Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

quarta-feira, 30 de maio de 2012

EBD 2012 - O Governo do Anticristo (parte 3 de 3)

O Pr. Claudionor de Andrade escreveu na revista Ensinador Cristão, ano 13, nº 50, página 41, sobre o Anticristo o seguinte: "A figura do Anticristo é apontada na Bíblia como um homem real, usado pelo poder de Satanás para causar uma grande e positiva impressão à humanidade. Para que não interpretemos de forma errada esse assunto, precisamos entender que quando ele se manifestar, o mundo estará em um estágio sentirá a necessidade de um único líder, forte e com a capacidade de trazer soluções reais a um mundo em colápso  (...)  Após o Arrebatamento da Igreja, o Anticristo estará livre para enganar o mundo com seus sinais, reunindo a humanidade econômica, política e religiosamente".

O Dragão

O Dragão buscará adoração e será idolatrado por muitas pessoas (Apocalipse 13.4).

Em Apocalipse 12.7-9 encontramos a citação da figura mitológica grega do Dragão nos últimos dias, como representação do Diabo, em cor vermelha para lembrar o sangue das vítimas, ferindo veementemente com sua calda. Ele comandará o Anticristo e o Falso Profeta, os três tenazmente lutarão para destruir a humanidade, por meio da propagação mundial da rebelião contra Cristo e Deus. Suas estratégias sagazes atrairão muitos líderes de igrejas, fazendo-os apostatar da fé (Apocalipse 2.10, 13; 9.11; 11.7).

As setes cabeças, sete diademas e dez chifres é interpretado por hermeneutas como a representação do domínio de Satanás como príncipe deste mundo caído; também, representam suas pretensões de controle universal e todos os esforços para alcançar essa situação.

Embora venha  demonstrar muito poder e por algum tempo aflija a humanidade com a sua natureza assassina, ficará constatado que não tem os atributos do Deus Todopoderoso, que não possui a onisciência, onipresença e onipotência.

E.A.G.

O Governo do Anticristo (parte 1 de 3) 

O Governo do Anticristo (parte 2 de 3)

EBD 2012 - Governo do Anticristo (parte 2 de 3)

Apocalipse 13 apresenta o trio do mal, três personagens inimigos de Deus e de Jesus Cristo que se manisfetarão nos últimos tempos: o Diabo (Dragão), o Anticristo (a Besta que emerge do mar) e o Falso Profeta (a Besta que emerge da terra).

Nesta passagem bíblica é informado que o Anticristo e o Falso Profeta são usados pelo Diabo para implantar um falso governo promotor de paz mundial e por meio dessa gestão liquidar toda a humanidade.  Este momento é descrito na Bíblia Sagrada como os últimos dias, Tempo de Apostasia (2 Tessalonicenses 2.3,7); Grande Tribulação (Mateus 24.29-30; a Revelação do Homem do Pecado (Daniel 7.24-25; 2 Tessalonicenses 2.3, 8-9).

O Falso Profeta

Profeta é aquela pessoa que fala em nome de Deus. Jesus Cristo alertou sobre a aparição de muitas pessoas que se apresentariam assim, e os descreveu como lobos disfarçados de ovelhas, podendo ser desmascaradas ao analisar suas atitudes, os frutos (Mateus 7.35).

No caso de Apocalipse 13, não se trata de mero alguém hipócrita agindo movido por interesses de lucro pessoal, mas alguém escolhido pelo Diabo com a missão de destruir toda a humanidade. O Falso Profeta é identificado como a Besta que emerge da Terra. Uma besta é um animal de quatro patas, grande porte e geralmente usado para transportar carga. Em sentido figurado é o monstro que representa a força bruta, a imoralidade e a oposição a Deus (Isaías 30.6; Apocalipse 13).

A besta que João viu emergir da terra, também chamada de Falso Profeta, tem algumas características da besta saída do mar, sendo que a primeira tem formas de leopardo e esta a de cordeiro.

Várias alusões feitas por João são detalhes históricos, que não surtem o impacto que surtia aos leitores da época em que o texto foi escrito.

A missão do Falso Profeta será perverter o Evangelho de Cristo. Ocupará o posto de líder de uma religião mundial, agirá como oficial de relações públicas do Anticristo, se aproximará dos cristãos trabalhando com a finalidade de provocar adoração ao Anticristo. No começo, será proposto em culto com idolatria voluntária, passando depois para adoração imposta, retirando o poder de pessoa jurídica de quem negar-se a isso. Terminará destruído quando Cristo aparecer nos céus. Este cenário lembra os dias do apóstolo João na Grécia, quando os cristãos eram forçados a adorar imperadores romanos (Apocalipse 13.11-18; 2 Tessalonicenses 2.3).

E.A.G.

O Governo do Anticristo (parte 1 de 3)

O Governo do Anticristo (parte 3 de 3)

Consulta:
Dicionário da Bíblia Almeida, Bíblia de Estudo Almeida, edição 2007 (Sociedade Bíblica da Brasil);
Bíblia Vida Nova, edição 1996 (Edições Vida Nova)

terça-feira, 29 de maio de 2012

EBD 2012 - O Governo do Anticristo (parte 1 de 3)

A revista Lições Bíblicas, publicada pela Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD) ao segundo semestre de 2012, oferece na lição número 10, comentada por Claudionor de Andrade, a ser lecionada em 3 de Junho  de 2012, o tema O Governo do Anticristo.

Considero o tema muito importante e ao mesmo tempo complicado de abordar, por ser denso e profundo pode gerar ambiguidades. É importante que o leitor leia tudo com calma, inclusive a revista, e não espere que a matéria seja dada como conclusiva porque o assunto é extenso.

O Anticristo

A palavra anticristo é de origem grega. Quer dizer "contra Cristo", ou "aquele que usurpa as prerrogativas, o nome e o lugar de Cristo", ou, "aquele que se julga substituto de Cristo" . A concepção do Anticristo relaciona-se com o Homem da Iniquidade e com as bestas do Apocalipse.

O termo é usado apenas pelo apóstolo João (1 João 2.18, 22; 4.3; 2 João 7). Mas o tema é mais antigo, abordado nos livros de Ezequiel (38.39) e Daniel (capítulo 7), os profetas alertaran escrevendo que a última hora é assinalada pelas atividades de falsos mestres, que não confessam que Jesus Cristo veio em carne.

Anticristo refere-se  especialmente a um personagem que há de vir antes da última hora, antes da volta de Cristo. O apóstolo João, contudo, afirmou em sua primeira carta, capítulo 2 e verso 22, que surgiriam muitos anticristos, pessoas que iriam se opor a Cristo, por suas doutrinas e práticas combateriam os crentes fiéis a Deus. Estes já estão entre nós, causando escândalos e divisões.

As características mais marcantes do Anticristo são: negar a encarnação, que revela a benéfica vontade de Deus, unindo a matéria ao espírito por Cristo; afirmar a divindade do homem em separado de Deus em Cristo.

Paulo alerta que o anticristo surgirá como um adversário de Cristo, o homem do pecado, induzido por Satanás, com falso poder, sinais e prodígios mentirosos, se assentará no santuário de Deus, impondo-se como Deus, e será aniquilado na vinda do Senhor, o triunfo de Cristo é certo. Paulo refere-se à última reunião de forças em oposição aos objetivos do  Evangelho como  apostasia, personificada no homem da iniquidade, no filho da perdição (2 Tessalonicenses 2.3-12).

Nas cartas apostólicas, para Anticristo encontramos os termos o homem da iniquidade, filho da perdição, iniquo, malígno (2 Coríntios 6.15; Judas 11; 2 Pedro 2.15; 3). Em Apocalipse (2.14; capítulo 13 e 17) é a Besta. E assim como Moisés é apresentado como exemplo de Cristo, Balaão é mostrado como figura tipológica do Anticristo.

O Anticristo, retratado em Apocalipse 13.1-2 como a Besta que emerge do mar, reúne as características das quatro bestas de Daniel 7.1-8. Apresenta a imagem grotesca de uma imitação do Cordeiro.

Confira a continuação:

EBD 2012 - O Governo do Anticristo (parte 2 de 3)

EBD 2012 - O Governo do Anticristo (parte 3 de 3)


E.A.G.

Consulta:
Dicionário da Bíblia Almeida, Bíblia de Estudo Almeida, edição 2007 (Sociedade Bíblica da Brasil);
Conciso Dicionário Bíblico Ilustrado D. Ana e Dr. S. L. Watson, 16ª edição, 1988 (Imprensa Bíblica Brasileira);
Dicionário Bíblico Universal A.B. Buckland & Luckyn Willians - edição revista e atualizada, Maio de 2007 (Editora Vida).

Dízimo - no judaísmo e na igreja cristã

Abraão e Jacó  praticaram o ato de entregar dízimos. A prática existia antes da promulgação da Lei de Moisés. Os patriarcas exerceram liberalidade, espontaneidade, fé e devoção a Deus. Não havia obrigatoriedade.

Na Dispensação da Graça, o sistema de arrecadação de dízimos nas igrejas cristãs não é ato obrigatório. A oferta e o dízimo entre os cristãos são efetuadas em arrecadações realizadas em caráter voluntário, a prática é como uma ação de amor ao próximo, também como ato de fé e atitude devocional ao Senhor. Textos no Novo Testamento não afirmam que sim e nem que não. Se não proíbem ao cristão ser um dizimista, qual a autoridade dos antidizimistas para proibir. Não existe nenhum poder para isso.

Durante a vigência da Dispensação da Lei, a arrecadação de dízimos  manteve a religião judaica operante. Na Lei, os sacerdotes recebiam dízimos para manter o templo judaico, manter os ensinamentos e liturgias do judaísmo. Recebendo dízimos, os líderes judeus fizeram um levante e crucificaram Jesus Cristo, não o reconhecendo como Filho de Deus, Senhor e Salvador, pois esperavam o Messias revolucionário. O dízimo na época da Graça, é recebido nas igrejas que anunciam o plano da salvação em Cristo. Entre cristãos, a finalidade é diferente do objetivo dos judeus. Os cristãos praticam a entrega de dez por cento por reconhecerem Jesus Cristo como Filho de Deus, Senhor e Salvador, como propósito de financiar o  anúncio do Evangelho para todas as almas ao redor do mundo.

Nas igrejas, ninguém é obrigado a ser dizimistas por força da Lei de Moisés. Contudo, estamos debaixo da Lei de Cristo. E essa Lei de Jesus manda amar mais as pessoas do que as coisas, mais ao semelhante do que ao dinheiro. Muitas almas são salvas todos os dias por meio da arrecadação sistemática do dízimo, que proporciona caixa em condições de manter o pregador em atividade.

A base bíblica para o dízimo entre cristãos

Vale lembrar que a regra da hermenêutica manda que uma doutrina se sustente em no mínimo três textos bíblicos. Apresento Gênesis 14, Gênesis 28, Salmo 110.4, Hebreus 5, e Hebreus 7 para todos os antidizimistas. Esses textos são os alicerces da doutrina do dízimo cristão, estão à parte da Lei de Moisés.

