Select the language

Research | Pesquisar artigos de Belverede

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Crônica da dieta do réveillon

Por Eliseu Antonio Gomes

31/12/2012. 6h30. Alarme de celular tocou. 

Ela acordou serena, tranquila, disposta para o raiar de um novo dia e novo ano. 

Ainda de olhos fechados pôs-se sentada na beirada da cama com os pés descalços no chão. Tateou com as pontas dos dedos a procura do par de chinelos. Levantou-se, ziguezagueando seguiu em direção ao banheiro. Passou a mão direita no interruptor de luz e iluminou o ambiente. 

Subiu na balança de pesagem e viu os benditos 75 quilos outra vez! Sussurrou em voz chorosa: “Preciso parar de mentir para mim mesma. Em 31 de Dezembro de 2011 eu fiz um propósito de emagrecer dez quilos durante o ano de 2012 e não tratei esse assunto com seriedade!”.

Seguiu para a cozinha desejando um robusto lanche com peito de frango e maionese e também pensando em refazer a promessa descumprida em cinco anos anteriores.

E.A.G.

domingo, 30 de dezembro de 2012

O cristão e o réveillon de 2013

O réveillon é na segunda-feira, amanhã. O momento para quem quer comemorar a chegada de 2013.

É uma pena que em momento tão festivo também aconteçam fatos tristes. Existe quem beba exageradamente - ou use outras drogas - e ao reboque tóxico se envolva em brigas com assassinatos. Outros, entorpecidos de álcool ou outras drogas, assumem o volante de um automóvel e provocam acidentes fatais no trânsito. Se você é evangélico não costuma consumir essas coisas, mas outros que ainda não tiveram a oportunidade de encontrar-se verdadeiramente com Jesus Cristo, sim... Todo cuidado é pouco para não se transformar em vítimas deles. Sempre aparecem notícias assim depois do réveillon.

As Prefeituras das maiores cidades do Brasil promovem grandes queimas de fogos de artifícios nesta época. Em São Paulo, já é praxe aguardar o estouro de rojões na Avenida Paulista. No Rio de Janeiro, na Praia de Copacabana. Tais acontecimentos são pautas obrigatórias nas redações da Imprensa brasileira.

A Virada de Ano movimenta a economia. Muita gente gasta e muita gente ganha dinheiro. As redes hoteleiras preparam-se para receber quem sai para festejar passeando. Casas de show, idem.  Isso é capitalismo.

E o seu réveillon? Não basta amar. Expresse a Deus e para as pessoas que você ama o seu amor.

Onde você estiver na última hora da véspera de Ano Novo, sugiro que seja com seu coração voltado para Deus. É importante lembrar-se dEle em momentos felizes. Lembre-se de agradecer por mais um ano de vida. É o Senhor quem sustentou você nos 366 dias de mais um ano bissexto.

Com ou sem celebração usando fogo de artifício, nos últimos instantes de 2012 queira estar junto das pessoas mais importantes da sua vida. Abrace as pessoas da sua família e faça todos ouvirem que elas são importantes para você. Se não for possível abraçar e dizer, use o telefone ou celular para conversar, ou enviar um recadinho digitado, fazendo-as saber que tem os melhores sentimentos reservados para elas no próximo ano e quer que elas sejam muito felizes em 2013.

Feliz Ano Novo para você!

E.A.G.

Belverede

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

CPAD - EDB 2012 - 4º trimestre: Malaquias e a sacralidade da família


O profeta

Malaquias é o profeta que fecha o grupo Doze Profetas Menores e também quem Deus usou para fechar a mensagem divina na forma escrita no Antigo Testamento.

O nome Malaquias aparece na introdução da obra, significa "meu mensageiro, meu anjo". Pode ser entendido como nome próprio e também como um título a quem o Senhor usa como porta-voz.

O casamento

Deus criou a instituição família e odeia o divórcio. É digno de nota que o primeiro livro do Antigo Testamento Gênesis, é o livro que apresenta o Criador formando a família, e que Malaquias, o último, apresenta o Senhor repreendendo o divórcio (Gênesis 2.21-22, Malaquias 2.16).

Alexandre Coelho escreveu o seguinte: "Deus condena os filhos de Israel pela prática dolosa do divórcio com suas esposas judias, a fim de se casarem com mulheres estrangeiras. Pelo teor do texto, entendemos que se tratava de homens com certa idade, que desprezavam a esposa com quem tinham se casado na juventude para contraírem núpcias com mulheres estrangeiras mais novas".


O livro

O livro foi escrito a partir de 516 a.C, depois que foram retomados as cerimônias de culto no templo de Jerusalém, depois da reconstrução empreendida por Zorobabel.

Em sua mensagem, Malaquias anuncia que Deus virá julgar e purificar o seu povo, para o que enviará primeiro um profeta como Elias para lhe preparar o caminho. Nos Evangelhos de Mateus e de Lucas, esta promessa está relacionada com João Batista, escolhido para preparar a vinda de Jesus Cristo (Mateus 17.11-13; Lucas 1.17).  

Gostei do comentário de Esequias Soares na revista para mestres, no tópico Interação: Comumente isolamos um assunto de determinado contexto literário ignorando o tema central daquela obra. O livro de Malaquias é o exemplo perfeito disso. Quando falamos nele, pensamos logo em "dízimo". É como se "Malaquias' e "dízimo" fossem temas amalgamados. No entanto, veremos que o assunto predominante do profeta Malaquias não é o dízimo (este apenas é tratado num contexto de corrupção sacerdotal e da nação), mas contrariamente, é o ralacionamento familiar e civil entre o povo judeu que constituem o seu tema principal.

O ministério

Malaquias começou a profetizar quando o povo e os sacerdores desrespeitavam o mandamentodo Senhor. A situação religiosa tinha se degradado, a moral tinha descido ao nível do insuportável, o culto era menosprezado pelos judeus. 

Afirma-se que o profeta tenha agido no período intermediário entre os ministério de Ageu e Zacarias, por volta dos séculos VI e início do  V a.C. Também levanta-se a hipótese que Malaquias tenha profetizado e sua profecia tenha dado abertura para as reformas realizadas por Neemias, visto que seus escritos refletem as condições existentes da época em que os muros foram reerguidos.

Conclusão

A mensagem enérgica de Malaquias contra a degradação moral e religiosa de seu tempo, prepara a comunidade para o reencontro com Deus. O convite também é válido para todas as pessoas da Era Cristã, que hoje não realizam momentos de adoração pautados pelo que têm de melhor. 

Consulta:

Bíblia de Estudo Almeida, edição 2006, Barueri (Sociedade Bíblica do Brasil).
Os Doze Profetas Menores, Alexandre Coelho e Silas Daniel, página 106, Rio de Janeiro (CPAD).

Natal: Jesus o seu melhor amigo


O clima de Natal parece ser um tempo em que há solução para todas as crises de relacionamentos. É quando muita gente bebe o remédio que cura mágoas, e motiva a pedir perdão e perdoar para seguir a vida em paz.

Esta época do ano não é apenas um momento de comércio. É tempo de confraternização e alegria. Em empresas e casas de família as pessoas se reúnem para trocar presentes. Por sorteio, uns se comprometem a presentear outros. Todos dão e recebem presentes. Esta época não é apenas o momento de sentar às mesas com os familiares. É oportunidade de lembrar que Deus nos presentou seu Filho para nós, todos os seres humanos. É quando eu também agradeço a Deus por ter dado a mim o seu único Filho, com o objetivo de apagar meus erros e me fazer uma pessoa feliz. 

Jesus é especial, dá motivo ao triste para alegrar-se e voltar a sorrir. Ele é especialista em presentear bem. Os presentes dEle são bênçãos: iluminam; dão força; ajudam aos caídos a levantarem-se; realmente aram feridas abertas e efetivamente removem as cicatrizes do passado.

Cristo não que ser seu amigo secreto. Ele deseja ser reconhecido publicamente por você perante todos como seu Salvador e Senhor. 

Nenhum coração é completo se não estiver junto de Jesus Cristo. O encontro com Ele nos faz seres reestruturados. Basta acreditar e pedir para receber a presença de Jesus. Essa experiência é mais do que estar inserido em um sistema religioso, é mais do que emoção, é constatação de satisfação interior que preenche a alma.

Demonstre que Jesus é seu amigo o máximo que puder. Abrace Jesus e siga-O. Este abraço não é físico, é espiritual. É expresso através da atitude de amar o semelhante praticando o bem a eles, é fazer o melhor possível para ser instrumento da vontade divina na sociedade onde vive. É um gesto que preenche o nosso ser. É uma experiência calorosa, sólida, impactante, e duradoura.

Cristo oferece: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize” – João 14.27.

Transmitindo a paz de Cristo por atos e palavras experimentamos o melhor da vida. “Vivei em paz; e o Deus de amor e de paz será convosco.” – 2 Coríntios 13.11 b.

E.A.G.

domingo, 23 de dezembro de 2012

Pobres, ricos, crentes ansiosos. Pecadores?



