Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

EBD 2012 - Frutos da obediência na vida de Israel e dos cristãos

O comentarista José Gonçalves, da revista Lições Bíblicas, publicada pela CPAD para o 1º trimestre de 2012, intitulada A Verdadeira Prosperidade – A Vida Cristã Abundante, escreveu na lição nº 3, página 21 – edição mestre – que os capítulos 27 e 28 de Deuteronômio são dirigidos aos israelitas, mas os princípios são universais, para todos os seres humanos.

Em Deuteronômio 28, encontramos as promessas reservadas aos que obedecem a Palavra de Deus. Gonçalves nos lembra, obedecer é expressão de gratidão e amor. As bênçãos se relacionam com o ato de obedecer e as maldições se relacionam à desobediência. Encontramos a lista de maldições reservadas aos desobedientes, males que afetam a condição física do ser humano: pestilência (v. 21); febre, inflação, úlceras, tumores, sarnas (v. 27); etc.

Bênçãos ao corpo humano

A raiz etimológica da palavra lei é “alvo” e da palavra pecado é “errar o alvo”. O alvo de quem serve ao Senhor é fazer a vontade dEle. Quando isso ocorre, a expectativa de que a bênção virá, em consequência do acerto, é uma esperança natural, porque sabemos que Deus é justo.

Todas as promessas bíblicas são condicionais. Obediência tem como consequência ser abençoado, a vontade de Deus é que todo crente obediente não fique sem sua bênção.

Muitas promessas são dirigidas ao corpo humano, saúde aos servos do Senhor. .Deus criou a matéria, está interessado que tenhamos um corpo saudável. Mas, no meio cristão existe quem siga a doutrina asceta e pense que é preciso mortificar o corpo físico e priorizar apenas o bem-estar espiritual. Por muitos séculos houve a pregação afirmando que a matéria é pecaminosa, houve o esquecimento de que o Criador nos fez templo do Espírito e espera nossa manifestação corpórea para glorificá-lo.

O interesse em ser uma pessoa cheia de saúde não é sentimento pecaminoso. Desejar o vigor físico, que proporcione ocasiões para desfrutar dos prazeres, advindos da condição física perfeita, nada mais é do que almejar ser conforme o Criador fez o ser humano, o abençoou, e declarou que era bom (Gênesis 1.27-31).

Deus se interessa pelo bem estar físico do cristão. Lemos o apóstolo Paulo exortar a Igreja de Cristo pedindo que o crente ofereça o seu corpo em sacrifício santo e agradável a Deus, tal ação é comparável ao culto consciente. Lembremos que, toda oferta no culto judaico deveria ser com animais imaculados, perfeitos (Romanos 12.1-2). Entretanto, não existe base para crer que todas as  pessoas que sofrem com alguma doença está em desobediência e debaixo de maldição. Jesus declarou que no mundo teríamos aflições (João 16.33). Então, com bom ânimo, lutemos contra os males que nos afligem, porque temos autoridade para isso (Marcos 16.15-16).

Em Lucas 13.11-13, temos a narrativa de um dia de sábado, quando Jesus foi à sinagoga ensinar, e encontrou uma mulher que estava com a coluna encurva há dezoito anos. Ela não pediu cura, mas Jesus demonstrou o seu interesse pelo bem-estar físico do ser humano, chamou-a e a curou, e ela passou a glorificar a Deus.

Em diversas outras oportunidades, encontramos Jesus Cristo curando os enfermos. Em nenhum momento Ele repeliu-os condenando o interesse deles por serem curados, antes elogiou-os afirmando que a fé os havia salvo, curado. Ver: Mateus 9.22; Marcos 5.34; 10.52; Lucas 8.48; 17.19; 18.42).

As promessas de bênçãos e as expectativas em recebê-las

A Bíblia Sagrada está repleta de promessas de prosperidade aos que obedecem. Alguns anos atrás, as editoras King’s Cross Publicações e Juerp lançaram a Bíblia Edição da Promessa, onde encontramos mais de 1.100 promessas, destacadas e catalogadas em 72 temas. Encontramos promessas divinas em resposta da comunhão com o Senhor e harmonia com os semelhantes, pela dedicação à oração, etc

É preciso cuidado com o grau de interesse pelas bênçãos matérias. As recompensas que nos aguardam por obedecer ao Senhor não devem tomar proporções exageradas em nossos corações. O hedonismo não deve ganhar espaço. Caso ocupe o lugar principal do coração, então se configura em idolatria, pois tomou o lugar que pertence apenas a Deus.

Confira todas as abordagens sobre as matérias da revista no blog Belverede: EBD 2012 primeiro trimestre: Verdadeira prosperidade - vida cristã abundante

E.A.G.

Veja mais: A verdadeira prosperidade e o gnosticismo da atualidade

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.