Reflexão: Melquisedeque era sacerdote de uma linhagem sacerdotal sem princípio e nem fim. O Salmo 110.4 é citado pelo escritor de Hebreus, capítulo 7, e nesta citação ele mostra que Jesus Cristo é sacerdote pertencente à mesma ordem sacerdotal. Se Cristo é da linhagem sacerdotal de Melquisequede, sacerdócio que recebia dízimos, qual o motivo de Jesus não poder receber também? Porque Melquisedeque sim e Jesus não? Por que essa diferença de tratamento? Enquanto não houver resposta com base bíblica para essa pergunta, tudo o que é dito está apenas no campo das ideias humanas, não deve ser considerado Palavra de Deus. Gostaria de ouvir ou  ler alguém responder.

Alguns antidizimistas alegam que não é possível entregar dízimos, porque Jesus Cristo não está mais em carne para recebê-lo. Ora, Ele não está em pessoa entre nós, mas disse estar sempre presente espiritualmente onde dois ou três se reúnem em nome dEle, e entre nós todos os dias, até a consumação dos séculos. Ele instituiu líderes na igreja e esses o representam (Mateus 18.20; 28.20; Efésios 4.11).

As pessoas contrárias à prática do dízimo nas igrejas isolam textos bíblicos para se posicionarem como antidizimistas. Ao responderem, costumeiramente apenas emitem opinião sem usar  a Bíblia Sagrada. E quando a usam fazem menção de textos bíblicos ligados à Lei de Moisés, referências isoladas, que não apontam para a superioridade do sacerdócio de Melquisedeque (tipo de Cristo) sobre a linhagem sacerdotal levítica. Usam partes bíblicas ligadas ao Código Mosaico com a intenção de acusar o sistema de arrecadação cristão como ato judaizante. Eles ignoram a exegese das referências bíblicas expostas no parágrafo acima.

O propósito

Através da arrecadação de dízimos é que o cristianismo se expande no mundo. A arrecadação serve para prestar socorro nos âmbitos físico e espiritual. O dinheiro é usado para possibiltar missões. Missionários brasileiros estão lá na África e outros continentes divulgando a Palavra de Deus. Eles comem, se vestem, precisam de abrigo. O custo é alto. O pregador não se alimenta de vento. É necessário custear muitas famílias estão no estrangeiro. Por meio da boa consciência de dizimistas cestas básicas são compradas e distribuídas para quem precisa delas, novos templos são erguidos.

Há pastores, em setor rural, que aceita como dízimo frutas, legumes, verduras... Repassam isso para quem necessita. Além disso, tanto em espécie como em produtos agrícolas, a finalidade é ajudar os necessitados.

Não existe quem pregue o Evangelho sem precisar das coisas materiais. Quem tem mente carnal não consegue discernir a importância que existe em usar o dinheiro para patrocinar a propagação do cristianismo ao redor do mundo.  Ah... Talvez pensem que os índios a ser evangelizados serão receptivos às necessidades de quem está em território missionário! Quem sabe cogitem que os muçulmanos do Egito entrarão em contato com as igrejas brasileiras pedindo por favor que aceitem o dinheiro deles para que possamos ir lá pregar que Jesus é o Salvador deles!

Os aproveitadores da fé cristã

Não é aceitável usar generalização. O dizimista sabe que existe líder que se desvia  do compromisso cristão ao administrar a coleta de dízimos. Gente má existe em todas as áreas da sociedade. Não é porque alguns erram conscientemente que toda a lideraça cristã faz o mesmo. A maioria dos pastores que arrecadam dízimos fazem bom uso deles, revertendo para obras sociais, missões, construções de templos. O dizimista tem condições de avaliar se o dinheiro é bem usado ou não e escolher o ministério que administra bem os valores que recebe.

Há quem seja pastor e faça mal uso da arrecadação? Sim... Todos? Não.


A importância do colaborador dizimista na propagação do Evangelho

O dinheiro é uma contribuição que possibilita aos que não conhecem a Jesus Cristo que o conheçam. Não é difícil compreeender que o dízimo arrecadado é um fundo para missões cristãs, evangelismos, contruções de templos cristãos.

A maior parte crítica sobre o tema é sem nenhuma vivência no assunto. Se o crítico vivesse a realidade do que critica, saberia que os colaboradores constantes são apenas os dizimistas. Quem dá uma oferta este mês, no próximo pode dar menos, mais, ou nada. O pastor tem facilidade de administrar dízimos porque sabe qual o valor a ser recebido a longo prazo.

A salvação é por meio da fé, que surge na pessoa que ouve a Palavra de Deus. E, perguntou Paulo, como ouvirão se não existir quem pregue. O dízimo é um método cristão muito prático de custeio aos missionários. Enviar o missionário gera custos altos. Administrar missionários no exterior não deve ser em caráter de aventura, precisa ser algo ponderado, criterioso.

Quem são os dizimistas?

A situação espiritual da prática do dízimo é essa: o dinheiro arrecadado mantém pastores e missionários, que entregam a Palavra de Deus às almas que ainda não reconheceram Cristo como Senhor e Salvador. Isso é bíblico, tem base para ser praticado. Jesus e Paulo disseram que o obreiro é digno de ser sustentado, e como o dizimista não tem tanto apego ao dinheiro como os antidizimistas, patrocinam o pregador cristão sem problema algum. Querem fazer isso, fazem com prazer e liberalidade (Lucas 10.7; 1 Timóteo 5.18 ).

O cristão ofertante e dizimista é pessoa livre para exercer sua fé no Brasil e usam essa liberdade para colaborar na igreja; é pessoa adulta, alguém responsável por seus atos; é pessoa dona de seu dinheiro. Não pergunta como deve usá-lo. No entanto, é vítima de muito preconceito, recebe constantes opiniões indesejáveis para deixar de colaborar no templo e é ofendido com declarações que o classificam como parte da massa manobrada de algum pastor desonesto.  São atacados por opositores tentando tocar o brio objetivando desanimá-los.

Existe gente dizimista fiel que é simples, mas também gente com curso superior e com mestrado. O pobre, trabalhador braçal e o rico empregador. O desembargador, o professor universitário. Existe muita gente que são dizimistas com cultura adquirida nas melhores universidades do mundo. A figura do dizimista não é representada pela imagem caricatuaral de uma pessoa bobinha.

Qual é a razão de ser um dizimista? Jamais deve ser com o propósito de buscar a salvação. O cristão é dizimista porque tem fé que é salvo por meio do sacrifício vicário de Jesus Cristo na cruz, pela substituição no sacrifício do calvario do Filho de Deus, que nunca pecou, por todos os pecadores.

O dízimo é uma contribuição voluntária, que visa proporcionar o bem ao próximo. Uma das maneiras de amar é ser dizimista. O dízimista cristão dá 10% ao mês na igreja para que o valor se reverta em ações de bem-estar do próximo. Porque é consciente que sua condição financeira é dada por Deus para compartilhamento. Sim, compartilhar é amar. Não basta dizer que ama o semelhante, é preciso exteriorizar o sentimento com ações concretas. Amar implica em se esforçar em favor do outro.

O dizimista cristão se espelha em Abraão, que volutariamente entregou dez por cento ao sacerdote Melquisedeque, apresentado pelo escritor do livro de Hebreus como sacerdote da mesma linhagem eterna de Jesus Cristo.  São crentes conscientes da necessidade de usar o dinheiro para evangelizações, missões, manutenção de assistência social e construções de novos templos cristãos.

Quem são os antidizimistas?

Muita gente é contrária ao dízimo porque sabe que ele é um sistema de arrecadação que funciona. São contra o dízimo porque são ateus, anticristãos, sabem que se o dízimo deixar de ser praticado o crescimento do cristianismo diminui sua velocidade de expansão.


Não ouso dizer que quem é antidizimista é um materialista frio. Mas recomendo que se examine, veja se não deixa de entregar o dízimo por indiferença à vontade de Deus e por amar o dinheiro, motivado por causa da ganância e do egoísmo.

É uma heresia a filosofia do cristianismo sem compromisso com o próximo. Quem vive assim já foi apelidado de "euvangélico". A pessoa se diz cristã mas só pensa nela mesma, que o mundo se exploda, não se importa com o bem-estar de ninguém. Viver o Evangelho não é isso, ser cristão é empreender ação de amor. É amar mais do que com os lábios, com ações efetivas. Ninguém pode ser cristão justo tendo e negando o dinheiro aos que precisam. Entregar 10% é promover justiça, custear a cesta básica ao desempregado, é cuidar do templo que recebe o aflito, é patrocinar missões.

Existe muitas pessoas, não digo que são todas, que são contra a prática do dízimo porque amam ao dinheiro, não se importam em abastecer o departamento de assistência social da igreja, não se importa em ajudar famílias missionárias em terras estrangeiras. Se o seu cristianismo se resume a pensar só em seu bem-estar, lamento. Se você pensa que a sua saúde, que o possibilita a levantar-se para trabalhar e ganhar seu salário, é dada por Deus a você apenas para usá-la sem pensar no próximo, lamento...


Tenho observado que grande parte das pessoas que são contrárias ao sistema de arrecadação de dinheiro nas igrejas, não são cristãs frequentadoras de templos, elas desconhecem o meio evangélico, não sabem sobre a rotina cristã nos templos. São uma espécie de evangélico não praticante... Então, falam contra dízimos e pastores por suposição. Supõem que em todos os lugares o método do dízimo é um recurso desonesto para enganar pessoas simplórias. Estão satisfeitas com um cristianismo sem igreja, sem pensar em quem precisa ouvir a Palavra de Deus. Não se importam com gente do outro lado do mundo morrendo sem conhecer Jesus, não pensam na alma perdida. Não querem suprir as necessidades do próximo. Não só a necessidade do corpo, mas também a necessidade espiritual. É paradoxal, mas existe muita gente assim.

Os antidizimistas intrometem-se no direito de ofertantes e dizimistas, cidadãos livres para fazer o que quiser com seus honorários. Vejo essa atitude como invasiva. O bom alvitre recomenda a cada um cuidar de suas vidas, e não da alheia. 

Eu fico pensando comigo o que é que há na cabeça de antidizimistas, gente que vive a entremeter na vida alheia, dar palpites sem ser convidado, opinar na vida de dizimistas e ofertantes. Será que eles sonham ser formadores de opinão? Se for isso é melhor continuar a dormir, pois quando alguém conhece a Jesus verdadeiramente, se transforma em pessoa disposta a entregar até a própria vida, não apenas uma pequena porcentagem do salário. A história apresenta muitos mártires cristãos que morreram pela fé.

São verborrágicos. Falam e escrevem bastante contra cristãos dizimistas, mas sem argumentação que desconstrua as bases da doutrina do dízimo entre os cristãos. Alguns são persistentes, talvez até capazes de brigar para fazer com que as pessoas creiam que o tom da cor preta é branco. Eles Ignoram totalmente a verdade dos fatos, no caso as referências bíblicas contextualizadas, utilizadas por hermenêutas, gente séria que abre suas Bíblias e examinam as indicações apontadas pelas Escrituras Sagradas sobre o assunto. Tudo o que fazem é produzir logorréria.

A resistência deles é teologicamente nula, não possuem argumentos bíblicos contextualizados. Contentam-se em dizer que o dízimo é judaico sem levar em consideração que Melquisedeque e os patriarcas Abraão e Jacó nunca foram judeus e eram dizimistas.

Dízimo judaico? Não existe nenhuma abordagem nas páginas bíblicas usando o termo composto dízimo judaico. O uso da composição existe porque querem atrelar o dízimo única e exclusivamente ao judaísmo  A iiciativa é uma invencionice extra-bíblica. O dízimo foi prática do judaísmo, sim, mas havendo sido praticado bem antes da promulgação da Lei de Moisés, portanto, não pode ser considerado judaico.

