Select the language

Research | Pesquisar artigos de Belverede

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

UBE BLOGS - CAMPANHA CONECTADOS EM ORAÇÃO

Por Wilma Rejane

Deus se agrada dos que intercedem e sabemos que a oração com fé produz maravilhas, por este motivo convocamos uma comissão de homens, mulheres e crianças de todas as idades e etnias para nos conectarmos em oração aos céus por dias de refrigérios na terra.

O que é "Campanha UBE Conectados em Oração"?

É um evento que visa conectar o maior número possível de pessoas orando ao mesmo tempo com dia e hora marcados, é a formação de uma grande comissão de intercessores, internautas ou não.

Objetivo do Conectados:

“Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra terá sido ligado nos céus, e tudo o que desligardes na terra terá sido desligado nos céus. Em verdade também vos digo que, se dois dentre vós, sobre a terra, concordarem a respeito de qualquer coisa que, porventura, pedirem, ser-lhes-á concedida por meu Pai, que está nos céus." Mateus 18:18-19

A campanha tem por objetivo primeiro a conversão de almas. Relacionaremos alguns motivos de oração, contudo ficará a critério de cada participante incluir outras causas.

Quem Pode Participar?

Qualquer pessoa poderá participar, desde que tenha determinado em seu coração conectar-se a essa grande comissão, em um mesmo pensamento de fé e comunhão.

Motivos de Oração:

Salvação de Almas

Fronteiras Abertas Para propagação do Evangelho

Cristãos Perseguidos

Pelo Brasil

Especialmente Pela Cidade do Rio de Janeiro

Pelos Governantes

Pelos Oceanos

Por Trabalhadores Para a Seara

Missionários

Todas as Nações

.
Dia e Hora Para Nos Conectarmos Em Oração:

6 de Março 2011 às 08h30min  (horário de Brasília)

Divulgação do Conectados

O texto e selo oficiais de divulgação da campanha, podem ser encontrados Aqui, é só leva-los para seu site ou blog. O selo foi produzido por decioidesigns@gmail.com. É só copiar e colar a caixa de texto logo abaixo do selo e adicionar como gadget em sua página, ele direcionará os internautas para o texto explicativo da campanha.

A Equipe UBE, tem a satisfação de comunicar essa inédita iniciativa, contando com o engajamento de todos para honra e glória do Reino de nosso Senhor Jesus. Nossa oração primeira é para que muitas vidas cheguem ao conhecimento da Verdade através desse mover da Igreja.

Deus abençoe a todos.

Idealizador: Renato Sousa - de Viana do Castelo (Portugal)

Fonte: UBE Blogs

Transmissão de transmissão de sinal aberto da televisão Rede Super alcança a cidade de São Paulo

A Rede Super é uma emissora de televisão brasileira com sede em Belo Horizonte, Minas Gerais presidida pelo cantor evangélico André Valadão desde 22 de fevereiro de 2010.

Foi fundada em 17de julho de 2002,  pelo Pr. Marcio Valadão, líder da Igreja Batista da Lagoinha, a congregação que propiciou a origem do grupo de louvor Diante do Trono.

A televisão prioriza 24 horas de programação cristã, com cerca de 50 atrações, todos os programas estão livres das apelações dos canais seculares. Através dessa emissora, a família brasileira recebe conteúdo de qualidade.

Os cultos dominicais da Igreja Batista da Lagoinha são transmitidos ao vivo, pela manhã e noite. Os louvores são sempre de primeira qualidade, as ministrações de mensagens têm duração média de 1 hora e são entregues pelo Pr. Marcio Valadão.

A emissora disponibiliza sinal pela Internet, cabo, satélite e UHF. Na cidade de São Paulo o sinal aberto está disponível pelo canal 59.


Desde agosto do ano passado, a REDE SUPER opera pelo satélite –  o Star One C2 - de grande abrangência. Através dele, cerca de 16 milhões de antenas parabólicas recebem a programação em todo o território nacional, América do Sul, México e Flórida (EUA), segundo informa o site oficial da emissora.  A  frequência do receptor de parabólica é: 36 48;  SR: 2170; Fec: 3/4; Polaridade vertical.

E.A.G.

domingo, 27 de fevereiro de 2011

RUDE CRUZ - ANDRÉ VALADÃO - LETRA VÍDEO




Rude cruz se erigiu, dela o dia fugiu

Como emblema de vergonha e dor

Mas contemplo essa cruz, porque nela Jesus

Deu a vida por mim, pecador.



Sim, eu amo a mensagem da cruz,

‘Té morrer eu a vou proclamar

Levarei eu também minha cruz,

‘Té por uma coroa trocar



Desde a glória dos céus, o Cordeiro de Deus

Ao calvário humilhante baixou

Essa cruz tem pra mim atrativos sem fim

Porque nela Jesus me salvou



Nessa cruz padeceu e por mim já morreu

Meu Jesus para dar-me perdão

E eu me alegro na cruz, dela vem graça e luz

Para minha santificação



Eu aqui com Jesus, a vergonha da cruz

quero sempre levar e sofrer

Cristo vem me buscar e, com Ele, no lar

Uma parte da glória hei de ter.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Dica de blogueiro cristão para blogar com éticaI

Em 2010, houve uma iniciativa interessante entre os blogueiros cristãos ucranianos. Eles objetivavam trazer à Blogosfera Cristã da Ucrânia bases para que houvesse entre eles relacionamento harmonioso, edificante, e dessa forma pudessem ser mais produtivos no fruto que permanece para a vida eterna.

Vejamos:

1. Amor a Deus

“Eu sou o Senhor teu Deus que te fez sair do Egito, da casa da servidão, não terás outros deuses diante de mim” - Êxodo 20.2.

A Internet e os blogs não podem substituir a conversa com Deus. A Internet e os blogs não podem ser impecilhos para a oração, frequência à igreja, leitura bíblica, práticas de obras sociais, comunicação com a família e ao trabalho. É necessário regular o tempo em blogs e redes sociais, não ultrapassar o tempo por si mesmo estipulado.

2. Testemunho cristão

“Vós sois a luz do mundo” - Mateus 5.14. “Fazei tudo para a glória de Deus” - Romanos 10.31.

O blog que é verdadeiramente cristão, tem como objetivo principal evidenciar que Jesus Cristo é o Senhor, único Salvador. Postagem após postagem, cumpre a finalidade de propagar o Evangelho.

3. Amor ao próximo

“Amará o teu próximo como a ti mesmo” - Mateus 22.39.

Não seja indiferente às questões pessoais e problemas alheios. Na medida do possível, ajude-as.

4. Consagração

“Orais sem cessar. Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus” - 1ª Tessalonicenses 5.16-18.

Antes de publicar seu conteúdo, ore em favor de todos os internautas que o lerão. Incentive-os a estar próximos de Deus, acrescentando informações sobre as reuniões em templos evangélicos.

5. O relacionamento interdenominacional

Evite palavreado chulo. Não agrida o próximo. Não ofenda cristãos de denoninações cristãs co-irmãs. Se não encontrar nada de bom para comunicar, a melhor opção é não dizer nada.

“Quem despreza o seu próximo é falto de senso; mas o homem de entendimento se cala” - Provérbios 11.12.

6. Cuidado com a irritação

“Sabei isto, meus amados irmãos: Todo homem seja pronto para ouvir, tardio para falar e tardio para se irar. Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus” - Tiago 1.19-20..

Ao surgir conflitos de opinião, dê ampla chance ao oponente para que se manifeste. Isso lhe dará oportunidade de entendê-lo melhor e respondê-lo com justiça. Evite contendas.

7. Disponibilize informações importantes, comprováveis, edfificantes

“Não andarás como mexeriqueiro entre o teu povo; nem conspirarás contra o sangue do teu próximo. Eu sou o Senhor” - Levítico 19.16.

Cuide para que seu blog não seja propagador de boatos. Formule pautas com bases firmes.

8. Solidariedade 

“Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo” - Gálatas 6.2.

Na Blogosfera Cristã, assim como na esfera presencial, os irmãos em Cristo receberam o mandamento de ajudar uns aos outros. Ajude o editor de blog cristão a se firmar na virtualidade. Ao ser solicitado para ajudá-lo, ajude. Vendo-o em debates contra não cristãos, onde o assunto da discussão seja expôr a razão da nossa fé evangélica, não seja indiferente.
Participe com brandura. Nunca se furte aos pleitos contra filosofias de ateus e de religiões não cristãs

9. Cheque as referências

“Não vos torneis causa de tropeço nem a judeus, nem a gregos, nem a igreja de Deus” - 1 ª Coríntios 10.32.

Não produza conteúdo que incite ao pecado na Internet. É preciso cuidado ao publicar links. Pesquise primeiro, esteja certo que o direcionamento não levará o internauta a entrar em sites blasfemadores, obscenos, eróticos, pornográficos.

10. Sobre as palavras frívolas

“Digo-vos, pois, que de toda palavra fútil que os homens disserem, hão de dar conta no dia do juízo. Porque pelas tuas palavras serás justificado, e pelas tuas palavras serás condenado.
” - Mateus 12.36-37.

Não discuta sem necessidade. Ao debatedor, debate é necessário apenas quando o assunto é altamente relevante e ao mesmo tempo ele seja uma pessoa altamente conhecedora do tema em curso. Se este é o caso, o melhor a fazer é permanecer como leitor.

11. As práticas de benevolência
.
“Fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo da lei, como se estivesse eu debaixo da lei {embora debaixo da lei não esteja}, para ganhar os que estão debaixo da lei; para os que estão sem lei, como se estivesse sem lei {não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo}, para ganhar os que estão sem lei. Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns. Ora, tudo faço por causa do evangelho, para dele tornar-me co-participante” - 1ª Coríntios 9.20-23.