A vontade de Deus é que os cristãos nunca estejam conformados com a miséria. Ele quer o bem dos seus servos e não o mal.

Eu apresento argumentos bíblicos mostrando que é preciso ter bom ânimo, não prostrar-se, agir com o objetivo de melhorar de vida. Mas para conquistar o que é bom é necessário querer isso, crer que o Senhor deseja o bem de cada um de nós de maneira ampla. Deus se importa com nosso bem-estar espiritual, emocional e físico.

Havia algo errado com Paulo? 

O apóstolo passou por momentos muitos ruins. “Recebi dos judeus cinco quarentenas de açoites menos um. Três vezes fui açoitado com varas, uma vez fui apedrejado, três vezes sofri naufrágio, uma noite e um dia passei no abismo; em viagens muitas vezes, em perigos de rios, em perigos de salteadores, em perigos dos da minha nação, em perigos dos gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre os falsos irmãos; em trabalhos e fadiga, em vigílias muitas vezes, em fome e sede, em jejum muitas vezes, em frio e nudez. Além das coisas exteriores, me oprime cada dia o cuidado de todas as igrejas.” - 2 Coríntios 11.24-28.

Esses momentos ruins na vida dele não podem ser considerados autenticação de espiritualidade elevada. Ele foi o maior perseguidor de cristãos da sua época (Atos 7.58; 9.4-5; 1 Timóteo 1.12-13; Gálatas 1.13). As privações que o apóstolo viveu foram à colheita de tudo que ele semeou. Colheu aquilo que plantou.

Ele mesmo escreveu sobre causas e efeitos: “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará. Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna. E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido” - Gálatas 6.7-9.

A colheita

Apesar de Paulo converter-se, ter seus pecados apagados pelo Senhor, a semeadura do apedrejamento de Estevão e assassinatos de outros cristãos tiveram seu preço, e Paulo pagou bem caro por esses equívocos. E, pela misericórdia divina, por causa do sacrifício de Jesus na cruz, mudou de vida e também plantou no Espírito, e colheu as benesses espirituais.

Paulo entendeu que para colher o bem é preciso plantá-lo antes. Mudou de atitude e incentivou que fizéssemos igual. Para colher o bem é preciso plantá-lo: "A ninguém torneis mal por mal; procurai as coisas honestas, perante todos os homens. (...) Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem" - Romanos 12.17, 21.

Alguns cristãos observam a trajetória do apóstolo Paulo e cogitam que devem passar por sofrimentos parecidos com o que ele passou. Não colheremos o plantio de outros, apenas o nosso. Deus não permite que aquele que planta "trigo" colha "espinhos". Deus é justo.

O apóstolo Paulo faz um convite à reflexão. Examinemos nosso comportamento (1 Coríntios 11.28). Os cristãos precisam parar e pensar sobre a qualidade de vida em que estão. Se for ruim, precisam fazer uma análise introspectiva para descobrir os motivos e ver como mudar a situação. É preciso perguntar: O que plantei no meu passado?

O cristão deve ser próspero a nível financeiro sempre? 

Prosperidade bíblica não é o mesmo que ser milionário. A prosperidade do Senhor é uma condição em que cabe possuir muitas posses e também viver com poucas posses - mas tendo o suficiente que promova estabilidade em todos os sentidos.

Tribulações 

Deus não prometeu vida cristã isenta de problemas. Todos nós estamos sujeitos a ter aflições em alguns momentos. E não podemos inferir que um cristão passe dificuldades de quaisquer espécies por falta de fé.

O cristão afligido tem fé. Mas precisa atender ao convite à reflexão sobre seu comportamento, deve analisar o que plantou, pois a Bíblia Sagrada alerta que tudo o que plantamos também colhemos.

A beleza e a simplicidade e profundidade do Evangelho 

"Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas; mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." - Mateus 6.31-33.

O texto se refere para quais coisas? Duas, a prioridade são as coisas celestiais. Alimentos e roupas, o que comer e vestir deve permanecer em segundo lugar.

Um cristão não age com foco nas recompensas e menos ainda em benesses materiais. Ele faz a vontade do Pai por simples obediência e espera que as demais coisas lhes serão acrescidas, conforme a promessa do Pai. Esperar que Deus cumpra o prometido é manifestação de fé. Fé é esperança em atividade (Hebreus 11.1).

Mateus 6.31-33 não se refere ao acúmulo de riquezas. Não existe em nenhuma parte das Escrituras Sagradas um texto que condene a vida em prosperidade financeira. O que a Bíblia condena? Repreende a questão da avareza, a sovinice.

Crentes ansiosos. Pecadores?

Alguns alegam que o Novo Testamento não apresenta nenhum incentivo à busca do conforto físico e bens materiais. O apóstolo Pedro explica como os cristãos ansiosos por serem felizes devem se comportar.

“Porque quem quer amar a vida, e ver os dias bons, refreie a sua língua do mal, e os seus lábios não falem engano. Aparte-se do mal, e faça o bem; busque a paz, e siga-a. Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos, E os seus ouvidos atentos às suas orações; mas o rosto do Senhor é contra os que fazem o mal” - 1 Pedro 3:10-12.

“Semelhantemente vós jovens, sede sujeitos aos anciãos; e sede todos sujeitos uns aos outros, e revesti-vos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes. Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte;  lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós- Pedro 5.5-7.

A miserabilidade 

O que é miséria? É a falta de praticamente tudo que é necessário. E qual é a informação bíblica sobre este estado na vida de um crente?

“O justo não mendigará o pão” - Salmo 37.25. Se uma pessoa estiver afirmando que crê em Deus e está mendigando, ela precisa fazer uma reflexão sobre o que está provocando a má sorte. Alguma coisa  está errada na vida dela.

Existem cristãos vivendo com um ou dois salários mínimos, mas não passam fome. Por quê? Porque  Deus não permite que a mesa do justo esteja vazia. Alguns não têm sequer um carro, a moradia deles não é uma mansão, mas jamais morrerão de fome, definitivamente não mendigarão o pão.

Ponderemos sobre situações de  miserabilidade e observemos como e com qual objetivo o Criador nos fez.

Por que Deus nos deu estômago e o líquido biliar? Com certeza não foi para que passássemos fome, nosso estômago ficasse vazio e o líquido provocasse feridas estomacais ao ponto de criar úlcera. É claro que não!

Por que Deus nos deu o hipotálamo e o inverno?  Será para que sentíssemos a sensação térmica do frio, não houvesse condições de usar agasalho e a temperatura gelada diminuísse as funções vitais de nosso corpo e assim morrêssemos em estado de hipotermia? É lógico que não!

A vida em miséria não deve ser defendida por quem se considera cristão.

As pessoas defensoras da Teologia da Miséria usam textos bíblicos de maneira equivocada. Usam de maneira distorcida trechos em que existem repúdio ao egoísmo e avareza, Ignoram esses sentimentos negativos e alegam que as Escrituras Sagradas não aprovam o cristão querer e ter a prosperidade financeira.

Infelizmente existem evangélicos equivocados pensando que viver na escassez seja a vontade de Deus para suas vidas. Muitos cristãos difundem a ideia de que Paulo e os demais apóstolos viveram durante toda a vida deles em miserabilidade financeira, mas isso não possui respaldo bíblico. É produto de doutrina católica, coisa da mente de São Francisco de Assis.

A prosperidade

A hermenêutica nos mostra que é necessário seguir a síntese textual. Ela tem a ver com a boa exegese. Não é possível suprimir os sentidos dos vocábulos. Infelizmente, muitas pessoas que se apresentam como "pastores" não costumam usar o púlpito para ensinar a etimologia das palavras originais do Novo e Antigo Testamento em seu sentido completo.

Os termos . bênção, salvação e paz, tanto no hebraico quanto no grego também têm elos com a vida no plano físico. São vocábulos que tem tudo a ver com a prosperidade e saúde e estabilidade financeira.

Jesus disse "Paz seja convosco" (Lucas 24.36). O vocábulo paz não tem apenas conotação espiritual. No idioma grego, paz é "eirene". Ela é definida no campo físico como estado de tranquilidade nacional, isenção da devastação da guerra e da fúria, ausência de brigas, a harmonia entre pessoas e a segurança, a felicidade e a prosperidade. Significa estabilidade financeira, espiritual e psicológica. Na esfera espiritual é a plena certeza que a alma tem da salvação através de Jesus Cristo, a firmeza que não se abala perante as adversidades terrenas.

A palavra usada para bênção no Novo Testamento é "eulogia", o termo é empregado com o mesmo sentido que encontramos no Antigo Testamento (Hebreus 6.7; 2 Corintios 9.7. Fazer o bem generosamente (Tiago 3.10). Porém, possui um sentido mais amplo. Além do plano espiritual, também denota o bem-estar físico (Romanos 15.29; Efésios 1.3).

O vocábulo salvação (soteria) tem significado que não é apenas dirigido ao espírito. Salvar tem a ver com saúde física e estabilidade financeira também!

