Select the language

Research | Pesquisar artigos de Belverede

domingo, 30 de junho de 2013

Vania Gomes: fui na Marcha para Jesus 2013

Vania Gomes, blogueira agregada na comunidade União de Blogueiros Evangélicos, edita blogs no Blogger,  Tumblr .

Ela registrou em vídeo o percurso de quatro quilômetros da sua marcha, da Praça da Luz até a Praça Heróis da Força Expedicionária Brasileira, onde ocorreu a apresentação de diversos cantores evangélicos. O vídeo amador, de cerca de vinte minutos, contém uma pequeno trecho de chiado, mas é um ótimo registro do que representa este dia anual na vida de muitos cristãos evangélicos, pois trata-se do ângulo do participante, a visão de dentro para fora do evento.

Segundo os organizadores, nesta edição de 2013 compareceram aproximadamente dois milhões de pessoas.


 

sábado, 29 de junho de 2013

Marcha Para Jesus 2013 SP

Novo dia e novo tempo para Brasil. Este é o tema da 21ª Marcha para Jesus, organizada com foco interdenominacional pela Igreja Apostólica Renascer em Cristo. O evento é realizado na cidade de São Paulo, hoje.

O evento tem duração prevista de doze horas, começando oficialmente às 10 e terminando às 22 horas. A partida da caminhada é na Praça da Luz, estação Luz (CPTM) e segue para Praça Heróis da Força Expedicionária Brasileira, conhecida como Praça dos Expedicionários e Praça Heróis da FEB, onde há um palanque para apresentações de pastores e cantores. O percurso passa pelas avenidas Tiradentes, Santos Dumont e pela Praça Campos de Bagatelle.

São quatro quilômetros de trajeto, com famílias unidas, pais, filhos adolescentes, jovens e crianças, muitos usando bonés e camisetas estilizadas com o logomarca "Marcha para Jesus".

Há transmissão pela televisão com imagens aéreas geradas pela Rede Gospel. O tamanho da multidão que exalta o nome de Jesus surpreende.  Os organizadores anunciam que já houve batida de record no número de usuários que saem da estação Tiradentes do metrô.

Diversos líderes são entrevistados sobre trio elétrico dos organizadores: Silas Malafaia e Jabes de Alencar se pronunciaram por volta de 10 horas. Também esteve presente o Pr. Marco Feliciano. mas não se pronunciou ao microfone, apenas com uma camiseta branca contendo a frase "eu represento vocês".

Apresentações com música: Aline Barros, André Valadão, Ao Cubo, Asaph & Ligero, Banda Dora, Bruna Karla, Cassiane, Diante de Trono, Eyshila, Fernanda Brum, Fernandinho, Inesquecível, Gabriela Rocha, Kleber Lucas, Lauriete, Lis Lanne, Livres Para Adorar, Ludmila Ferber, Magno Malta, Marcelo Aguiar, Mariana Valadão, Pedras Vivas, Régis Danese, Renascer Praise, Soraya Moraes, Talita Pagliarin, Talles Roberto.

Governador de São Paulo comparece e recebe oração ao lado da primeira-dama


Segundo os organizadores, dois milhões de participantes.

E.A.G.

Atualizações: 11h54; 12h14; 12h30, 19h30

Filipenses - a humildade de Cristo como exemplo para a Igreja: livro

Por Eliseu Antonio Gomes

Ao escrever carta aos cristãos filipenses o apóstolo Paulo tinha o objetivo de dar um fundamento sólido para sua exortação ao amor fraternal e à humildade. No capítulo 5, versículos 1 ao 5, solicita aos cristãos que vivam com o mesmo sentimento que Jesus Cristo viveu. Em seguida, cita um hino primitivo (2.6-11), possivelmente de origem aramaica, cuja letra apresenta a deidade de Jesus, que é própria imagem e glória de Deus, e sua missão de servo.

Jesus sendo Deus, aceitou humildemente se fazer figura humana, se esvaziar da sua glória natural. Tornou-se semelhante aos homens, realmente homem (João 1.1, 18; 17.5, 24; Colossenses 1.15, 19; 2.9).

O louvor contido na passagem bíblica mostra que Jesus não renunciou os atributos divinos da onisciência e onipresença quando esteve na terra, mas ao deixar de usar a natureza divina e sujeitar-se para viver apenas em condição igual aos homens, Deus o proclamou Senhor (Kyrios, no grego), a quem todo joelho nos céus e na terra terão que se curvar.

Leitmotiv é um termo alemão para descrever um fator desencadeante, a associação de um fato com a consequência. O Pr. César Moisés Carvalho, ao escrever o prefácio do livro Filipenses - A Humildade de Cristo, cuja autoria é de Elienai Cabral, usa essa palavra para mencionar o capítulo 2 da Carta de Paulo aos Filipenses, especificamente os versículos 6 ao 11. César Moisés reflete sobre o conjunto de fatores: a letra do louvor, o sermão de Paulo aos destinatários da epístola, crentes na Igreja Primitiva e em instância remota aos crentes do século 21, que somos nós.

Ele afirma que o conteúdo da mensagem, segundo ele apresentada despretensiosamente e pouco notada pelos leitores da Bíblia Sagrada, é uma grande reflexão antropológica, um dos grandes motivos da redação da carta. Em suma, o Criador trouxe o homem à existência para servi-lo, tal qual Jesus Cristo que em forma humana aceitou ser servo e submeteu-se até a morte na cruz. César Moisés comenta que "a humilhação não o foi ter se tornado servo, ou seja, humano, mas a morte ignominiosa de cruz".

E em outro parágrafo, citando o livro Edificando Um Mundo em Ruínas, (CPAD), escreve: "Na esteira dessa mesma linha de raciocínio, lembro-me de ter lido, há muitos anos, a diferença entre sucesso e bênção. O conhecido 'contrabandista de Deus', Irmão André, fundador da Missão Portas Abertas, afirma que 'o sucesso nem sempre é uma bênção e as bênçãos nem sempre são um sucesso'. Ele explica que o 'sucesso é geralmente o que você pode medir com os olhos e com a mente; bênção é algo que acontece no Reino de Deus'. Como exemplo. Irmão André cita o sacrifício do Meigo Nazareno dizendo que quando 'Jesus Cristo morreu na cruz isso não parecia um sucesso, mas aos olhos de Deus foi'. Tal modo de ver as coisas só demonstra  que a cosmovisão divina é diametralmente oposta à nossa e que, consequentemente, os padrões mundanos de que cada vez mais lançamos mão (...) para aferir o que seja bênção devem ser substituídos".

Na psicanálise, o termo "leitmotiv" é empregado pelo terapeuta para emitir prognósticos e diagnósticos ao estado do paciente que empreende algumas coisas e elas dão errado e inconscientemente passa a crer que tudo que fizer não será bem sucedido, que seria melhor nem ter levantado da cama pela manhã. Trata-se da percepção humana, sem o ângulo espiritual da nossa existência.

E.A.G.

Filipenses - A Humildade de Cristo como exemplo para a Igreja, Elienai Cabral, páginas 5, 6, 7; 1ª edição 2013, Rio de Janeiro (CPAD).
Bíblia Sheed,  edição 2011, página 1666, São Paulo-SP, (Edições Vida Nova).

sexta-feira, 28 de junho de 2013

O amor e a paixão


Existem muitas definições para o amor e para a paixão. Mas, ao encontrar essa foto no meu perfil G+ pensei em compartilhar e publicar uma das minhas definições: Amar é conceder voluntariamente tempo para outra pessoa, sem querer nada em troca disso. Paixão é um sentimento passageiro, bonito e frágil, tão duradouro como as bolhas de sabão. 

 E.A.G.

Oração que inspira compromisso: Filipenses 1.3-6

"Dou graças ao meu Deus todas as vezes que me lembro de vós, fazendo sempre com alegria oração por vós em todas as minhas súplicas, pela vossa cooperação no evangelho desde o primeiro dia até agora. Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo" - Filipenses 1.3-6.  

Na posição de líder, o apóstolo Paulo demonstra gratidão aos crentes de Filipos pela disposição que eles tinham, desde o primeiro dia de conversão cristianismo, em cooperar na obra. No grego, o termo encontrado para traduzir "cooperação" é "kononia", que significa participar em conjunto, ter coração generoso (ver capítulo 4, versículo 10).

Se o cristão tem em seu coração a Jesus Cristo entronizado como Senhor e Rei, sua vida é aperfeiçoada segundo a vontade divina, para estar livre de qualquer culpa no Dia do Juízo Final. Um desses aperfeiçoamentos é libertação do egoísmo e da avareza.

Por mais agradável e perfeita que a nossa situação aqui na terra possa estar, o melhor ainda está para acontecer. O melhor de Deus para nós sempre está no futuro.

Considere as perspectivas:

• Neste mundo você acredita no amor de Deus, no céu será alvo constante do calor deste amor.
• Aqui na terra, você tem convicção de que foi aceito por Deus, no céu ocupará um lugar de honra como filho (a) dEle.
• No mundo, você vive pela fé. No céu, compreenderá tudo e agradecerá a Deus por sua sabedoria em cada detalhe da vida.
• Na terra, por maior que seja acúmulo de riquezas que possa ter, são susceptíveis de desintegração. No céu, os tesouros que esperam pelos salvos em Cristo não tem preço que pague e são indestrutíveis.

E.A.G.

Bíblia Devocional da Mulher, página 1452, edição 2003, São Paulo (Editora Vida).
Bíblia de Estudo NTLH, 1206, edição 2005, Barueri (Sociedade Bíblica do Brasil).