Ao debater com leitores em seu blog, ofereça os argumentos sem se esquecer que naquele momento sua retórica é convivente apenas para você. Analise os erros do adversário, replique-os, mas sem ofendê-lo. Seu comportamento, por possuir as configurações de moderador da página, poderá ser interpretada como abuso de autoridade se causar-lhe mal-estar ao oponente. Pense sempre nas consequências indesejáveis, uma delas é a publicidade negativa.

12. Autocontrole

“Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira de Deus, porque está escrito: Minha é a vingança, eu retribuirei, diz o Senhor” - Romanos 12.19.

Não use seu blog para discutir com internautas.

Não existe necessidade de ofender. Perdoe quem o ofendeu na Internet. O mandamento de Jesus Cristo aponta ao amor, então, use o debate para ouvir o que seu oponente diz, procurando extrair informações positivas dele. O debatedor inteligente permanece na defensiva, porque quem mais fala sempre tem maior chance de errar. Acusações sem provas se consistem em erros. Ame seu oponente mais do que ama o tema que estiver defendendo.

E.A.G.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Morre Pastor José Pimentel de Carvalho

Luto na Assembleia de Deus.

No ano do centenário da denominação, aos 95 anos de idade, em 24 de fevereiro de 2011, aprouve ao Senhor transferir para a glória celestial um dos seus heróis da fé - Pastor José Pimentel de Carvalho, Curitiba, Paraná, Brasil.

Segundo informação de Tadeu Panicio Junior, secretário da presidência IEADC, a cerimônia fúnebre será realizada no próximo sábado, dia 26, a partir de 9 horas, na avenida Cândido de Abreu, nº 367, templo-sede da Assembleia de Deus - Curituba / Paraná. Será sepultado às 11h30, no cemitário Jardim Saudade.

"Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais como os outros que não têm esperança" - 1ª Tessalonicenses 4.13..

Condolências para toda a família e para todos os assembleianos e irmãos de igrejas co-irmãs do Estado do Paraná

E.A.G. 

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

SILAS MALAFAIA NA VILA CRUZEIRO - SOBRE DOMÍNIO E SOBRE PAZ



Entrevista ao Jornal Nacional

O pregador Silas Malafaia, na ocasião do evento Vida Vitoriosa Para Você, promovido por seu ministério à Vila Cruzeiro - RJ, em sua pregação, fez referência à característica de domínio que o Criador deu para raça humana. Declarou que o ser humano não foi criado para dominar seu semelhante, mas dominar todo o restante da criação. E fez alusão aos desvios de objetivo que o ser humano toma. Falou contra toda espécie de abusos: abuso de regimes políticos ditatoriais; abuso de autoridade no emprego e religião; o uso e abuso no consumo de intorpecentes e a consequente prisão aos vícios.

Há quem diga não conseguir encontrar paralelo neste conteúdo com o Evangelho de Jesus. E exclamam: "Regimes governamentais e de patrões? Não concordo com esta idéia, não!”

No discuso do Pr. Silas, não há apologia às revoluções contra regimes de ditaduras políticas. Ele citou o caso recente da crise que derrubou o presidente da Grécia, usou a crise dos cidadãos gregos como exemplo de que está inerente no ser humano a preferência pela liberdade.

Ao ler Provérbios, podemos encontramos textos sobre a opressão dos governantes, temos a ciência que é da vontade de Deus que eles exerçam o governo de maneira justa. E, na leitura do Novo Testamento, encontramos nas cartas de Paulo e Pedro ensinamentos sobre como lidar com patrões autoritários, e como os patrões precisam ser brandos com seus subordinados.

Acredito que a libertação desses oprimidos, libertações de regimes governamentais e de patrões déspotas, não deve ocorrer pelo uso das armas, é pela uso da fé, no exercício da paz, em orações.

Há quem critique até o nome da cruzada evangelística: Vida Vitoriosa Para Você. Argumentam: “Esse nome supõe uma vida sem dificuldades, sem decepções, ou sem nada de ruim. É uma ideia contrária a tudo o que Jesus ensinou”.

Não repercuto as palavras do pastor no evento. É claro que temos dificuldades na vida, mas como cristãos temos condições para superá-las. Basta ter fé e bom ânimo. É a superação que torna a vida do cristão vitoriosa. Sem lutas não existem vitórias.

Jesus Cristo afirmou: “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”, João 16:33.

Em grego, "paz" é o termo “eirene”. Denota e conota salvação do espírito, da alma e do corpo. É o bem-estar no sentido mais profundo. Sentido espiritual. Do coração. E referente ao campo físico. É alegria do espírito, felicidade da alma, é o sucesso nesta vida, que resulta em estabilidade financeira.
Jesus Cristo afirmou que o crente poderá ter por aflições. Ele não sentenciou que viveremos em aflições. Passar por um problema é diferente de viver no problema. Passamos e temos condições de vencer. Isso é vida vitoriosa.

1ª João 2.13-14: “Pais, escrevo-vos, porque conhecestes aquele que é desde o princípio. Jovens, escrevo-vos, porque vencestes o maligno. Eu vos escrevi, filhos, porque conhecestes o Pai. Eu vos escrevi, pais, porque já conhecestes aquele que é desde o princípio. Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e a palavra de Deus está em vós, e já vencestes o maligno”.

1ª João 5.4-5: “Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo, a nossa fé. Quem é que vence o mundo, senão aquele que crê que Jesus é o Filho de Deus?”.

A interpretação bíblica vigente sobre o termo salvação é que ela tem a ver apenas com o espírito. Os pregadores que usam essa imterpretação fazem parecer que Deus não se importa com o nosso corpo, com a nossa situação na terra. Entendo essa exegese como falha, ela não se sustenta ao crivo da contextualização bíblica.

Deus criou o homem sendo espírito, com uma alma dentro de um corpo. E essa triplicidade é descrita como a imagem e semelhança do Criador.

Então, eu pergunto: Por que Deus quereria enviar Jesus para salvar só o nosso espírito? Deus ama apenas nosso espírito? Jesus morreu para realizar um trabalho pela metade? Não morreu para salvar Sua imagem e semelhança por inteira?

Eu acredito que Jesus Cristo morreu e ressuscitou para nos salvar por completo. Cuida de nós neste mundo e nos reserva o lar celestial.

E.A.G.

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Pr. Silas Malafaia e o evento Vida Vitoriosa Para Você na Vila Cruzeiro - RJ

Via web, por volta da 19 horas, no sábado, 19, assisti ao vivo a transmissão do evento Vida Vitoriosa Para Você, coordenado pelo Pr. Silas Malafaia. Houve os cantos de louvores no início com Regis Danese, Jozyanne, Jairinho. Também compareceram os cantores Marco Aurélio, Rachel Malafaia, Danielle Cristina, Fernanda Brum e Eyshila.

Elizete Malafaia, esposa do Pr. Malafaia, fez uma pequena participação, mas com uma fala muito enfática, curta e direta. Ela apontou a todos Jesus Cristo como único caminho para a salvação. Depois o marido assumiu o microfone, centrou sua mensagem no fato que Deus nos criou para dominar e não ser dominados. A alusão era contra toda espécie de abusos: abuso de regimes ditatoriais; abuso de autoridade no emprego e religião; o uso e abuso no consumo de intorpecentes e a consequente prisão aos vícios. Ele frisou pausadamente o tema das drogas. Acompanhei a mensagem inteira. É uma pena que a minha conexão de Internet caiu, não foi possível acompanhar o evento todo.

Na Internet, hoje, recebi a informação que 400 almas se converteram ao Senhor.

É importante lembrar que a Vila Cruzeiro passou por momentos terríveis até três meses atrás, era vítima do sistema de tráfico. Embora hoje em dia haja ação do governo ali, o viciado não se livra das drogas da noite para o dia. Aliás, a abstinência gera crises, dizem os sociólogos. Viciados reagem de maneiras imprevisíveis, vão procurar a satisfação em outras regiões que ofereça a droga.

Como o bairro é a região onde o Pr. Silas pastoreia, existem muitas congregações pertencentes ao ministério ADVEC ali e nas adjacências. O evento acabou. Mas o trabalho de ação social, evangelismo e discipulado permanecem. Eles existiam antes do evento Vida Vitoriosa para Você ser realizado, e foi revelado pela equipe de produção que a intenção ministerial do Pr. Silas é intensificá-los.
 
Além disso, outros ministérios são parceiros neste propósito, um dos principais é a Igreja Batista, que está presente na região há mais de 50 anos, possui em seu currículo a experiência da cruzada evangelística Minha Esperança, de Billy Graham.

E, quem dera a política eclesiástica dentro das Assembleias de Deus e outras denominações sejam postas abaixo, e assim como os assembleianos e batistas da Vila Cruzeiro deram as mãos, aconteça o mesmo em todas as igrejas por todo o nosso Brasil, que é tão carente de iniciativas assim.

A Rede Globo destacou o acontecimente no Jornal Nacional, entrevistou o Pr. Silas Malafaia pela segunda vez. A primeira entrevista ocorreu na ocasião do batismo no Piscinão de Ramos - RJ.

E.A.G.

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Crônica de uma alma convertida a Jesus por pregação de um televangelista

Conta-se que nos idos de 1970, em uma segunda-feira de maio, aos dezoito anos de idade, José, paraibano solteiro, chegou na cidade de São Paulo com uma mala velha, e poucas roupas velhas dentro dela, quase nenhum dinheiro no bolso, currículo escolar apontando para primário inacabado, mas com vontade enorme de vencer na vida.

Não tinha conhecidos na cidade grande. Então, ele foi direto para uma grande construção pedir uma vaga de emprego. Foi admitido como servente de pedreiro de imediato. Antes do prato de comida do almoço, a massa do concreto. Antes do feijão e arroz misturados com a farinha de mandioca, a mistura da areia com cimento e pedra. Assim, mais um migrante nordestino trocou a roça pela construção civil, e passou a contribuir  para a rápida  multiplicação de prédios e pontes colossais na  metrópole mais populosa da América do Sul.