Paulo afirmou o seguinte: "Tanto sei estar humilhado como também ser honrado; de tudo e em todas as circunstâncias, já tenho experiência, tanto de fartura como de fome, assim de abundância como de escassez: tudo posso naquele que me fortalece” - Filipenses 4.12- 13 (ARA).

Quem fortalece o cristão na abundância e na fartura? Não é a carne e nem o diabo, é Jesus Cristo!

O sustento

Vamos meditar em 1 TImóteo 6.7-8: "Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele. Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contente".

O termo sustento, no grego, tem a conotação de fartura, ter a casa própria, a despensa cheia de comida e o guarda-roupa com boas roupas. A palavrinha que foi traduzida como sustento não é algo que lembre pobreza, não tem associação com a escassez e fraqueza.

Eu já tive a oportunidade de ouvir pregadores abordando 1 Timóteo 6.7-8 e fazer referência à miséria, ao trabalho árduo que produza apenas um prato de almoço ou janta. Neste texto bíblico, “sustento” é sustento mesmo, é a capacidade de manter-se firmemente em pé, estar absolutamente equilibrado, viver muito bem!

Enfim, quem está contente com a escassez não está seguindo o ensino de Paulo.

Concluindo 

Esclareço não sou defensor da tal Teologia da Prosperidade, mas, sim. da PROSPERIDADE BÍBLICA. Aparentemente são iguais, mas na realidade são totalmente diferentes. E por causa da semelhança, quem não se aprofunda com seriedade nesta questão, combate a segunda, pensando ser a primeira.

 E.A.G.

sábado, 22 de dezembro de 2012

Planos de leituras da Bíblia Sagrada


Ano novo em nossas vidas, ótima oportunidade de ler, ou reler, a Bíblia Sagrada inteira.

A experiência em possuir o conhecimento do texto bíblico é importante. Sem exagero, se deixamos a Palavra de Deus entrar em nossos corações, criamos um marco divisório em nossas vidas. Podemos dizer que a vida se divide em antes e depois da leitura.

Nas livrarias evangélicas, encontramos muitos exemplares da Bíblia Sagrada com apêndices que contêm Plano de Leitura. De posse deles, a leitura torna-se mais prática, pois a cada capítulo lido o leitor faz marcação e tem visão abrangente do seu avanço.

Na Blogosfera Cristã, temos um ótimo artigo, de autoria de André Sanchez. No blog Esboçando Ideias, ele publicou um artigo aos interessados, elaborou seis opções para baixar em PDF quadros de marcações de leituras. Então, é só pegar a impressão e colocá-la dentro da Bíblia, para na medida em que se ler anotar o que leu.

O site Bíblia Online Net oferece aos internautas alguns Planos de Leitura. Além disso, é possível ler em companhia de outros leitores, em um espaço de comunidade virtual, e escolher a versão predileta com e sem áudio.

É possível ler de duas maneiras: devocional e sistemática. São dois métodos distintos e necessários que todos os cristãos precisam experimentar.

Através do método devocional geralmente o leitor não tem pressa. É meditativo, contemplativo. Lê e ao mesmo tempo ora. O processo é semelhante ao diálogo com Deus.

Pelo processo sistemático o leitor absorve os detalhes gerais, enfatiza todos os detalhes que envolvem o texto bíblico. Estuda a vida do escritor do texto, leva em consideração o contexto histórico, a arqueologia e geografia bíblicas; analisa a etimologia de vocábulos e compara traduções.

Vamos (re) ler a Bíblia Sagrada em 2013!

E.A.G.

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

E o mundo não acabou...


20h23. Atenção "profeiteiros" do caos: na Asia e Oceânia o relógio já marca meia-noite de 21 de Dezembro de 2.012. Não há colapso, tudo vai bem por lá. É isso mesmo, mundo não acabou. Durmam bem.

Profecia maia e os perús de natal.

E.A.G

Professora Victoria Soto, evangélica - morreu como heroína na escola Sandy Hook


Aos 27 anos de idade Victoria Soto faleceu no dia 14 de Dezembro, sexta-feira passada, desempenhando papel de heroína, protegendo sua classe de alunos na escola de ensino fundamental Sandy Hook, ocasião em que o louco Adam Lamza invadiu o lugar e disparou tiros matando 20 crianças e seis adultos.  Ela era pedagoga há cinco anos.

Victoria era evangélica, professora de alunos da primeira série escolar, solteira, morava com seus pais, irmãos e seu animal de estimação, um cão da raça labrador, em Stratford, Connecticut - onde viveu toda sua breve vida. Seu pai, Carlos, um porto-riquenho, é operador de guindaste no departamento estadual de transporte. A sua mãe, Nancy, uma norte-americana, é  enfermeira. 

As pessoas mais íntimas - que a descrevem como uma pessoa divertida, alguém dona de sorriso sempre largo e contagiante -, dizem que não se surpreenderam com o heroísmo, pois ela era apaixonada por sua profissão, tinha enorme prazer em lecionar para a criançada, a quem se empenhava bastante criando planos de aulas muito bem elaborados para apresentar coisas novas de um jeito interessante aos pequeninos.

Seus parentes mais próximos dizem que ela possuía prazer em fazer coisas simples, como misturar ovos e farinha de trigo para fazer o pão que comia junto com a família, alimentar a criação de patos de sua avó, assistir desenhos animados e ler livros ao ar livre. Em sala de aula, havia estipulado um determinado tempo em que as crianças eram liberadas para mascar chicletes - o que normalmente proíbe-se perimptoriamente.

Seu pai compartilhou seu último momento com a filha no dia do crimea Antes dela sair para lecionar, ele esteve ao piano e Victoria cantando, ensaiaram para uma apresentação na igreja, à noite de natal. Depois, Victoria foi vista numa biblioteca, foi lá retirar um livro infantil para ler aos seus alunos- ela deve tê-lo lido, pois a tragédia aconteceu nos últimos minutos da aula.

Para proteger as criancinhas do enlouquecido atirador Adam Lamza, Victoria as escondeu. Existem duas versões, uma diz que ela as escondeu dentro de um armário e outra que fez isso as levando para um banheiro. Quando Lamza chegou na sala de aula, teria descoberto sua ação, atirou em alguns alunos e também nela, que veio a falecer em estado terrível, pois seu pai relatou à imprensa local que sua aparência era quase irreconhecível. Ela foi encontrada debruçada sobre alguns crianças, demonstrando que se fez de escudo humano. Alguns alunos dela sobreviveram.

Gary MacNamara, o chefe da Polícia do departamento de segurança de Fairfield, foi um dos primeiros a chegar no lugar da tragédia na escola Sandy Hook. Ele confirma a versão do esconderijo no armário e acrescenta que a professora teria empurrado crianças para correr no corredor antes que Lamza abrisse fogo dentro da sala usando seu rifle semi automático e outras armas.

O funeral de Victoria contou com a presença do cantor Paul Simon, que entoou "The Sound of Silence" um sucesso e clássico da dupla Simon and Garfunkle, canção escrita em 1963 após o assassinato de John F. Kennedy, cantada também em homenagem às vítimas do atentado de 11 de Setembro na data do décimo aniversário. Um trecho da letra: "Em sonhos agitados caminho só, por ruas estreitas de paralelepípedos."

A Fox News latina descrece Victoria Soto como modelo de filha, professora e cidadã. Segundo John Harkins, prefeito da cidade, em entrevista para a Associated Press, a atitude de Victoria, ao agir preocupada mais com o bem-estar dos alunos do que com ela própria, mostrou claramente a ótima dedicação, empenho e bom caratismo.

Enfim, que Deus conforte o coração de todas as pessoas que amavam Victoria Soto, a educadora de crianças que lecionava na escola primária de Newton.

Veja mais no Belverede:

Morgan Freeman e a suposta declaração sobre o massacre na escola de Sandy Hook  

Paul Simon: Sound of Silence

Victoria Leigh Soto: professora evangélica heroína

E.A.G.

Consultas:

Daily News - http://www.nydailynews.com/news/national/jeter-special-call-mom-slain-newtown-teacher-article-1.1224130
Hollywood Life - http://hollywoodlife.com/2012/12/19/paul-simon-sandy-hook-funeral-teacher-newtown-shooting/
Mirror - http://www.mirror.co.uk/news/world-news/connecticut-school-shooting-victoria-soto-1498326
New York Times - http://www.nytimes.com/2012/12/20/nyregion/remembering-the-passion-of-victoria-soto-a-sandy-hook-teacher.html?_r=0
Urban Newsaromm - http://www.urbannewsroom.com/2012/12/16/she-died-so-they-could-live-hero-teacher-victoria-soto-used-her-body-to-shield-students-from-madmans-hail-of-bullets/

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Profecia maia e os perús de natal


Segundo interpretações da "profecia maia", o fim do mundo está previsto para a próxima sexta-feira, dia 21 de dezembro. A previsão é que uma hecatombe mundial de grandes proporções se abateria sobre a raça humana na entrada do equinócio de inverno.

