favor, porque estava preocupada com seu envolvimento com vandalismo e drogas. "Acho que muitas pessoas entram na indústria do entretenimento com os valores corretos mas depois se deixam influenciar", disse ela em entrevista ao jornal  "The Sun".

Vídeo do TMZ mostra que o cantor tentou evadir-se do local.



E.A.G.

O coelho na orelha de Nelson Mandela

A escultura feita de bronze de Nelson Mandela, anunciada como a maior representação de sua figura, com 9 metros de altura, esculpida durante o funeral do líder sul-africano - erigida com os braços estendidos, simbolizando a dedicação de Mandela para a inclusão de negros numa sociedade que privilegiava apenas os brancos - tem um capricho dos artistas que a construíram. E aparentemente ninguém sabia que haveria tal inclusão pitoresca..

A estátua foi inaugurada pelo presidente Jacob Zuma no dia 16 de dezembro, está localizada nos jardins do Union Buildings, sede da presidência sul-africana em Pretória, um dia após o funeral de Mandela. Foi descoberto que na orelha direita, discretamente posicionado, está esculpida a miniatura de um coelho. O bicho tem a metade do tamanho do orifício da orelha, está sobre duas patas, voltado como que a olhar para fora.

Segundo Paul Mashatile, ministro da cultura e artes, os artistas, Andre Prinsloo e Ruhan Jansen van Vuuren, cidadãos pertencentes à minoria branca da África do Sul, foram selecionados por seu talento, mas também porque o projeto tem o espírito de anunciar o principio de reconciliação entre negros e brancos, o esforço de Mandela para haver a sociedade multi-racial. Dali Tambo, figura ligada ao movimento anti-apartheid, considerou o ato ofensivo e comparou-o a colocar um rato dentro do nariz de uma estátua de Barak Obama. 

Os escultores se recusaram a falar sobre o assunto para os jornalistas da Associated Press. Um jornal local divulgou que os artistas haviam revelado que o animal era uma espécie de "marca registrada", que haviam decidido fazê-la após o governo recusar que eles gravassem seus nomes na altura da calça da estátua. Disseram também que a escolha do coelho seria porque ele simboliza a pressão que receberam para terminar a obra em tempo reduzido, pois coelho (haas) no idioma africâner também significa "pressa". 

O porta-voz do departamento de artes do governo de Pretória se pronunciou declarando não saber que os escultores Andre Prinsloo e Ruhan Jansen van Vuuren tinham acrescentado à obra o bicho. Em nota, o departamento anunciou que está em discussão uma forma de fazer a retirada sem causar nenhum dano à estátua, considerada motivo de orgulho para todo o povo da África do Sul.  O Ministério da Cultura  E Artes declarou que  Prisloo e Vuurem pediram desculpas aos que consideraram o coelho como uma maneira desrespeitosa ao legado de Nelson Mandela.

E.A.G.

Com informações de Associated Press via Harold-Mail-Media - www.heraldmailmedia.com/news/nation/rabbit-carved-into-ear-of-mandela-statue-causes-controversy/article_84875658-8373-11e3-96d7-001a4bcf6878.html

A liberdade de expressão do Porta dos Fundos e a liberdade à reação do cristão

Flicker | Instituto Milenium
Articulista da Veja escreve sobre o pedido de indenização de Marco Feliciano aos "humoristas" do grupo Porta dos Fundos. Feliciano processou e pede 1 milhão de reais por causa do vídeo Especial de Natal, que ridiculariza a fé cristã.

"Os rapazes do site têm o direito de ser escravos dos próprios preconceitos. Enquanto for um bom negócio, mudar por quê? Só não vale reclamar e acusar os cristãos de autoritários. Eles também têm o direito de dizer o que pensam e, se acharem que é o caso, de apresentar petições ao Poder Público. Trata-se de um dos pilares da democracia"  - Reinaldo Azevedo. 

Veja o texto completo no blog do autor.

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Quando a esposa do pastor se irrita ao ser exemplo no sermão do marido - charge Josias Botelho


As qualidades do líder cristão

Por ser uma tarefa tarefa importantíssima e das mais nobres, com múltiplas responsabilidades, o apóstolo Paulo apresentou a Timóteo a lista de qualificações exigidas àqueles que desejam liderar. A lista de requisitos ressaltam o caráter de quem quer exercer ou já exercer o ofício de presbítero, nada tem a ver com posição social ou grau de escolaridade.

"Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma mulher, vigilante, sóbrio, honesto, hospitaleiro, apto para ensinar; não dado ao vinho, não espancador, não cobiçoso de torpe ganância, mas moderado, não contencioso, não avarento; que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com toda a modéstia (Porque, se alguém não sabe governar a sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus? ); Não neófito, para que, ensoberbecendo-se, não caia na condenação do diabo. Convém também que tenha bom testemunho dos que estão de fora, para que não caia em afronta, e no laço do diabo "- 1 Timóteo 3.2-7.

Irrepreensível

No idioma grego, o termo "irrepreensível" não se refere a uma pessoa perfeita, vivendo sem pecado, caso fosse isso ninguém estaria qualificado para ser um líder evangélico (Romanos 3.23). A exigência aponta para um estilo de vida que não exista procedimentos que deponham contra seu ministério, que sua vida seja coerente com a declaração de fé em Cristo e em Deus.

"Tendo o vosso viver honesto entre os gentios; para que, naquilo em que falam mal de vós, como de malfeitores, glorifiquem a Deus no dia da visitação, pelas boas obras que em vós observem" - 1 Pedro 2.12.

Esposo de uma só mulher

Não basta ao líder fazer batalha pela pureza doutrinária se em sua perde a batalha pela pureza moral. É necessário ao líder encampar as duas batalhas, no discurso e na prática. Quem exerce o ofício de liderança deve ser alguém que deve ser fiel à sua esposa, no caso de ser casado (Mateus 5.27-28).

Atento, sóbrio e honesto

A pessoa em posição de liderança não pode ser uma pessoa desligada da vida de seus liderados, pois o ato de pastorear é um trabalho que demanda cuidar das ovelhas em todos os aspectos, desde o perigo da ronda de predadores ao provimento diário da água e da comida, à tosquia e manutenção do abrigo.

Sobriedade tem a ver com simplicidade, não ser alguém exagerado em nada, moderado ao comer e beber ser alguém que,age com responsabilidade e honestidade em tudo.

Hospitaleiro

No grego o termo hospitaleiro significa "amante dos estrangeiros", o que remete às pessoas distantes e desconhecidas. Em Romanos 12.13; 1 Pedro 4.9;  1 Timóteo 5.10; e Hebreus 13.2 encontramos a exortação referente à hospitalidade. Repare que o substantivo feminino hospitalidade tem ligação com o substantivo masculino hospital. Portanto, o líder precisa estar disposto a tratar  de ovelhas feridas, querer prestar socorro com qualidade aos que estejam necessitando de cuidados especiais.

Receber alguém desconhecido em casa hoje em dia é considerado uma atitude virtuosa, mas na geração da Igreja Primitiva era situação corriqueira, sendo até motivo de vergonha aos cristãos daquela época se um viajante pernoitasse em uma estalagem. Era inconcebível que uma pessoa pudesse ser descrita como honesta se ela não fosse hospitaleira.

Apto ao ensino

É claro que não é imprescindível que o líder seja uma pessoa com diplomas de teologia na parede. Ele precisa ser alguém que tenha conhecimento das principais doutrinas bíblicas e tenha condição pedagógica de transmiti-las bem (1 Timóteo 5.17).