O tempo não pára. Em 2006 José era homem livre do aluguel, morador de casa própria, residência espaçosa e bonita num bairro da região oeste de São Paulo. Constituíra família e exercia a profissão de mestre-de-obras. Na mesa, ainda fazia questão do feijão e arroz misturados com farinha de mandioca, mas agora tal predileção estava acompanhada de outros prazeres culinários, extraídos do livro de receitas da esposa bela e muito dedicada. No trabalho, José ainda encontrava areia, cimento e pedras, porém agora a massa era mexida pelas mãos de outras pessoas, quase sempre recém-chegadas do norte e nordeste do Brasil.

O paraibano se sentia realizado. Feliz na profissão, feliz no matrimônio. Sorria no churrasco com familiares e amigos, gargalhava com o filho a rolar no carpete felpudo, retribuía com satisfação o amor da mulher amada na intimidade de casal.  Mas seu coração sentia um frio interior inexplicável, um espaço vago que não conseguia entender e nem preencher. Essa sensação era seu segredo mais secreto.

Em uma determinada manhã de sábado, ao ligar o televisor ele se surpreendeu com um pastor evangélico. O desconhecido parecia conhecê-lo de longa data, pois conseguia descrever o sentimento ruim que incomodava sua alma.

- Ei, esse gelo dentro do seu coração é a falta da calorosa presença do Espírito Santo!

José  mal conseguia piscar os olhos, parecia que tudo em volta deixara se existir, até o pregador dentro do televisor sumira apesar de vê-lo e ouví-lo. Nada mais parecia existir naquele momento: era só ele e a mensagem.

- Você precisa de Jesus na sua vida! Receba-O agora. O melhor de Deus está por vir em sua vida!

O paraibano trocou o conforto do sofá, curvou seus joelhos em lágrimas, colocou seu rosto no azulejo de sua sala de estar. Derramava lágrimas de alívio. O evangelista fez oração em seu favor e disse-lhe.

- Agora você é filho de Deus! Seu coração tem um morador ilustre, Jesus está morando dentro de você!

Que alegria! O paraibano se sentia leve, diferente. A insatisfação interior havia desaparecido por completo e ele se sentia forte interiormente.

- Agora, procure uma Igreja Evangélica Assembleia de Deus próxima de sua casa. Passe a aprender mais sobre o nosso Deus maravilhoso. Jesus te ama!

Dito e feito. Na noite de domingo ele foi só, a esposa não quis acompanhá-lo.

José chegou ao templo e foi bem recebido pelo porteiro. Sentou-se e presenciou uma pequena banda tocar dois hinos, ouviu os conjuntos de mocidade e de senhoras cantarem, e cantos solos no altar. Atentamente, ouviu o depoimento de um senhor idoso sobre uma cura. E depois disso ouviu a pregação final com apelo parecido com o que ouvira fazer o pregador da televisão. Culto concluído, os irmãos o rodearam e se apresentaram a ele, convidaram para voltar. Tudo parecia perfeito naquela comunidade cristã, tinha impressão que o céu descera à terra. Ele se sentiu importante ali, tamanha atenção de todos.

José compareceu ao mesmo templo assembleiano na quinta-feira da semana seguinte com uma Bíblia na mão. Ao findar sua participação no segundo culto a Deus de sua vida, o nordestino recebeu um grande impacto atordoante. Alguns irmãos zombavam do pregador da televisão. O mesmo pregador que lhe falou de Jesus Cristo e lhe pediu para procurar o templo da Assembleia de Deus mais próxima de sua residência, ou seja, o templo onde era zombado. Alguns membros da congregação estavam em roda de conversa fazendo trocadilhos infames com o nome do televangelista.

- É ovelha em pele de lobo! - diziam.

José não entendeu nada... Pensou consigo sem desejar expressar a pergunta: Como podem dizer essas coisas de alguém que foi capaz de se deixar usar por Deus para mudar para melhor a minha vida?

Bem, a alegria celestial era grande e o fogo do Espírito intenso no coração de novo convertido, ele não aceitou o balde de gelo oferecido pelos velhos crentes, preferiu continuar com o calor da presença de Deus dentro de si.
 
Apesar do pesar, continuou congregando ali. E dois anos depois se tornou obreiro, passou a recepcionar com muito prazer e esmero as pessoas na mesma porta que uma noite foi recebido. O filho de 12 anos acompanhava-o com espontaneidade e aceitou a Jesus naquele templo. E pouco depois sua esposa também comungou da mesma fé e congregação evangélica.
.
Até hoje José come arroz e feijão misturados com farinha de mandioca. Mas acostumou-se a orar antes. Ele agradece por todas as  refeições. Além disso, faz questão de colaborar com ofertas para a manutenção do ministério do pastor da televisão, que um dia foi usado para que pudesse conhecer o amor de Deus.

E.A.G.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

A Igreja de Cristo e as muitas denominações evangélicas

Você congrega em qual igreja?

Esta pergunta é comum de ser ouvida. É fruto natural do interesse que as pessoas têm uma pelas outras.

Primeiro, eu costumo responder que o importante é estar com Jesus. Me converti na Assembleia de Deus - ministério Belém, na cidade de São Paulo. Sou evangélico desde 1983, pela graça de Deus. Mas, não sou o tipo de cristão que dá muita importância às placas penduradas em fachadas de templos.

Quando a alma se converte, deve ser convetida totalmente a Cristo (= cristão). Quando tomei a atitude de expressar minha fé, não fiz isso com a ideia de conversão à Assembleia de Deus (= assembleiano).

Acho importante que cristãos se reúnam em templos. É uma forma de promover a união que agrada a Deus. Assim, na confraternização de fé, ocorre a maior oportunidade de uns abençoarem outros, através da convivência uns edificam aos outros.

Ao agregar-se em uma denominação evangélica, é de suma importância observar se a liderança é idônea, porque quem está na frente da Obra do Senhor precisa ser gente séria, deve possuir compromisso com a Palavra de Deus. Precisa pregar e se esforçar para viver 100% o que prega.

A denominação evangélica precisa ensinar a interpretação correta sobre quem é Jesus Cristo. Afirmar que todos nós precisamos reconhecer que Jesus deve ser considerado nosso único Senhor e único Salvador.

Ensinar que Jesus Cristo é o único Senhor, porque todo ser humano deve obedecer os mandamentos dEle. Quais? Amar a Deus acima de todos os semelhantes e acima de todas as coisas. E, ensinar que Jesus Cristo é o único Salvador porque só Ele é capaz de salvar o espírito, a alma e o corpo do ser humano.

As diferenças entre as denominações existem, e são muitas. As distinções precisam ser respeitadas pelos evangélicos. O padrão entre todas as denominações deve ser quanto à referência da declaração sobre quem é Jesus para a Humanidade, essa confissão precisa ser igual.

Existem muitas diferenças quanto aos dogmas e liturgias, mas o conceito da formatação de reunião, os costumes, não podem ser considerados mais importante do que a confissão de fé sobre o Filho de Deus.
 
Como cristão, eu gosto de usar a Internet para fazer evangelismo e criar artigos edificantes em blogs e redes de relacionamentos. O nome da denominação evangélica sempre permanece em segundo plano ao propagar as Escrituras Sagradas.

E.A.G.

LÍLIA PAZ - MINHA FÉ



Tem tanta gente sendo totalmente enganada
Depositando sua fé em tanta coisa errada
Estão como o coxo em frente ao tanque a esperar
Não conseguem ver quem pode lhes fazer andar
É tanto amuleto tanta moda e heresia
E o povo cegamente acreditando dia a dia
Mas a igreja sabe em quem pode confiar
É só em Jesus Cristo outro nunca haverá

A verdadeira fé não está no tanque
Ela está na fonte de água viva lá da cruz
A verdadeira fé não está nos montes
Ela está firmada sobre a rocha que é Jesus
A verdadeira fé não idolatra os homens,
Pois ela está ligada na palavra que é fiel
A fé que é verdadeira permanece inabalável
A verdadeira fé faz Deus mover o céu

Pela fé vou marchar e sei que vou chegar
Pela fé eu vou crer, crendo eu vou vencer
Pela fé vou orar e Deus vai me escutar
Pela fé eu sei que o meu milagre logo vai chegar
Pela fé vou louvar minha vida entregar
Pela fé o impossível eu vou ver acontecer
Pela fé ao mundo inteiro eu quero declarar
Que em Jesus a verdadeira fé firmada está

A minha fé em Cristo me fará triunfar
A minha fé no Mestre faz se abrir o mar
A minha fé me faz ver o que é sobrenatural
E pela fé eu venço a tempestade e o vendaval
A minha fé está alicerçada na palavra
E pela fé eu vejo o Senhor mover as águas
A minha fé me faz acreditar que vou vencer
É pela fé que eu recebo a unção e o poder.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Jenniffer Aniston - cristã?

Ontem a noite, assistia ao programa da Oprah. Ela entrevistou o comediante Adam Sandler e a atriz Jennifer Aniston, que não se constrangia em dizer que chegou aos 40 anos de idade. Ambos fizeram um filme recentemente e  juntos o promoviam na televisão americana

Em determinado momento, a apresentadora perguntou para a atriz o que ela diria aos jovens com 20. Ela foi enfática em sua resposta. Disse: "exijam menos de si mesmos, briguem menos com os outros, aproveitem a vida e sejam felizes".

Não sei se esta mulher lê a Bíblia Sagrada, não sei se recebeu educação com padrões cristãos, entretanto, a recomendação dela me fez lembrar de Eclesiastes 11.9-10.
 
"Alegre-se, jovem, na sua mocidade! Seja feliz o seu coração nos dias da sua juventude! Siga por onde seu coração mandar, até onde a sua vista alcançar; mas saiba que por todas essas coisas Deus o trará a julgamento. Afaste do coração a ansiedade e acabe com o sofrimento do seu corpo, pois a juventude e o vigor são passageiros".