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Deputado Marco Feliciano desmente imprensa sobre a cura gay


Este artigo aborda a mentira veiculada na midia brasileira sobre cura gay, que teria sido aprovada na Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDMH) da Câmara dos Deputados, sob a presidência de Marcos Feliciano. Ele desmente jornalistas do Brasil usando provas irrefutáveis e pede ao povo que espalhe a verdade sobre o fato. Assista ao vídeo e perceba o quanto a Militância LGBT, através da televisão - veículo de concessão pública - e outros meios de comunicação, tenta manipular a opinião do povo brasileiro despudoradamente.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

PEC 37 é derrubada na Câmara de Deputados

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) de número 37 foi derrubada na Câmara dos Deputados na noite de 25 de junho de 2013. Se executada, limitaria o poder de investigação do Ministério Público, dando liberdade para roubalheiras de cofres públicos.

A PEC 37, apelidada de PEC da impunidade, caiu quase que por unanimidade. Houveram 430 votos de rejeição, 9 favoráveis à manutenção e 2 abstenções. Esses números colocaram fim a ideia de revisar a Constituição Federal. Assim os parlamentares descartaram a diminuição de poder do Ministério Público de investigar.

Com esse desfecho, hoje os manifestantes acordaram mais felizes, o fim da PEC 37 era um dos principais pedidos do povo brasileiro. Pela manhã os noticiários de rádio e televisão anunciaram que ampla maioria dos deputados federais se reuniram num esforço concentrado para atender o interesse da população.

A ação dos deputados foi consequência da grande mobilização popular realizada de forma pacífica na semana anterior em todo o Brasil. O povo saiu às ruas e realizou protestos semanas seguidas em rodovias, avenidas, ruas e praças de quase todos os estados da Nação, pedindo o fim da PEC 37.

O povo brasileiro ainda pressiona os governos, continua a protestar em passeatas levantando faixas e gritando palavras de ordem reivindicando outras pautas importantes: o fim da corrupção na classe política, mais atenção para a educação, melhorias na saúde e no saneamento básico, gratuidade e baixa no preço das tarifas dos transportes públicos, cumprimento de todas as promessas de campanha.

Michel Filho | Agência O Globo
Sábado, 22 de junho de 2013, dia de futebol da Copa das Confederações com Brasil  e Itália em campo. Durante a partida de futebol, trinta mil pessoas estão na Avenida Paulista alheias ao esporte, protestam contra a PEC 37 e outras pautas políticas.

Resta nomear os deputados que tiveram a capacidade do gesto de votar contra o que o eleitor quer. Votaram pela continuidade do PEC 37 os seguintes deputados:

Lourival Mendes (PTdoB-MA); Abelardo Lupion (DEM-PR); Mendonça Prado (DEM-SE), Bernardo Santana de Vasconcellos (PR-MG), Valdemar Costa Neto (PR-SP), Eliene Lima (PSD-MT), João Lyra (PSD-AL), João Campos (PSDB-GO); Sérgio Guerra (PSDB-PE).

Abstinências: Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) e Paulo Cesar Quartiero (DEM-RR) se abstiveram e não votaram. 

O cidadão brasileiro descobriu que a mobilização pacífica e bem articulada, sem o envolvimento partidário, é a metodologia eficaz para fazer com que a classe política se lembre que precisa representá-lo fazendo valer seus direitos civis. 

E.A.G.

terça-feira, 25 de junho de 2013

Eu e minha casa serviremos ao Senhor - lição 13 - Lições Bíblicas - CPAD

Por Eliseu Antonio Gomes

"Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" - João 8.32.

O cristão deve zelar por seu lar, vigiar e orar em todo tempo, para que sua casa nunca esteja alicerçada em fundamentos inseguros. Ao manter a vigilância em nosso cotidiano, o lar não é invadido pela imoralidade em que submerge o presente século.

"Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o SENHOR teu Deus te dá." - Êxodo 20.12. O primeiro mandamento como promessa precisa ser ensinado no lar de geração em geração.

O óbvio e ululante precisa ser levado em consideração em conversas familiares. O primeiro mandamento com promessa é dirigido aos filhos. E pais um dia foram filhos e a lógica é esperar que os filhos  se casem e se tornem pais. A vigilância em casa passa pela comunicação de qualidade, com pais instruindo filhos sobre o caminho do Senhor (Provérbios 22.6).

As Escrituras Sagradas nos mostra homens que, embora não fossem perfeitos, conduziram suas famílias em comunhão com Deus.

O exemplo de Noé

O perfil de Noé revela aos pais de família cristãos as qualidades de quem serve ao Senhor. Os contemporâneos de Noé  desprezavam o Criador, compunham a sociedade perversa, violenta, imoral. Ele era homem justo, honesto. Tornou-se conhecido ao pregar o juízo divino contra os pecadores, como uma pessoa que andava com Deus. Nesta situação, sendo ele um agricultor foi chamado por Deus para atividades de marcenaria, para construir a gigantesca arca que o salvaria, junto com toda sua família e uma espécie de cada casal de animais viventes daquela geração, do dilúvio que destruiu a humanidade (Gênesis 6.9; 1 Pedro 3.19-21; 2 Pedro 2.5).

Noé teve ensino em casa, sua ascendência contém nomes de servos de Deus: foi filho de Lameque, neto de Matusalém, bisneto de Enoque, valorizou o que os servos de Deus de sua família lhe ensinaram. Sua esposa e filhos ouviram o que ele orientou, trabalharam juntos com ele durante décadas para concluir a construção da embarcação.

Os ensinos de Jesus Cristo são os detalhes da "embarcação" que mantém a nós e nossa família seguros diante da sociedade sem temor a Deus. É preciso tomar a decisão de entrar no "barco" construído no lar, para escapar e prover escape aos familiares da condenação que está prestes a cair sobre as cabeças corrompidas de quem despreza a Palavra do Senhor em nossa geração (Gênesis 5.21-32; Mateus 24.37-38; Lucas 17.27). O Senhor é a única resposta certa para os nossos dias. Com a graça celestial a família vence os desafios da vida.

O exemplo de Josué

A biografia de Josué nos ensina a importância da tomada de decisão pela fidelidade ao Senhor quando todos em sua volta praticam o pecado. Josué nasceu escravo, em uma família escravizada no Egito, tornou-se auxiliar do grande legislador Moisés e após sua morte tornou-se seu sucessor. Quando Canaã estava repleta de idolatria e imoralidade, declarou sua decisão de ser fiel e não se esqueceu de sua esposa e filhos ao posicionar-se quanto a viver em devoção ao Criador. Além de líder da nação, exerceu liderança familiar, para que cônjuge e filhos não fossem destruídos pela iniquidade (Josué 24.15).

O cristão fiel ao Senhor é aquele que apesar de viver em uma sociedade oposta aos princípios de sua fé não deixa de se posicionar contra o pecado. Os pais não devem renunciar a autoridade sobre os filhos, têm a responsabilidade de educar as crianças em sua formação espiritual. Agir com equilíbro, ensinando com firmeza e carinho os limites do que venha a ser uma conduta ideal diante de Deus e da sociedade (Efésios 6.4).

Ao comprometer-se com seriedade na prática do estudo bíblico, ler e pensar sobre a vida cristã, soluções libertadoras sempre estarão presentes diante de problemas no seio familiar. Os pais, como educadores de seus filhos, precisam reservar tempo para refletir sobre a prática do ensino. Como tem sido? O que precisa melhorar? Ninguém está isento de erros, mas sempre será tempo oportuno ao autoexame, adotar correções e tomar atitudes que conduzam ao caminhos de acertos auspiciosos.

O exemplo dos recabitas

Midiã foi filho de Abraão com Quetura, e dessa relação surgiu a tribo dos midianitas. Entre os midianitas veio a existir Recabe, homem que foi testemunha ocular do cumprimento da profecia de Elias por intermédio de Jeú no tocante à destruição dos parentes de Acabe. A família de Recabe ficou conhecida como o grupo de israelitas chamado de os recabitas. Recabe gerou a Jonadabe, que foi um enérgico opositor do culto ao falso deus Baal (2 Reis 10.15-28; Jeremias 35.5-10).

Jonadabe, com o objetivo de evitar que sua família cultuasse ao falso deus Baal instruiu sua posteridade a não ingerir bebidas fortes, não se dedicar à agricultura, não construir casas e viver em barracas, consagrarem-se para adorar a Deus. E todos obedeceram fielmente .

A fidelidade dos recabitas às orientações de Jonadabe é exemplar. As Escrituras preservam o nome de Jonadabe e sua descendência como um núcleo familiar que guardou as leis do Senhor durante um período em que o povo de Israel se esquecia rapidamente. A instrução no lar conduz a família à uma vida feliz (2 Timóteo 3.14-17).

No lar, a prática do jejum, da leitura bíblica em grupo, da oração coletiva e a prática de fazer do dia a dia um altar de culto a Deus nos dá condições de enfrentar e vencer os males desse mundo perdido sendo bênção e influenciando os entes queridos  a serem também.

Conclusão

É importante a transmissão da doutrina bíblica dos pais aos filhos. As pessoas que decidem servir a Deus com fidelidade jamais serão destruídas, embora estejam sujeitas a passarem por aflições. Se pais e filhos escolherem ter Jesus Cristo como apoio e centro do lar, crescerão na graça e no conhecimento do Senhor, conquistando o privilégio de glorificar a Deus no tempo presente e para todo sempre no céu (2 Pedro 3.18).

E.A.G.
__________

Compilações intercaladas com textos de quem assina a postagem. Consultas: 
A Bíblia da Mulher; páginas 631, 632, 1235, 1236, edição 2009;  Barueri, SP (Sociedade Bíblica da Mulher).
Ensinador Cristão; ano 14, nº 54; página 42; abril-maio-junho de 2013, Rio de Janeiro - RJ (CPAD). 
Lições Bíblicas - edição mestre; Elinaldo Renovato; 2º trimestre de 2013, Rio de Janeiro - RJ (CPAD). 

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Ética do missionário

Lá no UBE Blogs, alguém que não quis se identificar escreveu o seguinte:

"Pastor eu estou precisando da sua ajuda. Congrego com uma pastora e sou uma missionária. Jesus está tocando fortemente em mim para eu abrir o meu ponto de pregação independente da pastora, para eu assumir o trabalho. Por favor me oriente."