Sem tendências a embriagar-se

Parece uma contradição Paulo aconselhar Timóteo a beber vinho e também afirmar que o bispo está desqualificado das funções de liderança se tomar vinho. O caso em questão é a situação de embriaguez, que leva a usa série de consequências ruins para quem bebe e para quem convive com o bêbado. A pessoa incontinente não tem condições alguma de conduzir o rebanho de Cristo.

De maneira contundente as Escrituras condenam a embriaguez: Gênesis 9.20 -27; 1 Samuel 25.36; 1 Corintios 11.21. E em Levítico 10.9 e Provérbios 31.4-5 está expresso que os líderes estão proibidos ingerirem bebidas fortes.

Não espancador

O cristão deve amar o próximo como a si mesmo, quem parte para a violência está abaixo do nível da civilidade, portanto, fora do perfil de um servo de Deus apto a conduzir suas ovelhas..

Não cobiçoso de torpe ganância, moderado

Repare que o apóstolo tem o cuidado de classificar a ganância, porque nem todas elas são torpes. É justo ao obreiro trabalhar na obra de Deus e esperar receber dela moderadamente o seu salário justo (1 Corintios 9.9-11; 1 Timóteo 5.17-18).

Não contencioso

Não contencioso quer dizer avesso a brigas, significa mais do que não ser uma pessoa violenta, é aquela pessoa que não tem disposição de esmurrar e também não é disposta a travar disputas orais.

O líder deve ser inimigo de contendas, quem sempre dá lugar a argumentação, discussões e brigas não é alguém que preserva o vínculo da paz, portanto é desqualificado para liderar o rebanho de Cristo (Efésios 4.1-3;2 Timóteo 2.23-24).

Não avarento

No grego está escrito "não amante da prata" o termo aparece em 1 Timóteo 3.3. Hebreus 13.5. Uma das características mais marcantes dos falsos obreiros do Senhor é que eles fazem tudo com o objetivo do lucro fácil (1 Timóteo 6.5-9-11).

É lícito ao obreiro receberem honorários, mas jamais serem apegados ao dinheiro, jamais devem trabalhar com única e exclusivamente com o propósito de serem recompensados financeiramente. A apóstolo Pedro trata deste sentimento como "uma sórdida ganância (1 Pedro 5.2).

Que governe bem a sua casa

O termo grego para governar é equivalente aos termos reger, administrar, presidir. Paulo considera que o lar do líder cristão é uma prova incontestável que ele é aprovável para exercer o posto de líder da igreja. E o detalhe maior disso é sua qualidade de pai, os seus filhos lhes são submissos e ele é modesto ao apresentar esta qualidade de controle familiar (1 Timóteo 2.11).

Não neófito

Literalmente, o termo em grego se aplica à agricultura.. Quer dizer "não ser uma planta nova". O indivívio para ser líder não pode ser frágil, deve ser alguém maduro ao ponto de produzir fruto, precisa ser experimentado. No plantio, o brotinho não tem condições de oferecer sombra para as árvores,, consequentemente precisará da sombra de outros, e ser dependente gerará resultados desastrosos para a igreja.

Bom testemunho dos que são de fora

Ao preencher todos os requisitos acima, a consequência natural é que o líder adquira depoimentos favoráveis sobre seu caráter. E caso sofra injustiças, Paulo recomenda que a acusação seja recebida criteriosamente, com a confirmação de duas ou mais testemunhas de boa reputação (1 Timóteo 5.19).

E.A.G.

O diário de Kaique Augusto dos Santos, gay

Isabel Cristina Batista, mãe do adolescente gay Kaique Augusto dos Santos, de 17 anos, cujo cadáver foi encontrado em 11 de janeiro debaixo do Viaduto Nove de Julho, no Centro de São Paulo, próximo da Câmara Municipal, declarou na terça-feira, dia 21, estar convencida de que o filho suicidou-se.

O que aconteceu?

Kaique saiu de casa no dia 11 para ir em uma festa de homossexuais numa boate no Centro de São Paulo. Amigos relataram que ele deixou a boate sozinho, dizendo que procuraria seus documentos e não retornou mais. Naquela madrugada, seu corpo foi encontrado pela polícia embaixo do viaduto, perto da boate. Havia perfuração em uma das pernas, dentes quebrados e traumatismo craniano. A polícia alegou em análise preliminar que as condições em que ele estava eram consequências de uma queda em pé (um salto) e o delegado assinou a ocorrência como suicídio, e o cadáver foi enviado sem identificação ao Instituto Médico Legal, onde permaneceu até o dia 14. Seus parentes o procuraram por hospitais e no IML. Por não ter sido recolhido com documentos, estava no IML como indigente e isso dificultou encontrá-lo.

Recentemente, Kaíque escreveu em seu diário um texto afirmando que tomaria "uma atitude, uma decisão" até segunda-feira (13). E despediu-se: "Adeus às pessoas que amo." Em seguida, escreveu um pouco mais,, sem qualquer assunto relacionado a morte.

Após saber das declarações encontradas no diário, em entrevista coletiva Isabel pediu desculpas às autoridades paulistas que tratam do caso, por ter criticado a condução das investigações. Ademar Gomes, advogado da família, disse que o fato da polícia ter classificado rapidamente a morte de Kaique como suicídio fez a família do jovem suspeitar de um possível crime de homofobia. Mas a mãe do jovem falecido não tem mais intenção contestar a versão oficial da polícia, que afirmava que Kaíque havia se atirado do viaduto. "A polícia agiu corretamente por registrar o caso como suicídio, pois não tinha indícios de que era um homicídio. Registrou como suicídio e continuou investigando", disse Gomes para quem o entrevistava ao lado da mãe.

Isabel afirmou que não passava por sua cabeça que Kaíque era depressivo, ele sempre se mostrava alegre, não morava com ele, que havia mudado para estar próximo ao emprego, e devido às circunstâncias tinha dificuldades de reconhecer que o adolescente era suicida e não teve oportunidade de ajudá-lo. O que fez ela mudar de opinião foram as páginas do diário que o garoto escrevia, onde existem indícios de sua tendência a tirar a própria vida. O que ele escrevia se encaixou com as investigações e depoimentos de testemunhas que informaram que o rapaz estava muito triste com uma relação amorosa. 

Precipitadamente, com a mesma delicadeza de uma elefanta pisando em ovos, a ministra Maria do Rosário em nota oficial emitida na última sexta-feira, dia 17, declarou que Kaique havia sido “brutalmente assassinado” por homofobia e que a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência estava acompanhando o caso junto às autoridades estaduais para evitar a impunidade. Claramente, demonstrou querer extrair pontos políticos de uma tragédia familiar, não respeitou o luto da mãe do jovem falecido por estarmos às portas de uma eleição; porque Geraldo Alckimin é Governador em São Paulo e pertencer ao partido PSDB; porque o PT quer ocupar a vaga que está com Alckimin.

Durante a mesma noite, da infeliz nota petista, manifestantes ligados ao movimento LGBT protestaram no Largo do Arouche Centro de São Paulo, pedindo o esclarecimento da morte.

E.A.G.