Na imagem, a produção de 2008, Marley e eu, roteiro bom, baseado em fatos reais, filme de sucesso. Serve de ótimo entretenimento para assistir em reunião familiar após um almoço de domingo.
 
E.A.G.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Antony Garotinho e a revista Veja



Garotinho processa e ganha contra as mentiras da redação (IN)Veja.

Quando Garotinho era candidato a presidente, a Veja publicou uma matéria com uma foto na capa com ele; retrato dele com chifres e rabo, e uma matéria afirmando que usava avião de traficante. Houve alta repercussão da Rede Globo nos seus principais programas de "notícias" aproveitando-se da pauta.

Pois bem, isso virou processo e Antony Garotinho ganhou. Constatou-se em juízo que o jornalista sabia a verdade e a omitiu. O avião era alugado em uma empresa idônea, essa empresa havia comprado a aeronave em leilão do governo, e que o governo havia apreendido este avião do tal traficante.

Veja, isso é antijornalismo!

E.A.G.

Igrejas fashion week

Escrevo este tópico fazendo uso do termo fashion week. Devo dar o crédito a quem de direito. Foi usado pela blogueira Bete Freiri.

Paulo escreveu: "Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional" - Romanos 12.1.

Sacrifício vivo! O que é isso? Na Dispensação da Lei, o cordeiro era sacrificado, na Dispensação da Graça o cristão deve fazer morrer a velha natureza. É a luta da carne com o espírito, fazer a vontade de Deus prevalecer sobre a nossa. É o ato de negar-se a si mesmo.Isso é culto a Deus, e deve ser em todo tempo, não apenas na reunião no templo.

Nos templos temos apenas a reunião de culto a Deus. Mas a vida do cristão precisa ser culto permanente, ininterrupto. O começo deste culto ocorre quando o ser humano se converte a Jesus Cristo, e deve continuar dia após dia. O cristão precisa viver em reverência ao Senhor em sua vida. Dentro do templo, no trabalho, na escola, em casa, nas ruas, entre as multidões e a sós.

Muitas pessoas se convertem, mas por anos e anos dentro de ambientes religiosos não chegam a saber o significado da palavra culto.

Bem, o apóstolo Paulo se refere ao momento que nos reunimos na igreja. Faz referência à ordem e a decência. Coisas que tornam o culto dinâmico, participativo, coletivo e individual ao mesmo tempo. Cumprir essas formalidades geram adoração a Deus em espírito e em verdade. Mas, nem sempre é assim em algumas igrejas. Parece haver uma passarela. Senta-se; levanta-se; entra e sai do templo durante o transcorrer da reunião. Acho muito triste...

Por que isso ocorre? Acontece por falta de bom exemplo e de ensinamento.

Algum tempo atrás, no programa de televisão Movimento Pentecostal, foi transmitido um episódio em que o nobre Pr. José Wellington Bezerra da Costa pregava, atrás dele, sentada numa fileira de cadeiras, a esposa era apresentada conversando sem nenhuma cerimônia com alguém ao seu lado. O povo mais simples é imaturo e segue o que vê... Não me lembro da pregação, só tenho em mente a falta de reverência a Deus da senhora Wanda Freire... Mas não é apenas essa mulher quem faz isso. Pelos púlpitos de igreja protestantes existe o costume de conversar durante os cultos.

"Guarda o teu pé, quando entrares na casa de  Deus" - Eclesiastes 5.1 a.

A irreverência nas igrejas é motivada pela falta de diversos fatores, mas citarei apenas sete:

• autoridade pastoral;

• oratória atraente e temas novos na pregação;

• exemplo da liderança e de seus familiares;

• senso do ridículo;

• conhecimento de si mesmo;

• reverência a Deus;

• conhecimento de Deus.

O que dizer sobre dirigentes de culto que exigem atenção dos membros apenas na hora da pregação? Eles parecem ter esquecido o significado do termo culto.

Nenhuma igreja é perfeita! Mas, o que é mais assustador é quem àqueles que não prestam reverência nas reuniões de culto, prestarão bem menos longe dos templos.

E.A.G.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

ASSEMBLEIA DE DEUS MINISTÉRIO BELÉM LANÇA REDE SOCIAL

Juarez Lima

No próximo dia 21, acontecerá o lançamento do site “Comunidade AD”; a rede social da Assembléia de Deus Ministério do Belém.

“Um site interativo com as principais ferramentas onde se terá acesso as informações de todas as congregações, como horário de cultos e eventos, sendo que o usuário poderá interagir diretamente com os irmãos“ afirma Pedro Hungria, sócio da Com Viver empresa que idealizou o site.

A intenção dos idealizadores é “basicamente formar uma grande comunidade na rede social, transformando o real em virtual” afirma o empresário.

Na segunda, 7, eles estiveram no Belenzinho e fizeram uma demonstração do que será a nova rede social dos assembleianos.

No próximo domingo, 13, pela manhã o site será apresentado aos jovens no Belenzinho e á tarde aos obreiros no templo sede da AD Campinas.

Para o presidente do ministério pastor José Wellington Bezerra da Costa a intenção é “evangelizar, principalmente os jovens”.

Explicando o projeto aos milhares de obreiros que participavam da reunião de obreiros no Belenzinho na última segunda, 7, o pastor presidente da AD Campinas, Paulo Freire disse que “é importante nós termos um canal de comunicação entre nós”, ele alegou que as redes sociais que estão em alta “oferecem muitos perigos á nossa juventude e aos usuários em geral” e mostrou a necessidade de ter um veículo com conteúdo cristão.

Os interessados em conhecer o novo site poderão acessar www.comunidadead.com.br e preencher um pré-cadastro.

“Para usar os serviços, os usuários terão algumas facilidades, desde que se cadastrem, acessarão gratuitamente com algumas limitações, quem optar pelos planos oferecidos pela Comunidade AD terá acesso a outras ferramentas que o produto oferece. Pastores estão isentos de custos” explicou Pedro Hungria.

Redação CPAD News

__________

Comentário deste blog: A ideia é boa e bastante empolgante. Esperamos que a rede não se torne refém da política eclesiástica assembleiana, como se tornaram os veículos de comunicação jornal Mensageiro da Paz e o programa de televisão Movimento Pentecostal, por exemplo. Que haja liberdade de expressão neste site!

Conheça o novo site: Comunidade AD

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Fruto do Espírito - amor

Por John W. Ritenbaugh

"O que o mundo precisa agora é de amor, doce amor". Essas são as palavras iniciais de uma música de anos atrás. Ela expressa o desejo que praticamente todos têm. Mas o que é amor? A julgar pelo entendimento comum de "amor", o mundo não precisa de mais do mesmo! Se o que está acontecendo no mundo é uma evidência, é muito claro que o mundo só tem noções vagas do que é o amor. Se não sabe, não tem condições de realizá-lo.

O amor é um termo banalizado. Devido a nossa experiência, todos temos diferentes idéias sobre o assunto. A noção mais prevalecente no mundo ocidental é que o amor é um ambiente aconchegante, sentimento às avessas, uma emoção que começa na boca do estômago ou um formigamento subindo e descendo a espinha. Pensamos nisso como um ingênuo senso de respeito, um forte desejo de estar com alguém ou ser satisfeito por alguém ou algo.

Alguns têm equacionado com cuidado, descrevendo-o como sentimento benévolo ou nada mais do que pura emoção. Na ocasião, usamos o termo muito casual e vagamente. As pessoas expressam seu "amor" para a liturgia de uma determinada igreja. Alguns vão dizer que "amam" sorvete, cerveja, pizza, o estilo da arquitetura da casa, determinada cor, automóveis, a garota que é modelo de passarela, a equipe de futebol. As pessoas dizem que amam um número infinito de coisas. O que algumas pessoas chamam de "amor" alguns teólogos poderiam chamar de luxúria desenfreada.

Estas declarações levam às situações de vexames quando compreendemos o que é o amor bíblico. "Amor" na boca do povo passou apenas a descrever uma opinião de preferência. A preferência não é amor. Usar o termo assim desta forma desvaloriza-o.

A Suprema Importância do Amor

Em 1 Coríntios 13, a Bíblia revela a suprema importância do amor à vida. Paulo compara diretamente o valor do amor, da fé, da esperança, da profecia, do sacrifício, do conhecimento e o dom de línguas e indiretamente com todos os outros dons mencionados no capítulo 12.. Ele em nada denigre a utilidade dos outros dons para a vida e ao propósito de Deus, mas nenhum se compara em importância ao amor.

Os cristãos da cidade de Corinto tiveram grande prazer em seus dons, assim como nós, mas um dom tem importância relativa, embora importante seu uso é temporal. Ou seja, há momentos em que um presente não tem qualquer utilidade. Mas o amor nunca acabará, será sempre usado.

De fato, o recebimento dos dons de Deus quando não são acompanhados e usados com amor têm o potencial de danificar o seu recebimento. Os dons de Deus são poderes conferidos para melhorar a capacidade de uma pessoa para servir a Deus na igreja. No entanto, todos nós já ouvimos o clichê, "o poder corrompe, e o poder absoluto corrompe absolutamente". Se os dons não são recebidos e utilizados com amor, eles vão desempenhar um papel na corrupção do destinatário, assim como corromperam os membros da igreja em Corinto. O amor é o atributo de Deus que nos permite receber e utilizar seus dons sem corrupção.

A Bíblia diz em 1 Coríntios 8.1: "O conhecimento incha, mas o amor edifica".  "Incha", quando em oposição a "edifica", implica demolição, destruição. Paulo está dizendo que o orgulho tem o poder de corromper o portador do conhecimento. Esta declaração é parte do prólogo do grande capítulo sobre o amor, escrito porque os crentes de Corinto haviam permitido que houvesse ênfase à deriva em áreas erradas.  Mesmo como um dom de Deus, o conhecimento tem o potencial de danificar o seu destinatário, se não for acompanhada pelo amor.