 A minha resposta:

 Amiga anônima.

 Você diz que possui ministério missionário. A sua missão tem o apoio do pastorado de quem a enviou em campo de trabalho? Se sim, deve honrar e ser grata aos que viabilizaram tarefa tão nobre. É claro que ter recebido ajuda não lhe prende. A liberdade exige uso de critérios, que sinalizam seu bom caratismo:

 1º Sinceridade: Use de clareza com todos e converse a respeito da vontade de fazer a obra de Deus de maneira independente.

 2º Ética: Não peça e nem aceite o acompanhamento de membros da igreja de onde pretende sair. Leve consigo apenas os familiares, pois o restante são membros de uma comunidade que o Senhor não lhe confiou liderar.

Deus continue a abençoar você.

E.A.G.

domingo, 23 de junho de 2013

Brasileiros no Japão protestam contra PEC 37 e corrupção

Brasileiros no outro lado do planeta unem-se aos protestos no Brasil contra a corrupção política. Conteúdo na minha conta YouTube via página Brasileiros no Japão, plataforma Facebook.


.
Hiroshi Onishi - Tochigi-ken Utsunomiya-shi

sábado, 22 de junho de 2013

Ouvidos ao vento

O vídeo celebra a amizade entre o ser humano e os cães.Via YouTube Odin Parker (mais conteúdos interessantes com animais por lá).

video



sexta-feira, 21 de junho de 2013

Entenda o motivo das reivindicações nas manifestações pacíficas

Compartilhamento: Facebook
Palmirinha Onofre, apresentadora de programa culinário no canal Bem Simples
(da Fox Broadcasting Company).

• Desinteligências

Na passeata pacífica de ontem (21/06/13) na Avenida Paulista alguns partidos políticos e grupos, como a turma LGBT, procuraram tirar proveito da indignação pública, se infiltrando na massa - que rejeita ser manobrada  - dizendo palavras de ordem que destoa de quase tudo que o povo quer mudar.

Na manhã da quinta-feira, a ala do Partido dos Trabalhadores atuante na cidade de São Paulo se aproximou da liderança paulista do Movimento Passe Livre, parece que fecharam alguma espécie de acordo. O Prefeito Fernando Haddad quis passar aos munícipes o recado de que a saída da população às ruas naquele fim de tarde, início de noite e noite  à dentro, seria para festejar o rebaixamento da tarifa de ônibus de R$ 3,20 aos R$ 3,00. A liderança MPL esboçou dizer o mesmo... A Rede Globo aderiu a ideia e repercutiu o discurso petista em sua transmissão. Mas as lentes de câmeras de televisão, câmeras de celulares e fotográficas, não registraram comemoração alguma, mostraram rostos indignados contra a classe política que está no poder, gente bradando frases contra Dilma Housseff, gritando contra a corrupção política e empunhando cartazes contra a PEC 37.

• Não tão complicado demais, mas nem tão simples assim 

Não é impossível decifrar o que as pessoas que estão indo às ruas protestar querem. Como está na letra do saudoso vocalista do Charles Brow Jr, esse povo não é rico e nem pobre. As mães dos políticos os amam, porém o povo os odeia (licença poética, esse amor e ódio pela classe política é só uma expressão figurativa para aprovação e reprovação de condutas).

• Proposta para terminar com as manifestações públicas

Acabar com castas no tocante aos salários de políticos, fazer com que os aumentos de salários da classe política sejam na mesma data que o aumento do salário-mínimo do Eleitor, e também na mesma porcentagem. É preciso acabar com a distinção existente, ela é o fator desencadeante da indignação popular. Ninguém elege ninguém para viver nababescamente.

•  Dona Dilma

Facebook./ Jornal Nacional 40 mil manifestantes em Brasília. Quebra-quebra, tumultos no Itamarati com tentativa de invasão resulta em manifestantes, policiais e jornalistas feridos sem gravidade.

Pasmem! Parece que o Governo Dilma brincou com a inflação, alimentou-a, não quis correr atrás da deflação. E deve ter feito isso para manter o lucro de poderosos. Deflacionar não enriquece empresários, a deflação favorece apenas o cidadão comum. Agora, como um manga larga indomável, a inflação galopa à revelia da vontade do Ministro da Fazenda, vai para onde bem quer e sobe enquanto o povo está às portas do desemprego. Assim sendo,  placas de eleitores da Dilma pedem sua "demissão", pedem para ela sair do Poder.

A insatisfação com a Presidenta tem sentido óbvio e lógico. Pesquisas de encomenda são maquiagens, não melhoram a realidade e popularidade de quem a encomendou.

O que é realidade? Em campanha, Dilma Housseff prometeu melhorar as condições de vida da classe média, classe pobre e abaixo da linha da pobreza. Mas o que acontece não é exatamente o cumprimento do prometido. Estamos vendo inflação maior, aumento do endividamento e do desemprego do cidadão. E isso acontece com a Presidenta emprestando rios de dinheiro para o governo comunista cubano, ao invés de atender as necessidades internas da população brasileira, que é de maioria cristã, portanto avessa à ideologia anticristã anexa ao comunismo. Isso é revoltante e põe o povo nas ruas protestando.

O que não é maquiagem de pesquisa sob encomenda? O que a população sente na pele. A rede de saúde vai de mal a pior, e dinheiro são desperdiçados com a Fifa e bolsa-preguiça (quero dizer: bolsa-família). O povo gosta de pão e circo, e agradece. Por ser digno, prefere comer o pão comprado através do suor de seu rosto e divertir-se com dinheiro cuja origem é seu trabalho, e não tão-somente a diversão de noventa minutos da Seleção Brasileira nos gramados em transmissão de televisão em sinal aberto.

É claro, o futebol é amado pelo povo, mas esse esporte seria bem aceito ao custo alto pago pelos cofres públicos se fosse oferecido como complemento de tudo que é prioritário vindo antes: o Sistema Único de Saúde (SUS) funcionando como exemplo de eficiencia aos hospitais privados; a rede de educação pública, gratuíta, fosse eficaz a ponto de ser modelo às escolas pagas. O Eleitor sabe que nada é de graça, tudo é pago através de impostos e que esses impostos não estão sendo revertidos em benfeitorias à contento.

• Fernando Haddad e o denominador comum

Fabebook. Avenida Paulista. Imagens da Band, abertas à Internet. Na televisão Nigéria e Uruguai pela Copa da Confederações

Quero falar sobre Fernando Haddad, porque minha área eleitoral é o município paulistano.

Para decifrar a indignação do povo da cidade de São Paulo, basta olhar os números das últimas eleições e as promessas de campanha - quase todas ainda não cumpridas. Sim, em primeiro plano é preciso analisar as promessas e não os candidatos.

O Prefeito venceu o pleito no segundo turno, com campanha cheia de efeitos visuais que podem ter causado inveja ao produtor de cinema George Lucas, de Guerra nas Estrelas. Mas apesar do uso de tanta pirotecnia digitalizada, Haddad venceu a eleição com margem pequenina de votos ao segundo colocado José Serra. Então, tanto as promessas de Haddad (que foram em número exagerado) e do candidato derrotado representam aspirações polarizadas de grande parte de manifestantes paulistanos. Também é válido considerar o primeiro turno e o discurso de Celso Russomano, pois ele teve ótima aceitação popular.

• Eleitores de Feliciano versus eleitores de Jean Wyllys

Jornal Nacional / Facebook. Compartilhamento no Facebook. Manifestantes na porta do Palácio Anchieta. Câmara de Vereadores de São Paulo é lembrada por manifestantes em protesto sem registro de violência

É importante observar as promessas de candidatos a Vereadores e Deputados estaduais e federais. Os candidatos vencedores tiveram seus discursos, e esses discursos contém exatamente as diretrizes daquilo que o povo quer ver sendo colocado como novas normas (leis) em prática na sociedade.

Dois exemplos: É digno de nota lembrar o número de votos de dois Deputados Federais: Marco Feliciano, PSC - SP (cerca da 212 mil) e Jean Wyllys, PSOL - RJ (votos insuficentes para eleger-se por si mesmo o que não lhe dá suporte moral para defender qualquer tipo de causa, pois entrou na Câmara de Deputados graças ao dispositivo votos proporcionais, o eleitor não o escolheu).

Apesar de Dilma Housseff ter sido eleita com o apoio político de Feliciano, após eleita o PT e a Presidenta dão às costas para ele. Esse desprezo ao parlamentar é um desprezo ao povo brasileiro também. E, apesar de Wyllys não possuir a representação das urnas, Dilma e PT estão ao seu lado, isso é um descaso contra a população brasileira, e nos faz entender o repúdio do povo.

Solução

Que tal os governantes analisarem com carinho o que Feliciano prometeu enquanto candidato e apoiá-lo?  E também o número de outros parlamentares com vitórias expressivas nas urnas?  Os números de votos são termômetros confiáveis,  representam os anseios das massas que empunham cartazes nas ruas de todo Brasil.

É hora de o Executivo, federal, estaduais e municipais, renovarem as promessas de campanha, colocar cada uma delas em execução o mais rápido possível. E usarem mais clareza com tudo que é realizado na administração pública.

E.A.G.

Deputado Federal João Campos, o PDC 234/11 e a Organização Mundial da Saúde

Deputado Federal João Campos (PSDB-GO) pastor da Assembleia de Deus
 e Delegado de Polícia de Classe Especial.
“O que diz a verdade manifesta a justiça” - Provérbios 12.17

Dirijo o citação bíblica bíblico ao Dr. Eduardo Adnet e aos militantes da Causa Gay. Minha posição neste assunto é consequência de conceito estabelecido, não é mero preconceito contra assuntos e pessoas. 