Consultas:
G 1 - http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/01/familia-de-jovem-gay-diz-que-esta-convencida-sobre-suicidio.html 
Folha/ UOL - http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidiano/148798-ministra-fez-proselitismo-diz-secretaria.shtml 
IG - http://igay.ig.com.br/2014-01-21/mae-de-kaique-augusto-volta-atras-e-diz-que-filho-cometeu-suicidio.html

Ibope versus GfK: televisão do Brasil terá dois institutos de pesquisa-televisao-do-brasil-tera-dois-institutos-de-pesquisa

Algumas vezes, numa “pesquisa” entre pessoas do meu círculo social, incluindo a garotada, quis saber se o Big Brother Brasil fazia sucesso. Sinceramente, sempre duvidei que um lixo assim realmente teria êxito em nosso país. 

As pessoas responderam que não dão valor para este tipo de programa, escolhem outra espécie de diversão. Aliás, a televisão aberta disputa com a programação da televisão por assinatura, e o aparelho televisor concorre e chega a perder muitas vezes para o computador, consoles de videogames e DVDs, além de outras atividades de lazer como os passeios.

Acredito que o sucesso do BBB é uma mentira repetida pela mídia, de tanto repeti-la alguns pobres desavisados acreditam. É uma espécie de azeite que faz a “roda” do trabalho dessa gente de mídia girar mais. Então estão predispostos a nos fazer acreditar que um lixo é uma programação bem-sucedida.

A mentira da mídia é igual aquele episódio em que ela fez campanha de quase três semanas contra o Deputado Federal e Pastor Marco Feliciano. Toda imprensa se alinhou para afirmar que o parlamentar era homofóbico, querendo derrubá-lo do posto de presidente da CDHM. Mas não deu certo, porque Feliciano soube resistir e revidar mostrando verdades usando a internet, seu canal oficial do YouTube. 

O Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope) apresenta números verdadeiros? Pode-se usar esses números como fontes totalmente confiáveis? Os apontamentos por diversas ocasiões foram contestados pelos concorrentes da Rede Globo, emissora sempre indicada como a mais assistida por todos. O empresário Carlos Augusto Montenegro, dono do Grupo Ibope, na Justiça, diante de um trabalho elaborado comprovando contradições de números, durante um processo movido contra ele e sua empresa pela Rede Record, afirmou que os dados coletados minuto a minuto não podem ser considerados 100% confiáveis.

Após tal declaração, em 16 de dezembro do ano passado, SBT, Band, Record e RedeTV!, se uniram e contrataram a GfK, empresa alemã que aufere a audiência do telespectador em algumas partes do mundo, para realizar pesquisas também no Brasil – a Rede Globo não mostrou interesse em pagar pelo serviço, por que será?

Assim o Ibope, que desde 1988 era o único instituto que media a audiência em tempo real na TV brasileira será colocado à prova pública. O importante trabalho paralelo da GfK apontará quantos televisores sintonizam a programação da Rede Globo e de outros canais. Agora, os números que dão vantagens para lixos como BBB e novelas poderão ser questionados com mais facilidade por telespectadores e publicitários. As divergências de dados entre Ibope e GfK colocarão o público e publicitários em posição de questionar se as pesquisas do Ibope, que enriquecem e enriqueceram por tantos anos a Rede Globo, eram fatos ou fantasias.

Os alemães chegam com quase o triplo de aparelhos de amostragens que o Ibope, prometem disponibilizar seu trabalho com maior agilidade e custo mais barato, farão pesquisas à TV aberta e fechada. Os primeiros resultados serão divulgados no segundo semestre de 2014.

Em anos passados, as principais emissoras de televisão aproximaram-se da Nielsen - outro instituto de pesquisa - para auferir dados, mas não houve acordo entre as partes.

E.A.G.

Consultas:
Exame - http://exame.abril.com.br/marketing/noticias/gfk-comeca-a-medir-a-audiencia-da-tv-brasileira-em-2015
Sob o Holofote - http://www.soboholofote.com.br/nielsen-no-brasil/
UOL F5 Televisão - http://f5.folha.uol.com.br/televisao/980897-ibope-ganha-rival-e-nielsen-tambem-medira-audiencia-no-brasil.shtml

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Fissura por internet - charge de Randy Glasbergen


Milagres de Jesus, a nova minissérie a Record

Ao custo de R$ 900 mil por episódio, produção que conta com 18 episódios e 200 intérpretes, a Rede Record estréia amanhã. 22 de janeiro, às 21h45, a minissérie épica Milagres de Jesus, com interpretações de atrizes e atores brasileiros contratados exclusivamente à teledramaturgia da emissora. Segundo o diretor geral João Camargo, o investimento é mais caro do que capítulos de novelas, pois exige cenários e figurinos com acabamentos especiais.

A produção foi escrita por Camilo Pellegrini, Renato Modesto, Paula Richard, Vivian de Oliveira e Maria Claudia Oliveira. Dirigida por Régis Faria e João Camargo.

O projeto aborda os milagres por uma perspectiva diferente dos relatos bíblicos que o leitor da Bíblia Sagrada conhece. O ângulo da narrativa de roteiro não seguiu os passos de Jesus Cristo, foi escrito a partir das pessoas que foram abençoadas e tiveram  a vida transformada pela intervenção divina.

Será apresentada uma história por dia, independente uma das outras. O primeiro telefilme chama-se A Pesca Milagrosa, será protagonizado por Caio Junqueira no papel do Simão, que se transformou no apóstolo Pedro. As cenas da Galiléia tiveram como cenário regiões do Paraná, Minas Gerais e do Piauí.

E.A.G.

Quer trabalhar no Google? Vagas abertas no Brasil

O ano de 2014 promete ser promissor aos jovens que estão ingressando no mundo do trabalho. Assim como o Facebook, o Google também está interessado em mão-de-obra brasileira.

O processo inicial de seleção para trabalhar no Google começa com uma seleção realizada por firma terceirizada, a Cia de Talentos. Só após a triagem é que o Google entrevista e contrata. 

O Google oferece vagas para estágios em Jurídico e Relações Governamentais, Marketing e Comunicação, Vendas e Gestão de Contas, Produtos e Suporte ao Cliente, Estratégia Empresarial, Soluções Técnicas (GTECH).  

Inscrições devem ser realizadas até 9 de fevereiro de 2014. 

O candidato deve estar matriculado em um curso de graduação de quatro ou cinco anos em uma universidade no Brasil e em vias de se formar em dezembro de 2014 / janeiro de 2015, ser fluente em Português e Inglês. Deve estar disposto para fazer estágio de seis meses no escritório do Google em São Paulo a partir de junho de 2014 a dezembro de 2014 (duração e data de início variam em alguns casos). A empresa esclarece que neste período trabalhará para que o candidato desenvolva sua capacidade analítica e espírito empreendedor. 

Para maiores informmações, acesse: Google Job Search

Quer trabalhar no Facebook? Vagas abertas no Brasil

Empresas da área de tecnologia estão com vagas abertas no Brasil e em outros países. Existem dezenas de oportunidades em diferentes áreas, inclusive para quem quer estagiar. 

No Facebook, há vagas para Engenheiro, Especialista em Mídia Social, Advogado Especialista em Direito Internacional, e para Estagiários@Facebook, projeto piloto que tem como objetivo principal desenvolver talentos para as áreas de negócios da companhia no país. Podem participar estudantes com graduação para 2014, nos cursos de Administração de Empresas,Ciências Econômicas, Publicidade, Propaganda e Marketing. Ao final do período de um ano o candidato pode conseguir a vaga fixa.

O concorrente deve ter inglês avançado ou fluente, e o processo seletivo será composto de testes online, check up de competências e entrevistas presenciais.