Portanto, Paulo começa o capítulo 13, contrastando amor com outros dons de Deus. Ele faz isso para enfatizar a importância do amor, integridade, permanência e supremacia sobre todas as outras qualidades que consideramos importantes para a vida e / ou o propósito de Deus.

A necessidade de amor nunca se esgota, nunca se torna obsoleto. Deus quer usá-lo em qualquer ocasião.

Paulo também nos exorta ao instruir-nos "para as coisas de menino" (v. 11), bem como a sua referência a um espelho (versículo 12) que o amor é algo que cresce dentro. Deve ser aperfeiçoado. O que temos agora é parcial. Portanto, Deus não dá o amor a nós em uma enorme parcela a ser utilizado até ficarmos sem ele. Nesse sentido, devemos sempre nos vermos como imaturos. Mas a hora vem, quando o amor vai ser perfeito, e teremos em abundância como Deus. Entretanto, enquanto estamos na carne, estamos a perseguir o amor (1 Coríntios 14.1).

Isso indica que o amor bíblico não é algo que temos naturalmente. É verdade que algumas formas dessa qualidade que chamamos de amor vêm espontaneamente, isto é, eles surgem por natureza. Mas isso não é assim com o amor de Deus, que surge em nós através da ação sobrenatural de Deus, pelo Espírito (Romanos 5.5).

Amor da dívida, e Motivação

Em Romanos 13.8-10 Paulo injeta amor no âmbito do direito, mostrando que é a soma de todas as funções:

A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto amar uns aos outros, porque quem ama aos outros cumpriu a lei. Para os mandamentos, "Não cometerás adultério", "Não furtarás", "Não levantarás falso testemunho", "Não cobiçarás", e se há qualquer outro mandamento, está tudo resumido nesta palavra, isto é, "Amarás o teu próximo como a ti mesmo". O amor não faz mal ao próximo, por isso o amor é o cumprimento da lei.

Ele não diz que o amor acaba a necessidade de lei, mas que cumpre ou executa, realiza a lei.

Em relação aos homens, não devemos estar em dívida. Ele não está dizendo que um cristão não pode dever dinheiro a ninguém, mas que existe uma dívida que temos com cada pessoa que devemos nos esforçar para pagar todos os dias. Essa dívida é de amor, pagou por manter a lei de Deus , e a isso Paulo ilustra, citando vários itens dos Dez Mandamentos!  Inerente a esta dívida é que não importa o quanto pagamos em cada dia, ao acordar no dia seguinte, a dívida é restaurada, e nós devemos, tanto como nós fizemos no dia anterior!

Isso configura um paradoxo interessante, pois todos nós devemos mais do que podemos sempre esperar para pagar. O paradoxo, porém, é mais aparente do que real, porque não é isso que Paulo está ensinando. Ele está ensinando que o amor deve ser a força motriz, a motivação , de tudo que fazemos. Isso aponta uma fraqueza da lei sobre a justiça. A Lei, de si e por si, não prevê a motivação certa para uma mantê-lo.

Observe Romanos 13.3. "Porque os magistrados não são terror para as boas obras, mas para o mal. Você quer ter medo da autoridade? Faze o bem e terás louvor do mesmo". As leis são indicativos e têm penas.  Governantes usam leis como regras aos cidadãos, mas isso não impede as pessoas de quebrá-las, em muitos casos com a impunidade, especialmente quando é percebido que nenhum representante do governo está observando-os. O poder do governo está em grande medida de coerção, ou seja, restrição ou retenção forçada, seja física ou moral. Em outras palavras, é o governo pela força.

Por exemplo, existem muitas pessoas em flagrante desobediência ao limite de velocidade nas estradas e rodovias. O limite de velocidade é esquecido quando a polícia está fora de vista. A lei está nos livros, é bem visível e é conhecida, mas falta motivação para muitos motoristas obedecê-la..

Mas o amor para com Deus, o amor de Deus, pode nos motivar a fazer o que a lei diz que devemos fazer, mas não pode nos forçar a fazer. Podemos concluir que Paulo afirma que se exercita o amor de Deus ao pagar a dívida para com o homem, quem age assim guarda os mandamentos.

Nós também poderíamos concluir que Paulo diz que se não se quebrar os mandamentos, ele está agindo por amor. Este é o mais fraco dos dois. Dentro deste contexto, então, a cada fase, cada faceta de nossa responsabilidade para com Deus e o homem.

Se realmente amamos uma pessoa, não prejudicamos ela. O amor sufoca qualquer pensamento que leva ao adultério, homicídio, roubo ou qualquer forma de cobiça, porque o amor não pode prejudicar. Desde que o amor não pode quebrar as leis destinadas a proteger o outro, é supremo em fornecer o tipo certo de persuasão.

O amor como um elo

Em Colossenses 3:12-14 Paulo mostra um outro aspecto de suprema importância do amor à vida da comunidade: "Portanto, como eleitos de Deus, santos e amados, de misericórdias, bondade, humildade, mansidão, longanimidade; suportando uns aos outros, e perdoando-vos mutuamente, se alguém tiver queixa contra outro; assim como Cristo vos perdoou , então você também deve fazer. Mas, acima de todas essas coisas sobre o amor, que é o vínculo da perfeição".

Paulo coloca o amor "acima de tudo", mostrando que o amor é o epítome das virtudes. Aqui, a sua importância como "o elo", algo que se liga ou mantém as coisas, como uma congregação, juntos.

Eventualmente, os grupos tendem a fazer parte. Eles não permanecem unidos pela magia. Geralmente, um grupo mantém sua unidade através de uma causa comum. Como cada pessoa contribui para atingir um objetivo comum, a unidade é geralmente atingida.  No entanto, mesmo que os indivíduos façam esforços para atingir a causa, as fricções surgem de uma infinidade de razões. O amor é a suprema qualidade que permite que os membros do grupo vivam a unidade. Isto acontece porque algumas pessoas recusam-se a agir com amor.

Curiosamente, qualidades que normalmente pensamos como sendo unidade, coragem, determinação e agressividade estão ausentes desta lista em Colossenses 3. Embora não sejam inerentemente mau, eles tocam diretamente o ego humano, freqüentemente resultando em individualismo crasso.

Porque ela tende a produzir uma divisão, o individualismo não é o que Paulo está apontando neste caso. Sem o controle espiritual forte, esses traços tendem a descer para a competitividade, à raiva, à ira, à malícia, à dissimulação, às acusações, às calúnias, ao palavreado de baixo calão. Estes, por sua vez, são nada mais do que vergonha egoísta, características que empurram às divisões, aos partidarismos.

Cada virtude que Paulo lista é realmente uma expressão do amor, são características que tornam possível viver em uma comunidade. Não há nada de fraco: é preciso uma pessoa forte para resistir o que vem naturalmente e fazer o que Deus ordena ao invés de ir junto com anseios de nossos sentimentos carnais. No enfoque de Paulo, o amor é apresentado como atributo de Deus, o destacamos aqui para mostrar que ele não está limitado às descrições humanas.

Deus, o Homem e o Amor

Alguns consideram 1 João 4.7-12 como a declaração mais sublime da Bíblia a respeito da natureza de Deus: "Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor vem de Deus, e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece Deus, porque Deus é amor. Deste modo, o amor de Deus se manifestou em relação a nós, que Deus enviou o seu Filho unigênito ao mundo, para que pudéssemos viver por meio dele. Nisto consiste o amor: não fomos nós que amamos a Deus, mas que Ele nos amou e enviou o Seu Filho para propiciação pelos nossos pecados .Amados, se Deus assim nos amou, também nós devemos amar uns aos outros. Ninguém jamais viu a Deus a qualquer momento. Se nos amarmos mutuamente, Deus permanece em nós e o Seu amor foi aperfeiçoado em nós".

Se vamos ser como Ele, esses versículos são importantes para nós porque nos dizem muito sobre ele e as nossas responsabilidades. Primeiro, o amor vem de Deus, Ele é sua fonte. Este amor que os apóstolos citam vem de Deus, não faz parte da natureza do homem. É o amor ágape. O amor humano sem Deus está no seu estágio mais intenso, é um mero reflexo pálido e vago do que Deus é.

Em seguida, João diz: "Deus é amor".  Sublime declaração, mas alguns têm entendido mal, porque apesar dela ser descritiva não é detalhada. Deus não é apenas uma abstração, como o amor. Deus é um ser vivo, dinâmico e poderoso, cuja personalidade tem várias facetas. Ele não pode ser embalado, acondicionado e apresentado como sendo meramente um atributo.

A afirmação de João diz textualmente: "Deus é amor". Os gregos usaram uma forma enfática de escrever, e aqui a ênfase está na palavra "Deus". A sintaxe significa que as duas palavras "Deus" e "amor" não são intercambiáveis. "Amor" descreve a natureza de Deus. Uma paráfrase boa é: "Deus, em Sua natureza é amor". Deus é um Deus de amor!

Isso não significa que amar é uma das atividades de Deus, mas que toda a atividade de Deus é amar. Se Ele cria, Ele cria no amor. Se Ele reina, Ele reina no amor. Se julga, julga em amor. Ele faz tudo manifestando a Sua natureza. Deus e Sua natureza se manifesta por aquilo que Ele faz. Pelo amor Deus é revelado e conhecido.

A própria existência de vida em outros além de si mesmo é um ato de amor. Seu amor é revelado em Sua providência e cuidado da criação. Uma vez que não são robôs, o livre-arbítrio-moral é um ato de Seu amor. Deus, por um ato deliberado de auto-limitação, dotou-nos a responder com a mente e emoção. O amor de Deus é a explicação para a redenção e a esperança da vida eterna. Por amor, Deus nos deu algo para viver. A vida não é só uma questão de passar os ritmos. Nós não vivemos nossas vidas em vão.