Não sou médico para diagnosticar se uma pessoa é saudável ou doente. Então, me calo quanto a opinar sobre saúde falando por mim mesmo. Busco informações e se possível confiro essas informações pessoalmente. É o que fiz neste caso do Projeto de Decreto Legislativo nº 234, do deputado  João Campos (PSDB-GO), e a intenção do Conselho  Federal de Psicologia (CFP) impedir homossexuais do acesso ao tratamento psicológico, quando querem  fazer isso.

Como blogueiro e leigo, para ter argumentos, busquei a literatura médica para escrever sobre o discurso da Militância Gay que apregoa que homossexualidade não é doença. 

Algum tempo atrás tive acesso ao artigo do psiquatra Eduardo Adnet, que não é uma pessoa cristã, e trabalha na área de saúde há mais de 30 anos. No texto ele critica a intencional falta de clareza da Mitância LGBT e outros temas distintos ligados à Ecologia. O título é Homossexualidade é doença?  

A Militância Gay faz uma grande divulgação dizendo que OMS considera o comportamento homossexual como não sendo doença. A declaração dos militantes é meia-verdade. E é exatamente isso que o Dr Eduardo Adnet traz à luz em seu artigo. Ele cita o catálogo Classificação Internacional de Doenças (CID).

A instituição OMS distribui mundialmente o catálogo CID, que é aceito e utilizado diariamente por toda a classe médica em todo o mundo para descrever e diagnosticar patologias.

O médico lembra que em 1973 a Associação Psiquiátrica Americana removeu a homossexualidade como transtorno do Manual de Diagnósticos e Estatísticas de Transtornos Mentais; em 1987 removeu a categoria homossexualidade ego-distônica; e por resolução em 1990, removeu do catálogo CID a homossexualidade como transtorno mental. Ele afirma que as mudanças são a base de argumentação da Militância Gay para alegar que a prática homossexual não pode ser descrita como patologia.

O psiquiatra continua, afirma que ainda existem mais dois códigos na CID, que servem para aplicação de diagnóstico. São:

1. Orientação Sexual Egodistônica está catologada como F66.1; 
2. Transtorno de Relacionamento Sexual está codificado F66.2.  

O médico escreve que essas situações podem ser aplicadas tanto para héteros como homossexuais. Em alguns casos, não são todos os casos, a condição egodistônica pode desencadear o transtorno mental.

Informa que a CID 10, F64.0, tipifica o transexualismo como detalhe de importância e que merece atenção. O transexualismo é a necessidade que uma pessoa tem de se apresentar e ser aceita como sendo de outro sexo, sentir desprezo por sua anatomia sexual e querer passar por intervenção cirúrgica e tratamento hormonal.

Adnet explica a Orientação Sexual Egodistônica, Transtorno de Relacionamento Sexual e o Transexualismo são categorias que identificam pessoas que não estão em harmonia com elas mesmas, diz que essas situações de conflito interno causam muito sofrimento e podem levar as pessoas para transtornos psíquicos.

Eu não me contentei em ler o artigo do psiquiatra, fui em campo e tive acesso ao livro que contém a Classificação Internacional de Doenças. As informações do médico são verídicas.

Em suma, o Projeto de Decreto Legislativo, de autoria do deputado João Campos (PSDB-GO), pastor da Assembleia de Deus, que susta dois trechos de uma resolução abusiva do Conselho Federal de Psicologia, resolução que impede a pessoa que está sofrendo de buscar o psicólogo, é um grande bem que se presta para a sociedade brasileira. Viabiliza o alívio do sofrimento e salva a pessoa que poderá adoecer. 

Enfatizando: Todos os integrantes do Comissão de Direitos Humanos e Minorias estão de parabéns pelo que fizeram em prol de quem está sofrendo por causa de sua condição sexual. Eles tomaram uma decisão que atende ao mandamento de amar o próximo. Por outro lado, o Conselho Federal de Psicologia não tem autoridade para proibir quem queira auxílio de psicólogos, age inconstitucionalmente ao dar esse passo ditatorial, comete atitude isolada que não existe igual em nenhum outro país do mundo por parte dos profissionais de psicologia.

Pronunciamento de Marco Feliciano ao final da votação: "É o único Conselho Federal de Psicologia do mundo que tolhe o direito do profissional de poder atuar. É o único que assusta, que amedronta o profissional, (diz) que ele não pode tratar de uma pessoa que busque ele quando está com uma angústia interior. No meu pensamento, tomara que seja aprovado", defendeu Feliciano. A proposta terá que passar ainda por outras duas comissões da Casa: Seguridade Social e Constituição e Justiça. Se aprovada em ambas, segue para o plenário da Câmara.

 

Veja mais: Medicina admite: comportamento homossexual pode levar à doença

E.A.G.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Ingerência da liderança MPL nos protestos contra corrupção nacional


17 horas: O povo começa a se aglomerar na Avenida Paulista. Grupo do Partido dos Trabalhadores se infiltra com suas bandeirolas vermelhas no meio de populares. Se esses politiqueiros insistirem em permanecer lá acho que a vergonha que passarão será algo de proporções enormes, para fazer os partidos adversários aos petistas gargalharem e tirarem proveito do vexame.

Hoje, notas de jornais afirmam que a liderança do Movimento Passe Livre se aproximou do PT de São Paulo. Muitos usuários das redes sociais essa estranham a aproximação. O MPL, embora se apresente e faça mediação, se equivoca se estiver pensando que está comandando das mamifestações. Esteve no início, quando a questão era negociar às baixas de tarifas de coletivos. Se a liderança do MPL não tomar cuidado com seus passos, o rolo compressor que passa por cima de interesses de políticos também passará por cima dela. 

"Rolo compressor" no bom sentido.  Dirá em seu site "tudo bem, acabou, permaneçam em suas casas",  e na próxima tarde milhões estarão outra vez nas ruas protestando.

O povo quer a distribuição de renda de forma justa; quer que parlamentares  usem o cargo fazendo juz às funções de representar seus eleitores, quer prefeitos, governadores e quem estiver no cargo presidencial conduzindo a Nação em favor do povo e não em favor de seu partido político,  quer os Três Poderes agindo de maneira interdependente.

É ingenuidade pensar que os dirigentes do MPL têm autoridade neste movimento cívico, eles não pararão a massa que exige mudanças de prioridades da classe política brasileira.

22h39: adendo a esse postagem:

Os petistas foram hostilizados na Avenida Paulista. As bandeiras foram queimadas, eles enxotados, aos gritos "fora PT, leva a Dilma com você".





E.A.G.

Medicina admite comportamento homossexual pode levar à doença

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, com Marco Feliciano (PSC-SP) na presidência, aprovou um Projeto de Decreto Legislativo nº 234, do deputado João Campos (PSDB-GO), pastor da Assembleia de Deus, que susta dois trechos de uma resolução abusiva do Conselho Federal de Psicologia.

O Conselho Federal de Psicologia, e suas representantes estaduais, criaram impedimentos aos psicólogos desejosos de receber quem queira ser ajudado. Trocando em miúdos, o Projeto se consiste em conceder oportunidade aos homossexuais que não se sentem bem com sua condição e procuram terapia psicológica.

Com a aprovação do Projeto na CDHM da Câmara (que a imprensa secular apelidou de "cura gay"), recomendo a leitura do artigo A Classificação Internacional de Doenças e os gays. Consta nele um excelente comentário do psiquiatra Eduardo Adnet, que menciona a atuação de Militantes Gays e afirma que existe, sim existe, no CID (Classificação Internacional de Doenças) dois códigos indicando que há motivo, com base científica, para dizer que a prática homossexual pode ser considerada patologia.

Apesar disso, não custa nada esclarecer que a expressão "cura gay" não é usada por Marco Feliciano e nem é costume ser proferida por pastores e psicólogos cristãos. O termo é usado de maneira maliciosa pela Militância Gay com objetivo de colocar a opinião pública contra evangélicos e católicos.

Não deixe de ler:

A Classificação Internacional de Doenças e os gays

Homossexualidade é doença? (Eduardo Adnet)

E.A.G.

terça-feira, 18 de junho de 2013

18 de junho de 2013: Civilidade e banditismo nas ruas de São Paulo

Imagem: Jornal Nacional | Rede Globo

Por volta das 18 horas, nas mediações do Viaduto do Chá, uma grande multidão marcou presença com uma grande parte de cidadãos protestando com civilidade. 

Infelizmente também aconteceram atos isolados de uns poucos sem noção do que é ser cidadão. Eles destruíram as bandeiras do estado e do Município de São Paulo, que estavam penduradas na fachada do prédio da Prefeitura, quebraram vidraças do prédio, lixeiras e orelhões públicos, invadiram um estabelecimento comercial do outro lado da rua e fizeram saques. Atearam fogo na guarita da Polícia Militar, numa moto, e também num carro de transmissão da Rede Record. Em outras partes de cidade, roubaram loja de calçados, de eletro-eletrônicos e de celulares, banca de revistas.

Esse rastro de vandalismo não é protesto civilizado. Não faz parte da virtude do senso de civilidade. Quem pratica vandalismo precisa ser preso, para que haja diferenciação entre o cidadão de bem e o bandido.  

Cientistas políticos e sociólogos tentam explicar essas manifestações e mostrar para onde tudo isso caminha, mas a verdade é que ninguém sabe ao certo onde tudo isso vai parar, se as autoridades não conterem o vandalismo, se não deterem quem esconder o rosto, não retirarem a liberdade dos vândalos.

E.A.G.

Dia histórico: manifestantes nas ruas do Brasil

Foto destacada no portal francês Le Monde, noite de 17 de junho de 2013 (crédito: AP/Eraldo Peres)
Brasiliense protesta com faixa em inglês: "Brasil acordou!".
Por Eliseu Antonio Gomes

17 de junho já entrou para a História do Brasil. O jornalismo nacional e internacional registrou  manifestações de grande magnitude, em treze estados da nação brasileira. 