Confira o perfil das vagas na página de emprego da rede social (é necessário estar com ao perfil pessoal conectado ao Facebook antes de clicar no link, do contrário o link não abrirá):

https://www.facebook.com/careers/locations/saopaulo

E.A.G.

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

A celebração da primeira Páscoa


Por Eliseu Antonio Gomes

"Vocês a comerão numa só casa; não levem nenhum pedaço da carne para fora de casa, nem quebrem nenhum dos ossos. Toda a comunidade de Israel terá que celebrar a Páscoa" - Êxodo 12.46, 47 (NVI). 

Deus desejava que os israelitas não se esquecessem do dia triunfal em que seus filhos primogênitos escaparam da morte no Egito e o grande livramento dos seus antepassados da escravidão do Egito. Assim surgiu a festa da Páscoa como um memorial, o principal evento dos israelitas, um período anual de celebração dos judeus (Êxodo 12.1-20; 13.3-10; Deuteronômio 16. 1-8; Marcos 14.12).

Em hebraico o nome dessa festa sagrada é Pessach, o vocábulo significa "passar por". Este nome deriva da passagem do anjo exterminador, durante a qual foram poupadas as habitações dos israelitas, cujas portas tinham sido aspergidas com o sangue do cordeiro pascal (Êxodo 12.11-27).

O período do festejo era uma oportunidade para os israelitas descansarem, alegrarem-se a adorarem a Deus.  Começava no princípio do décimo quinto dia do mês de abibe, à tarde, (em nosso calendário entre março e abril), que segue ao começo da primavera no hemisfério norte.

Os elementos da Páscoa: cordeiro ou cabrito sem defeito, pão, ervas amargas

No tempo em que Jesus viveu entre os judeus, todos deviam ir à Jerusalém celebrar. Matavam-se cordeiros e cabritos no templo e levavam-nos às casas para comê-los numa ceia especial. Na residência, era servido o cordeiro, o pão sem fermento, ervas amargas, molho de hissopo, tomava-se vinho e recitava-se Salmos e orações.

Os sacrifícios significavam expiação e dedicação, cada família teria que ter o seu cordeiro ou cabrito sem mácula, o animal era assado e comido pelos membros duma família com ervas amargas e pães ázimos, e nada poderia faltar ou sobrar da refeição sacrificial. O sangue do animal  sacrificado era aspergido nas umbreiras e vergas das portas das casas.

Nessa ocasião o chefe da família contava a história da redenção do Egito, os judeus limpavam cerimonialmente as suas casas, eliminando todo o resto de fermento dos alimentos, até a menor migalha de pão fermentado. Os estrangeiros não eram proibidos de participar, talvez até quem os tivesse acompanhado no episódio da saída do Egito, mas deveriam circuncidar-se para fazer parte da celebração (Êxodo 12.38, 43-51).

O animal imolado era uma figura do sacrifício de Jesus. Os pães ázimos da Páscoa simbolizavam a pureza, na era cristã a fermentação simboliza a maldade no coração humano (Levíticos 2.11; 1 Coríntios 5.6). As ervas amargas faziam lembrar da amargura dos tempos de escravidão egípcia, apontavam para todo o sofrimento que os israelitas viverem no Egito.

A relevância da Páscoa e da Santa Ceia ao cristão

Em sua própria Pessoa, Jesus Cristo não modificou, mas cumpriu a Páscoa, dando a prática judaica novo e mais profundo significado. Ao celebrar a Santa Ceia, utilizou o pão e o vinho como símbolos do poder libertador da sua morte na cruz.

A Páscoa celebrava o fato de Deus ter libertado o seu povo do cativeiro egípcio, seus rituais  representavam a antiga aliança de Deus com os judeus. A Ceia do Senhor celebra o fato de Deus nos libertar da escravidão do pecado, lembra ao cristão a nova aliança de Deus com todos os povos.

O cordeiro sacrificial da Páscoa aplacou o anjo da morte (Êxodo 12.3.13); o pão da ceia significa o corpo de Cristo, partido na condenação de nossos pecados. O pão lembrava a saída apressada do Egito e passou a lembrar aos cristãos o corpo do Senhor oferecido em sacrifício na cruz pelos pecados. Jesus é o Pão da Vida (João 6.35).

Aquilo que significava a libertação da escravidão egípcia aos israelitas, simbolizam agora a libertação da escravidão do pecado para todos que aceitam o plano divino da salvação por meio do Cordeiro de Deus, Jesus. (Marcos 14.22-26; Lucas 22.14-20; 1 Coríntios 11.23-25).

O vinho da Ceia simboliza a  ação redentora do Senhor, o sangue inocente de Cristo derramado por nós na cruz, em favor de toda a humanidade que nEle crê, remete a morte do Filho de Deus que nos compra a vida na eternidade.

Referências no Novo Testamento

Páscoas anteriores à morte de Jesus: João 2.13-23; 6.4;
A Páscoa celebrada por Jesus aos doze anos: Lucas 2.41, 52;
Páscoa da Paixão: Mateus 26.2, 17-30; Marcos 14.1, 12.31; Lucas 22.1, 7-38; João 11.55; 12.1; 13.1; 18.28; 19.14;
Quando a Igreja Primitiva estava perseguida por Herodes: Atos 12.1-4.

Conclusão

O texto bíblico que instruía ao judeu celebrar a Páscoa determinava que nenhum osso do cordeiro pascal deveria ser quebrado. Do mesmo modo, embora os outros homens que foram crucificados com Jesus tivessem as pernas quebradas pelos soldados romanos, para apressar a morte deles, nenhum dos ossos de Jesus, nosso cordeiro pascal, não foram quebrados quando foi sacrificado pelos nossos pecados, conforme anunciou a profecia de Davi (Salmo 34.40; João 19.33-36).

A Páscoa é uma das festas mais significativas para a Igreja. Os cristãos podem afirmar que Jesus Cristo é a sua Páscoa, o seu Cordeiro Pascal, pois Ele morreu para trazer redenção aos judeus e gentios (1 Coríntios 5.7b).

Jesus Cristo é designado com o título Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. O animal imolado na festa judaica é símbolo do Filho de Deus (João 1.29; 19.36; 1 Coríntios 5.7-8).

E.A.G.

Consultas:
Bíblia de Estudo Almeida, páginas 138; 244; Concordância temática, página 264, edição 2006, Barueri-SP (SBB).
Bíblia de Estudo Vida, página 1532, 1635, edição 1998, São Paulo - SP, (Editora Vida)
Bíblia Evangelismo em Ação, páginas 69, 1067, edição 2005, São Paulo - SP - (Editora Vida).
Bíblia Sagrada com Dicionário e Concordância Gigante, edição 2013 - Conciso Dicionário Bíblico, D. Ana e D.L. Watson; página 263, Santo André - SP,  (Imprensa Bíblica Brasileira //Geográfica Editora / Juerp).

domingo, 19 de janeiro de 2014

A tradição do paletó

A peça tradicional do guarda-roupa masculino já completou 150 anos sem nunca ter sido desprezado.

Considerado símbolo tradicional de poder, o terno ultrapassou barreiras e deixou de ser apenas uniforme oficial do capitalismo. Em um século e meio de existência, a peça de alfaiataria chegou às lojas populares e se modernizou sem perder a elegância. Hoje todas as classes sociais têm acesso ao terno.

