Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

EBD 2012: Barganhar com Deus?

É estranhíssimo ouvir pregadores, da ala pentecostal ou tradicional, criticar líderes da área neopentecostal, no que tange às ditas barganhas. Eu explico meu estranhamento.

Primeiro:  ouço e leio muita gente dizer que existe comportamento por aí de gente que faz exigências para Deus. Confesso que sou uma pessoa que gosta de ir às fontes. Até o momento, passados uns cinco anos de procura, não encontrei nenhum líder ensinando aos liderados a exigirem algo de Deus. Por favor, se você sabe quem é, e tem o link de alguma página da Internet, envie-me no espaço de comentários.

Segundo: nenhuma promessa de bênção divina está separada de condicionais divinas. Ou seja, Deus não abençoa sem critérios. Ele é justo, e em sua justiça pede ao ser humano algo em troca da bênção. Como podemos chamar essa exigência do Senhor? De barganha?

Se Deus prometeu, e o cristão tem a esperança de experimentar a promessa, não creio que isso seja o "espírito de barganha". A fé é a certeza das coisas que se não vêem", é o que lemos em Hebreus 11.1. Então, a expectação é uma das facetas da fé, a crença que o prometido será cumprido.  

Terceiro: considero uma "grande barganha" quando um pregador, para incentivar os cristãos a serem dizimistas, citam Malaquias 3.8-10, atiçando o povo a esperar as promessas contidas no texto e causando "terror" ao deixar, erroneamente subentendido, a ideia que o dízimo é um passaporte para entrar no céu. Eu não estou sendo contra os dízimos, não... Estou apenas focando o conteúdo do texto, que possue a mais conhecida condicional bíblica. Não é assim? "Trazei todos os dízimos... E abrirei as janelas do céu"?  

Enfim, escrevo sobre esse tipo de assunto desde 2007. Neste blog o leitor poderá encontrar diversas abordagens sobre o assunto. Favor pesquisar nas tags (marcas)  "dinheiro" e "prosperidade". Mas, creio que Duas espécies de crentes diante da fidelidade de Deus é o artigo mais pertinente e que se aproxima do assunto pautado para a lição bíblica, a ser lecionada nas igrejas que usam a revista A Verdadeira Prosperidade - A Vida Cristã Abundante (CPAD).

Confira todas as abordagens sobre as matérias da revista no blog Belverede: EBD 2012 primeiro trimestre: Verdadeira prosperidade - vida cristã abundante.

E.A.G.

4 comentários:

Anônimo disse...

Saudações em Cristo!, eu já vi diversas vezes o missionário RR Soares ensinar que o crente deve Exigir de Deus seus direitos, bem como o Edir Macedo.
O RR Soares tem até um livro que se chama "EXIJA SEUS DIREITOS", els afirmam categoricamente que se o senhor é seu pastor, porque te falta as coisas?.

Abraços - Pb. João Eduardo Silva - AD Min. Belém - SP.

Anônimo disse...

Bom dia!!! O que o ensino da revista quer dizer é que assim como a salvação nos é dada de graça e imerecidamente, qualquer pessoa que acreditar que Jesus Cristo é o filho de Deus e nosso Rei, tem direito à salvação, nem todos serão salvos, é para quem acredita. Uma vez que aceitei a Jesus me comprometo a mudar buscar uma vida em santidade com Ele. Este é o aceite verdadeiro que requer renúncia, dedicação e todo o cuidado de Deus para conosco. Assim são as benção do Senhor, todo este planeta criado por Deus está aí para quem quiser, quantas cura o Senhor envia mediante a fé daqueles que não vivem o evangelho, mas creem que só Jesus pode curar, libertar e salvar. O que a lição condena é o determinismo, pessoas que acreditam que Deus é obrigado a nos dar algo porque vamos à igreja, "ou o Senhor me dá ou eu não venho mais", "eu preguei, louvei, jejuei, orei e acho que mereço" a teologia do determinismo está fazendo com que muitos deixem os caminhos do Senhor por acreditarem que Deus não está olhando para eles, estão se esquecendo que tanto as bençãos, como as provas são no tempo do Senhor ele sabe o melhor para cada um, ás vezes pensamos que sabemos tudo, mas só enxergamos o agora, Deus conhece passado, presente e futuro, por isso não devemos tentar barganhar com Deus
Simone

Pr. Genivaldo Tavares de Melo disse...

Achei muita estranha sua posição, alegando que ninguém faz barganha e que você nunca viu isso. Estou cansado de ver e também, mesmo diante das promessas bíblicas e fé para recebe-las, há um caminho a percorrer, de entendimento que nem tudo Deus concede por que nos ama. Não posso dizer para Deus: Quero o dom de milagres, por que está na tua palavra (apenas como exemplo) Muitas coisas precisam ser conquistadas com renúncia a vida secular. Se sair como anônimo, o anônimo sou eu, pr. Genivaldo.

Anônimo disse...

O texto sobre fé em Hb. 11 trata-se de da maior expectação que é a manifestação dos filhos de Deus; por isso uns preferiram morrer para alcançar uma sublime ressurreição.
Não há uma base maior na nossa pregação doque o calvário, a ressurreição e o arrebatamento. Esta é a base da fé.
Barganhar, muita gente barganha, mais é só que não tem uma viva esperança, pois a barganha relaciona-se com a vida terrena passageira.
O texto de Hb. Nada tem com a barganha terrena. Pelo contrario. 1° Abraão ofereceu o filho porque cria na ressurreição. Fato
2° Moisés recusou ser chamado filho da filha de faraó Tendo por maiores riquezas o vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista a recompensa (e não barganha)

E outra colocação sobre critérios divinos acerca da benção, lembre-se...
...Palavra fiel é esta: que, se morrermos com ele, também com ele viveremos;
Se sofrermos, também com ele reinaremos; se o negarmos, também ele nos negará;
Se formos infiéis, ele permanece fiel; não pode negar-se a si mesmo.
2 Timóteo 2:11-13

E também...
...Como está escrito: Amei a Jacó, e odiei a Esaú.
Que diremos pois? que há injustiça da parte de Deus? De maneira nenhuma.
Pois diz a Moisés: Compadecer-me-ei de quem me compadecer, e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia.
Assim, pois, isto não depende do que quer, nem do que corre, mas de Deus, que se compadece.
Romanos 9:13-16

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.