Em Brasília, cerca de 5 mil manifestantes tomaram conta da Explanada dos Ministérios, subiram a rampa do planalto, próximos do côncavo e do convexo gritaram palavras de ordem contra Dilma Rousseff, contra a tentativa de retirada da autoridade do Ministério Público para investigar e até contra o Deputado Federal Jean Wyllys.

Em São Paulo, integrantes do nanico Partido da Causa Operária (PCO) empunharam suas bandeiras, com o objetivo de tirar vantagem política da situação. Foram hostilizados, mas eles não mostrarão a hostilização quando a propaganda eleitoral deles for ao ar na televisão.

Ponto ao governador de São Paulo Geraldo Alckimin. Conseguiu manter a paz. Ele adotou a filosofia do dito popular "quando um não quer dois não brigam". Proibiu a Polícia Militar de usar o uso de gás de pimenta, bala de borracha e deixou a multidão de manifestantes livre para caminhar por toda São Paulo. E cidadãos marcharam do Largo da Batata, saída por volta das 17 horas, à Marginal Pinheiros, à Avenida Paulista, e fizeram parada enfrente ao Palácio dos Bandeirantes às 23 horas, local que Alckimin despacha...

23h50, assistindo ao canal Band News: Palácio dos Bandeirantes, no Morumbi, zona sul, está cercado de manifestantes tentando entrar. Policiais Militares pedem calma. Um dos portões é aberto à força por pessoas com seus rostos cobertos por camisetas, para conter a invasão bombas de efeito moral com o gás lacrimogênio são usadas para dispersar a multidão. Isso me incomoda. A situação é igual o cãozinho correndo atrás do pneu do carro, se o automóvel pára o animalzinho não sabe o que fazer com ele. Suponhamos que os policiais deixassem os populares entrarem, o que esse pessoal faria lá dentro? Com certeza o Governador deve estar em sua residência, vê tudo pela TV.

Fiquei feliz em assistir tanta gente nas ruas do Brasil por volta da 21 horas, gente jovem e de meia idade, garotas e garotões, senhores e senhoras. Mesmo que suas reivindicações não sejam claras, ficou esclarecido que eles deram às costas para as novelas alienadas e alienantes da Rede Globo e da Rede Record.

E.A.G.

Atualizado em 18/06/13 - 6h25.

segunda-feira, 17 de junho de 2013

A família e a igreja: lição 12 - EBD CPAD

Por Eliseu Antonio Gomes

"E todos os dias, no templo e nas casas, não cessavam de ensinar e anunciar a Jesus Cristo" - Atos 5.42.

A família é o ambiente onde a pessoa se desenvolve como ser humano. Deus criou as famílias com a finalidade de executar o plano da redenção. Todas as instituições são formadas a partir delas, células-mães da sociedade.

O povo de Deus, tanto no Antigo quanto no Novo Testamento, foi formado a partir das famílias. Deus criou a raça humana através da primeira família, o casal Adão e Eva e seus filhos. Depois, através da conjunção carnal do casal Abraão e Sara separou uma nação para adorá-lo; e trouxe Jesus Cristo ao mundo por intermédio de Maria, contando com a fé e compreensão de José, que casou-se com ela e manteve  o Verbo Divino durante sua infância até chegar ao amadurecimento físico e psicológico em ambiente familiar.

É possível existir família sem a instituição física igreja, de maneira instável espiritualmente, correndo o risco de ser vencida pelas dificuldades e fracassar. Mas em termos humanos e terrenos a instituição física igreja, não tem condições de existir sem que haja o conjunto harmonioso de núcleos familiares.

Deus planejou a existência da Igreja, a Noiva do Cordeiro, antes da fundação do mundo. Ela surgiu entre os seres humanos no Dia de Pentecostes, quando pessoas estavam assentadas numa reunião de família, habitação de alguns discípulos de Jesus Cristo (Efésios 1.3-4; Atos 1.13; 2.2).

A palavra lar tem origem no Latim (lare), e tem elo com a palavra lareira, cujo termo remete ao fogão de cozinha. Nos três primeiros séculos da era cristã, os cristãos se reuniram em lares das famílias mais abastadas  para partir o pão e adorar a Deus. Provavelmente por causa das perseguições e pobreza, as comunidades não tinham condições de construírem templos (Atos 2.46; Romanos 16.5; 1 Coríntios 16.19; Colossenses 4.15; Filemon 2).

As famílias precisam cooperar para o crescimento saudável da Noiva do Cordeiro, que é composta de corações convertidos ao Senhor Jesus Cristo, e se consiste no organismo vivo e espiritual, independente de placas denominacionais.

Através da reunião das famílias no templo a igreja tem condições de realizar cultos. Arrecadar dízimos e ofertas, com o objetivo de manter o templo em boas condições para agregar os membros e visitantes, patrocinar missões transculturais e urbanas. O dinheiro entregue deve ser oferecido à igreja de maneira voluntária, como expressão da adoração, amor e gratidão ao Senhor.

No templo evangélico, as famílias recebem o alimento espiritual necessário, tem o apoio da "família de Deus" (Efésios 2.19). Recebe a exposição das Escrituras Sagradas, que é essencial a manutenção da fé em Cristo, recebe oração, participa de palestras e eventos pertinentes ao núcleo familiar, tem oportunidade de receber aconselhamento e visitas periódicas e ser capaz de viver neste mundo oferecendo bom testemunho cristão e sendo participante de todas as bênçãos divinas (Romanos 10.17).

No Salmo 122, encontramos a expressão de alegria de Davi. Ele relata o prazer de sua peregrinação a Jerusalém (versículos 1 e 2), que era o centro espiritual e cívico da nação (3, 5), e estando no templo ele orava pedindo paz e prosperidade (6, 9).

O apóstolo Paulo ao instruir os membros da igreja local e visível sobre como deve ser a estrutura familiar, segundo a vontade de Deus, apresenta as figuras do marido e da esposa de maneira sublime, como a união entre Jesus Cristo e sua Igreja (organismo invisível), por seis vezes, nos fazendo perceber que as as instituições física e espiritual são associadas e interdependentes (Efésios 5.22-23).

As instituições família e igreja são quase que sinônimas. Há integração bastante forte. O que ocorre no lar reflete na congregação no templo. Se há harmonia nas casas dos membros, haverá reflexos positivos na espiritualidade das reuniões de culto e o contrário também. Jamais uma igreja será avivada se seus membros foram integrantes de lares que estiverem contaminados com os costumes do mundo. Só pode existir igreja forte espiritualmente se ela for composta por casais e filhos amadurecidos na fé em Cristo.

Através da harmonia da igreja com a família, o grande projeto de Deus, que é a salvação da humanidade é empreendido.

E.A.G.

__________

Compilação de: Lições  Bíblicas - Família Cristã - Lições 2: Eu e Minha Casa Serviremos ao Senhor, autoria a definir, página 10 a 16 - 2º trimestre de 2004, Rio de Janeiro - RJ, CPAD.
 

Charge: Albert Einstein, a Teoria da Relatividade e a fé


domingo, 16 de junho de 2013

Manifestações por catraca livre ou rebeldia sem causa?


Sou usuário do transporte público na cidade de São Paulo.

Não preciso de ônibus todos os dias e tenho a regalia de usá-lo em dias e horários que quiser, portanto, uso fora daqueles momentos do rush. E é nessa condição que escrevo. 

Ando por toda São Paulo. É possível sair da zona oeste e descer lá na Praça da Sé, em cerca de 45 minutos, gastando menos de dez reais. Com uma viagem de ônibus, uma de trem da CPTM e uma de metrô. E voltar sem pagar nada mais que isso se a volta acontecer dentro do período de três horas entre a passagem do cartão eletrônico no dispositivo da primeira e da última catraca utilizadas.

Costumo ver pelo lado de fora da condução os trabalhadores voltando para casa depois de seus expedientes: gente assentada nos bancos com a cabeça encostada no vidro da janela ou reclinada à parte de trás do banco, rostos cansados com olhos fitos ao longe ou dormindo. Também, passageiros espremidos uns nos outros em pé, com a mesma fisionomia de esgotamento físico. Não é vida fácil, agradeço a Deus por estar fora dessa rotina.

Críticas superficiais

Manifestantes estiveram na semana passada na Avenida Paulista  e mediações reivindicando melhorias e o uso de transporte público gratuitamente. A passagem de graça já ocorre parcialmente. O Passe Livre solicitado já é uma realidade na cidade de São Paulo para todos os usuários durante os dias de Virada Cultural. Os idosos têm direito de viajar de graça todos os dias, os estudantes pagam a metade do preço durante o meio da semana.

A capital paulista não tem o melhor transporte público do Brasil e nem do mundo. Mas minha impressão é que os críticos que participaram de protestos (e muita gente na política, críticos de plantão em redações de jornalismo) desconhecem aquilo que criticam. O sistema de transporte público paulistano ainda precisa melhorar bastante, mas não está tão ruim como dizem estar.

Na semana passada, o discurso desse pessoal foi confuso e sem foco definido. Parecia reivindicação sindicalista ao reclamar dos salários de motoristas e cobradores, politiqueiro ao lembrar a corrupção de governo em Brasília, e sem noção ao referir-se aos administradores do transporte público paulistano - como se o maior sistema da América Latina, composto por cerca de 15 mil veículos,  não fosse gerenciado por grupos empresarias privados e sim pela já inoperante CMTC.

Sobre assédio sexual contra mulheres e as questões de gestantes, idosos. 

Ontem, li uma pessoa fazendo a velha associação do ônibus com a lata de sardinha, ao comentar sobre a condição de usuários com idade avançada, passageiros deficientes, mulheres grávidas, mulheres vítimas de "mãos bobas".

Idosos e deficientes não pagam passagem e têm garantidos por lei vagas reservadas para viajarem sentados. Os velhinhos foram há muito tempo favorecidos na gestão de Jânio Quadros - o então prefeito baixou decreto e a Câmara Municipal aprovou o uso gratuito por eles.