Colocando de lado toda a simbologia em torno da roupa, o padrão de vestimenta semelhante nasceu da guerra, da revolução e da peste. Ao contrário do que representa atualmente, surgiu depois que o rei Carlos II da Inglaterra, no século 17, decretou que sua corte se vestisse de forma simples, com menos tecidos e babados. O país havia sofrido um surto de peste bubônica em 1665 e, um ano depois, Londres sofreu com um grande incêndio. Então, o rei ordenou que todos os homens da corte se vestissem com túnicas, camisas e calças. Assim nascia os trajes que evoluíram para o terno que conhecemos hoje.

A palavra terno - que originalmente se referia a um trio: paletó, calça e colete - hoje também é usada para referir-se ao uso de calça e paletó, e se transformou ao longo do tempo. Nos anos 30, houve uma redução no comprimento do paletó. Ao longo dos anos 1940 e 1950 a tendência foi de simplificar e modernizar o processo, tanto quanto possível. Na década de 1960, período de pós-guerra mundial, o tamanho da lapela foi reduzida. Paletós também foram cortados o mais reto possível, sem qualquer indicação de uma cintura. O racionamento do pano mudou estilos significativamente, contribuindo para uma grande redução na popularidade de muitos cortes, como o terno trespassado. Na década de 70, veio a ideia de menos formalidade, usar ternos coloridos, em cores mais vivas. Mostarda, verde, amarelo, caqui e até vermelho vieram para abolir as cores tradicionais mais usadas na época, que eram o azul, cinza e marrom. Assim, deixaram os ambientes de escritórios e são usados em situações variadas, inclusive festas. Ficou mais esporte e já é usado com camisa sem gravata, ou apenas a camisa e a gravata.

Atualmente, o terno representa conforto, elegância e bem-estar, o que determina a ocasião e a forma de uso do terno são as cores e as combinações feitas com ele e os acessórios complementares. Em casamentos de dia, as peças em cores claras sem uso de gravatas são mais escolhidas, se as gravatas são usadas têm tons mais vibrantes. Durante a noite a opção é o uso de ternos mais escuros.

Apesar de tradicionalmente o colete fazer parte do terno, alfaiates costumam confeccioná-lo para que seja vestido com paletós de dois botões.

E.A.G.

Postagem relacionada: A unção da gravata.

sábado, 18 de janeiro de 2014

Gálatas 1.8 - o outro evangelho

Por causa da necessidade de maximizar resultados na colheita, muitos lavradores optam pelo recurso da semente geneticamente modificada. A produção do plantio cresce, a infestação de pragas é combatida, mas a adoção do método da engenharia genética não é capaz de fazer com que o “fruto melhorado” seja reprodutor de sementes férteis, além do sabor da fruta ficar abaixo das frutas que plantadas a partir de sementes naturais.

Tal situação é similar na fé cristã. Jesus Cristo é a Videira Verdadeira e somente os frutos gerados naturalmente de seu caule são palatáveis e portadores da vida reprodutiva proveniente em Deus.

“O outro evangelho” que Paulo mencionou em Gálatas 1.8, era uma menção ao ensino equivocado de pregadores que afirmavam que Jesus que não havia vindo em carne, a afirmação equivocada que Jesus era um espírito. Tal mentira visava tentar explicar o motivo do Filho de Deus não ter pecado durante os anos que viveu como ser humano aqui na Terra.  

Sobre este tipo de pregação, João explicou que os que assim anunciavam Jesus eram anticristos. 

Mas, nos dias atuais este contexto bíblico é pouco abordado quando é citada a referência da carta aos crentes da Galácia. Os apologetas de então muitas vezes sequer se lembram de Cristo como o Verbo que se fez carne ao citar esta passagem bíblica. Parece que usam a referência apenas com o objetivo de atacar usos e costumes de denominações que eles não pertencem, parece que mencionam o texto para criticar liturgias que lhes são estranhas à forma de culto que fazem parte. Parece que a defesa que realizam é apenas de dogmas de instituições eclesiásticas, não defendem o Evangelho. Cito isto porque é uma situação extremamente comum de ver!

Estudando a Bíblia encontramos o contexto bíblico e o histórico. Na época dos apóstolos Paulo e João ocorreu o início o gnosticismo, que continha o pensamento acima. Esteve presente por muito tempo. Aliás. a doutrina da gnose está latente até hoje, com suas variantes todas atacando a Pessoa de Jesus Cristo em sua divindade. O "outro evangelho" nega que Ele é Deus, o único Salvador, alega que foi apenas um revolucionário, meramente um profeta como todos os demais, uma pessoa iluminada entre os seres humanos, que morreu mas não ressuscitou.

E.A.G.

O pastor em casa - charge


O pastor é um ser humano, falível como qualquer outro membro na igreja que pastoreia. É uma ovelha de Cristo. Consagra-se para exercer seu ministério. Merece respeito de todos, precisa da oração também.

Confira: Altos e baixos na vida de pastor evangélico.

Arte: Joe Mckeever.

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Rolezinho do Shoppng Center não pode

A liberdade de ir e vir é direito constitucional de todos.

O que é o rolezinho?

Rolezinhos são encontros agendados à esfera presencial através de uma modalidade nova de comunicação e relacionamento, o virtual. É apenas o nome que a mídia usa neste momento para descrever encontro de jovens da classe C e D, as classes sociais mais pobres, em passeios ao shopping center, área considerada exclusiva para pessoas de classes sociais mais abastadas.

O fenômeno rolezinho surgiu em consequência do advento da internet. Jovens pobres da periferia, uma parcela negra, sem intenção de consumir o que há para vender em shopping center, promoveram aglomerações de até seis mil pessoas em um centro de compras de Itaquera no final do ano passado. O interesse da garotada internauta era aproximar-se fisicamente de cantores de funk que ganharam fama na rede mundial de computadores; o desejo dos jovens era estar perto de blogueiros e blogueiras que ganharam notoriedade na internet. O objetivo maior do evento era apenas divertir-se entre eles mesmos.

O elo que gera o encontro é uma fama alternativa, a aproximação entre  "celebridades da internet" - gente que ganhou notoriedade sem a televisão, sem o rádio, sem a mídia tradicional - com seus admiradores, seguidores de redes sociais. O rolezinho é isso, aliado ao interesse pela paquera, namoro, dança. Não é movimento político partidário; não é movimento-sem-teto, não é movimento-sem-terra.

Todos os encontros até o momento foram marcados em shopping centers paulistanos – e virou polêmica porque jovens foram expulsos de um desses estabelecimentos e impedidos de retornar por força de uma liminar. A administração de seis shoppings se incomodaram com refrões de funk estilo ostentação e amparados por decisão judicial impediram que os jovens manifestem-se nesses locais. Muitos clientes não concordam com a repressão aos jovens.

Os eventos dentro de shopping começaram em dezembro de 2013, convocados por artistas de funk, em resposta a um projeto de lei que proibia bailes do estilo musical nas ruas da cidade de São Paulo. Houve encontros no Shopping Aricanduva, na Zona Leste, Shopping Metrô Itaquera, Shopping Internacional de Guarulhos. O Shopping JK Iguatemi, frequentado pela classe mais rica da cidade paulistana, apresentou a liminar, proibindo as manifestações, com previsão de multa de R$ 10 mil a quem fosse identificado causando tumulto. Em seguida  outros estabelecimentos também apresentaram documento similar.