Conclusão

Entendo que o dízimo deve ser ensinado que é uma prática voluntária aos cristãos, nunca obrigatório, sempre em caráter de voluntariedade. Nunca com o propósito de encontrar a salvação. O dízimo não salva, o dizimista entrega o dízimo porque sabe que está salvo e precisa contribuir financeiramente para que outros alcancem a salvação. O objetivo é devocional, prática de amor a Deus e ao próximo, para custear missões, evangelismos, assistência social. A igreja brasileira continuará a crescer com essa contribuição de  fé.

E.A.G.

domingo, 27 de maio de 2012

Malafaia e blogueiros no debate sobre prosperidade


Fico feliz ao encontrar cristãos evangélicos que seguem o exemplo dos crentes bereianos. Sempre que há liberdade, sugiro aos blogueiros que construam linha editorial seguindo o exemplo dos crentes de Beréia. Agir assim é promover um enorme bem para todos.

Recentemente, em seu programa de 19 de Maio, o Pr. Silas Malafaia lançou um desafio na televisão, dirigido aos blogueiros que o criticam na questão do seu posicionamento quanto às pregações sobre prosperidade. Avisou que transmitirá nos dias 2 e 19 de Junho uma pregação entitulada Uma Vida de Prosperidade, e pediu a eles que, usando a Bíblia Sagrada, respondam quais são seus erros teológicos quando fala sobre o assunto.

Eu sugiro aos blogueiros que se propuserem a escrever contra-argumentações ao pastor que escrevam sobre as sementes, seguindo fielmente a ótica bíblica. As Escrituras Sagradas fazem citação delas analogicamente. Creio ser de extrema importância pensar em produzir algo assim.

Quem aceitar escrever, cogite em lembrar-se das consequência da liberalidade, do egoísmo e da avareza. Existem muitos textos bíblicos, veterotestamentários e neotestamentários, nos ensinando sobre os resultdos desses três comportamentos. Quando as sementes são plantadas elas brotam surtindo seus efeitos na vida de quem as plantou, inclusive na Dispensação da Graça. Não é novidade: o cristão colhe tudo o que produz: o mau plantador colhe males de maneira multiplicada sobre si; o bom plantador colhe o bem, muitas bênçãos divinas.

Minha proposta também passa por uma sugestão do exercício exegético de 2 Coríntios 9.6-13. Observo quem faça críticas contra pastores solicitantes de ofertas, sendo até crítico cristão, mas não lembrando essa passagem bíblica tão relevante ao tema das ofertas e das bênçãos que Deus reserva aos fiéis. Paulo exorta aos crentes em Cristo a colaborar e avisa que o Senhor os abençoa os colaboradores.

Toda crítica biblicamente contextualizada é bem-vinda. Aprendemos, crescemos na fé, somos edificados com elas. Como internauta e amante da Bíblia Sagrada, estou cheio de expectativa para assistir um debate com alto nível teológico, muito acima do mero sentimento humano, do sentimento anti-Malafaia, criem ocasião acima das questiúnculas despidas de espiritualidade.

Não é à toa que o Senhor “deu uns para mestres”. Ele fez isso “querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo" (Efésios 4.11-13). É necessário ponderar: se Jesus nos concedeu uns para ministrar como mestres, é porque existe muita gente precisando aprender matérias importantes. Ponderemos sobre o conselho de Tiago, não queiramos ser mestres, pois o rigor sobre nós será maior do que se ficarmos na posição de quem quer aprender (Tiago 3.1).

Entendo que, para executar a comunicação do que há para ser ensinado, muitos mestres cristãos fazem uso de púlpitos nas igrejas e palestras de cunho interdenominacional fora delas. Lançam mão do recurso audiovisual que são os programas de rádio, TV e DVDs. E, também, a escrita: livros, jornais, revistas, cartilhas, sites, blogs. Façamos uso responsável da tecnologia.

Sempre haverá trigo no meio do joio. Importa a cada um de nós examinar o conteúdo de tudo o que é apresentado e reter o bem. Importa fazer o exame das pregações à luz das Escrituras Sagradas, deixando de lado a opinião pessoal. Importa, não se deixar guiar pela simpatia ou antipatia por pastor/ denominação X e Y.

E.A.G.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Qual o momento ideal para começar a namorar?

Eloá, a vítima brasileira mais famosa de um
ex-namorado: cárcere privado, sequestro e
morte.
Eclesiastes 3 é um capítulo bastante conhecido na Bíblia Sagrada. Ele aborda o tempo oportuno, a oportunidade de fazer a coisa certa na hora certa.

A vida é assim, cheia de oportunidades e inconveniências. Ontem num determinado lar evangélico, uma garotinha de onze anos procurou a mochila escolar dela. Aproximou-se do pai trazendo um bilhete recebido da escola. Não era reclamação de professores, era uma declaração de amor de um colega, com idade aproximada a dela, pedindo-a em namoro.

"Se você fosse uma menina feia isso não aconteceria com você", disse o pai que a instruiu responder ao pretendente, muito educadamente, com um monossilábico  "não".

Para alguém com  11, apenas uma década de existência, um romance está fora de hora, não é o momento apropriado, mesmo que o parceiro seja o certo. Ainda é época de buscar mais a presença de Deus, brincar bastante e aplicar-se aos estudos.

Mas, isso não está acontecendo com a maioria da criançada brasileira. Cada vez mais cedo elas recebem carga de erotização. Novelas e filmes são culpados disso, e também os próprios pais, que não sabem ser presentes e ao mesmo tempo atuantes na vida da petizada, dando suporte para que façam escolhas sem erro. Pouco funciona gritar e ser ríspido com elas, é preciso fazer com que entendam a razão de poderem fazer ou não as coisas.

Ultimamente, a pedagogia das instituições de ensino, parecem querer apenas distribuir camisinhas aos alunos em puberdade. Quem lucra com essa distribuição às faixas-etárias tão novas? Os educadores parecem nunca dizer que o sexo precoce do aluno pode mudar o futuro deles para pior, pois sem  estrutura financeira e psicológica a gravidez sem programar força-os a assumir compromissos que só deveriam assumir na fase adulta.

Quase que diariamente as agências de notícias mostram tragédias com garotas que começaram a namorar muito cedo. O caso mais conhecido é o de Eloá Cristina Pereira Pimentel, ocorrido em Outubro de 2008 no bairro Jardim Santo André, cidade de Santo André, no estado de São Paulo.  Aos doze, com o consentimento dos pais, namorava com Lindemberg Fernandes Alves, com 19 anos. Quando ela tinha 15 e o rapaz 21, percebeu que ele não era seu príncipe encantado e terminou o namoro. A reação foi violenta, entrou em seu domicílio e a submeteu ao cárcere privado e sequestro. Disso, desencadeou o cerco da polícia e de jornalistas no entorno do apartamento, causando comoção nacional e internacional. Muitas pessoas assistiram pela televisão e torceram por um desfecho feliz. Após 100 horas de negociações, o grupo policial entrou no local arrombando a porta, e o ex-namorado atirou e matou Eloá e feriu a amiga que estava presente no momento da invasão dos soldados. O rapaz foi julgado e sentenciado a passar 98 anos atrás das grades.

"Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu (...)  tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar" - Eclesiastes 3.1, 5 b.

E.A.G.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Eliseu Antonio Gomes no blog A Palha


Redigi um resumo da minha participação na história do projeto UBE Blogs - União de Blogueiros Evangélicos. Confira o artigo, escrito atendendo o  pedido de Felipe Nascimento, o editor de O Trigo: http://otrigo.blogspot.com.br/2012/05/comentario-de-eliseu-agomes-sobre.html

quarta-feira, 23 de maio de 2012

EBD 2012 - Laodiceia, a igreja morna

Este artigo é escrito com a intenção de ser útil aos que amam a Palavra de Deus, aos que fazem uso do material pedagógico da CPAD, revista Lições Bíblicas, As Sete Cartas do Apocalípse usado nas escolas dominicais no segundo semestre de 2012, cujos comentários são de Claudionor de Andrade. O conteúdo também se encaixa aos que pesquisam sobre o tema liderança cristã, sem elo com a revista.

"E ao anjo da igreja que está em Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus: Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente!" - Apocalipse 3.14-15.

Como cristão há aproximadamente 29 anos, tenho observado alguns pastores evangélicos. Eles são gente como a gente, têm erros e acertos. Meu objetivo não é atacar pontos fracos, apenas fazer nova reflexão bíblica sobre liderança cristã e o comportamento de liderados, com a finalidade de edificação.

Quem manda na igreja?

"Mas quero que saibais que Cristo é a cabeça de todo o homem, (...) e Deus a cabeça de Cristo" - 1 Coríntios 11.3.

A questão de autoridade é um detalhe importantíssimo no ministério pastoral. Diversos líderes se desviam do propósito de sua chamada nesta questão essencial, por esquecer-se ou ignorar. Acreditam que são superiores à membresia e corpo de obreiros, e mesmo que ajam bem intencionados, queiram o bem de todos, não estão aprovados por Deus nesta situação.

Deus não é confuso. Existe uma hierarquia na igreja, ela começa em Deus e passa por Jesus Cristo, que é o único investido com poder de mando entre os crentes. Mas, alguns homens se esquecem disso, e colocam Jesus para fora, ocupam o lugar dEle para mandar, ou trocam o Senhor para obedecer alguém de carne e sangue, um semelhante. Isso aconteceu na igreja de Laodiceia (Apocalipse 3.20).

"Os presbíteros que governam bem sejam estimados por dignos de duplicada honra, principalmente os que trabalham na palavra e na doutrina; porque diz a Escritura: Não ligarás a boca ao boi que debulha. E: digno é o obreiro do seu salário" - 1 Timóteo 5.17-18.

Quando alguém vive fora da proposta do Evangelho não é seguidora de Jesus. Note bem, Paulo assinala quem deve ser estimado o pastor que sabe exercer liderança eficaz, e considerado merecedor de duplicada honra apenas o líder que se dedica a viver e pregar a Palavra de Deus, que sabe ensinar a doutrina de Cristo. No texto em grego, o termo que foi traduzido ao português como honra tem a ver com remuneração, o que não significa levar em conta o reconhecimento do liderado à liderança pastoral.

Quem manda na família?

"Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo. De sorte que, assim como a igreja está sujeita a Cristo, assim também as mulheres sejam em tudo sujeitas a seus maridos" - Efésios 5.23-24.

Deus criou o casamento e depois instituiu a família. A igreja é formada por pais, mães e filhos. Paulo instruiu ao jovem pastor Timóteo tratar os membros da congregação respeitosamente. Aos mais velhos como se eles fossem seus pais e mães, aos da mesma geração como a irmãos e irmãs e aos mais novos como se fossem seus filhos e filhas. Bem diferente da atitude de alguns pastores, que se comportam como se fossem chefes da membresia (1 Tmóteo 5.1-2).

 Assim como Jesus é a cabeça da igreja, também é a cabeça do marido. Neste cenário, a figura do pastor é a de alimentar a todos com a exposição da Palavra de Deus e não como impositor de vontades pessoais sobre todos.