E.A.G.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

CPAD - EDB 2012 - 4º trimestre: Zacarias e o Reino Messiânico

Quem era

Zacarias significa "o Senhor se lembra".

O profeta Zacarias (1.1; 12.12-21), assim como os profetas Jeremias e Ezequiel era membro de família sacerdotal (Jeremias 1.1; Ezequiel 1.3). Começou a profetizar ainda jovem (2.4). Ministrou na época de Ageu, seu contemporâneo (Esdras 5.1; 6.14). Provavelmente, tenha nascido na Babilônia. E sob a liderança de Zorobabel e Josué, por volta de 538 a.C., junto com o povo judeu retornou para Judá (Neemias 11.4)

O livro

Ao escrever, o objetivo de Zacarias era incentivar a busca de renovação espiritual do povo judeu.

Os destinários da mensagem era o povo de Judá, o profeta ministrava visando estruturar a comunidade cujo reino ainda não estava restaurado, lembrava ao povo que a reconstrução do templo fosse finalizada, o templo devia voltar ao funcionamento (4.8-10).

Podemos considerar que Cristo é o tema do livro de Zacarias. Jesus é apresentado como o Salvador de Israel, a fonte cujo sangue cobre os pecados de todos os que vêm a Ele para a salvação (Zacarias 13.1, 1 João 1.7).

Não existe razão para questionar que a autoria do livro inteiro seja de Zacarias. Apesar disso, alguns questionam considerando que os capítulos 9 e 14 possuem características de composição diferentes do restante da obra. 

A mensagem central

O profeta ensina que a salvação pode ser obtida por todos. Informa que os povos de todo o mundo que decidirem adorar a Deus têm a possibilidade de escapar da condenação divina. Ensina que Deus deseja que todas as pessoas O adorem e aceita a adoração de todos, independentemente de suas expressões nacionais ou políticas.

Zacarias anuncia que Deus é soberano neste mundo, em sua soberania Ele tem total controle sobre a Historia. No último capítulo, o profeta esclarece que até mesmo as forças da natureza respondem ao controle divino.

O livro enfatiza que Deus conhece o futuro, vê e sabe tudo o que vai acontecer antes que os fatos ocorram. Apesar de sua onisciência, por vontade própria, o Senhor não interfere na liberdade individual de cada ser humano, de querer segui-lo ou não. E acompanha os passos das pessoas para que elas sejam justamente responsabilizadas pelas escolhas que fazem.

As profecias

Diversas profecias acerca de Jesus Cristo e da era messiânica são encontradas no Livro de Zacarias. Como a promessa de que o Messias viria para habitar no meio de nós (2.10-12; 3.8-9, 6:12-13); Cristo como o fundamento da Igreja (Mateus 1.23; Lucas 20.17-18); e a promessa de Sua Segunda Vinda, quando aquele que O traspassou olhará para Ele e se lamentará (Zacarias 12:10, João 19:33-37).

As oito visões

As visões (1.7 – 6.8) são apelos à conversão e de maneira resumida estão descritas assim: “Portanto dize-lhes: Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Tornai-vos para mim, diz o SENHOR dos Exércitos, e eu me tornarei para vós, diz o SENHOR dos Exércitos. (...) Vossos pais, onde estão? E os profetas, viverão eles para sempre? Contudo as minhas palavras e os meus estatutos, que eu ordenei aos profetas, meus servos, não alcançaram a vossos pais? E eles voltaram, e disseram: Assim como o SENHOR dos Exércitos fez tenção de nos tratar, segundo os nossos caminhos, e segundo as nossas obras, assim ele nos tratou” - Zacarias 1.3, 5-6.

Conclusão

O livro, em primeiro plano foi escrito ao povo de Judá, mas a abrangência dele é maior. A lição mais importante no ministério profético de Zacarias estende-se aos cristãos. Em nossa atitude de adoração a Deus, devemos aplicar ações efetivas de evangelização, fazer com que as Boas Novas do Evangelho seja de conhecimento de todas as áreas da nossa sociedade, ricos e pobres, gentes indoutas e intelectuais. É preciso empreender missões em todo o mundo, aproximar-se de todas as pessoas em todas as raças, idiomas e culturas.

É preciso anunciar em alto e bom som ao mundo que a salvação está disponível através do sangue derramado de Jesus Cristo na cruz, Ele morreu em nosso lugar para expiar o pecado. Dizer ao que rejeitam o sacrifício, que não existe outro sacrifício pelo qual podemos ser reconciliados com Deus. Não há outro nome debaixo do céu pelo qual os homens são salvos (Atos 4.12). Não há tempo a perder, hoje é o dia da salvação (2 Coríntios 6.2).

E.A.G.

Atualizado em 18h01

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Morgan Freeman e a suposta declaração sobre o massacre na escola de Sandy Hook

O célebre ator negro Morgan Freeman, ganhador do Oscar de melhor ator coadjuvante pela atuação em Menina de Ouro, recebe os créditos de uma declaração contundente que está se espalhando pela Internet. O texto fala sobre os motivos de Adam Lamza, o responsável pelo massacre de 26 pessoas no dia 14 de Dezembro no prédio escolar Sandy Hook, na cidade de Newtown, estado de Connecticut, EUA. O conteúdo é algo realmente tocante, instigante, são palavras que parecem sinceras e entram lá no fundo de todos os corações e nos faz refletir sobre a escalada da violência na sociedade moderna. A citação está na Rede Mundial de Computadores desde sábado, 15, e já está circulando em versão traduzida ao português em alguns blogs e redes sociais do Brasil. 

Mas a postagem tem todas as características de fraude. Não há uma fonte fidedigna, não há condições de relacionar o texto ao ator.

O texto não inspira credibilidade quanto à informação de autoria porque Freeman possui redes sociais, entretanto o artigo não está postado nelas. E porque as mídias convencionais estão de braços abertos para qualquer momento que ele queira pronunciar-se, porém também o conteúdo não está publicado em nenhuma delas.

Talvez, Freeman, comprovadamente talentoso e inteligente, até seja o autor do desabafo e não queira expor-se. Enfim, não é possível confirmar autoria; então é mais provável que o crédito seja falso, mesmo.

Associated Press / Chris Pizzello, arquivo
15 de Janeiro de 2011: Freeman faz pose em Los Angeles, antes de ser homenageado na cerimônia de premiações Globo de Ouro com um troféu Ceceil B. DeMille Award pelo conjunto da obra. (AP Photo / Chris Pizzello)

Morgan Freeman escreveu isso?
"Você quer saber o porquê? Isto pode parecer cínico, mas eis aqui o porquê:

É a forma em que a mídia retrata o ocorrido. Basta olharmos como a notícia é divulgada e ver como tratamos o atirador do shopping Oregon no meio da estréia de Batman no cinema: o atirador é visto como celebridade. Dylan Klebold e Eric Harris são nomes conhecidos, mas você sabe o nome de, ao menos, uma vítima de Columbine? Pertubardor.

Não fosse dessa forma, ninguém sairia de seus porões ao ver a notícia, na intenção de fazer algo pior, ganhando seu espaço, seu memorável sucesso. Por que uma escola primária? Por que crianças? Porque ele será lembrado como um monstro horrível, ao invés de um anônimo infeliz.

A CNN relata que, se a contagem de corpos "manter-se", a chacina seria classificada como segunda mais violenta, atrás de Virginia Tech, criando uma estatística classificatória de matanças piores do que outra. Então divulgam entrevista em vídeo da terceira série com todos os detalhes do que viu e ouviu enquanto os tiroteios foram acontecendo.

A Fox News tem o rosto do assassino estampado em todos os seus noticiários extraordinários, que ocorrem de hora em hora. Algum noticiário se concentra nas vítimas e ignoram a identidade do assassino? Não que eu tenha visto ainda: isso não vende.

Então, parabéns, mídia sensacionalista, você incentiva alguém querer fazer algo pior, destruir uma creche ou a maternidade mais próxima.

Vocês - mídia sensacionalista - poderiam ajudar, se esquecessem o que você já divulgaram sobre este homem, e divulgassem o nome de pelo menos uma vítima. 

Você pode ajudar doando para pesquisa sobre doenças mentais, ao invés de apontar para o controle de armas como o problema. Você pode ajudar, se parar de alimentar e consumir  notícia dessa espécie."

Consulta: Examiner

domingo, 16 de dezembro de 2012

A Blogosfera Evangélica e o Festival Promessas da Rede Globo

Amauri Nehn/AgNews via UOL




Ontem, navegava pela Internet e a conexão caiu, ao mesmo tempo que também caíram as conexões de telefone e da televisão, serviços oferecidos por uma mesma empresa. Sendo raro acontecer falta tríplice, procuramos o motivo e logo constatamos que na rua de frente haviam diversos funcionários da empresa de energia elétrica pendurados nos postes. Pensamos: “por acidente alguém cortou o cabo de banda larga.” Pouco tempo depois, muito prestativa, a empresa que distribui a Rede Mundial de Computadores, telefone e TV na minha casa, e de muitos outros vizinhos, apareceu e desfez o problema.