É próprio da juventude e adolescência ter energia de sobra e expressá-la com muita efusividade, brincar, namorar, passear em grupo. Sempre foi assim e não mudará nunca. A mudança ocorre apenas no nome que se dá ao comportamento de socialização de adolescentes de acordo com o tempo e cultura - outros chamam tal comportamento de balada

Dado sociológico.

Ao conversar sobre o rolezinho, uma pessoa lembrou muito bem o seguinte: a área de um shopping center é um local privado de frequentação pública.

Alguns dizem que desde que o mundo é mundo o pobre vai ao shopping center, pois lá não existe apenas o estabelecimento top do top, também podem ser encontradas lojas abertas para todas as classes sociais. Mas é extremamente óbvio que o espaço de um centro de compras é construído para ser frequentado por quem tenha dinheiro para gastar, é esperado que quem esteja lá seja usuário de cartão de crédito e seja um bom consumidor do que está destacado nas vitrines. Haja vista as grifes da alta costura, de relógios e jóias, os grandes estacionamentos ocupados por carros importados, as localizações em que estão construídos. Shopping center são construídos em grandes centros urbanos de classe média e alta, raramente estão situados nas periferias das cidades, onde estão as concentrações de cidadãos mais humildes economicamente.

Entenda a polêmica.

O que ocorre com o tal do “rolezinho”? É dito na mídia que grupos de jovens pobres se organizam em redes sociais para realizar vandalismo em shopping center. Será mesmo? Tenho minhas dúvidas.

Alguns jovens estariam realmente dispostos a fazer depredação? Como saber quem é quem no meio de uma multidão do rolezinho? Como apontar quem faz baderna? Não é complicado descobrir, porque dentro do Shopping existem câmeras de vigilância por toda parte e elas registraram todo o movimento desses jovens. Com certeza as filmagens não serão divulgadas na mídia, porque não há interesse em divulgar a realidade dos fatos. Qual? Adolescentes se divertindo.

Se aceitarmos a informação de que a proibição do rolezinho implica em proibição do pobre ir ao shopping, então aceitamos a ideia que o pobre só é aceito por ricos em ambientes que estão respirando quando está lá para ser o balconista de loja, o vendedor de loja, o faxineiro, o segurança. O pobre estar no shopping center para passear e se divertir não seria bem-vindo, deveria ser devidamente expulsos e impedidos de retornar? Não. Mas infelizmente, é forte a impressão que os ricaços desejam manter o ambiente apenas entre o pessoal de sua classe socioeconômica; parece mesmo que não querem garotos e garotas de favelas no mesmo espaço que seus filhos e filhas vão passear.

Rolezinho é mais uma nomenclatura para mascara a realidade do preconceito?

O termo rolezinho parece encobrir o preconceito do rico contra o pobre, pois coloca todas as pessoas envolvidas de maneira generalizante. Não se pode generalizar. A generalização é irmã do preconceito. E agir preconceituosamente é tão criminoso quando participar de depredação de estabelecimentos públicos ou privados.

Todo jovem pobre vandaliza? Claro que não. Nem todos os seis mil jovens que se encontravam no Shopping Itaquera, em 7 de dezembro de 2013, quando foram enxotados de lá, depredavam, não estavam dispostos a fazer quebra-quebra.

Há mídia sobre o muro?

O jornalismo diz: o problema não é porque os jovens são pobres e sim porque eles vão e começam a fazer vandalismo. O que se proíbe é a baderna e eventuais roubos e furtos.

Parte da mídia é sempre comprometida com quem paga o salário dela. E quem é que ocupa os espaços publicitários de televisões, rádios, jornais e revistas? A classe social mais rica. Então, ninguém espere que uma situação desse tipo obtenha uma cobertura jornalística totalmente isenta, absolutamente imparcial.

Neste ano eleitoral, parte da mídia fala e mostra apenas aquilo que o pessoal da oposição ao PSDB quer que seja mostrado e dito. Então, publica foto da Polícia Militar parando pessoas simples, negras, morenas, com a finalidade de suscitar a revolta popular do eleitor contra Geraldo Alckimin.

Política.

Às portas de eleições estaduais e de nível federal, o rolezinho tem sido assunto a ser politizado para alavancar votos. Gente do PSDB, e alguns simpatizantes desse partido, dizem que o PT pretende usar o tema tal qual tentou fazer com as grandes manifestações de rua de junho de 2013.

O discurso da oposição ao PSDB aproveita a situação. Tem como pano de fundo a argumentação de que a Polícia Militar impedir vandalismo seria o mesmo que ferir o direito do cidadão de manifestar-se. O PT quer “demonizar” a imagem do Governador de São Paulo, Geraldo Alckimin, e seu partido, o PSDB. Incutir na imagem do chefe-maior da polícia paulista e de seu partido uma imagem de ultra-conservadorismo de extrema direita. Então, o PT discursa: na policia do governo de Geraldo Alckimin é assim “escreveu não leu o pau comeu”.

É necessário considerar que os participantes de manifestações públicas têm direitos e deveres, e devem arcar com as consequências se depredam patrimônio público ou privado. A PM precisa estar presente, ser firme e assegurar a ordem.

Na verdade, ideologicamente, o PSDB é um partido de centro-esquerda. Mas na prática não existe mais nenhum partido que opere dentro de ideologias específicas. Inclusive o PT não tem mais ideologia de esquerda, só o discurso quando discursar assim lhe convém. Hoje em dia o momento é que faz o movimento ir à direita, centro, ou esquerda ideológica Isso acontece em todos os partidos políticos brasileiros. E o que realmente importa para mim como eleitor é que os passos desses partidos sejam dados com honestidade e senso de promover o bem-estar coletivo do eleitor, do cidadão.

A revista Veja informa sobre estratégias da política petista tentando lucrar sobre o fenômeno do rolezinho e o portal G1 assinala à presidência da república buscando provável interferência petista visando aproveitamento político da situação:

 "A convocação para um rolezinho no Shopping JK, por exemplo, não partiu de nenhum adolescente da periferia, mas de um professor de piano, morador de um bairro paulistano de classe média e apoiador do ex-ministro e hoje presidiário José Dirceu (“Condenada foi a democracia brasileira”, postou ele no FB ao lado de uma foto do petista com o punho erguido). Da mesma forma, o chamado para uma invasão do Shopping Iguatemi de Brasília, marcada para o próximo dia 25, não teve o dedo de famosinhos da Zona Leste nem de seus fãs: está sendo organizado por um estudante da UnB que participou da invasão do Congresso em junho passado." [1]

"O presidente da Abrasce - Associação Brasileira de Shopping Centers - disse ver com preocupação relatos divulgados pelo jornal Folha de S.Paulo de que a presidente Dilma Rousseff tenha agendado reunião sobre o tema. 'Tudo o que a gente não quer é que o Brasil descambe para vandalismo, agressão, porque isso prejudica a todos nós' (...) 'os shoppings não discriminam quem quer que seja (...) 'Tenho absoluta convicção que não fazemos discriminação nos shoppings. O que não queremos é que se façam coisas arbitrárias dentro do shopping. Isso não é nenhuma discriminação, é uma tentativa a mais de preservar a segurança dentro do shopping', declarou." [2]

Apartheid social?

Somos contra todo tipo de preconceito. Contra toda violência, da polícia, de manifestantes.