Muitos pastores estão desaprovados por Deus porque não reconhecem o limite de autoridade que receberam, querem administrar além que que é de sua competência.

Prostado aos pés de Cristo

"E não vos esqueçais da beneficência e comunicação, porque com tais sacrifícios Deus se agrada. Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil" - Hebreus 13.16-17.

Prestemos atenção ao que Deus diz e pratiquemos, o Senhor comunica-se conosco, orientando a fazer o bem.

O Novo Testamento, em Atos 17.11, nos mostra o bom exemplo dos crentes bereianos, que foram reputados como mais nobres que os demais cristãos porque ouviam a explanação das Escrituras feita por Paulo, e conferiam se o que ele dizia estava de acordo ou não. Ou seja, para eles Deus estava acima do ser humano, Jesus Cristo habitava verdadeiramente em seus corações.

Quando o cristão não examina se a exposição bíblica está certa ou não, corre o risco de repetir os erros praticados e apregoados pelo palestrante, ser apenas uma pessoa religiosa idolatrando o pregador.

Cristo é apresentado pelo apóstolo João como o Verbo, a Palavra. É necessário olhar para Jesus nesta perspectiva do conteúdo revelado na forma escrita. O cânon bíblico deve ser a regra de fé e conduta de todo cristão, pois é a lâmpada para nossos pés e luz para nossos caminhos. João 1.1; Hebreus 12.2; Salmo 119.105.

Conclusão

Igreja não é empresa, pastor não é chefe e membros não são empregados. Atrás do microfone, cada pastor deve olhar à membresia e ver os maridos, pensando "cabeça de um lar", os membros em geral como ovelhas de Jesus e não dele mesmo. E a membresia deve respeitar o pastor em sua função de expositor do texto bíblico, considerando que seu Senhor é Cristo e não o ser humano que expõe o conteúdo das Escrituras Sagradas.

Como vai a congregação em que serve ao Senhor? Ela está quente, morna ou fria? A autoridade de Cristo é reconhecida ou Ele está do lado de fora pedindo para entrar? A temperatura espiritual do da igreja é alta, média ou baixa de acordo com o reconhecimento do senhorio do Filho de Deus por parte de líderes e liderados evangélicos

E.A.G.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Mentiras na Internet


Em meus contatos via Google Friend Connect, ajuntei gente dedicada a fazer a existência do próximo melhor, são pessoas de fé que desejam edificar vidas espiritualmente por meio da propagação da Palavra de Deus.

Quero mencionar o blog Café Entre Amigos, editado por Patricia Galis, que por seus posts de alerta passou a receber reclamações, é claro, de internautas mal intencionados interessados em prejudicar o próximo. Suas blogagens são diversificadas. Entre outros objetivos, a Patricia tem a intenção de refutar inverdades propagadas em correntes de e-mail. Passou a fazer isso quando um amigo muito simples recebeu um que convidava pessoas com problemas de visão a receber transplante de córnea. A tal pessoa apressou-se em viajar levando a mãe idosa e cega à cidade indicada, e ao chegar no hospital citado o pessoal que lá trabalha esclareceu dizendo que a informação era falsa e que muitas pessoas são vítimas da brincadeira de péssimo gosto.

Essa espécie de conteúdo se alastra na Internet porque quem o cria sabe e se aproveita da bondade e ingenuidade alheias, de quem crê em tudo e sente vontade de passar para frente a informação que recebe. Pessoas que recebem essa qualidade de correspondência devem agir com cautela e prudência, nunca deve repassar, precisa denunciar ao servidor da caixa de e-mail, como correspondência de spam ou phishing (página falsa). Quem recebe quantidade grande de e-mail com assunto sensacionalista e pedido de repasse deve tomar muito cuidado, pois corre o risco de ser hackeado, ter o computador invadido, informações roubadas.

Desconfie sempre.

O bom senso recomenda não acreditar em tudo, é necessário verificar a informação em fontes confiáveis, sites conhecidos e de reputação recenhecida na sociedade.

É importante tomar cuidado, é com a desconfiança que nos capacitamos a desmascarar mentiras. O internauta precisa ter atenção redobrada ao e-mail que recebe, principalmente aqueles contendo supostas informações mirabolantes de milagres, oferta de lucro fácil, links de sites obscuros e de bancos, e pedido de repasse do correio eletrônico para toda a rede de contatos.

Os bancos informam que não fazem uso da Internet para mudança de senhas. Recentemente, a atriz Carolina Dieckmann caiu no golpe da página falsa (phishing). A mensagem parecia ser de um banco, que lhe pedia para atualizar a senha. Ao clicar para dar início ao procedimento solicitado, deu passagem de entrada para um programa espião, que invadiu seus arquivos e permitiu que indivíduos desconhecidos copiassem todos os arquivos dela. Aliás, um novo golpe na Rede Mundial de Computadores oferece as fotos roubadas dessa atriz.

Quando o remetente é desconhecido, ignore de primeira. E se for conhecido, cheque com o contato se ele realmente enviou a correspondência.

Não divulgue seu e-mail pessoal para desconhecidos.

Na mesma medida que seu e-mail é conhecido existe o perigo de você ser transformado em alvo de tentativas de crimes virtuais. Separe seus contatos conhecidos e desconhecidos. Não deixe que o e-mail importante, como por exemplo o usado para gerenciar comunidades virtuais, blog e sites, seja de conhecimento geral. Ele deve ser usado reservadamente, quase tão secreto quanto a senha utilizada com ele.

Não divulgue e-mail de outros sem a permissão deles.

O objetivo de correntes de e-mail é levantar a informação de endereços para internautas com más intenções. Buscam na lista aberta de encaminhamento e-mails dos incautos. É dessa maneira que a indústria do spam e golpes virtuais cresce a cada dia. De posse dos endereços, hackers enviam vírus, propagandas em massa. Quanto mais repasses, mais aumenta o número de informação. Então, é preciso que cada um de nós evitemos a propagação do endereço eletrônico, evitando assim a prática do erro.

Como evitar que isso aconteça? Se cogita ser importantíssimo encaminhar algo de maneira coletiva, faça uso dos recursos CCO (com cópia oculta). Assim, todos os destinários recebem a mensagem, mas nenhum deles têm acesso ao endereço eletrônico do outro. É preciso ter cuidado para não ser, mesmo indiretamente, participante de objetivos nefastos.

Admirável mundo novo.

Dizem que a Internet é um mundo sem dono. A quantidade de informação diária a circular nela por dia é incontável. Existe produção de muitas coisas boas, mas também muitas ruins. Nesta cenário de circulação de bytes, sempre haverá quem critique, quem é ofensor, quem entenda tudo errado, quem seja criador de confusão. Sempre haverá gente assim. E estamos no meio de tudo isso. Então, é válido alertar, entregar o recado de conscientização a quem está chegando agora na virtualidade. Ninguém nasce sabendo tudo.

A Rede Mundial aceita e distribui qualquer coisa, compete ao internauta filtrar o que recebe. É perigoso abrir todas as mensagens de remetentes desconhecidos, pois poderá haver nelas conteúdos maliciosos, vírus, mentiras. Ignore as troladas, siga adiante em sua navegação virtual sem dar atenção para aqueles que vivem para fazer pirraça e atrapalhar a vida dos outros. Ao receber um e-mail duvidoso, delete-o. Seja mentira ou verdade, via de regra os conteúdos desses e-mails nada acrescentam de bom para nós.

A mente humana é realmente muito rica em imaginação. É uma pena haver tanta gente criativa usando o talento para o mal, existir quantidade enorme de conteúdo com propósito maléfico circulando na Internet.

Não tente ser agradável para todos em todo tempo repassando correntes de e-mail, nunca conseguiremos agradar o mundo inteiro. Como diz certo alguém, se tudo fosse perfeito apareceria alguém para reclamar do estado de perfeição.

E.A.G.

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Prosperidade segundo Malafaia e Edir Macedo


Teologia da Miséria? 

Quem disse "deixo-vos a paz, a paz eu te dou, não dou paz como o mundo dá?"  Foi Jesus Cristo quem disse isso (João 14.27).

Deus não fez o estômago e o suco gástrico para que o ser humano se contorcesse com a dores de gastrite, mas para que o líquido diluísse a comida e houvesse um bom processo digestivo. Mas, existe gente crente pensando que passar fome e adoecer por falta de comida seja um sinal de espiritualidade, e desdenha de quem tenha mesa farta e uma grande despensa sempre cheia de alimentos de primeira linha. Os tais críticos dizem que pregar sobre a vontade de Deus, anunciar que o Senhor quer nos abençoar materialmente, é uma heresia.

Qualquer pessoa que use um léxico hebraico e pesquise  o sentido de shalom e depois vá ao léxixo do grego para saber qual o significado de eirene, descobrirá que os dois vocábulos significam o termo paz. Entre muitas outras significações, paz traduz o bem-estar físico, a saúde e o bem-estar financeiro. Tanto no idioma usado para escrever o Antigo como o Novo Testamento, a paz que Jesus oferece tem a conotação de prosperidade. Usando hermenêutica, e exegese constatamos que também as palavras salvação e bênção têm raízes etimológicas ligadas à prosperidade. Sim, a prosperidade é algo que Deus quer dar ao seu povo.

A prosperidade bíblica não se restringe às riquezas. Ele é bem mais do que isso. Significa o bem-estar em todos os sentidos, é abrangente. Não depende de possuir tesouros, mas estabilidade. Nas finanças, na saúde, psicologica e espirtualmente.

É claro que é preciso ser equilibrado, pregar sobre a bênção e destacar o Abençoador, ensinar ao povo a necessidade de amar a Deus em primeiro lugar e ao próximo como a si mesmo. Amar mais ao Senhor, amar as pessoas mais do que amar as coisas.

A IURD e a Teologia da Prosperidade

Tenho profundo respeito pelas pessoas que frequentam a Igreja Universal do Reino de Deus, e os incentivo a reler o Novo Testamento analisando as mensagens de Jesus e dos apóstolos sobre a vida eterna. 

O maior exemplo que temos no Brasil do exercício da pregação que representa a Teologia da Prosperidade são os cultos da Igreja Universal do Reino de Deus. Lá, praticamente tudo gira em torno do materialismo. As raras exceções são os ensinamentos sobre fidelidade conjugal e motivação a lutar pela união matrimonial (pregações incentivadoras em favor casamento, nada a criticar). Tenho a forte impressão que, para a liderança da IURD, se a pessoa estiver financeiramente bem essa tal pessoa atingiu o céu, ou até algo melhor. Então, quase nada falam sobre vida no céu e existência no inferno.

Malafaia e a prosperidade bíblica

Sou de origem assembleiana, tenho o privilégio de conhecer os bastidores do cenário eclesiástico-político. Algum tempo atrás, eu encontrava em blogs críticas contra Malafaia gerada por interesses políticos, mas sem que a motivação do crítico estivesse clara e o mote da crítica fosse exposta. Usava-se qualquer assunto para fustigá-lo. Hoje esta situação diminuiu porque Malafaia se afastou da instituição política ligada à denominação Assembleia de Deus.

Tenho observado o que Malafaia prega. Ele faz menção da prosperidade material vinda com a participação de Deus, mas via esforço próprio da pessoa, pela garra de querer vencer, pela perseverança no trabalho com esmero. Diversas vezes ele repetiu que Deus não dá prosperidade aos preguiçosos, que Deus prospera quem estuda e não se nega a trabalhar duro. Eu sou dessa linha de pensamento: Deus dá prosperidade para quem é esforçado, para quem não vive de braços cruzados comendo às custas dos outros.