Deus fez o homem à Sua imagem e semelhança. Mas a Bíblia diz: "Deus é Espírito" e "Deus é amor". O homem, porém, é carne, e a Bíblia nos descreve como carnais, egoístas e enganosos. Na realidade prática, isso significa que o homem não pode ser o que ele pretende ser até que ele ame como Deus ama. Só amando é que o homem passa a ser a imagem de Deus, porque ele passa a ter a mesma natureza de Deus. Assim, para alcançar seu potencial, a pessoa precisa de amor, mas deve amar com o amor de Deus.

João 13.35 acrescenta: "Com isso todos saberão que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns pelos outros". Assim como Deus é revelado pelo que Ele faz, também são os Seus filhos. Nosso amor por Deus não tornou isso possível, mas o Seu amor por nós, como 1 João 4.19 diz: "Nós amamos porque Ele nos amou primeiro. Assim, o nosso amor por Ele é uma resposta ao Seu amor por nós. Uma vez que Deus mostra seu amor por nós, chamando-nos a Ele, cabe a nós fazer atos de amor para com os outros para imitá-lo.

O.ato de amor de Deus ao dar Seu Filho define a exigência final do verdadeiro amor, a doação de seus bens mais queridos em sacrifício por outro. Podemos entender, então, que o amor divino terá sempre o sacrifício envolvido em doação. O sacrifício é a essência vital de amor.

O amor de Deus tem origem em si mesmo, foi manifestado em Seu Filho e é perfeito em Seu povo. O amor de Deus é perfeito em nós quando o praticamos entre nós. Isto explica em parte a intensa preocupação do apóstolo João sobre a irmandade. Praticar o amor não é uma opção aos crentes, é uma saída fundamental para a manifestação do perfeito caráter de Deus entre os santos.

Como podemos ter esse amor?

Deveria ser óbvio que nós não temos o amor de Deus por natureza, nem é auto-gerado. Romanos 5.5 confirma esse entendimento: "Ora, a esperança não decepciona, porque o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Santo Espírito que nos foi dado". Nós recebemos o amor divino de sua fonte, Deus, por meio de Seu Espírito.

Só conhecendo a Deus é que podemos ter esse amor, e só amando podemos conhecê-Lo! Isto pode soar como uma situação cíclica, mas os dois andam juntos. Só aprendendo a amar a Deus podemos conhecer Sua natureza, isto é, como Ele é. Nós não podemos ter esse amor sem primeiro conhecê-Lo. Na comunhão com Ele, passamos a conhecê-Lo e receber o Seu amor, e no uso de seu amor, tornamo-nos semelhantes a Ele e demonstramos conhecê-Lo realmente. Só podemos realmente conhecer a Deus, experimentando o uso de Seu amor.

Tudo isso é possível porque Deus, em Seu amor, inicia um relacionamento conosco, nos concede o arrependimento, nos dá o Seu Espírito e, em seguida, por causa do Seu amor, assume a liderança na manutenção do relacionamento. É por isso que Paulo diz em Romanos 5.10 que "seremos salvos pela sua vida". Jesus levou em Seus ombros o fardo de nossa salvação. Como é consolador!

Onde está o amor?

1 João 5.1-3 é útil na definição do amor de Deus de uma forma prática: "que crê que Jesus é o Cristo é nascido de Deus e todo aquele que ama Aquele que gerou ama também aquele que é nascido dele. Por isso sabemos que amamos os filhos de Deus, quando amamos a Deus e guardamos os seus mandamentos. Pois este é o amor de Deus, que guardemos os Seus mandamentos. E os seus mandamentos não são penosos".

Deus quer o amor dEle e que o amor do homem sejam partes inseparáveis da mesma experiência. João explica isso dizendo que, se o amor do Pai está em nós, nós também amamos a criança. O amor do Pai que gerou as crianças, então devemos amar os filhos, caso contrário, não temos o amor de Deus. Em 1 João 4:20 , ele amplifica o seguinte: "Se alguém diz, 'Eu amo Deus' e odeia a seu irmão, é mentiroso, pois quem não ama seu irmão a quem vê, como pode amar a Deus quem não viu?"

1 João 5.3 é a base da definição bíblica do amor. Os mandamentos esclarecem quais os elementos básicos devem definir nossas ações. É o amor. Isto significa que a obediência a Deus é a prova de amor. A obediência é uma ação que se submete a uma ordem de Deus, um princípio divino revelado em Sua Palavra e / ou um exemplo de Deus.

Em certo sentido, este é o lugar onde o amor divino começa em um ser humano. Na obediência aos mandamentos de Deus está o amor, porque Deus é amor. Porque a Sua natureza é amor, é impossível para Ele o pecado. Assim, Ele nos dá os comandos no amor, e eles vão produzir resultados corretos e bons. Qualquer comando de Deus reflete o que ele mesmo faria se estivesse na mesma situação.

Jesus diz em João 14.15 : "Se me amais, guardai os meus mandamentos". Guardar os mandamentos é como se exprime o amor. Ele acrescenta, em João 15.10. "Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como tenho guardado os mandamentos de meu Pai e permaneço no Seu amor."

Uma pessoa pode ter um pensamento de fazer o bem ou abster-se do mal. Ele pode ter um sentimento de piedade, compaixão ou misericórdia. Pode sentir repulsa em fazer uma ação má. Mas nenhum desses comportamentos se tornou amor até o pensamento ou sentimento motivador que fez a pessoa agir. No sentido bíblico, o amor é uma ação.

O amor não tem ainda um outro aspecto, no entanto. Nós podemos mostrar o amor friamente, relutantemente, em "obediência obediente." Podemos também mostrá-lo com entusiasmo, alegria sincera ou devoção afetuosa, em gratidão. Qual é mais atraente para Deus ou o homem como um testemunho?

Independentemente da atitude, é muito melhor do que não obedecer a todos (Mateus 21.28-31). Se não podemos ir além de fazer o que é direito, os próprios sentimentos nunca serão formados. Experiência é o maior responsável pela atitude de formação e emoção. Nós nunca manifestaremos emoções de forma adequada sem primeiro executar as ações corretas com o espírito certo, o Espírito Santo de Deus.

Para conhecer a Deus

1 João 2.3-6 nos ajuda a entender como podemos ter a atitude certa e emoção em nossa obediência:

"Agora, por isso nós sabemos que nós conhecemos: se guardamos os seus mandamentos. Aquele que diz: 'Eu o conheço', e não guarda os seus mandamentos é mentiroso e a verdade não está nele. Mas quem guarda a sua palavra, verdadeiramente o amor de Deus é aperfeiçoado nele. Por isso sabemos que estamos nele. Aquele que diz que permanece nele, esse deve também andar como Ele andou".

Nós conhecemos a Deus através do mesmo processo geral que podemos conhecer outros seres humanos por companheirismo ou experimentar a vida com eles.

Cerca de 500 anos antes de Cristo, os filósofos gregos acreditavam que poderiam vir a conhecer Deus através do raciocínio intelectual e argumento. Essa ideia tinha uma premissa simples: que o homem é curioso! Eles argumentaram que é da natureza do homem fazer perguntas. Uma vez que Deus fez o homem assim, se os homens pensassem e fizessem as perguntas certas eles teriam capacidade para induzir Deus a se revelar. Tal processo não poderia mudar a natureza do homem.

Para os filósofos gregos, a religião tornou-se algo semelhante a matemática superior. Foi como uma atividade mental intensa, gerando satisfação intelectual, mas nenhuma ação moral. Sócrates e Platão, por exemplo, não viam nada de errado com a homossexualidade. Os deuses da mitologia grega também refletem essa imoralidade, tinham as mesmas fraquezas de seres humanos.

Centenas de anos mais tarde, pesquisando a natureza de Deus, os gregos investigaram as religiões de ocultismo. Encontraram a cena da paixão, que sempre teve o mesmo tema geral: um deus que viveu, sofreu terrivelmente e teve morte injusta e após isso retornou à vida. Antes de receber autorização para entrar no jogo, enfrentou o início de um longo curso de instrução e disciplina ascética. Como ele avançou na religião, foi gradualmente transformado em um estado de intensa expectativa.

Então, na hora certa, seus instrutores o levaram para o jogo de paixão, onde orquestrou o ambiente para aumentar a experiência emocional: iluminação, astúcia, a música sensual, incenso aromático e liturgia edificante. Por causa do desenvolvimento da história, o início tornou-se emocionalmente muito envolvente até que ele se identificou com o que acreditava, e compartilhou o sofrimento de Deus e a vitória da imortalidade.

Mas este exercício de pesquisa não fez os gregos conhecerem realmente Deus. Tal resultado de pesquisa não altera a natureza do homem, mas a paixão pelo jogo, além de ser cheia de mentiras! O resultado não era o verdadeiro saber, mas apenas o sentir. Agia como uma droga religiosa, cujos efeitos foram de curta duração Foi uma experiência anormal, algo como uma reunião pentecostal moderna onde os fiéis oram para baixo, o "espírito" a falar em línguas. Tais atividades são escape das realidades da vida cotidiana.

Deus revela a Si mesmo!

Contraste estes métodos com a forma grega da Bíblia de conhecer a Deus. O conhecimento de Deus vem, mas nunca por especulação ou sentimentalismo, vem direta de Deus por auto-revelação. Em outras palavras, o próprio Deus inicia o nosso conhecimento sobre Ele, começando a nossa relação, chamando-nos por Seu Espírito (João 6.44).

O que Deus revela é igualmente importante. Ele se revela como um santo, pelo processo de amar e dar a Si com o propósito tão impressionante que nossas mentes não podem compreender todas as suas implicações, embora possamos apreciá-la. Ele mostra que, se realmente desejamos fazer parte de Seu propósito de incrível criatividade, a nossa aliança com Ele nos obriga a ser tão santo, amoroso e generoso como Ele é!