Neste interim busquei a captação de sinal pela velha antena UHF e sintonizei a Rede Globo em sinal digital, justamente quando começaria o Festival Promessas, realizado no Campo de Marte, em São Paulo, transmitido ao vivo através do moderníssimo sistema HD e som para Home Teather com distribuição 5.1 - disponibilização de tecnologia de primeira linha e que merece parabéns!

A vida é bem assim, mesmo: tinha uma leve curiosidade sobre o Festival Promessas, mas não sabia data e hora da transmissão, pensava que seria próximo ao Natal. E satisfiz minha curiosidade, por causa de um eletricista desatento, ao acaso fui levado a ver com meus próprios olhos o que tanta gente parece ter muito prazer de opinar, uns contra e outros favoravelmente. Adianto que ao final exporei  meu parecer quanto ao lado "teológico" do evento.

Em 1.997 também estive no Campo de Marte, também era um sábado, o evento chamava-se 2º Congresso Mundial das Assembléias de Deus, quando estiveram reunidas cerca de 700 mil pessoas, segundo os dados das autoridades. Sobre aquele evento a cobertura do jornalismo da Rede Globo usou cerca de 1 minuto, mesmo com o então Fernando Henrique Cardoso se fazer presente no local. Talvez, por me lembrar disso fiquei um pouco surpreso em ver todo o aparato tecnológico que a Rede Globo investiu no Festival Promessas, num programa de aproximadamente sessenta minutos de duração.

Hoje eu naveguei pela Blogosfera Evangélica, para saber qual eram os posicionamentos. Não fiquei surpreso com as críticas de muitos blogueiros, que fique claro que respeito a todos. De alguma forma as manifestações deles apenas reforçou o que já disseram antes.

O blog Esquiziltol – Zilton Alencar (1) usou o capítulo 15 do primeiro livro de Samuel, trocando Amaleque por Rede Globo. E o resultado foi esquisito. O autor do texto, que se diz cristão pentecostal, recebeu a reprodução ipisis leteris de seu texto em outro blog, que se ocupa de zombar de toda a cristandade pentecostal, e um vídeo (2) de um internauta que se identifica com o codinome 40 rodes no YouTube, e este vídeo postado no blog da Rô Moreira. (3)

No Olhar Cristão, encontrei a crítica equilibrada: "No meio evangélico mais conservador o entendimento de que "a Globo é do diabo" e vive espalhando porcaria por meio de novelas nojentas, é uma realidade. Por outro lado, não deixa de ser uma vitória evangélica. Não são os evangélicos que precisam da Rede Globo. É a Rede que precisa dos crentes para garantir seu faturamento. Os evangélicos são, hoje, 1/4 da população brasileira em 2012. Em 2020 serão 1/3, cerca de 70 milhões, crescendo naturalmente e sem pressa à mesma taxa anual de 4,9% dos últimos 70 anos. E chegamos até aqui debaixo do preconceito da família Marinho." João Cruzué usou o logotipo da Rede Globo para anexar em seu centro uma moeda. E juntou ao anexo “aleluia, irmão; tim-tim; Globo gospel” (4)

No O Blog do Ciro (5),o editor começa seu texto afirmando não querer comentar sobre o evento em si, que classifica de “evangelho-show” e as pessoas que se simpatizam com quem cantou naquela ocasião de “fãs de celebridades gospel”. O Pr Zibordi voltou aos textos que eu já havia lido em alguma ocasião passada, para esclarecer as bases bíblicas que sustentam seu posicionamento contrário. Achei pertinente a pergunta dele sobre o troféu, com anjos a assemelhados aos querubins da arca da aliança. Também considero de péssimo gosto. Mas eu não vi nenhum cantor ou cantora ser premiado. Se foram, não houve televisionamento.

Renato Vargens escreveu aos seus leitores: "O dualismo que nos cerca é absulutamente assustador. Impressiona-me a rapidez com que os evangélicos transformaram demônios em santos e santos em demônios. Ora, a Globo não pertence ao capeta e nem tampouco está preocupada em glorificar o nome do Senhor. Na verdade, a que globo deseja é vender aos milhões de evangélicos deste tupiniquim país seus produtos globais. Por favor, não sejamos simplistas o surgimento do Festival Promessas não se deu pelo fato de que a Globo esteja se convertendo". (6) Eu não conheço ninguém que tenha mudado seu pensamento por causa do Festival Promessas, mas talvez o tal blogueiro sim...

Ruy Marinho, escrevendo um dia após Vargens, trouxe uma crítica bastante parecida: (7) "O curioso é que o mesmo "povo gospel", que há pouco tempo atrás satanizava a Rede Globo por conta de sua programação anticristã, bipolaricamente hoje se vê parceira da audiência desta emissora, vendo-a como um canal abençoador para a população. Triste massa de manobra!"

Meu parecer sobre tudo o assunto

Ao meu lado, minha esposa perguntou para mim o que eu achava daquilo. Disse-lhe que acreditava que muitas pessoas que não têm disposição de ir às igrejas e nem sintonizar programas ou canais evangélicos naquele instante estavam ouvindo música e letras que falavam em Deus e Jesus Cristo. E considera isso bom? Sim, respondi.

Não considero que o evento seja algo ruim. O fator televisão secular é algo que podemos ver como similar do mundo, ao qual Jesus Cristo ordena que o cristão vá pregar o Evangelho (Marcos 16.15-16). É uma ordem divina, e nem todos obedecem. Antes de criticar os cantores, examinemos a nós mesmos, perguntemos a nós mesmos o que fizemos neste ano de 2012 com relação às evangelizações.

Eu tinha a ideia de que o evento Festival Promessa seria apenas uma vitrine para a Som Livre, que é o braço musical da Rede Globo. Pensava que a intenção era  fazer concorrência a Sony Music, que está vendendo o filão gospel há mais tempo. Mas, além da Ana Paula Valadão e Diante do Trono, se apresentaram cantores contratados de outras gravadoras também. As cantoras Cassiane e Aline Barros usam o selo musical  Sony Music; Thales Roberto grava pela Graça Music, e salvo equívoco, Fernandinho e André Valadão conduzem seus trabalhos de maneira independente.

É claro que, apesar dos críticos dizerem o contrário, a maioria dos cristãos evangélicos sabe que a Rede Globo promove o Festival Promessas pensando em ganhar dinheiro através das canções cristãs. E por acaso as gravadoras evangélicas doam CDs e DVDs em nome do evangelismo? Ora, vamos ser maduros ao falar sobre isso, lembrando que o dinheiro move praticamente todas as ações no Brasil. Não é inteligente que se critique venda e compra, pois estamos em um país regido pelo sistema econômico capitalista.

Segundo alguns sites especializados na televisão brasileira, a exibição do Festival Promessas atingiu índices ótimos, marcou 10.4 pontos de Ibope. No mesmo período a Record ficou com 7.3 e o SBT com 5.3. Na semana anterior, no mesmo horário era exibido um programa da Xuxa, que pontuou números menores. A conclusão de tudo isso é que o Festival chegou para ficar, e toda a crítica negativa servirá apenas de mola propulsora à Som Livre, Globo e todos os cantores e gravadoras que fizerem parte do evento. Sim, cada postagem contrária será propaganda gratuíta para a Som Livre / Rede Globo e os demais envolvidos.
_________

Imagem - http://musica.uol.com.br/album/2012/12/08/festival-promessas-reune-os-principais-nomes-da-musica-gospel-em-sao-paulo.htm
1 - http://esquizilton.blogspot.com.br/2012/12/1-samuel-15-uma-releitura-para-nossos.html?m=1
2 - http://www.youtube.com/watch?v=aN6QjN1c15Q&feature=player_embedded#!
3 - http://mulheresabias.blogspot.com.br/2012/12/rede-globo-trofeu-promessas-x.html
4 - http://olharcristao.blogspot.com.br/2012/12/o-gospel-na-globo-festival-promessas.html
5 - http://cirozibordi.blogspot.com.br/2012/12/festival-promessas-o-importante-e-que.html
6 - http://renatovargens.blogspot.com.br/2012/12/os-evangelicos-globo-e-o-festival.html
7 - http://bereianos.blogspot.com.br/2012/12/festival-promessas-na-globo-e-seus.html#.UM4e0qwkT_A

sábado, 15 de dezembro de 2012

Pastor Walter Brunelli na RedeTV


O Pr. Walter Brunelli é líder da Assembleia de Deus Bereana, rua Joaquim Távora, nº 1.403, na Vila Mariana. - SP. Ele já possui em seu currículo ministerial as transmissões de televisão, acostumei a acompanhá-lo durante o meio de semana na Rede Gospel.

Foi uma grata surpresa encontrá-lo na Rede TV!, no sábado anterior e uma satisfação assisti-lo hoje, 15 de Dezembro, quando comentou sobre a previsão maia sobre o fim do mundo. Seu programa precede ao da Igreja Presbiteriana e antecede ao de Silas Malafaia.