Ele menciona a ação de Deus no campo físico (bênção materiais) e comenta sobre a santidade (coisas referentes ao espírito). Intercala em sua pregação a nossa condição espiritual, ensinando que temos e devemos preservar a comunhão com Deus, negando as ações carnais,  não esquecendo que é obrigação do crente encher-se do Espírito a cada dia.

Malafaia desafia sites e blogs que o consideram pregador da Teologia da prosperidade

Acho essa situação interessante. Estamos acostumados a ver pessoas acusando outras, mas sempre sem argumentos. Dizem, fulano é pregador da Teologia da Prosperidade. Aí, vamos ver quais são os argumentos para quem acusa e essa argumentação não sustenta a acusação, é quase sempre inócua. Agora, Malafaia criou uma situação de confronto na base das ideias. Ele exporá as bases para que seja refutado teologicamente. Quem responderá usando teologia?

Ninguém é perfeito! Malafaia não é perfeito, sei disso. Os maiores críticos dele também sabem. Ocorre que a maioria dos críticos cobram dele a inalcansável perfeição. Essa só será possível aos que chegarem no céu. É temerário esse tipo de julgamento, que exige a perfeição do criticado, porque será esta mesma exigência que será cobrada de quem julga no Dia do Juízo Final. "Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós" - Mareus 7.2 .

Espero  ver o que irá acontecer com a expectativa de assistir um bom debate teológico. Acima do nível das rusgas do campo pessoal. Ficar só em ataques pessoais até quem nunca abriu uma Bíblia é capaz de fazer, até quem é analfabeto é capaz... Desejo encontrar o exercício do raciocínio usando teologia.

E.A.G.

domingo, 20 de maio de 2012

Multishow centenário Lacta ao vivo


Neste domingo, 20 de Maio de 2012, o Multishow transmitiu ao vivo, direto do Anhembi - SP um show com apresentações de Thiaguinho, Luan Santana e Ivete Sangalo. O evento foi promovido pela Lacta, empresa de chocolates, que comemora 100 anos de existência.

Você poderá perguntar qual é a razão de um blog com editorial evangélico falar de um show assim, com as músicas "do mundo".  Bem, ser crente em Deus não significa alienar-se. Jesus lembrou bem isso aos dizer que estamos no mundo. Ele precisava dizer essa nossa situação tão óbvia, afinal, são muitos que confundem alienação com santidade.

O apóstolo Paulo, escrevendo aos crentes da cidade de Corinto, provou não ser uma alienado. Em sua carta ele cita uma fala de uma peça teatral escrita por Menandro, que nunca foi um cristão. "As más conversações corrompem os bons costumes", encontrada em 1 Corintios 15.33, é de autoria do teatrólogo, escrita para a peça chamada Thais. Mais sobre isso: aqui. 

O repertório apresentado no show e a vida no dia-a-dia.

Não assisti a primeira parte da programação, achei o evento depois que acabou um bom programa evangélico. Zapeei o controle remoto e cheguei ao Multishow. Não assisti a apresentação que foi feita pelo Waguinho, ex-integrante de uma grupo de pagode. Sintonizei quando já estava em andamento o jovem Luan Santana.

Como não deveria deixar de ser, tanto o Luan quanto a Ivete entoaram letras que expressam sentimentos humanos. Pela música são extravasadas esperanças de encontrar o par perfeito, contam o romance em crise, emitem promessas de satisfazer sonhos... Isto está inerente em cada alma.

As intenções de relações amorosas descambam para o lado errado quando o par, ou uma das pessoas entre o casal brinca com os sentimentos, tem o sex appeal descontrolado. Como? Vive o sexo sem compromisso, fora do casamento. Pareço pudico ou falso moralista? Estão aí as taxas de pesquisas mostrando as crises da sociedade, garotas com bebês no colo, sem o apoio do pai da criança e sem condições, psicológicas e financeiras, para fazer o papel de mãe. Depois dos nove meses a apaixonite acaba e resta a obrigação de educar a vida inocente que não pediu para nascer. E, pior do que isso é quando o aborto é apresentado como a solução para resolver o "problema" que cresceu no útero da garota.

Um pingo é letra e meia palavra basta?

Na apresentação de Luan Santana, uma garota lançou um sutiã no palco. Com a criatividade natural de artistas, o cantor conversou com a fã. Cantou três trechos de músicas com teor sensual para ela. Ao final, disse que não sairia com ela ao término do show, porque todas as outras fãs são muito ciumentas. Outras fãs jogaram a mesma lingerie, o cantor repassou-as para outros componentes da banda, pendurando em seus instrumentos.

A cultura de oferecer a peça íntima pode ser engraçada à beirada do palco para alguns, ousada para outros, e vista como atitude moderna de gente descolada. Mas a garota que faz coisa parecida longe do show, inserida no cotidiano de sua vida, pode ter a certeza que os homens têm preferência por mulheres que se preservam, eles recusam para relações de compromisso sério aquelas que se expõem demais, se mostram dadas.

É claro que os homens não dirão sobre essa preferência sempre que perguntados, afinal, a etiqueta recomenda fazer declarações politicamente corretas, para não ser chamados de machistas, moralistas, preconceituosos, ultrapassados, ou coisa do gênero.

A boca fala do que o coração está cheio.

Ivete Sangalo se apresentou bastante espontânea, parecia estar em casa. Tirou o par dos sapatos, refez a maquiagem... E entre uma e outra música revelou que nos próximos dias completará 40 anos. Disse que se olhou no espelho e sentiu muito bem com o que viu, pegou o telefone e falou ao marido que ele é um sortudo. Aconselhou as mulheres presentes a usarem recado em público e serem "lobas loucas" apenas entre as quatro paredes com seus parceiros. Quem sabe, o termo loba-louca seja uma alusão para a canção A Loba, cantada por Alcione (é possível encontrar no YouTube), ou ao livro Idade da Loba, de Regina Lemos, que registra a situação atual de mulheres ativistas nos idos de 1960 e que à epoca do lançamento da obra girava perto dos 40 anos.

Ainda, Ivete agradeceu a Deus por ter feito ela uma cantora.

Concentrações de fé e concentrações seculares.

Bem, é mais do que claro que o agrupamento de pessoas em eventos de cunho religioso é bem diferente. As pessoas comparecem com o objetivo de louvar a Deus e de alguma forma ser alcançadas com bênçãos. É claro que existem problemas entre os cristãos. Mas, não é possível fazer uma comparação entre um e outro tipo de evento porque a diferença é enorme.

Não me dirigindo especificamente à celebração da Lacta, já ouvi depoimentos de policiais afirmando que em shows seculares é comum encontrar usuários de drogas e o delito do tráfico, depredações do patrimônio público e de patrimônio particular, além de outros tipos de problemas. E, no caso de concentração religiosa, é quase que nulo o trabalho da polícia, inclusive até o lixo é encontrado em pequeno volume espalhado pelo chão.

E.A.G.

A religiosidade sem Deus - 2

Disse Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai, senão por mim” - João 14.6. 

Jesus salva. Nunca será um exagero repetir que Ele nasceu, morreu e ressuscitou e ainda hoje gera alegria no coração humano arrependido de seus pecados e que o reconhece como único Senhor. Somos privilegiados ao receber a certeza da nossa salvação e devemos anunciar o projeto divino da salvação e estimular a todos que façam parte desse plano rendendo-se aos pés de Cristo. 

A religião não salva. Temos visto muitas placas diferentes afixadas nas fachadas de templos evangélicos. A doutrina denominacional precisa ser firmada tendo o crivo das Escrituras Sagradas. Precisamos ponderar se o interior do recinto religioso é um ambiente que incentiva os frequentadores a viver conforme Jesus Cristo ensinou, porque o ser humano é mais propenso a buscar a religião do que o próprio Deus. 

Convém que sejamos membros de uma comunidade cristã que tenha como manual de vida e fé a prática da Palavra de Deus, contida na Bíblia. A Igreja do Senhor é aquela que anuncia a grandeza do Evangelho com fidelidade, sem aumentar e nem diminuir nada do que está contido nas Escrituras Sagradas, sem distorcer textos. Mas no ambiente religioso de hoje em dia, muitas pessoas encaram a igreja e denominações evangélicas como marcas registradas e clubes sociais. Isso é um grande erro, é uma situação deplorável.

Infelizmente, muitos fazem suas próprias doutrinas sem levar em conta a Palavra de Deus. Esse tipo de comportamento é um ativismo problemático dentro do cristianismo. De nada vale apresentar mensagens rebuscadas de teologia e mencionando Jesus, se o bojo do que é dito trata apenas de interesses do homem e não das coisas de Deus. Mensagens assim são capazes de gerar adesões ao movimento, mas jamais conversões genuínas a Jesus Cristo. 

Não existe virtude na prática do fanatismo religioso. A conversa do fanático gira somente em torno da sua religião. É comum eles serem usados pelos líderes da religião que fanatiza como massas de manobras. 

Há quem use os microfones e parece desprezar o amor verdadeiro, que Jesus espera que tenhamos e pratiquemos. Qual? O dever do cristão evangélico é ajudar sempre, tanto na esfera espiritual como no campo físico. Multiplicam-se aqueles que dão ênfase à existência do outro evangelho, mas eles mesmos não percebem que não valorizam a divulgação do verdadeiro. A missão do cristão é levar a mensagem de salvação aos descrentes, levar o bem aos pobres, aos encarcerados, doentes e necessitados em geral, porém, cada vez mais se multiplicam líderes religiosos que ao invés de atender ao “IDE” de Jesus dizem “vinde”. Eles não vão ao mundo evangelizar, esperam que os pecadores venham até eles. 

Estar preso às tradições e doutrinas de homens é uma prática vã. Sei que é preciso respeitar os costumes transculturais, se eles não afrontam a Palavra de Deus. E, como a abordagem dessa situação é um tema que sempre será apropriada para a nossa realidade atual, com respeito digo que jamais deveria haver no meio cristão quem se preocupe demasiadamente com a falta do uso de gravata, considerando que a ausência dessa peça de roupa seja a falta da presença de Deus na vida da pessoa que não a usa.

 Uma das principais características dos fanáticos é ser escarnecedor. Eles se ocupam em defender detalhes secundários e se esquecem de pregar o Evangelho de Cristo. Assim, são coadores de mosquitos e comedores de camelos. Que nós possamos amar e jamais ridicularizar uns aos outros com o uso de piadinhas escarnecedoras. Por acontecer muito esse tipo de coisa, aumenta o número de cristãos escandalizados que chegam a pensar que já estamos no fim dos tempos e até dizem que a vinda de Jesus está próxima. Ora venha logo Senhor Jesus! 

Que nós possamos ser úteis, estar acima da religiosidade, praticando o amor. Nossas atitudes para com o próximo precisam ser de amor, assim como Deus nos amou de maneira tal e entregou seu Filho único para nos salvar. Que a nossa vida seja um reflexo de tudo que o Senhor fez por nós. 