Deus orienta e capacita-nos nesta grande peregrinação pelo Espírito Santo. Pela obediência, nós conhecemos a Deus. É como andar em seus sapatos, como se fossem o nosso meio de transporte. A obediência é o caminho onde começamos essa experiência de conhecimento, seguindo os mandamentos dEle, crescemos na vida divina, atendemos à chamada da "vida eterna", segundo as Escrituras.

Em seu uso bíblico, a palavra "conhecer" implica intimidade. A partir de exemplos bíblicos, esta implicação pode significar até mesmo a intimidade sexual. Isso é realmente conhecer alguém de perto, especialmente considerando o tempo que há em uma relação com Deus. Quando aplicamos isso em nosso relacionamento com Deus, a dimensão sexual desaparece, e a intimidade se torna uma profunda e permanente reverência, devoção e lealdade.

As pessoas podem pensar de Deus como nada mais do que um exercício intelectual. Elas podem dizer: "Eu conheço Deus", ou acreditam em uma "primeira causa" ou o Criador, sem ter qualquer escrúpulo moral. Eles vão à igreja no domingo e vivem o resto da semana, assim como todos os seus vizinhos e colegas de trabalho que jamais participaram de um culto.

As pessoas podem ser emocionais, dizendo que Deus está com eles e que eles são preenchidos com o "espírito", mas não conseguem ver a Deus em termos de mandamentos. Eles vêem Deus como algo morno e sem folga, uma figura de um avô que corre em sua ajuda para afastar os seus problemas, mas não vejo como ainda propositalmente criando.

Inequivocamente e sem compromisso, Jesus, Paulo e João mostram que a única maneira que nós podemos mostrar que conhece a Deus, que Ele está em nós e nós o amamos é se fomos regenerados pelo Espírito Santo e obedecê-lo.

Qual é o padrão?

Podemos abordar esta questão de várias maneiras, mas na comparação entre algumas escrituras, a resposta se torna claro quando vemos um padrão de desenvolvimento. Jesus declara o grande segundo mandamento, "Amarás o teu próximo como a ti mesmo" (Mateus 22:39). Por si só, isso estabelece um padrão muito elevado, porque nós nos amamos muito. Vamos sacrificar muito para agradar a nós mesmos.

Ele levanta a um entalhe ou dois, quando Ele diz em Mateus 5:44 : "Mas eu vos digo, amai os vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam e orai por aqueles que maldosamente usá-lo e vos perseguem". Este é um grande desafio, confirmando que o amor de Deus certamente não é natural para nós.

Nosso Salvador também diz em João 15:13 , "o amor Ninguém tem maior do que este: de dar alguém a sua vida pelos seus amigos".  Paulo chama este padrão se ainda mais, reiterando próprio exemplo: "Jesus, em Romanos 5:7-8: "Porque dificilmente um homem justo, alguém morreria, ainda talvez por um homem bondoso alguém ouse morrer. Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós"

Ele acrescenta em Efésios 5.25 que devemos amar "como também Cristo amou a igreja ea si mesmo se entregou por ela".


Estamos lidando com um amor de força e determinação altaneiro como aquela com que vai se sacrificar por um longo tempo até mesmo para seus inimigos. E se isso não for suficiente, ele vai, finalmente, dar-se totalmente com a morte de seu bem-estar antes de ser retribuído!

Será que algum dia viver de acordo com isso? É possível, mas somente porque Deus nos fez participantes da natureza divina. Nós agora temos o mesmo Espírito em nós que habilitado e com poderes de Jesus. Peter writes: Pedro escreve:  "Graça e paz vos sejam multiplicadas no pleno conhecimento de Deus e de Jesus nosso Senhor, como o seu divino poder nos deu todas as coisas que dizem respeito à vida e à piedade, pelo conhecimento daquele que nos chamou por sua glória e virtude, pelo qual ter sido dado a nós promete muito grande e precioso, que por elas vos torneis co-participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção que há no mundo pela concupiscência". (2ª Pedro 1.2-4 ).

Amor, amor divino, é o fruto, o produto de que o Espírito, que agora circula em nossas vidas. Esse Espírito nos guia e nos conduz à verdade. Resta a nossa responsabilidade, no entanto, optar por seguir a sua orientação, para obedecer as verdades do grande Deus que é a criação de sua imagem em nós. Obediência aos Seus mandamentos é piedoso amor, o fruto do Seu Espírito que nos dá força, a virtude suprema do Criador Todo-Poderoso.

Fonte: Church of the Great God

BRASILEIROS TROCAM IGREJA CATÓLICA POR EVANGÉLICA

Brasileiros estão abandonando a Igreja Católica

Os católicos correspondiam a 73,79% da população brasileira em 2000, mas vêm caindo, enquanto aumenta o número de evangélicos. A porcentagem de católicos, a ser confirmada pelo censo 2010 do IBGE, deve estar por volta de 65%.

“A evasão de fiéis é talvez o problema mais grave que a Igreja sofre na sua consciência. Não é, mas ela se pôs como se fosse o problema mais grave. Evasão para onde? Para as igrejas pentecostais e neopentecostais”, analisa padre João Batista Libânio, professor da Faculdade de Teologia dos Jesuítas, em Belo Horizonte.

Recentemente uma das maiores revistas do País publicou uma série de matérias em que fazia previsões para o Brasil em 2020. Em uma dessas publicações, a revista aborda o crescimento evangélico. “Estima-se que 50% da população brasileira poderá ser evangélica” daqui a 11 anos, segundo estatísticas do Sepal (Servindo aos Pastores e Líderes).

Ainda de acordo com a revista, “a influência evangélica em 2020 contribuirá para a diminuição no consumo do álcool, o aumento da escolaridade e a diminuição no número de lares desfeitos, já que a família é prioridade para os evangélicos”.

Se a debandada não é maior, é porque a Igreja Católica reage com leigos envolvidos nas Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), movimentos carismáticos e instituições como o Opus Dei, de tendências diferentes, mas todos comprometidos com a fé.

As CEBs sobrevivem, mas estão em baixa, na avaliação do sociólogo Pedro Ribeiro de Oliveira, professor de mestrado em Ciências da Religião, na PUC – MG. “O prestígio delas é pequeno na hierarquia, mas continuam sendo uma referência para a sociedade, nas associações de bairros e movimentos de trabalhadores”, afirma. Há bispos que resistem às CEBs, mas a resistência não impediu que 80% do episcopado votassem a favor delas na última assembleia-geral da CNBB, em Brasília.

“As CEBs estão muito fragilizadas, assim como a Teologia da Libertação, que tem nelas sua matéria-prima”, concorda Frei Betto, partidário e um dos teóricos da linha social que marcou a Igreja após as conferências episcopais de Medellín (1968) e Puebla (1979). “Nos seminários, não há mais interesse pela Teologia da Libertação, que é analisada nas universidades como um fenômeno do passado.” Frei Betto lamenta, “porque o fundamento da Teologia da Libertação não é o marxismo, mas a existência da pobreza, que continua na América Latina e no Brasil”.

Fonte: Estadão
__________

Comentário deste blog: Para ir à igreja, em meu trajeto eu sempre passo por um enorme templo católico. Durante todo o ano, observo que permanece vazio. Existem três épocas em que há movimento: dias da quaresma, festa junina e a noite da missa do galo.

E.A.G.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

Assuntos abordados em Belverede / clique sobre a palavra para acessar os artigos sobre o tema