Considero Brunelli um dos pregadores mais bem preparados à exposição da Palavra de Deus no Brasil.

Artigo paralelo: Parada Gay afronta paulistanos heterossexuais

E.A.G.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Potifar, o eunuco egípcio

José e a esposa infiel de Potifar
Depois de uma troca de postagens no chat da comunidade UBE Blogs, houve a curiosidade e senti vontade de pesquisar sobre quem era de fato Potifar.

Eu já estudei o tema antes e me lembrava que Potifar era retratado como eunuco. Mas, um participante do bate-papo disse-me que havia lido um estudo bíblico que concluía que Potifar não era eunuco. Então, veio em mente escrever sobre o tema e postar neste blog. E fiz isso.

Nos idiomas hebraico e aramaico, o substantivo masculino “eunuco” é “saris” e está inserido como palavra estrangeira na lingua hebraica, usada junto com a ideia de castrar. A palavra é de origem assíria. Ao pé da letra, o termo é interpretado como “na cabeça”, isto é, o chefe, um administrador. Uma antiga tradução siríaca da Bíblia, traduziu o vocábulo como “pessoa de confiança”.

Cogita-se que a razão para essa confiança especial que os eunucos gozavam era porque não tinham a possibilidade de gerar filhos, sendo inférteis não havia motivação para agir de maneira corrupta e nem tentar derrubar governos a fim de beneficiar a família em posições políticas de destaque social.

Normalmente, uma pessoa descrita como "eunuco" era um homem deliberadamente castrado em idade jovem. Não era costume que pessoas nascidas com defeitos físicos nos testículos, problemas congênitos, fossem considerados “eunucos”.

No Antigo Testamento “saris” é traduzido como camareiro treze vezes (2 Reis 23.11;. Ester 1.10-15; 2.3, 14, 15,.21; 4.4-5; 6.2, 14; 7:9) . E eunuco dezessete vezes (2 Reis 9:32;. 20:18;. Isaías 39.7; 56.3-4; Jeremias 29.2: 34.19; 38.7; 41.16; 52.25;. Daniel 1.3-18).

Ver Gênesis 39:1; 40:2, 7; 1 Samuel 8:15;. 1 Reis 22:9;. 2 Reis 8.6; 24.12-15; 25.19;. 1 Crônicas 28.1, 2 Crônicas. 18.8.  

Os eunucos / saris desempenharam papéis importantes na história antiga, nas sociedades chinesa, romana, bizantina, dos impérios otomanos. Eram assessores de alto escalão, ministros de Estado, funcionários que cumpriam papéis burocráticos. Muitos eram encarregados dos aposentos de rainhas e de haréns de reis. Na Europa, meninos eram castrados para que pudessem crescer mantendo a voz estridente e de grande alcance vocal – estes eram conhecidos como “castrati”.

“E os midianitas venderam-no no Egito a Potifar, oficial de Faraó, capitão da guarda” - Gênesis 37.36.

Praticamente, todos os cristãos conhecem a história de José e o episódio em que é comprado como escravo e vai trabalhar para Potifar e nesta ocasião é assediado sexualmente pela esposa dele e injustamente preso.

Abri diversas traduções bíblicas em português em Gênesis 37.36 e 39.1. Nelas, o termo "saris" está vertido como "eunuco" apenas na João Ferreira de Almeida, Edição Revista e Corrigida - na grafia simplificada, 44ª impressão, de 1980, da Imprensa Bíblica do Brasil. Tal versão oferece nota de rodapé, esclarecendo que o "eunuco" do texto era um oficial. Observação: a 54ª impressão, edição de 1982 da mesma editora, é similar. 

Encontramos no relato de Gênesis, capítulo 39, versículo 1 ao 9, o oficial Potifar, eunuco não no sentido literal, pois era homem casado e portanto podemos considerar que não tivesse sua genitália mutilada. Hoje em dia os historiadores estão inclinados a declarar que, fisiologicamente, Potifar não poderia ser considerado como um eunuco. Entretanto, apesar do casamento, há quem cogite que a insistência da esposa de Potifar em tentar um ato de infidelidade conjugal com José, aconteceu porque ele não tivesse capacidade de manter conjunção carnal.

Nem todos os “eunucos” eram castrados, ao menos no Egito. A sociedade egípcia parece ter sentido repugnância ao ato de extrair órgãos do corpo humano.

Segundo historiadores, não há documentos faraônicos indicando que eles ocupassem postos predominantes nos palácios, como guardiões de haréns e escritórios administrativos e conselheiros de monarcas. Não existe nada parecido no Egito com o que havia na Mesopotâmia em relação aos eunucos.

No Egito, existia o uso da atribuição apenas para designar os altos funcionários da corte de faraó. A presença comum nos tempos antigos de homens castrados nas cortes reais mesopotâmicas deve ser o motivo da palavra “eunuco” ter sido difundida de maneira generalizada para pessoas não castradas que exerciam funções importantes junto ao faraó. Ou seja, havia a atribuição apenas para designar os altos funcionários da corte de faraó e Potifar era uma dessas autoridades com o título “eunuco” sem ser mutilado.

Eunuco no Novo Testamento

"Porque há eunucos que assim nasceram do ventre da mãe; e há eunucos que foram castrados pelos homens; e há eunucos que se castraram a si mesmos, por causa do reino dos céus. Quem pode receber isto, receba-o.” – Mateus 19.12.

A palavra usada no idioma grego, nas páginas do Novo Testamento é "eunouchos", da qual temos a nossa palavra eunuco. "Eunouchos" é a junção de eune (cama) e echein (para segurar). A maioria dos estudiosos explica que o termo significa "aquele que guarda a cama." Mas Jesus não teria usado a palavra grega no texto de Mateus 19.12, uma vez que Ele conversava em hebraico.


E.A.G. 

Consultas:
http://wiki.answers.com/Q/Was_Potiphar_a_eunuch
http://wiki.answers.com/Q/How_are_eunuch_born
http://bible.cc/genesis/39-1.htm
 

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

CPAD - EDB 2012 - 4º trimestre: Ageu e o compromisso do povo da aliança

O profeta

O nome Ageu significa "minha festa", ou "festeiro", provavelmente um referência ao retorno do exílio.

Ageu é citado no livro de Esdras (5.1; 6.14).

O profeta foi um dos exilados judeus (das tribos de Judá, Benjamim ou Levi) que retornaram sob o governo de Zorobabel, o chefe civil do povo, e Josué, o sumo sacerdote, 536 a.C, favorecidos pelo primeiro edital de Ciro, escrito 138 anos antes, quando ele (ao tomar ciência de profecias sobre si mesmo, Isaías 44.28; 45.1) permitiu a libertação dos judeus, e forneceu-lhes condições para a restauração do templo (2 Crônicas 36.23; Esdras 1.1, 2:2).

Zorobabel era filho de Pedaías, um irmão de Salatiel. de acordo com a genealogia em Lucas 3.27. Salatiel era filho de Neri, um descendente de Davi através de seu filho Natã. Zorobabel - também chamado de Sesbazar pelos caldeus (Esdras 1.8; 11; 2.2; 3:02 , Esdras 3.8; 5.2. 14, 16) - exerceu o cargo de governador entre seus compatriotas, mas nunca governou de maneira absoluta, se submetia ao governo persa, que permitiu aos israelitas viverem sob suas próprias leis e regulamentos civis em sua terra natal, porém concedia aos repatriados liberdade relativa, sempre considerando-os como uma colônia, sobre o qual tinha uma superintendência contínua.

Apesar dos judeus receberem autorização de Ciro para reconstruírem o templo em Jerusalém, eles se mostraram desinteressados quanto a reconstruí-lo. Como desculpa para não se aplicarem a reedificação, faziam interpretação errada da profecia referente ao templo e ao cativeiro (1.2). Alegavam que não era o tempo oportuno e dedicavam-se às construções de suas próprias residências, belas mansões.

Um dos motivos para os judeus perderem o interesse na reconstrução foi a reação dos samaritanos e de outros povos vizinhos, que temiam as implicações políticas e religiosas de um templo reedificado num estado judaico própero. Eles opunham-se de maneira vigorosa ao empreendimento e conseguiram fazer a obra parar, ainda no estágio dos fundamentos, quando Dario tornou-se rei da Pérsia, por volta de 522 a.C (Esdras 4.1-5, 24).

Dario era interessado no exercício das religiões, não se opunha às práticas da religião judaica, inclusive deu apoio eficaz, durante a oposição de reedificação empreendida pelos judeus (Esdras 5.3-6; 6.8-12).

O livro

Os registros das profecias são muito breves, nos leva à suposição de que são apenas resumos dos discursos originais. O espaço de tempo entre a primeira até a última são de apenas três meses.

As profecias de Ageu culparam a interrupção da reedificação do templo à inatividade dos judeus, não apontaram culpa aos oponentes da finalização da obra.