O anarquista, participante de facções, quer direitos, mas não aceita nenhuma obrigação. Quer barbarizar, destruir, não ser punido por infringir leis. A polícia deve impedir a ação deles, mesmo, e deter todos que estiverem em rolezinhos tumultuados, para averiguar quem é quem, e aquele que tiver o que pagar ser preso e depois responder judicialmente pelo que fez. Não podemos misturar as coisas: a cidadania garante a liberdade de expressão desde que elas não estejam apontadas no Código Penal Brasileiro como crimes.

O comportamento do brasileiro está tipificado nas leis que regem a sociedade. O bandido deve ser tratado como tal. Quem participa de manifestações públicas e comete ações erradas precisa responder por elas. Existe lei contra a prática de vandalismo e furtos. Que se prenda quem comete delitos.

O direito constitucional vale para todos. Lojistas não têm o direito de proibir que pessoas de classe social mais humilde circulem em shopping center. É um erro impedir o trânsito de qualquer cidadão, fere o direito constitucional de liberdade. Assim como donos de shopping center não podem proibir quem queira circular pelos corredores de seus estabelecimentos, aberto ao público, e se ajuntem em praças de lazer, os jovens não devem atrapalhar o ir e vir de cidadãos de bem que vão lá para assistir cinema, conversar e consumir em praças de alimentação e magazines.

Conclusão.

Não sou ingênuo, sei que parte da mídia, movida por interesses de receber verbas publicitárias, aceita ser usada para colher votos e é possível que afirme veementemente que a Polícia Militar de São Paulo é truculenta, repetirão porque quer o dinheiro fácil de cofres públicos.

Não sou ingênuo, sei que o PSDB não é um partido de anjos; Alckimin é um ser humano, e como tal, imperfeito. Observação: não voto em políticos pensando que são suprassumos da perfeição, penso em votar no Alckimin nas próximas eleições se porventura quiser candidatar-se.

Sei que possa haver policiais que façam uso de violência desnecessária, use a autoridade de maneira abusiva. Eles precisam sentir o peso da lei tanto quanto quem é vândalo ou político corrupto.

Os ricos não querem que seus filhos convivam com filhos de pobres em momentos de lazer dentro de Shopping Center, e este é o real motivo da proibição de rolezinhos em shopping center? Quem acha que não?

E.A.G.

1 - http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/rolezinho-eu-nao-quero-ir-no-seu-shopping 
2 - http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/01/shoppings-pediram-retirada-de-rolezinho-do-facebook-diz-abrasce.html 

Atualizado: 18/01/2014, às 13h09

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

Assuntos abordados em Belverede / clique sobre a palavra para acessar os artigos sobre o tema