Existem missionários em terras estrangeiras, eles anunciam a Palavra de Deus, que provoca a salvação e regeneração de vidas, aos que ainda não a conhecem e necessitam dela. Crentes fiéis ajudam esses missionários, que são autênticos desbravadores do cristianismo. Através da ajuda de custo, na prática de carinho às almas, eles passam atestados que são verdadeiros servos de Deus, pois demonstram o amor além da retórica dos lábios, eles colocam a mão no bolso predispostos a ser cristão patrocinador de missões. 

E.A.G.

Este artigo é uma coletânea de comentários de diversos participantes no texto A Religiosidade Sem Deus, apresentado  no UBE Blog.

sábado, 19 de maio de 2012

Valdemiro Santiago 5.500 cartas ao dia

O fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus declarou na sexta-feira, e reprisa a declaração pela madrugada da entrada deste sábado, 19 de Maio,  uma solicitação de ofertas com depósitivo direto à conta da denominação, dizendo ser para manutenção dos programas religiosos veiculados em diversas emissoras de televisão.

Nesta gravação, ele revela que antes do ataque, apresentado no Domingo Espetácular, da Rede Record, recebia diariamente correspondências, nominalmente para ele, por volta de duas mil cartas, e após a reportagem, o número das missivas aumentaram e hoje chegam aos 5.500, ao dia.

Resta saber se todas elas são de mensagens de carinho, respeito, abraços, apoio.

E, também, vale lembrar que o que Valdemiro classifica como ataque da  Rede Record se consiste em amostragem de documentos guardados em cartórios, onde aparece a assinatura dele como comprador de imóveis, que ele nega ter assinado a compra.

Se há mentira na reportagem, quem mente? Os funcionários de cartórios?

E.A.G.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

A religiosidade sem Deus

É muito triste encontrar pessoas dedicadas à religião, porém, desconhecedoras de Deus, embora acreditem que o conheçam.

O apóstolo Paulo chamou a atenção de todos nós, ao lembrar que o exercício religioso é um potente alimento da carne. Ou seja, nem sempre praticar religião é sinônimo de caminhar no Espírito (Colossenses 2.20-22; Gálatas 5.16-23).

Considero importante a reunião regular em uma igreja, mas jamais o estatuto de uma instituição humana poderá estar em mais alto conceito do que os mandamentos do Senhor. A partir do momento que uma pessoa troca esses valores, ela passa de espiritual para alguém meramente religiosa.

Sou favorável à erudição, porém é preciso lidar com ela com equilíbrio. Há quem valorize mais os diplomas de academia teológica do que as Boas Novas do Senhor. Usam nomenclaturas extrabíblicas - arminianismo, calvinismo, etc - para reprovar a fé alheia.

Religiosos não se dedicam ao crescimento do reino de Deus, mas ao crescimento de uma denominação ou movimento, à expansão de uma ideia ou filosofia. Assim como torcedores de times de futebol empunham bandeiras e usam uniformes, os religiosos torcem por uma placa denominacional e defendem teorias e regras criadas por homens. Ou seja, mesmo portanto uma Bíblia não têm o conteúdo bíblico como regra de fé e conduta. Para eles está em primeiro lugar o credo da instituição a que pertencem e não o Evangelho de Cristo que nos ordena amar, mesmo que citem o nome de Jesus e trechos do Antigo e Novo Testamento em seus argumentos.

Os religiosos colocam o ponto de vista humano acima do mandamento do amor a Deus e ao próximo. São portadores de orgulho denominacional. São propensos a agredir, de maneira verbal e às vezes até física, em defesa de seu grupo e interesses. Consideram que esse tipo de falta de amor é prestação de serviço ao Senhor.

Faz um bom tempo que eu decidi parar de conversar sobre as Escrituras Sagradas com religiosos fanáticos, porque percebi que eles consideram todos os discordantes como inimigos.

A minha decisão em parar de conversar com religiosos fanáticos foi porque eles, apaixonados pela causa terrena, perdem a compostura objetivando fazer prevalecer à opinião da religião que estão agregados. Como praticar inimizade os expõe como carnais, douram a pílula usando eufemismo, dizem opinar negativamente em nome da apologia cristã. Dizendo fazer uso da apologética sentem-se livres para classificar desafetos e "concorrentes" como lobos em pele de cordeiro, mercenários e hipócricas.

Leitor (a), todo cuidado é pouco. Não é porque alguém recebe adjetivos de outra, que se apresenta com título de apologista cristão, que de fato o alvo da crítica seja o que é dito que ela é. Não se apresse em deduções e nem se deixe guiar por julgamentos de irmão contra irmão. Existe uma indústria se alimentando com essa pseudo-apologética cristã. São produzidos livros, DVDs, palestras. Há quem esteja ganhando muito dinheiro com a realização de maledicência, julgamentos injustos.

“Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros” – João 13.35.

“O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor” – Romanos 13.10.

“Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor” – 1 João 4.8.

E.A.G.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Donna Summer morre aos 63

A Associated Press, agência de notícias, buscou e confirmou a informação de falecimento da cantora. Donna Summer morreu hoje na Flórida, lutando contra um câncer de pulmão e trabalhando em novo àlbum.

Ela fez bastante sucesso nos idos das décadas de 1970 e 1980, sendo o apogeu durante a febre das discotecas. Ganhou cinco prêmios Grammys e vendeu mais de 130 milhões de discos ao redor do mundo.

Em 1975, recebeu elogios de crítica e público ao lançar a música Love To Love You Baby com a duração de 17 minutos, algo inédito no meio musical da época. Em 1977, inovou outra vez ao lançar I Fell Love acompanhada apenas por sintetizador, ninguém havia gravado assim até então.

No Twitter, a rastag (em inglês)  # DonnaSummer  tem o comentário de um usuário, que lembra de um jantar em que Summer cantou o louvor Amazing Grace para hóspedes com firmeza de voz e grande talento.

Em comunicado, a família disse: "No início desta manhã, cercada pela família, perdemos Donna Summer Sudano, uma mulher de muitos dons, o maior deles o da fé. Ao mesmo tempo em que lamentamos o seu falecimento, estamos em paz celebrando a sua extraordinária vida e seu legado contínuo." A cantora deixou enlutados o marido Bruce Sudano, dois filhos - Brooklyn e Amanda - e  uma filha, Mimi, de um casamento anterior.

E.A.G.

MTV - se sair do ar poucos perceberão


A Music Television não é mais sintonizada por antenas parabólicas. Por quê? Porque a emissora não tem caixa para bancar custos que a transmissão por satélite exige.

É fácil entender a razão desse fato. O telespectador é desrespeitado sempre. É uma televisão que possue editorial explicitamente anticristão dentro de um país com população de maioria cristã, gente católica e evangélica. Todos os programas são feitos de maneira amadora, nada é de nivel profissional. 

Faz tempo que a MTV brasileira abandonou clipes nacionais e os enlatados dos Estados Unidos, se transformou em um reduto de comediantes sem graça, que pensam ser engraçados fazendo piadas agredindo a fé cristã existente no coração da maioria do povo nascido no Brasil, à custa de apresentações de improvisos. Os apresentadores da emissora pensam ser os rebeldes com causa porque proferem palavreado chulo. Pífios!

Quem não se lembra daquele vídeo do Pr Piragine, que continha um trecho de algum programa de uma pessoa falando mal dos crentes numa bancada da MTV? Pois é, o vídeo foi escada para que a emissora ganhasse parcos pontos de IBOPE.

Mais recentemente, alguns apresentadores dessa televisão conquistaram audiência fazendo chacota com o louvor Galhos Secos (Para a Nossa Alegria). Ah... Telespectadores não... Eles foram bem assistidos, mas por internautas, no YouTube.

Acessei uma página do blog do pastor e deputado federal Marco Feliciano (ver aqui). Ele fez menção de outra afronta contra a cristandade gerada no canal, dessa vez por uma pessoa identificada como P.C. Siqueira.

Em ipsis leteris:

__________


"MTV – PROGRAMA PC SIQUEIRA

BRUTALIDADE NA SUA MELHOR FORMA

Estou indignado com a performance do programa apresentado pelo PC Siqueira na MTV Brasil e vou entrar com Representação junto ao Ministério Público pela sua retirada do ar, com retratação da empresa, sobre a apresentação do dia 03 último, ontem portanto, intitulado Cosméticos, deus gay e sorvete de bacon. Este apresentador, ciente da sua incapacidade de atrair público, extravasa sua “brutalidade na melhor forma” segundo suas próprias palavras e, em busca de sensacionalismo, mostra a pichação de uma Igreja Católica no Paraná, onde está escrito “deus é gay”, gerando grande indignação não apenas entre os católicos, mas também entre os evangélicos e demais cristãos em geral.

Na sequência deste mesmo programa, não satisfeito com sua “contracultura”, o apresentador pede para que os telespectadores enviem fotos como as da igreja pichada e promete que as mais “geniais” (palavras do apresentador) serão publicadas pela MTV Brasil, numa verdadeira cruzada ultrajante e herege, para impressionar pessoas de má fé e mal intencionadas e os levar a cometer este verdadeiro sacrilégio, contra Deus Pai Todo Poderoso e Sua Casa, Lugar Sagrado e Venerável.

Como venho alertando, existe um movimento que milita contra as bases da nossa sociedade, e para tanto, atacam sem dó nem piedade o cristianismo, se nos calarmos o que virá a seguir?

Precisamos nos mobilizar, precisamos confrontar esses atos de vandalismos com seriedade, inteligência e unidade.

Em entrevista, na manhã de hoje (04.05.12), tornei pública minha indignação e estou mobilizando as bancadas evangélica e católica no Congresso Nacional, contra esta verdadeira afronta, que visa profanar e perseguir o Povo de Deus.

Deputado Pr. Marco Feliciano

Brasília - DF, 04.05.2012".

__________

E.A.G.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

RR Soares construirá megatemplo em São Paulo



Após oito anos aguardando o alvará da Prefeitura de São Paulo, o Missionário RR Soares anunciou que erguerá o templo-sede da Igreja Internacional da Graça de Deus. O projeto do prédio visa  abrigar 10.340 pessoas sentadas, foi desenhado por arquitetos que projetaram obras da Disney.

O imóvel  onde haverá a construção situa-se nas proximidades do Estádio de Futebol da Portuguesa, o Canindé, próximo da Marginal Tietê, na Avenida Cruzeiro do Sul, número 1.101. O espaço já é usado há alguns anos para realizações de cultos sob estrutura montada de tenda.

O anúncio da construção foi transmitido no programa Show da Fé, do último domingo, com retransmissão na noite desta quarta-feira, 16 de Maio de 2012, na Band e RedeTV!.

E.A.G.

Evangelho puro e simples na Marcha Para Jesus 2012



Realmente, o show tem que parar. Esse pessoal que cria e empunha esse tipo de faixas deve cogitar em parar com o show que realizam em eventos do tipo Marcha Para Jesus há cerca de uns cinco anos. Deprimente e inconsequente.

É notório que tal tipo de atitude se assemelha com as estratégias do sindicalismo pressionando o empresariado. A manifestação desse pessoal nada tem a ver com o Evangelho apresentado por Jesus Cristo, que é dono de uma mensagem pura e simples. Óbvio, pois Ele é o Filho de Deus, manso e humilde de coração.

O Evangelho de Cristo não é assim, não tem como meta o risco de embate físico. A luta dos cristãos é na esfera espiritual, com exercício de vigilância,  jejum e oração, pois a guerra não é contra os semelhantes de carne e sangue, é contra os agentes espirituais que estão nas regiões celestiais. Vale conferir: Efésios 6.10-24.