O livro é citado no Novo Testamento, compare as passagens 2.6, 7, 22 com Hebreus 12.26.

O recado de Ageu também se consiste em exortação para os dias atuais. A exortação que ele proferiu nos faz considerar o padrão de espiritualidade em que estamos vivendo, nos convida a refletir sobre o estado espiritual de nossos corações.

O ministério de Ageu

O ministério profético de Ageu fez confronto ao egoísmo dos judeus, visando despertá-los e fazê-los enxergar qual era a verdadeira prioridade deles.

No segundo ano de Dario, 520 a.C, que veio a suceder o rei Ciro, 16 anos após o retorno do exílio sob o governo Zorobabel, os profetas Ageu e Zacarias foram escolhidos por Deus (1.1), visando despertar os judeus para que eles retomassem o trabalho da reconstrução do templo em Jerusalém.

Ageu começou a profetizar após 14 anos em que estavam suspensas as obras de reconstrução do templo. Emitiu profecia dirigida a Zorobabel, então governador, e assim mostrou aos israelitas a apatia em que eles viviam com relação a Deus, pois não se importavam em ver o templo em ruínas, negligenciavam os assuntos mais importantes da lei. O profeta fez com que entendessem que seus fracassos estavam relacionados ao fato de não honrarem ao Senhor ao estarem afastados do culto em Jerusalém. Resultado dessa mensagem: 24 dias depois, talvez o tempo em que os materiais de construção foram coletados, as obras foram retomadas sob a direção de Zorobabel e eles voltaram a prosperar (1.1, 15; Esdras 6.14).

Em 516 a.C., a reconstrução do templo foi completada e dedicada a Deus (Esdras 6.15-18).

A glória da segunda casa será maior do que da primeira 

A passagem bíblica Ageus 2.3 pressupõe aos leitores que muitos israelitas do tempo da reconstrução sob a direção de Zorobabel, conheceram o templo construído por Salomão, e destruído no ano 588 ou 587.

Reflexão sobre a inversão de prioridades na vida dos obreiros do Senhor

O trabalho que é feito para o Senhor nunca é em vão. Há uma tendência no ser humano a pensar erroneamente, paralisar diante da ansiedade, desprezar os deveres espirituais e ficar parado a esperar o momento aparentemente oportuno para trabalhar para Deus. Não convém parar, é preciso agir, ter fé apesar de não estar perceptíveis aos cinco sentidos naturais as boas oportunidades de empreender taferas à vontade de Deus.

Durante o cansaço, suposto perigo, e do desejo de experimentar os prazeres temporais, como no caso de uma bela moradia, que não é um pecado querer ter, levantemos as mãos para o céu sem pecado, buscando em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça, para ter Jesus ao nosso lado como amigo. Ele vê nossos desejos, problemas, desilusões, e faz valer a promessa de que tudo o mais será acrescentado em nossas vidas. Ao priorizar as coisas espirituais, Deus toma conta dos nossos assuntos temporais (Lucas 12.33).

Diante dos problemas que o cristão enfrenta para exercer sua fé, deve permanecer persistente, abandonar os pecados e reformar o que for preciso, ter ânimo para não desistir de seguir a Jesus Cristo. Tomar cuidado para não deixar escapar as oportunidades úteis que Deus espera que sejam aproveitadas plenamente.

Conclusão

O erro dos judeus, após o retorno da Babilônia, foi entregarem-se ao desânimo ao encontrarem oposição. Deixarem de lado o que realmente era importante, o que era para fazer não era feito, partirem para as coisas supérfluas, negligenciarem totalmente a construção da casa de Deus e se ocuparem integralmente em  tarefas que lhes rendiam dinheiro e o conforto temporal.

O procedimento de Ageu é um exemplo aos pregadores da Igreja do Senhor, líderes cristãos devem orientar as almas desanimadas a refletirem sobre os juízos de Deus. São muitos crentes que estão iguais às ruínas do templo de Jerusalém e precisam ouvir o recado divino para diligentemente reiniciarem reconstrução de suas vidas espirituais, voltarem a obedecer, novamente reverenciarem e cultuarem a Deus.

São muitos que alegam não ser possível participar de projetos que representam o amor cristão, que solicitam deles a colaboração financeira para tornar o templo evangélico em ambiente confortável. Os tais, acreditam que tal iniciativa na esfera física não seja espiritual. Mas, não negam gastar seu dinheiro em outras coisas, como o conforto e o luxo em suas casas.

Não é um erro viver com toda a dignidade, confortavelmente. Que tenhamos a prosperidade sem abrir mão da colaboração em construção e manutenção de templos cristãos, pois são neles que muitas almas encontram-se com Cristo através da Palavra de Deus proferida nos púlpitos, é o lugar onde famílais se reúnem e gozam de comunham fraternal.

A bênção de Deus se faz presente na vida do cristão quando este remove seu erro, reverencia ao Senhor de todo o coração, relaciona-se com Ele muito além das práticas de meros ritos exteriores, extirpa máculas de desobediência e vive o cotidiano da vida tal qual  um altar de adoração ao Senhor, ou seja, com a consciência de que deve comportar-se como um templo espiritual a serviço da glória de Deus.

E.A.G.

Consulta:

Bíblia de Estudo NVI, edição 2003, São Paulo, Editora Vida
Bible Suite, http://biblesuite.com/

Existe permissão para cópias. A reprodução poderá ser feita desde que por completo e que não seja por motivação comercial e ao rodapé do texto haja crédito de autoria e coleta da fonte (isto é, Eliseu Antonio Gomes, Belverede, http://belverede.blogspot.com.br)

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

Assuntos abordados em Belverede / clique sobre a palavra para acessar os artigos sobre o tema