.Vida Cristã .Artigo e Comentário .cosmovisão .Comportamento .Televisão .Devocional .Vídeo .Política .CPAD .Líderes e liderados .Blogosfera Evangélica .Lições Bíblicas .Pais e Filhos .Atualidade .Família .Louvores .Charge Tirinha Cartum e Gravura .Dinheiro .Fé .Fruto do Espírito X Carne .Motivacional .Mulher .Casamento .Apologia Bíblica .Sexualidade .Crente Politizado .Música .Silas Malafaia Pr .CGADB .Frases & Imagens Impactantes .Etimologia Bíblica .Prosperidade .Profetas .Saúde .Meio Ambiente e Sustentabilidade .Hermenêutica .Livros e Leitores .redes sociais .Bom humor .Jovens .Conceitos e Preconceitos .Dupla Cidadania .Você sabia? .Ateísmo e Agnosticismo x Fé .neopentecostais .Cinema .Esporte .José Wellington Bezerra da Costa - Pr .Grupo de Colaboradores em Belverede .Personagens da Bíblia .Antigo Testamento .Dica de Blogueiro .Salmos .Introspecção .Natal .Soteriologia .Marco Feliciano Pr .Verdades e Mentiras .Pérolas .Sociedade Bíblica no Brasil .Ecologia .Aborto .Comunicado .Internet .óbito .Escatologia Bíblica .pentecostalismo .Samuel Câmara-Pr .Teologia .Gif .Novo Testamento .Ana Paula Valadão Bessa .[Fotos Belverede] .UBE .Questões (des)complicadas .RR Soares .Facebook .Belverede .Daladier Lima .Missões .animal doméstico .Carlos Roberto Silva Pr:: Blog Point Rhema .Provérbios de Salomão .Fanatismo .Pneumatologia - A Doutrina do Espírito .Quem sou eu? .Aline Barros .Crônicas e fábulas .Diante do Trono .Bíblia de Estudo .Dízimos e ofertas .João Cruzue .Billy Graham .Cosmovisão Cristã .Poema e Poesia .Virtualidade Real e Realidade Virtual .Editora Vida .Namoro .Páscoa .Sermão do Monte .Educação .Guerra e Paz .Gênesis .Nani Azevedo .Hamartilogia - A doutrina do pecado .Julio Severo .Sociedade Bíblica Trinitaria do Brasil .Jeremias .Nova Tradução na Linguagem de Hoje .Postagem Factual .Valmir Nascimento Milomen-Pb .Carta de Tiago .Geremias do Couto-Pr .Lília Paz .Fotos - Templos Evangélicos .Homilética .Virada de Ano .Altair Germano - Pr .Bem aventurança .Randy Glasbergen .Sammis Reachers .rádio .André Valadão .Angeologia .Arlete Oliveira .Arqueologia Bíblica .Carnaval .Crianças .Dia das Mães .Livros da Bíblia .Nova Versão Internacional .Patmos Music .Banda Voz da Verdade .Editora Central Gospel .Geografia Bíblica .Opinião .Priscila B Gomes .Rachel Sheherazade .YouTube .animal selvagem .Eclesiologia .Thalles Roberto .Wilma Rejane EBD / sumário .Cassiane .Editora Vida Nova .Política Brasileira .Editora Mundo Cristão .Ezequias Soares-Pr. .Jabes de Alencar - Pr. .LUCAS - O Evangelho escrito por Lucas .Magno Malta .Pesquisa .Prêmio Carta de Paulo aos Filipenses Smilinguido .Dia dos Pais .Exegese .Martinho Lutero .Mensageiro da Paz .Botânica .Dia das Crianças .Islamismo .animal aquático .Barack Obama .Cartas do Apocalípse .Charles Darwin .Fotos .Gutierres Siqueira .Insetos .Max Lucado .Shirley Carvalhaes X criacionismo versus darwinismo .A Bíblia Viva .Arminianismo .CONAMAD .Calvinismo .Editora Betânia .Eyshila .Fernanda Brum .Harpa Cristã .Jaime Kemp - missionário .Livro de Daniel .Lydia Moisés .Mulheres na Bíblia .Primavera .Tania Guahyba .Twitter .grafite .pássaros na Bíblia .Cristologia .Donald Zolan .Marisa Lobo .Árvores da Bíblia Charles Haddon Spurgeon .Dia da Bíblia .Dia dos Namorados .Edições Vida Nova .Futebol .Josué Gonçalves - Pr. .Livro de Jeremias .Montes da Bíblia .Neiva Silva .Paulo César Baruk .Reinaldo Azevedo .Soraya Moraes .Verão .Walter Brunelli - Pr. .teatro .Abba Press .Abraão de Almeida-Pr. .Bruna Karla .Carla Ribas .Dia Internacional das Mulheres .Dia de Finados .Esdras Costa Bentho-Pr .Instagram .Livro de Jó .Michael W. Smith .Oficina G3 .Oprah Winfrey .Outono .Regis Danese .Silas Daniel - Pr .Valdomiro Santiago - Apóstolo .Vanderleia M. Silva Yosef Nadarkhani .Albert Einstein .Antonio Gilberto - Pr .Cristina Mel .Dia da Mentira .Evangelho de Mateus .Flamir Ambrosio .Gediel Mendes .Gunnar Vingren .Jorge Tadeu Mudalen .João Ferreira de Almeida .Lauriete .Lázaro (ex-Olodum) .Morris Cerullo .Política Internacional .Slide . A. W. Tozer . Pregador Luo . Silmar Coelho - pastor .Adhemar Campos .August Rodin .Bom dia .CPAD Music .Claudionor de Andrade - pastor .Elaine de Jesus .Hillsong .Inverno .John Piper .Lea Wasiliew .Livro de Êxodo .Lucilene Batista de Brito Shirota .Nova Bíblia Viva .Quarteto Harmonia Celeste .Rose Nascimento .Timidez e Ousadia .orai por Israel .publicidade WhatsApp .Alan Kardec .Apocalípse 16 .Bete Gomes .Canon .Carta aos Romanos .Central Gospel Music .Daniel Berg .Danielle Cristina .David Quinlan .Editora Chamada da Meia-Noite .Editora Hagnos .Eduardo Cunha .Elinaldo Renovato - pastor .Enéas Tognini - Pr. .Genivaldo Tavares de Melo .Gesiel Gomes - Pr. .Google .Hernades Dias Lopes .João Alexandre .Livro de Isaías .Livro de Rute .Lourival de Almeida - Pr .MK Music .Marcelo Santos .Martin Luther King .Nito [Rubens Eduardo] .Pena de Morte .Ray Comfort .Robinson Monteiro .Russel P. Shedd .Third Day .Tim Laheye .Voltaire .Watchman Nee Damares .2 Carta de Pedro .2 Coríntios- Carta de Paulo .A Mensagem .Adolf Hitler .Alda Célia .Amizade .Andrea Fontes .Anita Malfatti .BLOG .Banda Catedral .CIMEB .CPAD News .Carta aos Gálatas .Cintia Kaneshigue .Dia Nacional da Consciência Negra .Dia do Professor .Dia do Trabalho .Downloads .Dwight L. Moody .Eber Cocareli - Pr .Editora Betel .Editora Candeias .Editora United Press .Edna Goetten .Escola Dominical .Evangelho de João .Fecomex .Feliciano Amaral .Google Plus (G+) .Gutemberg - Johannes .História Mundial .Isaac Newton .Içami Tiba .Jairo Elin Gollmann-Ev .John Wesley .Jorge Araujo .Katie Bivens .Katsbarnea .Kelem Gaspar - Missionária .Link Quebrado .Literatura .Livro de Amós .Livro de Juízes .Livro de Malaquias .Marcelo Crivella .Orquestra Jahn Sorheim .Ozeias de Paula .Paulo Romeiro-Pr .Quatro por Um .Raquel Melo .Retrospectiva 2017 .Robson Silva .Ronaldo Bezerra .Sociedade Bíblica Internacional .Sonia Hernades - bispa .Superstições e Lendas Urbanas .Talita Pagliarin .Tradução King James Atualizada (KJA) .Victorino Silva .folhetos evangelísticos Esequias Soares pastor Graça Music Juliana Bezerra Gomes Nésia de Araujo Gomes William Brassey Hole . .Introspecção . C. S. Lewis . Stephanie Colbert- vocalista Starship .1 Timóteo .A Nova Bíblia Viva .Adilson Lopes .Anderson Freire .Antropologia Bíblica .Antônio Cirilo .Ao Cubo .Arautos do Rei .Bezerra da Silva .Bill Gates .Boa noite .Boa tarde .Brenda-Santos .Bruna Olly .Bruna Surfistinha .C.I. Scofield .CPOL - Curso Preparatório para Obreiros de Pirituba .Caramuru Afonso .Carlos Alberto Bezerra Jr .Carta aos Efésios .Carta de Paulo aos Colossenses .Casamento em jugo desigual .Charles C. Ryrie .Ciclo das quatro estações .Claudio Duarte - pastor .Cleber Lucas .Comunidade Internacional da Zona Sul .Contos .Cristiano Santana .Curiosidades bíblicas .Danny Berrios .Dany Grace .Davi - rei .Deigma Marques .Discopraise .Donald Trump .E-books .EBI .Editora Atos .Editora Bom Pastor .Editora Cultura Cristã .Editora Dynamus .Editora SEPAL .Editora Sextante .Eduardo Campos .Elienai Cabral - pastor .Eliseu - profeta .Estevan Hernandes - Apóstolo .Estevão - o primeiro mártir .Evangelho de Marcos .ExpoCristã. .Fatos Curiosos - internacional .Fernandinho .Ficção Evangélica .Filho do Homem .Flamarion Rolando .Frederick K.C.Price .Geisa Iwamoto .Graça Editorial .Grupo Elo .Heber Sousa - pastor .Hebraico .Hieronymus Bock .Homenagem .Igreja Evangélica Indiana .Il Divo .Imprensa Bíblica Brasileira .Instituto Cristão de Pesquisa - ICP .Jair Messias Bolsonaro .Jamily .Jeanne Mascarenhas .Jimmy Swaggart .John Bevere .John Bunyan .John Lennon .Jonas .Josias Botelho .José Wellington Bezerra da Costa Junior - pastor .José Wellington Costa Neto - pastor .José do Egito .Kathy Fincher .Kleber Lucas .Leandro Marques .Lidia Caetano de Sousa - missionária .Livro de Deuteronômio .Livro de Eclesiastes .Livro de Habacuque .Livro de Joel .Livro de Josué .Livro de Miquéias .Livro de Números .Livro de Oséias .Livro do Apocalipse .Lições Bíblicas - Jovens .Ludmila Ferber .Lívia Malta .Magno Paganelli .Manuel Ferreira - Bispo .Marcio Melânia .Mariana Valadão .Marina Silva .Mario Teixeira .Marquinhos Gomes .Michelangelo .Mike Smith .Ministério Hebrom .Ministério de Adoração .Missões na Índia .Neemias .Notícia comentada .O Livro de Ageu .Oração .Os presidenciáveis para 2018 no Brasil .Paul Wilbur .Pedofilia .Profetas .Você sabia? .Quarteto Gileade .Rachel Novaes .Rebanhão .Recursos .Ressurreição .Rob Bell .Rodolfo Abrantes .Ron Kenoly .Salomão - rei .Saudade .Snezhana Soosh .Sociedade Bíblica Íbero-Americana .Sofonias .Sony Music .T.A. Hegre .Templo Soul .Vineyard .Voices .Walciley Vieira .William Shakespeare .Wim Malgo .áudio 1 Coríntios Alberto Rezende - pastor Charles Studd Elizeu Martins - pastor George R. Foster

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Sobre ilustrações no Belverede

O Direito Autoral de algumas imagens encontradas aqui não pertence ao Editor do blog. Esta situação se dá porque elas estão na Internet sem que haja a informação de quem seja o Dono.

Caso você seja o detentor do conteúdo, queira que seja feita a indicação autoral, ou não seja de sua vontade o compartilhamento, solicitamos que nos faça saber disto. Por favor, acesse a página do próprio texto e deixe recado no próprio texto em questão, ou use a página Contato.

Arquivo de postagens

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.