Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Lança o teu pão sobre as águas

"Lança o teu pão sobre as águas, porque, depois de muitos dias, o acharás" - Eclesiastes 11.1.

Lançar o pão sobre as águas é viver com dinamismo, tomar atitudes certas e ter esperança e fé quanto ao futuro que desconhece. É um convite a escolher fazer o bem, ser uma pessoa bondosa, afastada do egoísmo, apesar da imprevisibilidade da vida, pois  quem apenas observa o vento e as nuvens jamais semeará (Eclesiastes 11.4).

O termo hebraico para "lançar" é "shalah": deixar ir, mandar embora, enviar. Muitos questionam o que quer dizer a metáfora sobre jogar o pão na água. Seria jogar a  comida fora? Desperdício? A figura de linguagem não é negativa é expressão extraída do comércio de cereais em uma cidade portuária ilustrando a perspectiva de sucesso em empreendimento comercial ousadamente diversificado.

Assistencialismo

Dizem que as maiores motivações da vida estão ligadas ao desejo de ganhar e medo de perder. A sociedade está marcada pelo interesse próprio, se recusa a dar espaço à generosidade. Quem vive afastado de Deus não tem o hábito de compartilhar o que tem com o próximo, ao fazer algum benefício tende a esperar que aquele que foi beneficiado pague em tempo oportuno. As Escrituras Sagradas  nos ensinam que ser uma pessoa egoísta torna a vida sem sentido, vazia.

Deus promete recompensar aqueles que são bondosos e abrem suas mãos aos que necessitam "Ao que distribui mais se lhe acrescenta, e ao que retém mais do que é justo, é para a sua perda. A alma generosa prosperará e aquele que atende também será atendido" - Provérbios 11.24-25.

No episódio da multiplicação de cinco pães e dois peixinhos, lanche de um menino, Jesus Cristo demonstrou sua compaixão pelas pessoas famintas. Todos os presentes na  multidão se alimentaram fartamente. Embora Deus tenha demonstrado seu poder e generosidade e tenha havido enorme sobra de comida, o alimento que sobrou não foi jogado fora mas recolhido em doze cestos cheios. Com certeza o recolhimento ocorreu para que outras pessoas que não estavam naquele lugar e momento do milagre espetacular também pudessem ser abençoadas (Mateus 14.20; Marcos 6.43; Lucas 9.17; João 6.13).

Como Igreja do Senhor jamais devemos nos esquecer dos necessitados, pois Jesus Cristo nunca de esqueceu deles (Mateus 25.36; Lucas 4.18, 19).  Ao fazer misericórdia o cristão jamais deve pensar em recuperar o seu "pão", como um rendimento da sua boa obra. Praticar o amor através da assistência social é uma obrigação cristã, a ação do benefício material ao próximo é uma forma de dedicar-se ao Senhor. Contribuir com liberalidade é um dom (Romanos 12. 6, 8).

2 Coríntios, capítulos 8 e 9, contém instruções sobre ofertas dirigidas aos crentes pobres de Jerusalém. Encontramos nestes dois capítulos o ensino mais completo do Novo Testamento sobre a contribuição financeira cristã para ajudar aos necessitados. Em 8.5, 15, 24 somos informados que ao realizar o socorro a quem precisa provamos nosso amor cristão, e um dia a situação pode inverter-se, quem tem abundância pode experimentar a escassez e precisar receber assistência. Em 9.12, 14, aprendemos que a generosidade é um sentimento que glorifica a Deus, ao praticá-la  motivamos que sejam realizadas ações de graças, aumenta a proximidade entre cristãos, deve ser o reflexo do nosso desejo interior de ajudar ao necessitado.

Vigilância na prosperidade financeira

O cristão deve servir ao Senhor com o seu dinheiro, precisa tomar cuidado para que o dinheiro não se transforme em seu deus, considerando-o mais importante do que o Criador e  seus semelhantes. Jesus Cristo ao falar sobre a condição de quem é verdadeiro servo de Deus, referiu-se a riqueza como se fosse uma pessoa, um ídolo pagão aos que amam o dinheiro (Mamom: a transliteração grega da palavra aramaica "riqueza", Mateus 6.24).

Missões

Lançar (hebraico: shallah = enviar) o pão sobre as águas também pode ser interpretado como fazer missões além-mar. Jesus Cristo é o Pão da Vida. É Deus quem envia os homens como seus embaixadores, representantes em missões oficiais (Isaías 6.8; Jeremias 1.7; Ezequiel 2.34). Moisés e Gideão foram representantes de Deus nas missões que lhes foram confiadas (Êxodo 4.28; Deuteronômio 34.15; Juízes 6.14). E na mais sublime de todas as missões o Messias foi enviado para salvar a humanidade (Isaías 61.1).

Conclusão

Aquele que dá uma parte do que tem para suprir a necessidade do outro sem esperar nada em troca será abençoado  (Deuteronômio 15.10-11).

Salomão revelou que o caminho para o sucesso é agir generosamente. A generosidade não deve se limitar à área material, seja generoso na esfera financeira e também na espiritual. O cristão deve ser generoso sempre, em todos os aspectos da vida.

E.A.G.

Outra reflexão sobre o mesmo tema: O que quer dizer lançar o pão sobre as águas?

2 comentários:

Anônimo disse...

Sob outra perspectiva, entendo a passagem de forma alegórica e, simplificando ao máximo, pão pode ser figura de Jesus (Jo 6:48) ou da Palavra de Deus (Ap 2:17), sendo Jesus a Palavra de Deus (Jo 17:17, Hb 4:12). Água, em alguns casos, é figura de pessoas (2 Sm 14:14, Ap 17:15), sendo assim, seria o mesmo que lançar o pão (arthós) o alimento a Palavra de Deus por meio da pregação do Evangelho sobre as águas, ou seja, sobre as pessoas, 'porque, depois de muitos dias o acharás'. Pregamos pela fé, porém, um é o que planta, outro o que rega e outro que colhe (I Co 3:6). Muitas vezes lançamos o pão (semente:palavra de Deus), porém, não achamos:colhemos todos (Jo 6:65), pois o inimigo muitas vezes trabalha por tirar o pão (palavra) que lançamos sobre as águas (pessoas). Deus abençoe!

Attn:

Ricardo Caetano Torres

Marli Oliveira disse...

A Bíblia diz que melhor é dar do que receber.
Devemos sim lançar nosso pão sobre as águas, no ato de investimento no Reino de Deus, para abençoar a outros e suprir suas necessidades...

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.