.Vida Cristã .Artigo e Comentário .cosmovisão .Comportamento .Televisão .Devocional .Vídeo .Política .CPAD .Líderes e liderados .Blogosfera Evangélica .Lições Bíblicas .Pais e Filhos .Atualidade .Família .Louvores .Charge Tirinha Cartum e Gravura .Dinheiro .Fé .Fruto do Espírito X Carne .Motivacional .Mulher .Casamento .Apologia Bíblica .Sexualidade .Crente Politizado .Música .Silas Malafaia Pr .CGADB .Frases & Imagens Impactantes .Etimologia Bíblica .Prosperidade .Profetas .Saúde .Meio Ambiente e Sustentabilidade .Hermenêutica .Livros e Leitores .redes sociais .Bom humor .Jovens .Conceitos e Preconceitos .Dupla Cidadania .Você sabia? .Ateísmo e Agnosticismo x Fé .neopentecostais .Cinema .Esporte .José Wellington Bezerra da Costa - Pr .Grupo de Colaboradores em Belverede .Personagens da Bíblia .Antigo Testamento .Dica de Blogueiro .Salmos .Introspecção .Natal .Soteriologia .Marco Feliciano Pr .Verdades e Mentiras .Pérolas .Sociedade Bíblica no Brasil .Ecologia .Aborto .Comunicado .Internet .óbito .Escatologia Bíblica .pentecostalismo .Samuel Câmara-Pr .Teologia .Gif .Novo Testamento .Ana Paula Valadão Bessa .[Fotos Belverede] .UBE .Questões (des)complicadas .RR Soares .Facebook .Belverede .Daladier Lima .Missões .animal doméstico .Carlos Roberto Silva Pr:: Blog Point Rhema .Provérbios de Salomão .Fanatismo .Pneumatologia - A Doutrina do Espírito .Quem sou eu? .Aline Barros .Crônicas e fábulas .Diante do Trono .Bíblia de Estudo .Dízimos e ofertas .João Cruzue .Billy Graham .Cosmovisão Cristã .Poema e Poesia .Namoro .Virtualidade Real e Realidade Virtual .Editora Vida .Páscoa .Sermão do Monte .Educação .Guerra e Paz .Gênesis .Nani Azevedo .Hamartilogia - A doutrina do pecado .Julio Severo .Sociedade Bíblica Trinitaria do Brasil .Jeremias .Nova Tradução na Linguagem de Hoje .Postagem Factual .Valmir Nascimento Milomen-Pb .Carta de Tiago .Geremias do Couto-Pr .Lília Paz .Fotos - Templos Evangélicos .Homilética .Virada de Ano .Altair Germano - Pr .Bem aventurança .Randy Glasbergen .Sammis Reachers .rádio .André Valadão .Angeologia .Arlete Oliveira .Arqueologia Bíblica .Carnaval .Crianças .Dia das Mães .Livros da Bíblia .Nova Versão Internacional .Patmos Music .Banda Voz da Verdade .Editora Central Gospel .Geografia Bíblica .Opinião .Priscila B Gomes .Rachel Sheherazade .YouTube .animal selvagem .Eclesiologia .Thalles Roberto .Wilma Rejane EBD / sumário .Cassiane .Editora Vida Nova .Política Brasileira .Editora Mundo Cristão .Ezequias Soares-Pr. .Jabes de Alencar - Pr. .LUCAS - O Evangelho escrito por Lucas .Magno Malta .Pesquisa .Prêmio Carta de Paulo aos Filipenses Smilinguido .Dia dos Pais .Exegese .Martinho Lutero .Mensageiro da Paz .Botânica .Dia das Crianças .Islamismo .animal aquático .Barack Obama .Cartas do Apocalípse .Charles Darwin .Fotos .Gutierres Siqueira .Insetos .Max Lucado .Shirley Carvalhaes X criacionismo versus darwinismo .A Bíblia Viva .Arminianismo .CONAMAD .Calvinismo .Editora Betânia .Eyshila .Fernanda Brum .Harpa Cristã .Jaime Kemp - missionário .Livro de Daniel .Lydia Moisés .Mulheres na Bíblia .Primavera .Tania Guahyba .Twitter .grafite .pássaros na Bíblia .Cristologia .Dia dos Namorados .Donald Zolan .Marisa Lobo .Árvores da Bíblia Charles Haddon Spurgeon .Dia da Bíblia .Edições Vida Nova .Futebol .Josué Gonçalves - Pr. .Livro de Jeremias .Montes da Bíblia .Neiva Silva .Paulo César Baruk .Reinaldo Azevedo .Soraya Moraes .Verão .Walter Brunelli - Pr. .teatro .Abba Press .Abraão de Almeida-Pr. .Bruna Karla .Carla Ribas .Dia Internacional das Mulheres .Dia de Finados .Esdras Costa Bentho-Pr .Instagram .Livro de Jó .Michael W. Smith .Oficina G3 .Oprah Winfrey .Outono .Regis Danese .Silas Daniel - Pr .Valdomiro Santiago - Apóstolo .Vanderleia M. Silva Yosef Nadarkhani .Albert Einstein .Antonio Gilberto - Pr .Cristina Mel .Dia da Mentira .Evangelho de Mateus .Flamir Ambrosio .Gediel Mendes .Gunnar Vingren .Jorge Tadeu Mudalen .João Ferreira de Almeida .Lauriete .Lázaro (ex-Olodum) .Morris Cerullo .Política Internacional .Slide . A. W. Tozer . Pregador Luo . Silmar Coelho - pastor .Adhemar Campos .August Rodin .Bom dia .CPAD Music .Claudionor de Andrade - pastor .Elaine de Jesus .Hillsong .Inverno .John Piper .Lea Wasiliew .Livro de Êxodo .Lucilene Batista de Brito Shirota .Nova Bíblia Viva .Quarteto Harmonia Celeste .Rose Nascimento .Timidez e Ousadia .orai por Israel .publicidade WhatsApp .Alan Kardec .Apocalípse 16 .Bete Gomes .Canon .Carta aos Romanos .Central Gospel Music .Daniel Berg .Danielle Cristina .David Quinlan .Editora Chamada da Meia-Noite .Editora Hagnos .Eduardo Cunha .Elinaldo Renovato - pastor .Enéas Tognini - Pr. .Genivaldo Tavares de Melo .Gesiel Gomes - Pr. .Google .Hernades Dias Lopes .João Alexandre .Livro de Isaías .Livro de Rute .Lourival de Almeida - Pr .MK Music .Marcelo Santos .Martin Luther King .Nito [Rubens Eduardo] .Pena de Morte .Ray Comfort .Robinson Monteiro .Russel P. Shedd .Third Day .Tim Laheye .Voltaire .Watchman Nee Damares .2 Carta de Pedro .2 Coríntios- Carta de Paulo .A Mensagem .Adolf Hitler .Alda Célia .Amizade .Andrea Fontes .Anita Malfatti .BLOG .Banda Catedral .CIMEB .CPAD News .Carta aos Gálatas .Casamento em jugo desigual .Cintia Kaneshigue .Dia Nacional da Consciência Negra .Dia do Professor .Dia do Trabalho .Downloads .Dwight L. Moody .Eber Cocareli - Pr .Editora Betel .Editora Candeias .Editora United Press .Edna Goetten .Escola Dominical .Evangelho de João .Fecomex .Feliciano Amaral .Google Plus (G+) .Gutemberg - Johannes .História Mundial .Isaac Newton .Içami Tiba .Jairo Elin Gollmann-Ev .John Wesley .Jorge Araujo .Katie Bivens .Katsbarnea .Kelem Gaspar - Missionária .Link Quebrado .Literatura .Livro de Amós .Livro de Juízes .Livro de Malaquias .Marcelo Crivella .Orquestra Jahn Sorheim .Ozeias de Paula .Paulo Romeiro-Pr .Quatro por Um .Raquel Melo .Retrospectiva 2017 .Robson Silva .Ronaldo Bezerra .Sociedade Bíblica Internacional .Sonia Hernades - bispa .Superstições e Lendas Urbanas .Talita Pagliarin .Tradução King James Atualizada (KJA) .Victorino Silva .folhetos evangelísticos Esequias Soares pastor Graça Music Juliana Bezerra Gomes Nésia de Araujo Gomes William Brassey Hole . .Introspecção . C. S. Lewis . Stephanie Colbert- vocalista Starship .1 Timóteo .A Nova Bíblia Viva .Adilson Lopes .Anderson Freire .Antropologia Bíblica .Antônio Cirilo .Ao Cubo .Arautos do Rei .Bezerra da Silva .Bill Gates .Boa noite .Boa tarde .Brenda-Santos .Bruna Olly .Bruna Surfistinha .C.I. Scofield .CPOL - Curso Preparatório para Obreiros de Pirituba .Caramuru Afonso .Carlos Alberto Bezerra Jr .Carta aos Efésios .Carta de Paulo aos Colossenses .Charles C. Ryrie .Ciclo das quatro estações .Claudio Duarte - pastor .Cleber Lucas .Comunidade Internacional da Zona Sul .Contos .Cristiano Santana .Curiosidades bíblicas .Danny Berrios .Dany Grace .Davi - rei .Deigma Marques .Discopraise .Donald Trump .E-books .EBI .Editora Atos .Editora Bom Pastor .Editora Cultura Cristã .Editora Dynamus .Editora SEPAL .Editora Sextante .Eduardo Campos .Elienai Cabral - pastor .Eliseu - profeta .Estevan Hernandes - Apóstolo .Estevão - o primeiro mártir .Evangelho de Marcos .ExpoCristã. .Fatos Curiosos - internacional .Fernandinho .Ficção Evangélica .Filho do Homem .Flamarion Rolando .Frederick K.C.Price .Geisa Iwamoto .Graça Editorial .Grupo Elo .Heber Sousa - pastor .Hebraico .Hieronymus Bock .Homenagem .Igreja Evangélica Indiana .Il Divo .Imprensa Bíblica Brasileira .Instituto Cristão de Pesquisa - ICP .Jair Messias Bolsonaro .Jamily .Jeanne Mascarenhas .Jimmy Swaggart .John Bevere .John Bunyan .John Lennon .Jonas .Josias Botelho .José Wellington Bezerra da Costa Junior - pastor .José Wellington Costa Neto - pastor .José do Egito .Kathy Fincher .Kleber Lucas .Leandro Marques .Lidia Caetano de Sousa - missionária .Livro de Deuteronômio .Livro de Eclesiastes .Livro de Habacuque .Livro de Joel .Livro de Josué .Livro de Miquéias .Livro de Números .Livro de Oséias .Livro do Apocalipse .Lições Bíblicas - Jovens .Ludmila Ferber .Lívia Malta .Magno Paganelli .Manuel Ferreira - Bispo .Marcio Melânia .Mariana Valadão .Marina Silva .Mario Teixeira .Marquinhos Gomes .Michelangelo .Mike Smith .Ministério Hebrom .Ministério de Adoração .Missões na Índia .Neemias .Notícia comentada .O Livro de Ageu .Oração .Os presidenciáveis para 2018 no Brasil .Paul Wilbur .Pedofilia .Profetas .Você sabia? .Quarteto Gileade .Rachel Novaes .Rebanhão .Recursos .Ressurreição .Rob Bell .Rodolfo Abrantes .Ron Kenoly .Salomão - rei .Saudade .Snezhana Soosh .Sociedade Bíblica Íbero-Americana .Sofonias .Sony Music .T.A. Hegre .Templo Soul .Vineyard .Voices .Walciley Vieira .William Shakespeare .Wim Malgo .áudio 1 Coríntios Alberto Rezende - pastor Charles Studd Elizeu Martins - pastor George R. Foster

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Sobre ilustrações no Belverede

O Direito Autoral de algumas imagens encontradas aqui não pertence ao Editor do blog. Esta situação se dá porque elas estão na Internet sem que haja a informação de quem seja o Dono.

Caso você seja o detentor do conteúdo, queira que seja feita a indicação autoral, ou não seja de sua vontade o compartilhamento, solicitamos que nos faça saber disto. Por favor, acesse a página do próprio texto e deixe recado no próprio texto em questão, ou use a página Contato.

Arquivo de postagens

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.