O comportamento do assédio existe nas viagens. E é algo que tem a ver com a educação dos passageiros que usam o coletivo. É possível perceber a diferença comportamental de linha para linha. Ao casar, mudei de bairro e tive esse impacto da mudança de mentalidade dos passageiros. Usava carros em que o percurso recebia pessoas mais humildes e menos cordiais, depois entrei noutro em que as viagens sempre foram mais agradáveis. Antes, bancos rasgados e riscados, palavreado chulo em conversas e escritas por todo lado, depois a manutenção do equipamento e ambiente tranquilo.

Salários

O Blog Ponto de Ônibus, dedicado aos trabalhadores da área, afirma que em uma greve de 2011 os motoristas que trabalham no município paulistano chegaram ao salário de R$ 1.815,00 por mês e os cobradores a R$ 1.072, 00, com direito a vale-refeição de R$ 13,00. Hoje, esses valores devem ser um pouco maiores. Podemos dizer que esses profissionais têm salários bem próximo do que ganha a classe de professores municipais. Todos eles, professores e motoristas e cobradores, poderiam ter mais aumentos!

Qualidade do sistema de transporte paulistano

Pode parecer que eu defenda as gestões na prefeitura de São Paulo da Luíza Erundina, Marta Suplicy e Fernando Haddad ao falar das frotas de ônibus.  Não estou defendendo. A Erundina começou o processo de melhora dos carros, a Marta aperfeiçoou e o Haddad recebeu a situação como temos agora.

As melhorias mais significantes ocorridas no sistema de ônibus ocorreram em gestões de prefeitos do PT. Não sou petista, mas reconheço o que foi feito de positivo pelo partido no transporte público da capital paulista. Quais melhorias? 1. Portas mais largas para todos os passageiros, contendo degraus rebaixados e corrimão, favorecendo a subida de idosos; 2. Porta exclusiva com rampa elétrica e espaço específico para afixar cadeira de deficiente; 3. Até 10% de assentos reservados aos deficientes, idosos e mulheres grávidas.

É sabido que as melhorias já existentes não aconteceram por bondade dos governantes municipais, eles foram impulsionados por leis municipais, estaduais e da esfera federal, o crédito disso é de vereadores, deputados estaduais e federais.

É claro que, apesar das melhorias, o sistema de transporte de ônibus ainda possui pontos deficitários, como por exemplo a necessidade de diminuir o tempo entre os carros, fiscalizar a pontualidade e manter a frota que trafega nas regiões periféricas, onde estão a população mais pobre e sofrida, com a mesma qualidade e regularidade que os ônibus que circulam na Vila Madalena, região nobre da cidade.

Polícia Militar versus manifestantes

O protesto contra aumentos de tarifas de transporte é válido e louvável, assim como expressar repúdio contra a corrupção. Porém, a manifestação de cidadania deve ser realizada sem ferir leis e respeitando o direito do concidadão alheio ao evento.

É ilegal fechar vias públicas para protestar, ninguém pode impedir o trânsito dos cidadãos se antes não for solicitada para a prefeitura uma autorização, que reorganiza as rotas do tráfego se autorizar o manifesto.

A  polícia tem o dever de garantir o direito constitucional de todos. E faz valer o direito de ir e vir livremente. Para isso usou bombas de efeito moral contra pedestres manifestantes, que ilegitimamente pretendiam usar o asfalto de vias públicas impedindo veículos de circularem.

Policiais também erraram no exercício da função, excedendo a autoridade ao procurar fazer com que houvesse dispersão do povo. Eu publiquei um relato: aqui. Existe soldado da PM gravemente ferido e também morto em São Paulo, atacados por manifestantes.

A polícia tem o dever de proteger patrimônios públicos. Manifestantes protestaram quebrando vitrines de loja; destruindo lixeiras públicas, semáforos de trânsito, depredando as dependências do metrô... Analise comigo, isto não é manifesto cívico é baderna. Infelizmente não tenho outro termo, mesmo entendendo que no meio dos manifestantes poderia estar gente bem intencionada. A PM não poderia se omitir, cumpriu obrigação de impedir o vandalismo, lançou bombas de gás lacrimogênio e deteve alguns baderneiros.

Em situação de provável conflito, não é possível o pelotão de soldados se relacionar com a multidão, sem liderança presente (no vocabulário da PM esse tipo de aglomeração é uma turba), entregando flores. Os soldados não possuem informação  prévia sobre quem é quem, qual manifestante é amigável e qual carrega armas - alguns foram flagrados portando armas e presos.

Cuidado, não se deixe ser um simplório elemento de massa de manobra!

Alguém, criticando a truculência da PM disse para mim: "Eu estava lá e vi, você não estava, assistiu pelo televisor". Quem estava presente viu e ouviu apenas até onde olhos e ouvidos, humanamente, tiveram capacidade de alcançar. 350 metros de alcance? É preciso analisar as ideologias por trás dos acontecimentos.

O perigo de qualquer tipo de engajamento é se tornar elemento de massa de manobra de indivíduos interessados em extrair proveito da situação em benefício próprio. Parece ser o caso nestas recentes manifestações da Avenida Paulista e adjacências.

Por que a Governo Dilma dá dinheiro para a Alquimidia, a ONG que realiza essas manifestações? O colunista Reinaldo Azevedo, da revista Veja, escreveu um artigo interessante apontando para quem é responsável pelas aglomerações de protestos e badernas no Rio de Janeiro e São Paulo. Leiam o artigo dele aqui. Existe lógica no conteúdo que ele escreveu, afirmando provável envolvimento, não declarado, do governo federal, pois libera verbas via Ministério da Cultura e da Petrobrás e de incentivo da Lei Rouanet. O objetivo do patrocínio seria conquistar nas próximas eleições os controles dos estados do Rio de Janeiro, que atualmente está em poder do PMDB, e de São Paulo, com o PSDB. Justamente nestes dois estados, importantíssimos, a bagunça foi mais generalizada.

A gestão de Fernando Haddad (PT) na Prefeitura de São Paulo não fica totalmente comprometida se manifestantes entram em choque com a PM, por este motivo ele lança combustível ao invés de tentar apagar o fogo. O prefeito, no auge dos nervos acirrados dos manifestantes, fez pronunciamento público afirmando que não abaixará a tarifa e criticou a atuação policial. Está claro que a motivação dessa situação de caos tem objetivo eleitoreiro, querem colocar os eleitores contra o mandatário-maior da Polícia Militar, uma instituição cuja autoridade maior é o governador. Neste caso, arranhar as imagens dos governadores Geraldo Alckmin em São Paulo e Sergio Cabral no Rio de Janeiro.

Imagens de agressões entre manifestantes e polícia paulista são materiais preciosos para servir como peças de propagandas petistas às candidaturas de Lula ou José Eduardo Cardozo, para governador do estado de São Paulo.

Espere para ver se haverá a mesma vontade de manifestar-se no dia seguinte às eleições de 2014. Eu acredito que isso jamais acontecerá.

E.A.G.

__________

Blog Ponto do Ónibus - http://blogpontodeonibus.wordpress.com/2011/05/18/sp-se-livra-de-greve-de-onibus-veja-quanto-vao-ganhar-motoristas-cobradores-e-funileiros/ 

sábado, 15 de junho de 2013

Justiça proíbe Ordem dos Músicos do Brasil fiscalizar templos

Igrejas evangélicas estão livres de pressão da OMB que, em nome de arrecadação de direitos autorais, se intrometia em cultos em busca de dinheiro. Confira artigo do portal UOL, coluna Última Instância, de 10 de junho de 2013, 20h07:

__________

Interferência proibida: Ordem dos Músicos do Brasil é impedida de fiscalizar atividades musicais em igrejas 

Em sentença publicada no Diário Eletrônico da Justiça no último dia 3 de junho, com validade em todo o território nacional, a Justiça Federal em São Paulo determinou que a OMB (Ordem dos Músicos do Brasil) não pode impedir ou atrapalhar a realização de eventos musicais em templos, igrejas e ambientes de natureza religiosa, por meio da solicitação de que os músicos destas instituições estejam inscritos na Ordem. De acordo com a decisão, a fiscalização da OMB nesses ambientes viola os princípios constitucionais da liberdade religiosa e de culto e, sobretudo, da liberdade de expressão.

Em 2010, a Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão do MPF (Ministério Público Federal/SP) entrou com uma ação pública, com pedido de liminar, para que o Conselho Federal da OMB deixasse de fiscalizar os músicos de apresentações religiosas. No mês de maio do ano passado, a Justiça Federal já havia concedido tal liminar, e a fiscalização da OMB nestes locais já estava vetada. No entanto, a decisão publicada em 3 de junho têm carater definitivo, e fixa a multa de R$10 mil para cada prática irregular promovida pela OMB.

“A música integra o culto (ritual religioso), e nessa condição não pode ser considerada uma atividade profissional sujeita à fiscalização da Ordem dos Músicos. Os músicos nela atuam como parte da celebração religiosa, a qual é vedada a interferência do Estado”, diz um trecho da sentença.

Ainda de acordo com a sentença, “aqueles que participam de atividades musicais em igrejas ou templos não seriam considerados profissionais, visto que para participar de uma atividade religiosa seria prescindível deter conhecimento técnico específico para a execução dessa atividade ou formação acadêmica”. “Portanto, não seria cabível a fiscalização e autuação pela Ordem dos Músicos. No entanto, ainda que, em tese, um músico que participe do culto seja considerado profissional, é vedada a interferência da Ordem dos Músicos quando a atuação se der em instituição de natureza religiosa, havendo impedimento à exigência do credenciamento no conselho profissional como condição para a participação em cultos em igrejas ou templos”.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

A definição da fé

Por Eliseu Antonio Gomes

O que é fé? Qual a melhor definição? Enxergar como Deus enxerga. Apalpar o invisível. Crer no impossível. Costumo usar outras palavras para dizer o mesmo.