Ao que tudo indica, os eventos Marcha Para Jesus de 2012, que brevemente serão realizados no Rio de Janeiro e em São Paulo, receberão cobertura considerável das principais mídias seculares brasileiras. E como nunca aconteceu antes, terão destaque de grande monta da televisão. Além disso, os organizadores já assinalam que os números de pessoas presentes marchando serão bem maior do que em todas as realizações anteriores. É claro, essa informação deve causar desespero e tristeza no coração desses "sindicalistas".

Essa gente das faixas estará fustigante em São Paulo e no Rio de Janeiro, farão outra vez o show deles. Eles mesmos se fotografarão e eles mesmos depois farão publicidade de como foi o dia deles nos dois eventos, publicando suas fotos e seus vídeos em seus blogs. Se não fizerem isso, quem saberá que eles estiveram lá?

Orem por eles, pessoal. E cuidado para não cair nas provocações que fizerem, pois se houver qualquer reação de alguém, com certeza depois eles quererão posar de vítimas.

E.A.G.

terça-feira, 15 de maio de 2012

EBD 2012 - Filadelfia: a Igreja do Amor Perfeito

A cidade de Filadelfia pertencia à província da Asia Menor, ao oeste da atual Turquia Asiática. Seu fundador foi Eumenes, o rei de Pérgamo, no século 2 a.C.. O nome Filadelfia tinha origem em Atalo, o irmão do rei, que recebeu da realeza a alcunha de Filadelfo, que significa leal, amigo.

A cidade era extremamente próspera, famosa por seus muitos templos e festividades religiosas. Haviam muitos judeus na cidade, e estes perseguiam os cristãos. Situava-se no extremo superior de um grande vale que se extendia até o mar, no alto de um platô fértil. Possuía um comércio bastante promissor, com elos diretos com as cidades de Esmirna e Sardes.

Os cidadãos de Filadelfia viviam acometidos pela insegurança de constantes terremotos. Em 17 d.C. houve um enorme abalo sismíco e a população foi obrigada a deixar a cidade e viver em tendas e ao ar livre. O governo reconstruiu Filadelfia e o povo retornou a ela, quando trocou o nome dela para Neokalsareia. Anos depois, sob o governo de Vespasiano, passou a ser chamada de Flavia. Atualmente, a região é designada como a aldeia de Alaseir.

 A igreja de Filadelfia recebeu a sexta entre os sete cartas enviadas pelo apóstolo João às igrejas situadas na Ásia (Apocalipse 3.7-13). Assim como a igreja de Esmirna, não foi destinatária de uma repreensão do Senhor.

Nós sabemos que os seres humanos são pecadores. A vida desses irmãos não foi censurada porque eles viviam em amor, colocavam a Palavra de Deus em primazia. Apesar dos erros do cotidiano, amavam a Deus  e amavam ao próximo. A prática do amor salva o pecador e cobre uma multidão de pecados (Tiago 5.20).

No Antigo Testamento encontramos um exemplo sobre essa situação. Davi - mencionado na carta no verso 7 - é descrito na Bíblia Sagrada como o homem segundo o coração de Deus, apesar do lamentável episódio de assassinato e adultério com Betsebá. A consideração recebida não se deve aos erros graves cometidos, mas pelo seu arrependimento sincero, por não sentir prazer em viver pecando, confessar e deixar o pecado (2 Samuel 11.1-27; Salmo 51.1-21).

As igrejas situadas em Esmirna e em Filadelfia pecavam, mas a maioria dos crentes dessas duas localidades eram verdadeiros e sinceros ao confessar suas falhas. Deus perdoa o pecador arrependido e não se lembra de todos os pecados confessados (Hebreus 10.16-17).

A carta ao anjo da igreja em Filadelfia faz alusão para algumas das circunstâncias da cidade. Da mesma maneira como Atalo recebeu o nome de Filadelfo por ser leal ao rei, os cristãos recebem a promessa de ganharem novo nome se permanecerem fiéis a Cristo. Assim como Filadelfia tinha dentro de seus limites territoriais uma região cujo solo gerava extrema  prosperidade, os cristãos fiéis, que não negarem o nome de Cristo, possuem diante de si uma porta aberta que ninguém poderá fechar.

Leia também: A Bíblia Explica o Amor

E.A.G.

Consulta: O Novo Dicionário da Bíblia, volume 2, quarta edição, 1981 (Edições Vida Nova).

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Amamentar - Você é mãe o suficiente?

É sabido que os bebês são muito carentes dos nutrientes contidos no leite materno. Também, que as mães que dão este leite são as que menos sofrem com o câncer de mama.

Apesar disso, uma pesquisa da Fundação Osvaldo Cruz apontou que mães adultas e solteiras têm 5,3 vezes mais chance de abandonar precocemente o aleitamento materno exclusivo do que as mães com companheiro.

O motivo principal seria a ausência de apoio que a mãe solteira enfrenta. Ela tem pouco ou nenhum apoio de um companheiro. Sem os estímulos de outra pessoa para acordar no meio da noite e dar o leite, pode ser mais difícil para ela assumir a responsabilidade de alimentar o seu bebê oferecendo o seio pelo tempo necessário. Outro motivo que faz com que troque o aleitamento materno pela mamadeira é a necessidade de trabalhar fora.

Entre as mães adolescentes com um parceiro ao lado, os fatores que provocam a interrupção da alimentação do leite natural mais cedo, seriam dois. Primeiro, porque as mães acreditariam que a amamentação poderia interferir na sexualidade do casal. Segundo, são jovens e se vêem cheias de obrigações, precisando amamentar e administrar muitas tarefas, e para facilitar a vida introduzem o leite artificial precocemente.

Na quinta-feira, 11 de Maio, foi publicado  no Twitter a mais recente capa da revista Time, em que uma mulher  amamenta o filho com aproximadamente três anos. A manchete da revista é provocatica e causou polêmica nos Estados Unidos: "Você é mãe o suficiente?" Causou surpresa a idade da criança fotografada e provocou o questionamento sobre qual é a idade máxima que a criança deve ser servida com o leite materno.

A imagem do menino, com idade suficiente para ficar posicionado em pé, sobre um banco para que sua boca toque o seio da jovem mãe, que o abraça, incentiva a amamentação prolongada. A foto foi considerada ofensiva por diversas usuárias norte-americanas do microblog, enquanto outras revelaram acreditar que a situação é mais comum do que muitos pensam.

A orientação médica informa que as crianças precisam do leite natural. A amamentação cria um efeito positivo nas relações entre mãe e filho, aumenta a interação e o desenvolvimento cognitivo entre os dois. Pesquisas indicam que crianças amamentadas com leite materno, pelo menos por 180 dias, alcançam melhores resultados nos estudos, são melhores na leitura e na grafia, têm mais facilidades para aprender matemática. Quando amamentadas unicamente com leite materno até os seis meses de vida, os bebês possuem maior imunidade contra doenças e infecções.

"Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu (o Senhor) não me esquecerei de ti" - Isaías 49.15 - perentêses meus.

A revista Time chegará às bancas no dia 21 de Maio de 2012.

E.A.G.

sábado, 12 de maio de 2012

Sete passos para conhecer a Deus

Passo 1. Reconhecer que Deus ama você.

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" - João 3.1.

"E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste" - João 17.3.

"Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor" - João 15.9.

Passo 2. Admitir que você precisa de ajuda.

"E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más" - João 3.19.

"Por isso vos disse que morrereis em vossos pecados, porque se não crerdes que eu sou, morrereis em vossos pecados" - João 8.24.

"Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor" - João 15.9.

Passo 3. Crer que Jesus é o único salvador.

"No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo" - João 1.29.

"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim" - João 14.6. 

"Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece" - João 3.36.

Passo 4. Receber Jesus como seu salvador.

"Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome" -  João 1.12.

"E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão" - João 10.28.

"Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida" - João 5.24. 

Passo 5. Reconhecer que Jesus é agora seu amigo e o Senhor em sua vida.

"Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando" - João 15.14.

"E Tomé respondeu, e disse-lhe: Senhor meu, e Deus meu!" - João 20.28.

 "Até agora nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis, para que o vosso gozo se cumpra" - João 16.24. 

Passo 6. Reconhecer que você agora pertence a família de Deus.

"Chegada, pois, a tarde daquele dia, o primeiro da semana, e cerradas as portas onde os discípulos, com medo dos judeus, se tinham ajuntado, chegou Jesus, e pôs-se no meio, e disse-lhes: Paz seja convosco. E, dizendo isto, mostrou-lhes as suas mãos e o lado. De sorte que os discípulos se alegraram, vendo o Senhor" - João 20.19-20.

"Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer" - João 15.5.

Passo 7.  Colocar-se a serviço de Cristo: orar, estudar a Bíblia, testemunhar.

"E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho" - João 14.13


"Jesus dizia, pois, aos judeus que criam nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos; E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" - João 8.31-32.

"Disse-lhes, pois, Jesus outra vez: Paz seja convosco; assim como o Pai me enviou, também eu vos envio a vós" - João 20.21.

Oração

Pai Celeste, sei que sou um pecador e que preciso de seu perdão. Creio que o Seu Filho, Jesus Cristo, morreu na cruz por mim e agora estou arrrependido e disposto a deixar a vida de pecado. Pela fé, convido o Senhor Jesus Cristo para entrar em meu coração e em minha vida como meu Senhor e Salvador pessoal; e, pela Sua graça, quero segui-Lo e obedecê-Lo como Senhor em minha vida. Amém.

Fonte: Agência Missionária Interlink.

O artigo é uma seleção contida no livreto contendo O Evangelho segundo João. Texto bíblico com a edição João Ferreira de Almeida, revista e corrigida, da Sociedade Bíblica Trinitariana.  