.Vida Cristã .Artigo e Comentário .cosmovisão .Comportamento .Televisão .Devocional .Vídeo .Política .CPAD .Líderes e liderados .Blogosfera Evangélica .Lições Bíblicas .Pais e Filhos .Atualidade .Família .Louvores .Charge Tirinha Cartum e Gravura .Motivacional .Fé .Dinheiro .Mulher .Casamento .Fruto do Espírito X Carne .Apologia Bíblica .Sexualidade .Crente Politizado .Música .Silas Malafaia Pr .CGADB .Frases & Imagens Impactantes .Etimologia Bíblica .Prosperidade .Saúde .Profetas .Meio Ambiente e Sustentabilidade .Hermenêutica .Livros e Leitores .Bom humor .Jovens .redes sociais .Conceitos e Preconceitos .Dupla Cidadania .Você sabia? .Ateísmo e Agnosticismo x Fé .Cinema .neopentecostais .Esporte .Grupo de Colaboradores em Belverede .José Wellington Bezerra da Costa - Pr .Personagens da Bíblia .Antigo Testamento .Salmos .Dica de Blogueiro .Introspecção .Natal .Soteriologia .Marco Feliciano Pr .Verdades e Mentiras .Pérolas .Sociedade Bíblica no Brasil .Ecologia .Aborto .Internet .Comunicado .óbito .Escatologia Bíblica .pentecostalismo .Samuel Câmara-Pr .Cosmovisão Cristã .Teologia .Gif .Novo Testamento .Ana Paula Valadão Bessa .[Fotos Belverede] .UBE .Questões (des)complicadas .RR Soares .Facebook .animal doméstico .Belverede .Daladier Lima .Missões .Carlos Roberto Silva Pr:: Blog Point Rhema .Provérbios de Salomão .Fanatismo .Pneumatologia - A Doutrina do Espírito .Quem sou eu? .Aline Barros .Crônicas e fábulas .Diante do Trono .Namoro .Bíblia de Estudo .Dízimos e ofertas .João Cruzue .Billy Graham .Poema e Poesia .Sermão do Monte .Virtualidade Real e Realidade Virtual .Editora Vida .Páscoa .Educação .Gênesis .Nani Azevedo .Guerra e Paz .Catolicismo .Hamartilogia - A doutrina do pecado .Julio Severo .Política Brasileira .Sociedade Bíblica Trinitaria do Brasil .Jeremias .Nova Tradução na Linguagem de Hoje .Postagem Factual .Valmir Nascimento Milomen-Pb .Carta de Tiago .Geremias do Couto-Pr .Lília Paz .Fotos - Templos Evangélicos .Homilética .Virada de Ano .Altair Germano - Pr .Bem aventurança .Randy Glasbergen .Sammis Reachers .rádio .André Valadão .Angeologia .Arlete Oliveira .Arqueologia Bíblica .Carnaval .Crianças .Dia das Mães .Livros da Bíblia .Nova Versão Internacional .Patmos Music .Banda Voz da Verdade .Editora Central Gospel .Geografia Bíblica .Opinião .Priscila B Gomes .Rachel Sheherazade .Wilma Rejane .YouTube .animal selvagem .Eclesiologia .Thalles Roberto EBD / sumário .Cassiane .Editora Vida Nova .Prêmio Carta de Paulo aos Filipenses .Editora Mundo Cristão .Ezequias Soares-Pr. .Jabes de Alencar - Pr. .LUCAS - O Evangelho escrito por Lucas .Magno Malta .Mensageiro da Paz .Pesquisa .Primavera Smilinguido .Dia dos Pais .Exegese .Islamismo .Martinho Lutero .Botânica .Dia das Crianças .Dia dos Namorados .animal aquático .Barack Obama .Cartas do Apocalípse .Charles Darwin .Fotos .Gutierres Siqueira .Insetos .Max Lucado .Mulheres na Bíblia .Shirley Carvalhaes .grafite X criacionismo versus darwinismo .A Bíblia Viva .Arminianismo .CONAMAD .Calvinismo .Editora Betânia .Eyshila .Fernanda Brum .Harpa Cristã .Jaime Kemp - missionário .Livro de Daniel .Lydia Moisés .Tania Guahyba .Twitter .pássaros na Bíblia .Ciclo das quatro estações .Cristologia .Donald Zolan .Marisa Lobo .Árvores da Bíblia Charles Haddon Spurgeon .Dia da Bíblia .Edições Vida Nova .Futebol .Josué Gonçalves - Pr. .Livro de Jeremias .Montes da Bíblia .Neiva Silva .Outono .Paulo César Baruk .Reinaldo Azevedo .Soraya Moraes .Verão .Walter Brunelli - Pr. .teatro .Abba Press .Abraão de Almeida-Pr. .Bruna Karla .Carla Ribas .Dia Internacional das Mulheres .Dia de Finados .Esdras Costa Bentho-Pr .Evangelho de Mateus .Instagram .Livro de Jó .Michael W. Smith .Oficina G3 .Oprah Winfrey .Política Internacional .Regis Danese .Silas Daniel - Pr .Valdomiro Santiago - Apóstolo .Vanderleia M. Silva Yosef Nadarkhani .Albert Einstein .Antonio Gilberto - Pr .Cristina Mel .Dia da Mentira .Flamir Ambrosio .Gediel Mendes .Gunnar Vingren .Inverno .Jorge Tadeu Mudalen .João Ferreira de Almeida .Lauriete .Lázaro (ex-Olodum) .Morris Cerullo .Slide . A. W. Tozer . Pregador Luo . Silmar Coelho - pastor .Adhemar Campos .August Rodin .Bom dia .CPAD Music .Carta aos Romanos .Claudionor de Andrade - pastor .Elaine de Jesus .Hillsong .John Piper .Lea Wasiliew .Livro de Êxodo .Lucilene Batista de Brito Shirota .Nova Bíblia Viva .Quarteto Harmonia Celeste .Retrospectiva 2017 .Rose Nascimento .Timidez e Ousadia .orai por Israel .publicidade WhatsApp .Alan Kardec .Amizade .Apocalípse 16 .Bete Gomes .Canon .Casamento em jugo desigual .Central Gospel Music .Daniel Berg .Danielle Cristina .David Quinlan .Dia Nacional da Consciência Negra .Dia do Trabalho .Editora Chamada da Meia-Noite .Editora Hagnos .Eduardo Cunha .Elinaldo Renovato - pastor .Enéas Tognini - Pr. .Genivaldo Tavares de Melo .Gesiel Gomes - Pr. .Google .Hernades Dias Lopes .João Alexandre .Livro de Isaías .Livro de Rute .Lourival de Almeida - Pr .MK Music .Marcelo Santos .Martin Luther King .Nito [Rubens Eduardo] .Pena de Morte .Ray Comfort .Robinson Monteiro .Russel P. Shedd .Sergio Moro .Third Day .Tim Laheye .Voltaire .Watchman Nee Damares .2 Carta de Pedro .2 Coríntios- Carta de Paulo .A Mensagem .Adolf Hitler .Alda Célia .Andrea Fontes .Anita Malfatti .BLOG .Banda Catedral .CIMEB .CPAD News .Carta aos Gálatas .Cintia Kaneshigue .Deltan Dallagnol .Dia do Professor .Donald Trump .Downloads .Dwight L. Moody .Eber Cocareli - Pr .Editora Betel .Editora Candeias .Editora United Press .Edna Goetten .Escola Dominical .Evangelho de João .Fecomex .Feliciano Amaral .Google Plus (G+) .Gutemberg - Johannes .História Mundial .Isaac Newton .Içami Tiba .Jairo Elin Gollmann-Ev .John Wesley .Jorge Araujo .Katie Bivens .Katsbarnea .Kelem Gaspar - Missionária .Link Quebrado .Literatura .Livro de Amós .Livro de Juízes .Livro de Malaquias .Marcelo Crivella .Orquestra Jahn Sorheim .Ozeias de Paula .Paulo Romeiro-Pr .Quatro por Um .Raabe .Raquel Melo .Robson Silva .Ronaldo Bezerra .Sociedade Bíblica Internacional .Sonia Hernades - bispa .Superstições e Lendas Urbanas .Talita Pagliarin .Tradução King James Atualizada (KJA) .Victorino Silva .folhetos evangelísticos Esequias Soares pastor Graça Music Juliana Bezerra Gomes Nésia de Araujo Gomes William Brassey Hole . .Introspecção . C. S. Lewis . Stephanie Colbert- vocalista Starship .1 Timóteo .A Nova Bíblia Viva .Adilson Lopes .Anderson Freire .Antropologia Bíblica .Antônio Cirilo .Ao Cubo .Arautos do Rei .Bezerra da Silva .Bill Gates .Boa noite .Boa tarde .Brenda-Santos .Bruna Olly .Bruna Surfistinha .C.I. Scofield .CPOL - Curso Preparatório para Obreiros de Pirituba .Caramuru Afonso .Carlos Alberto Bezerra Jr .Carta aos Efésios .Carta de Paulo aos Colossenses .Charles C. Ryrie .Claudio Duarte - pastor .Cleber Lucas .Comunidade Internacional da Zona Sul .Contos .Cristiano Santana .Curiosidades bíblicas .Danny Berrios .Dany Grace .Davi - rei .Deigma Marques .Discopraise .E-books .EBI .Editora Atos .Editora Bom Pastor .Editora Cultura Cristã .Editora Dynamus .Editora SEPAL .Editora Sextante .Eduardo Campos .Elienai Cabral - pastor .Eliseu - profeta .Estevan Hernandes - Apóstolo .Estevão - o primeiro mártir .Evangelho de Marcos .ExpoCristã. .Fatos Curiosos - internacional .Fernandinho .Ficção Evangélica .Filho do Homem .Flamarion Rolando .Frederick K.C.Price .Geisa Iwamoto .Graça Editorial .Grupo Elo .Heber Sousa - pastor .Hebraico .Hieronymus Bock .Homenagem .Igreja Evangélica Indiana .Il Divo .Imprensa Bíblica Brasileira .Instituto Cristão de Pesquisa - ICP .Jair Messias Bolsonaro .Jamily .Jeanne Mascarenhas .Jimmy Swaggart .John Bevere .John Bunyan .John Lennon .Jonas .Josias Botelho .José Wellington Bezerra da Costa Junior - pastor .José Wellington Costa Neto - pastor .José do Egito .Kathy Fincher .Kleber Lucas .Leandro Marques .Lidia Caetano de Sousa - missionária .Livro de Deuteronômio .Livro de Eclesiastes .Livro de Habacuque .Livro de Joel .Livro de Josué .Livro de Miquéias .Livro de Números .Livro de Oséias .Livro do Apocalipse .Lições Bíblicas - Jovens .Ludmila Ferber .Lívia Malta .Magno Paganelli .Manuel Ferreira - Bispo .Marcio Melânia .Mariana Valadão .Marina Silva .Mario Teixeira .Marquinhos Gomes .Michelangelo .Mike Smith .Ministério Hebrom .Ministério de Adoração .Missões na Índia .Neemias .Nobel .Notícia comentada .O Livro de Ageu .Oração .Os presidenciáveis para 2018 no Brasil .Paul Wilbur .Pedofilia .Profetas .Você sabia? .Quarteto Gileade .Rachel Novaes .Rebanhão .Recursos .Ressurreição .Rob Bell .Rodolfo Abrantes .Ron Kenoly .Salomão - rei .Saudade .Snezhana Soosh .Sociedade Bíblica Íbero-Americana .Sofonias .Sony Music .T.A. Hegre .Templo Soul .Vineyard .Voices .Walciley Vieira .William Shakespeare .Wim Malgo .áudio 1 Coríntios Alberto Rezende - pastor Charles Studd Elizeu Martins - pastor George R. Foster salvação

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Sobre ilustrações no Belverede

O Direito Autoral de algumas imagens encontradas aqui não pertence ao Editor do blog. Esta situação se dá porque elas estão na Internet sem que haja a informação de quem seja o Dono.

Caso você seja o detentor do conteúdo, queira que seja feita a indicação autoral, ou não seja de sua vontade o compartilhamento, solicitamos que nos faça saber disto. Por favor, acesse a página do próprio texto e deixe recado no próprio texto em questão, ou use a página Contato.

Arquivo de postagens

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.