Em Hebreus 11.1 temos a descrição teológica do que seja a fé. O termo fé nos escritos originais da Bíblia Sagrada, em grego-koiné, é pistis. E pistis denota o sentido de um documento de posse. (igual uma escritura de imóvel devidamente registrada em cartório).

Ou seja, a fé é igual o documento legal que comprova que sou a pessoa certa, a única dona daquilo que creio que a Bíblia Sagrada promete ser meu: a salvação, a cura, a solução daquele problemão (Hebreus 11.6; Marcos 5.34; Mateus 17.20).

Experimente trocar o termo fé por escritura nas suas leituras bíblicas, orações e momento devocional. Quem tem uma escritura de imóvel, não tem dúvidas que é o dono daquilo que está lavrado e muito bem documentado em seu nome.

Fé é colocar em primeiro plano as orientações do Senhor, contidas nas Escrituras Sagradas, e em segundo plano os cinco sentidos naturais: paladar; tato; visão, olfato, audição.

E por que digo isso?

• Paladar:

Por intermédio do profeta Isaías, Deus convidou o ser humano a alimentar o Espírito.

“Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão? E o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer? Ouvi-me atentamente, e comei o que é bom, e a vossa alma se deleite com a gordura” - Isaías 55.2.

Jesus se apresentou como o Pão da Vida:

“Assim como o Pai, que vive, me enviou, e eu vivo pelo Pai, assim, quem de mim se alimenta, também viverá por mim. Este é o pão que desceu do céu; não é o caso de vossos pais, que comeram o maná e morreram; quem comer este pão viverá para sempre” - João 6.57-58.

• Tato e visão:

Jesus repreendeu Tomé porque ele queria ver para depois crer:

“Depois disse a Tomé: Põe aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos; e chega a tua mão, e põe-na no meu lado; e não sejas incrédulo, mas crente. E Tomé respondeu, e disse-lhe: Senhor meu, e Deus meu! Disse-lhe Jesus: Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram. João 20.27-29.

• Olfato

O apóstolo Paulo ensina, fazendo uso de simbolismo, que o cristão ao divulgar o que sabe sobre o plano da salvação exala a fragrância de Cristo, afirma que quem evangeliza é considerado por Deus o bom perfume de Cristo, é alguém que tem cheiro de vida (2 Coríntios 2.14-16).

• Audição

Escutar e ouvir são ações diferentes. Diariamente escutamos muitos sons e não damos atenção para eles. De fato só ouvimos aquilo que escutamos e damos atenção, quando permitidos que o som seja processado pela mente, só o que é interpretado pelo raciocínio desce ao nosso coração. Ouvir a Palavra de Deus é o mesmo que abrir o coração para a Palavra de Deus entrar em nossas vidas.

O profeta Jeremias chama a atenção para pessoas que não ouvem, dizendo que o motivo é o sentimento de vergonha e falta de amor a Palavra de Deus (Jeremias 6.10).

Jesus alerta que quem tem ouvidos deve usá-lo para ouvir a Palavra de Deus, porque nem todos fazem uso da audição de maneira apropriada. E afirma que aquele que se vergonha dEle e da Palavra de Deus, no Dia do Juízo Final será julgado e condenado a sofrer na perdição eterna ( Lucas 8.8; 9.26 ). A fé surge ao ouvir a Palavra de Deus (Romanos 10.17).

O escritor do livro Aos Hebreus chama a atenção sobre o fato de existir quem seja negligente para ouvir a Palavra de Deus (Hebreus 5.11; 12.25).

Tiago escreveu alertando para a necessidade de se estar sempre pronto para ouvir o que o Senhor fala (Tiago 1.9).

E.A.G.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Pancadaria na Avenida Paulista

Postagem reproduzida, em ipsis letteris, a partir de contatos de contato no Facebook. A reprodução não marca posicionamento nesta situação, apenas atende a solicitação de passar o relato adiante.

E.A.G.

_________

Por André Montilha

Ontem eu fui uma vitima da ação truculenta da PM em reação aos protestos do movimento passe livre.

Antes de dar inicio ao meu relato, quero deixar claro que não sou integrante ou simpatizante do movimento. Sou ciclista, tenho carro proprio, e meu dia a dia nao foi afetado pelo aumento das tarifas de maneira alguma, assim como tambem nao teria sido afetado nessa terça feira pelos manifestantes pacificos que cruzei na Avenida Paulista.

Por volta das 21:00, cheguei desavisado na faculdade Casper Libero acompanhado de um amigo meu, aluno da faculdade que tinha uma apresentação agendada e me pediu para esperar com a bicicleta na escadaria do predio da Gazeta para sairmos depois da aula.

Foi nesse momento, que a passeata cruzou o meu caminho e me chamou a atenção pelo seu tamanho e pela vivacidade dos manifestantes que cantavam, e tocavam tambores em um clima feliz, alguns dançando com faixas bem humoradas, alguns acompanhados da familia (vi crianças junto com parte dos integrantes), mas nenhum, ate entao, cometendo qualquer tipo de ato condenavel que justificasse o chamado da tropa de choque. Fiquei curioso, dei algumas pedaladas e logo estava no Trianon aonde fui advertido por um integrante do movimento de que o choque ja estaria chegando para acoa-los no vao do MASP

Subi na bicicleta e fugi do foco da passeata sem notar que estava, na verdade indo de encontro com soldados da Rocan, que se preparavam para partir (pelas costas) para cima da multidao.

O primeiro impulso que tive foi o de registrar em camera aquela situação que ja estava começando a ficar tensa. Comecei a filmar com o celular, soziho, longe de qualquer manifestante, os policiais que estavam com suas granadas de efeito moral empunhadas. Foi ai que a coisa ficou feia.

Tentei guardar o celular, mas nao deu tempo, pois quando vi eu ja estava no chao. Havia levado uma porrada no braço, e desequilibrei da bicicleta. Ja no chao, fui violentamente agredido por tres policiais, levei diversos golpes de cacetetena cabeça, nas costas (estava deitado, rendido no chao, por isso nao há nenhum machucado na parte da frente do meu corpo)e nas maos. Atordoado, tentei pedir ajuda, mas fui recebido com uma bomba de gas lacriogeneo que estourou no meu colo. Arrastei a bicicleta para longe da manifestação e cheguei ainda tonto e cambaleante ao hospital Oswaldo Cruz , aonde ainda estou internado aguardando a cirurgia, com diagnosticos de politraumatismos, com o tendao do polegar direito destruido pelo golpe do PM, e diversas escoriações pelo corpo (nas costas. De novo, estava completamente rendido com a barriga no chao sem que os golpes paravassem em nenhum momento). E nao surpreendentemente, sem a minha camera que foi tomada pelos Rocans nao identificados (sem identificação de patente ou nome na lapela), com capacetes e armados com cacetetes e outras armas “nao letais”.

Enfim, estou providenciando o Boletim de Ocorrencia, e o exame de corpo de delito, mas queria deixar registrado o que aconteceu. E grifar novamente que esse tipo de ação da Policia Militar NÃO SE LIMITA AOS MANIFESTANTES! EU NÃO SOU DEFENSOR DO MOVIMENTO PASSE LIVRE.

Por isso peço que compartilhem a minha história, para que nenhum outro paulistano, honesto, pagador de impostos e cidadão comum, esteja na hora errada e no lugar errado que nem eu, Pois a policia Militar do Estado de Sao Paulo não faz distinção na hora de descer o sarrafo.

Fonte: https://www.facebook.com/andre.montilha , 12/06/13; 15h52

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

Assuntos abordados em Belverede / clique sobre a palavra para acessar os artigos sobre o tema