Caixa Postal 8005. CEP: 12216-970. São José dos Campos - SP
Fone: (12) 3936 2131. Fax:  (12) 3936 1380.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

Assuntos abordados em Belverede / clique sobre a palavra para acessar os artigos sobre o tema

.Vida Cristã .Artigo e Comentário .cosmovisão .Comportamento .Televisão .Devocional .Vídeo .CPAD .Política .Líderes e liderados .Blogosfera Evangélica .Lições Bíblicas .Pais e Filhos .Atualidade .Família .Louvores .Charge Tirinha Cartum e Gravura .Motivacional .Fé .Casamento .Dinheiro .Apologia Bíblica .Fruto do Espírito X Carne .Mulher .Sexualidade .Crente Politizado .Música .Silas Malafaia Pr .CGADB .Frases & Imagens Impactantes .Etimologia Bíblica .Saúde .Prosperidade .Profetas .Hermenêutica .Meio Ambiente e Sustentabilidade .Bom humor .Jovens .Livros e Leitores .redes sociais .Ateísmo e Agnosticismo x Fé .Conceitos e Preconceitos .Dupla Cidadania .Você sabia? .Cinema .neopentecostais .Personagens da Bíblia .Salmos .Antigo Testamento .Esporte .Grupo de Colaboradores em Belverede .José Wellington Bezerra da Costa - Pr .Dica de Blogueiro .Verdades e Mentiras .Introspecção .Natal .Soteriologia .Marco Feliciano Pr .Sociedade Bíblica no Brasil .Cosmovisão Cristã .Pérolas .Aborto .Ecologia .Escatologia Bíblica .Internet .Comunicado .Novo Testamento .óbito .pentecostalismo .Samuel Câmara-Pr .Gif .Teologia .Ana Paula Valadão Bessa .UBE .[Fotos Belverede] .Missões .Questões (des)complicadas .Facebook .RR Soares .animal doméstico .Belverede .Daladier Lima .Carlos Roberto Silva Pr:: Blog Point Rhema .Crônicas e fábulas .Namoro .Pneumatologia - A Doutrina do Espírito .Provérbios de Salomão .Fanatismo .Quem sou eu? .Aline Barros .Diante do Trono .Dízimos e ofertas .Poema e Poesia .Bíblia de Estudo .João Cruzue .Billy Graham .Catolicismo .Sermão do Monte .Virtualidade Real e Realidade Virtual .Editora Vida .Educação .Nani Azevedo .Política Brasileira .Páscoa .Gênesis .Guerra e Paz .Mulheres na Bíblia .Hamartilogia - A doutrina do pecado .Julio Severo .Sociedade Bíblica Trinitaria do Brasil .Jeremias .Nova Tradução na Linguagem de Hoje .Postagem Factual .Valmir Nascimento Milomen-Pb .Carta de Tiago .Geremias do Couto-Pr .Lília Paz .Virada de Ano .Crianças .Fotos - Templos Evangélicos .Homilética .Randy Glasbergen .Sammis Reachers .Altair Germano - Pr .Bem aventurança .Dia das Mães .animal selvagem .rádio .André Valadão .Angeologia .Arlete Oliveira .Arqueologia Bíblica .Carnaval .Livros da Bíblia .Mensageiro da Paz .Nova Versão Internacional .Opinião .Patmos Music .Banda Voz da Verdade .Editora Central Gospel .Geografia Bíblica .Priscila B Gomes .Rachel Sheherazade .Wilma Rejane .YouTube .Dia dos Namorados .Eclesiologia .Thalles Roberto EBD / sumário .Cassiane .Editora Vida Nova .Islamismo .Prêmio Carta de Paulo aos Filipenses .Editora Mundo Cristão .Ezequias Soares-Pr. .Jabes de Alencar - Pr. .LUCAS - O Evangelho escrito por Lucas .Magno Malta .Pesquisa .Primavera Smilinguido .Dia dos Pais .Exegese .Martinho Lutero .Cartas do Apocalípse .Cristologia .Dia das Crianças .animal aquático .pássaros na Bíblia .Barack Obama .Botânica .Charles Darwin .Editora Betânia .Fotos .Gutierres Siqueira .Insetos .Max Lucado .Shirley Carvalhaes .grafite X criacionismo versus darwinismo .A Bíblia Viva .Arminianismo .CONAMAD .Calvinismo .Ciclo das quatro estações .Eyshila .Fernanda Brum .Harpa Cristã .Jaime Kemp - missionário .Livro de Daniel .Lydia Moisés .Tania Guahyba .Twitter .Árvores da Bíblia .Donald Zolan .Marisa Lobo Charles Haddon Spurgeon .Abraão de Almeida-Pr. .Dia Internacional das Mulheres .Dia da Bíblia .Edições Vida Nova .Futebol .Josué Gonçalves - Pr. .Livro de Jeremias .Montes da Bíblia .Neiva Silva .Outono .Paulo César Baruk .Reinaldo Azevedo .Soraya Moraes .Verão .Walter Brunelli - Pr. .teatro .Abba Press .Bruna Karla .Carla Ribas .Dia de Finados .Esdras Costa Bentho-Pr .Evangelho de Mateus .Instagram .Inverno .Livro de Jó .Michael W. Smith .Oficina G3 .Oprah Winfrey .Política Internacional .Regis Danese .Silas Daniel - Pr .Valdomiro Santiago - Apóstolo .Vanderleia M. Silva Yosef Nadarkhani .Albert Einstein .Antonio Gilberto - Pr .Claudionor de Andrade - pastor .Cristina Mel .Dia da Mentira .Editora Chamada da Meia-Noite .Flamir Ambrosio .Gediel Mendes .Gunnar Vingren .Jorge Tadeu Mudalen .João Ferreira de Almeida .Lauriete .Lázaro (ex-Olodum) .Morris Cerullo .Slide . A. W. Tozer . Pregador Luo . Silmar Coelho - pastor .Adhemar Campos .August Rodin .Bom dia .CPAD Music .Carta aos Romanos .Davi - rei .Dia Nacional da Consciência Negra .Elaine de Jesus .Hillsong .John Piper .Lea Wasiliew .Livro de Êxodo .Livro do Apocalipse .Lucilene Batista de Brito Shirota .Nito [Rubens Eduardo] .Nova Bíblia Viva .Quarteto Harmonia Celeste .Retrospectiva 2017 .Rose Nascimento .Superstições e Lendas Urbanas .Timidez e Ousadia .orai por Israel .publicidade WhatsApp .Alan Kardec .Amizade .Apocalípse 16 .Bete Gomes .Canon .Carta aos Efésios .Casamento em jugo desigual .Central Gospel Music .Daniel Berg .Danielle Cristina .David Quinlan .Dia do Trabalho .Editora Hagnos .Eduardo Cunha .Elinaldo Renovato - pastor .Enéas Tognini - Pr. .Genivaldo Tavares de Melo .Gesiel Gomes - Pr. .Google .Hernades Dias Lopes .João Alexandre .Livro de Isaías .Livro de Rute .Lourival de Almeida - Pr .MK Music .Marcelo Santos .Martin Luther King .Pedofilia .Pena de Morte .Ray Comfort .Robinson Monteiro .Russel P. Shedd .Sergio Moro .Third Day .Tim Laheye .Voltaire .Watchman Nee 1 Coríntios Botânica Damares . Stephanie Colbert- vocalista Starship .2 Carta de Pedro .2 Coríntios- Carta de Paulo .A Mensagem .Adolf Hitler .Alda Célia .Andrea Fontes .Anita Malfatti .Aves na Bíblia .BLOG .Banda Catedral .CIMEB .CPAD News .Carta aos Gálatas .Cintia Kaneshigue .Deltan Dallagnol .Dia do Professor .Donald Trump .Downloads .Dwight L. Moody .Eber Cocareli - Pr .Editora Betel .Editora Candeias .Editora United Press .Edna Goetten .Escola Dominical .Evangelho de João .Fecomex .Feliciano Amaral .Google Plus (G+) .Heber Sousa - pastor .História Mundial .Isaac Newton .Içami Tiba .Jairo Elin Gollmann-Ev .John Wesley .Jonas .Jorge Araujo .Katie Bivens .Katsbarnea .Kelem Gaspar - Missionária .Link Quebrado .Literatura .Livro de Amós .Livro de Juízes .Livro de Malaquias .Livro de Miquéias .Lázaro de Betânia .Marcelo Crivella .Orquestra Jahn Sorheim .Ozeias de Paula .Paulo Romeiro-Pr .Quatro por Um .Raabe .Raquel Melo .Robson Silva .Ronaldo Bezerra .Salomão - rei .Sociedade Bíblica Internacional .Sonia Hernades - bispa .Talita Pagliarin .Tradução King James Atualizada (KJA) .Victorino Silva .folhetos evangelísticos Esequias Soares pastor Graça Music Juliana Bezerra Gomes Nésia de Araujo Gomes William Brassey Hole . .Introspecção . C. S. Lewis .1 Carta de Pedro .1 Coríntios- Carta de Paulo .1 Timóteo .A Nova Bíblia Viva .Adilson Lopes .Anderson Freire .Antonio Luiz Sellar- pastor .Antropologia Bíblica.Conceitos e Preconceitos .Antônio Cirilo .Ao Cubo .Arautos do Rei .Bezerra da Silva .Bill Gates .Boa noite .Boa tarde .Brenda-Santos .Bruna Olly .Bruna Surfistinha .C.I. Scofield .CPOL - Curso Preparatório para Obreiros de Pirituba .Cantares de Salomão .Caramuru Afonso .Carlos Alberto Bezerra Jr .Carta de Paulo aos Colossenses .Charles C. Ryrie .Charles Studd .Claudio Duarte - pastor .Cleber Lucas .Comunidade Internacional da Zona Sul .Contos .Cristiano Santana .Curiosidades bíblicas .Danny Berrios .Dany Grace .Deigma Marques .Discopraise .E-books .EBI .Editora Atos .Editora Bom Pastor .Editora Cultura Cristã .Editora Dynamus .Editora SEPAL .Editora Sextante .Eduardo Campos .Elienai Cabral - pastor .Eliseu - profeta .Estevan Hernandes - Apóstolo .Estevão - o primeiro mártir .Evangelho de Marcos .ExpoCristã. .Fatos Curiosos - internacional .Fernandinho .Ficção Evangélica .Filho do Homem .Flamarion Rolando .Frederick K.C.Price .Geisa Iwamoto .George R. Foster .Graça Editorial .Grupo Elo .Gutemberg - Johannes .Hebraico .Hieronymus Bock .Homenagem .Hulda .Igreja Evangélica Indiana .Il Divo .Imprensa Bíblica Brasileira .Instituto Cristão de Pesquisa - ICP .Jair Messias Bolsonaro .Jamily .Jeanne Mascarenhas .Jimmy Swaggart .John Bevere .John Bunyan .John Lennon .Josias Botelho .José Wellington Bezerra da Costa Junior - pastor .José Wellington Costa Neto - pastor .José do Egito .José esposo de Maria .Kathy Fincher .Kleber Lucas .Leandro Marques .Lidia Caetano de Sousa - missionária .Livro de Deuteronômio .Livro de Eclesiastes .Livro de Habacuque .Livro de Joel .Livro de Josué .Livro de Números .Livro de Oséias .Lições Bíblicas - Jovens .Ludmila Ferber .Lívia Malta .Magno Paganelli .Manuel Ferreira - Bispo .Marcio Melânia .Maria - mãe de Jesus .Maria de Betânia .Mariana Valadão .Marina Silva .Mario Teixeira .Marquinhos Gomes .Marta de Betânia .Michelangelo .Mike Smith .Ministério Hebrom .Ministério de Adoração .Missões na Índia .N. Laurence Olson .Neemias .Nobel .Notícia comentada .O Livro de Ageu .Oração .Os presidenciáveis para 2018 no Brasil .Paul Wilbur .Quarteto Gileade .Rachel Novaes .Rebanhão .Recursos .Ressurreição .Rob Bell .Rodolfo Abrantes .Ron Kenoly .Saudade .Snezhana Soosh .Sociedade Bíblica Íbero-Americana .Sofonias .Sony Music .T.A. Hegre .Templo Soul .Vineyard .Voices .Walciley Vieira .William Shakespeare .Wim Malgo .áudio Alberto Rezende - pastor Elizeu Martins - pastor jovem saúde

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Sobre ilustrações no Belverede

O Direito Autoral de algumas imagens encontradas aqui não pertence ao Editor do blog. Esta situação se dá porque elas estão na Internet sem que haja a informação de quem seja o Dono.

Caso você seja o detentor do conteúdo, queira que seja feita a indicação autoral, ou não seja de sua vontade o compartilhamento, solicitamos que nos faça saber disto. Por favor, acesse a página do próprio texto e deixe recado no próprio texto em questão, ou use a página Contato.

Arquivo de postagens

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.