.Vida Cristã .Artigo e Comentário .cosmovisão .Comportamento .Televisão .Devocional .Vídeo .Política .CPAD .Líderes e liderados .Blogosfera Evangélica .Lições Bíblicas .Pais e Filhos .Atualidade .Família .Louvores .Charge Tirinha Cartum e Gravura .Dinheiro .Fé .Fruto do Espírito X Carne .Motivacional .Mulher .Casamento .Apologia Bíblica .Sexualidade .Crente Politizado .Música .Silas Malafaia Pr .CGADB .Frases & Imagens Impactantes .Etimologia Bíblica .Prosperidade .Profetas .Saúde .Meio Ambiente e Sustentabilidade .Hermenêutica .Livros e Leitores .redes sociais .Bom humor .Jovens .Conceitos e Preconceitos .Dupla Cidadania .Você sabia? .Ateísmo e Agnosticismo x Fé .neopentecostais .Cinema .Esporte .José Wellington Bezerra da Costa - Pr .Grupo de Colaboradores em Belverede .Personagens da Bíblia .Antigo Testamento .Dica de Blogueiro .Salmos .Introspecção .Natal .Soteriologia .Marco Feliciano Pr .Verdades e Mentiras .Pérolas .Sociedade Bíblica no Brasil .Ecologia .Aborto .Comunicado .Internet .óbito .Escatologia Bíblica .pentecostalismo .Samuel Câmara-Pr .Teologia .Gif .Novo Testamento .Ana Paula Valadão Bessa .[Fotos Belverede] .UBE .Questões (des)complicadas .RR Soares .Facebook .Belverede .Daladier Lima .Missões .animal doméstico .Carlos Roberto Silva Pr:: Blog Point Rhema .Provérbios de Salomão .Fanatismo .Pneumatologia - A Doutrina do Espírito .Quem sou eu? .Aline Barros .Crônicas e fábulas .Diante do Trono .Bíblia de Estudo .Dízimos e ofertas .João Cruzue .Billy Graham .Cosmovisão Cristã .Poema e Poesia .Namoro .Virtualidade Real e Realidade Virtual .Editora Vida .Páscoa .Sermão do Monte .Educação .Guerra e Paz .Gênesis .Nani Azevedo .Hamartilogia - A doutrina do pecado .Julio Severo .Sociedade Bíblica Trinitaria do Brasil .Jeremias .Nova Tradução na Linguagem de Hoje .Postagem Factual .Valmir Nascimento Milomen-Pb .Carta de Tiago .Geremias do Couto-Pr .Lília Paz .Fotos - Templos Evangélicos .Homilética .Virada de Ano .Altair Germano - Pr .Bem aventurança .Randy Glasbergen .Sammis Reachers .rádio .André Valadão .Angeologia .Arlete Oliveira .Arqueologia Bíblica .Carnaval .Crianças .Dia das Mães .Livros da Bíblia .Nova Versão Internacional .Patmos Music .Banda Voz da Verdade .Editora Central Gospel .Geografia Bíblica .Opinião .Priscila B Gomes .Rachel Sheherazade .YouTube .animal selvagem .Eclesiologia .Thalles Roberto .Wilma Rejane EBD / sumário .Cassiane .Editora Vida Nova .Política Brasileira .Editora Mundo Cristão .Ezequias Soares-Pr. .Jabes de Alencar - Pr. .LUCAS - O Evangelho escrito por Lucas .Magno Malta .Pesquisa .Prêmio Carta de Paulo aos Filipenses Smilinguido .Dia dos Pais .Exegese .Martinho Lutero .Mensageiro da Paz .Botânica .Dia das Crianças .Islamismo .animal aquático .Barack Obama .Cartas do Apocalípse .Charles Darwin .Fotos .Gutierres Siqueira .Insetos .Max Lucado .Shirley Carvalhaes X criacionismo versus darwinismo .A Bíblia Viva .Arminianismo .CONAMAD .Calvinismo .Editora Betânia .Eyshila .Fernanda Brum .Harpa Cristã .Jaime Kemp - missionário .Livro de Daniel .Lydia Moisés .Mulheres na Bíblia .Primavera .Tania Guahyba .Twitter .grafite .pássaros na Bíblia .Cristologia .Dia dos Namorados .Donald Zolan .Marisa Lobo .Árvores da Bíblia Charles Haddon Spurgeon .Dia da Bíblia .Edições Vida Nova .Futebol .Josué Gonçalves - Pr. .Livro de Jeremias .Montes da Bíblia .Neiva Silva .Paulo César Baruk .Reinaldo Azevedo .Soraya Moraes .Verão .Walter Brunelli - Pr. .teatro .Abba Press .Abraão de Almeida-Pr. .Bruna Karla .Carla Ribas .Dia Internacional das Mulheres .Dia de Finados .Esdras Costa Bentho-Pr .Instagram .Livro de Jó .Michael W. Smith .Oficina G3 .Oprah Winfrey .Outono .Regis Danese .Silas Daniel - Pr .Valdomiro Santiago - Apóstolo .Vanderleia M. Silva Yosef Nadarkhani .Albert Einstein .Antonio Gilberto - Pr .Cristina Mel .Dia da Mentira .Evangelho de Mateus .Flamir Ambrosio .Gediel Mendes .Gunnar Vingren .Jorge Tadeu Mudalen .João Ferreira de Almeida .Lauriete .Lázaro (ex-Olodum) .Morris Cerullo .Política Internacional .Slide . A. W. Tozer . Pregador Luo . Silmar Coelho - pastor .Adhemar Campos .August Rodin .Bom dia .CPAD Music .Claudionor de Andrade - pastor .Elaine de Jesus .Hillsong .Inverno .John Piper .Lea Wasiliew .Livro de Êxodo .Lucilene Batista de Brito Shirota .Nova Bíblia Viva .Quarteto Harmonia Celeste .Rose Nascimento .Timidez e Ousadia .orai por Israel .publicidade WhatsApp .Alan Kardec .Apocalípse 16 .Bete Gomes .Canon .Carta aos Romanos .Central Gospel Music .Daniel Berg .Danielle Cristina .David Quinlan .Editora Chamada da Meia-Noite .Editora Hagnos .Eduardo Cunha .Elinaldo Renovato - pastor .Enéas Tognini - Pr. .Genivaldo Tavares de Melo .Gesiel Gomes - Pr. .Google .Hernades Dias Lopes .João Alexandre .Livro de Isaías .Livro de Rute .Lourival de Almeida - Pr .MK Music .Marcelo Santos .Martin Luther King .Nito [Rubens Eduardo] .Pena de Morte .Ray Comfort .Robinson Monteiro .Russel P. Shedd .Third Day .Tim Laheye .Voltaire .Watchman Nee Damares .2 Carta de Pedro .2 Coríntios- Carta de Paulo .A Mensagem .Adolf Hitler .Alda Célia .Amizade .Andrea Fontes .Anita Malfatti .BLOG .Banda Catedral .CIMEB .CPAD News .Carta aos Gálatas .Casamento em jugo desigual .Cintia Kaneshigue .Dia Nacional da Consciência Negra .Dia do Professor .Dia do Trabalho .Downloads .Dwight L. Moody .Eber Cocareli - Pr .Editora Betel .Editora Candeias .Editora United Press .Edna Goetten .Escola Dominical .Evangelho de João .Fecomex .Feliciano Amaral .Google Plus (G+) .Gutemberg - Johannes .História Mundial .Isaac Newton .Içami Tiba .Jairo Elin Gollmann-Ev .John Wesley .Jorge Araujo .Katie Bivens .Katsbarnea .Kelem Gaspar - Missionária .Link Quebrado .Literatura .Livro de Amós .Livro de Juízes .Livro de Malaquias .Marcelo Crivella .Orquestra Jahn Sorheim .Ozeias de Paula .Paulo Romeiro-Pr .Quatro por Um .Raquel Melo .Retrospectiva 2017 .Robson Silva .Ronaldo Bezerra .Sociedade Bíblica Internacional .Sonia Hernades - bispa .Superstições e Lendas Urbanas .Talita Pagliarin .Tradução King James Atualizada (KJA) .Victorino Silva .folhetos evangelísticos Esequias Soares pastor Graça Music Juliana Bezerra Gomes Nésia de Araujo Gomes William Brassey Hole . .Introspecção . C. S. Lewis . Stephanie Colbert- vocalista Starship .1 Timóteo .A Nova Bíblia Viva .Adilson Lopes .Anderson Freire .Antropologia Bíblica .Antônio Cirilo .Ao Cubo .Arautos do Rei .Bezerra da Silva .Bill Gates .Boa noite .Boa tarde .Brenda-Santos .Bruna Olly .Bruna Surfistinha .C.I. Scofield .CPOL - Curso Preparatório para Obreiros de Pirituba .Caramuru Afonso .Carlos Alberto Bezerra Jr .Carta aos Efésios .Carta de Paulo aos Colossenses .Charles C. Ryrie .Ciclo das quatro estações .Claudio Duarte - pastor .Cleber Lucas .Comunidade Internacional da Zona Sul .Contos .Cristiano Santana .Curiosidades bíblicas .Danny Berrios .Dany Grace .Davi - rei .Deigma Marques .Discopraise .Donald Trump .E-books .EBI .Editora Atos .Editora Bom Pastor .Editora Cultura Cristã .Editora Dynamus .Editora SEPAL .Editora Sextante .Eduardo Campos .Elienai Cabral - pastor .Eliseu - profeta .Estevan Hernandes - Apóstolo .Estevão - o primeiro mártir .Evangelho de Marcos .ExpoCristã. .Fatos Curiosos - internacional .Fernandinho .Ficção Evangélica .Filho do Homem .Flamarion Rolando .Frederick K.C.Price .Geisa Iwamoto .Graça Editorial .Grupo Elo .Heber Sousa - pastor .Hebraico .Hieronymus Bock .Homenagem .Igreja Evangélica Indiana .Il Divo .Imprensa Bíblica Brasileira .Instituto Cristão de Pesquisa - ICP .Jair Messias Bolsonaro .Jamily .Jeanne Mascarenhas .Jimmy Swaggart .John Bevere .John Bunyan .John Lennon .Jonas .Josias Botelho .José Wellington Bezerra da Costa Junior - pastor .José Wellington Costa Neto - pastor .José do Egito .Kathy Fincher .Kleber Lucas .Leandro Marques .Lidia Caetano de Sousa - missionária .Livro de Deuteronômio .Livro de Eclesiastes .Livro de Habacuque .Livro de Joel .Livro de Josué .Livro de Miquéias .Livro de Números .Livro de Oséias .Livro do Apocalipse .Lições Bíblicas - Jovens .Ludmila Ferber .Lívia Malta .Magno Paganelli .Manuel Ferreira - Bispo .Marcio Melânia .Mariana Valadão .Marina Silva .Mario Teixeira .Marquinhos Gomes .Michelangelo .Mike Smith .Ministério Hebrom .Ministério de Adoração .Missões na Índia .Neemias .Notícia comentada .O Livro de Ageu .Oração .Os presidenciáveis para 2018 no Brasil .Paul Wilbur .Pedofilia .Profetas .Você sabia? .Quarteto Gileade .Rachel Novaes .Rebanhão .Recursos .Ressurreição .Rob Bell .Rodolfo Abrantes .Ron Kenoly .Salomão - rei .Saudade .Snezhana Soosh .Sociedade Bíblica Íbero-Americana .Sofonias .Sony Music .T.A. Hegre .Templo Soul .Vineyard .Voices .Walciley Vieira .William Shakespeare .Wim Malgo .áudio 1 Coríntios Alberto Rezende - pastor Charles Studd Elizeu Martins - pastor George R. Foster

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Sobre ilustrações no Belverede

O Direito Autoral de algumas imagens encontradas aqui não pertence ao Editor do blog. Esta situação se dá porque elas estão na Internet sem que haja a informação de quem seja o Dono.

Caso você seja o detentor do conteúdo, queira que seja feita a indicação autoral, ou não seja de sua vontade o compartilhamento, solicitamos que nos faça saber disto. Por favor, acesse a página do próprio texto e deixe recado no próprio texto em questão, ou use a página Contato.

Arquivo de postagens

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.