Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

sábado, 30 de abril de 2011

Malafaia denuncia uso político da CPAD por José Wellington Bezerra da Costa

"Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino" - 1 Corintios 13.11.


30 de abril de 2011 - Programa Vitória em Cristo



Como já é praxe, ao criticar lideranças evangélicas, o Pr. Silas Malafaia começou seu pronunciamento citando 2ª Corintios 13.8: "nada podemos contra a verdade a não pela verdade". Em seguida, mais uma vez fez abordagem ao pensamento de que o escândalo parte de quem o comete e não de quem o denuncia.

Malafaia lembrou uma verdade. O Centenário das Assembleias de Deus, comemoração prevista para junho em praticamente todo o país, é única e exclusivamente devido à fundação da Igreja Assembleia de Deus em Belém de Pará, conhecida como Igreja-Mãe, cujo pastor é Samuel Câmara. O Centenário não tem nada a ver com a Igreja AD Belenzinho, lá no bairro da Mooca-SP, cujo pastor é José Wellington Bezerra da Costa. Eu me pergunto: o templo do Belezinho já completou 70 anos?

No conceito de Malafaia, os pastores assembleianos que desprezam a pessoa de Samuel Câmara e a Igreja-Mãe não são lideres, na essência do termo. Citando Mylles Monroe, afirmou que eles agem como gerentes da igreja, o que ao seu parecer explica a politicagem baixa e vergonhosa que fazem.

Em seu pronunciamento, Malafaia frispu que se desfiliou da CGADB, porém, não se desligou da Assembleia de Deus.

Ele descreveu a Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil como cachaça de pastores, alegando que muitos pastores assembleianos são viciados nela, lembrando que a igreja Assembleia de Deus é maior do que a instituição CGADB, de onde saiu porque zela por seu nome, que é seu patrimônio mais importante.

Malafaia pontuou que a CGADB é uma mera instituição para-eclesiástica, enquanto a Assembleia de Deus representa a Igreja de Cristo, instituição neotestamentária.

.
Ele explicou que Samuel Câmara é tratado como inimigo entre muitos líderes assembleianos porque é alguém disposto a disputar eleições ao cargo de presidente da CGADB, e José Wellington é monopolizador do cargo, não aceita opositores.

Para a chamada democracia exercida dentro da CGADB, Malafaia disse que no Irã e na Venezuela também existem eleições. Com esse argumento, explicou que quando o sistema está adulterado o pleito é manipulado e o resultados beneficiam quem está no poder.

Mostrou a revista de escola dominical da CPAD, publicada para uso no 2º trimestre de 2011, Malafaia abriu numa página contendo propaganda de evento voltado à festa do Centenário, onde o templo-sede da Assembleia de Deus em Belém do Pará não é citado. Remetando à História, afirmou que as primeiras revistas de escolas dominicais foram escritas na igreja AD do Belém do Pará em 1919, e que o jornal Mensageiro da Paz também surgiu lá, em 1916. Reclamou que quando essa igreja completará 100 anos, essa mesma revista de escola dominical anuncia a festa de Centenário em outro lugar e sem citar a AD aniversariante. Fez um comentário interessante sobre isso: você já viu alguém comemorar a festa de uma mãe sem convidá-la? Ou promover aniversário de uma mãe sem que ela tome conhecimento que a data de seu nascimento é comemorado e nem o endereço onde ocorre tal evento?

Malafaia explicou que essas coisas bizarras ocorrerão no mês de junho por força de lideranças que não amam a Assembleia de Deus, amam apenas os seus cargos e o poder. Diz que os promotores dessas bizarrices são pessoas religiosas. Diz que Jesus era amoroso com pecadores que estão perdidos no mundo, mas que aos religiosos Jesus sentenciou "ais", que significam "vá para o inferno!"

Minha opinião pessoal. 

Sou neutro. Entendo que a neutralidade incomoda muita gente.

Escrevo o seguinte sobre essa situação:

Do jeito que a situação está, mesmo que não seja, parece que alguns eventos festivos ocorrerão em junho, além e sem a participação da Igreja-Mãe como participante, porque José Wellington Bezerra da Costa insiste em ter uma festa em torno de si. 


Alguns dirão: é festa para glorificar a Deus! O Deus que eu conheço ama o Pr. Samuel Câmara e os membros da Igreja-Mãe, ama também a Assembleia de Deus em Belém do Pará, presidida por Câmara. Por que Câmara não tem assento de honra nessa festa de Wellington? Talvez, devido as travas do gerenciamento, como afirmou Malafaia. E isso é ação abominável para Deus.

Quando o poder sobe à cabeça, olhos enxergam sem ver, o aparelho auditivo escuta sem ouvir e o juízo perde o senso da realidade. Então, oceanos de dinheiro de dizimistas e ofertantes, que não têm poder de opinião neste caos, são gastos em festividade de aniversário onde o próprio aniversariante é persona non grata.

É claríssimo: toda política eclesiástica ocorre movida por sede de poder, rebaixa lideranças, faz com que elas percam o senso do ridículo. Hoje, infelizmente, homens que começaram bem o ministério pastoral perderam o foco espiritual, usam púlpitos com mensagens bíblicas rasas, confusas e repetitivas. Quase nada sai da boca deles que possa ser aproveitável, espiritualmente. Talvez você já os tenha flagrado conversando e bocejando durante os cultos.
.
Aos pastores filiados à CGADB, proponho imediata mudança de mando. A política eclesiástica atual jogou a reputação da instituição na lama fétida dos porcos. Ao trocar a atual direção, será bastante trabalhoso limpar o nome da instituição. Mas ao menos o cheiro péssimo desaparecerá de entre os convencionais sérios. Nem todos que fedem estão sujos. O ar está impregnado, ao afastar a sujeira o odor some e os limpos são destacados como realmente são. Zelem por seus nomes!

E.A.G.

Assista ao programa cilcando aqui: YouTube: Vitória em Cristo - 31 de abril de 2011

11 comentários:

LAudinei disse...

Só uma pergunta;
POrque Belen do PAra é a igreja mãe?
Pelo que sei da historia da igreja AD no Brasil sua mãe é a igreja da SUECIA ou os paises que enviaram missionarios para ca.
Belen do PAra é no maximo irmã mais velha.
Belen do PAra deve comemorar o centenario da AD na cidade de Belem no PAra e não querer representar o resto do Brasil que be ou mal ( mais mal que bem) tem um convernção para representa-los.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Prezado Laudinei.

A igreja Assembleia de Deus em Belém do Pará, atualmente sendo presidida por Samuel Câmara, é considerada a Igreja-Mãe porque foi lá que os missionários Daniel Berg e Gunnar Vingren fundaram a primeira congregação fruto de obra missionária que eles vieram cumprir em nossa pátria. Na ordem cronológica de abertura de templos assembleianos, ela é a Assembleia de Deus nº 1 em território nacional.

A data comemorativa oficial do Centenário é a data de fundação da Igreja-Mãe.

Não tenho licença para falar em nome daquele ministério. Digo-lhe que não vejo nada que me faça pensar como você pensa. Na minha opinião, a Assembleia de Deus em Belém do Pará não deseja representar as igrejas co-irmãs em todo o Brasil, apenas relata a História Assembleiana, da qual é a figura da primeira página histórica. O fato é histórico.

Os missionários não tiveram apoio financeiro da igreja da Suécia e nem da igreja americana. Vieram ao Brasil com pouquíssimos recursos e muita fé.

Recomendo que leia os livros O Diário do Pioneiro Gunnar Vingren e Enviado por Deus - Memórias de Daniel Berg, ambos lançados pela editora CPAD.

Deus te abençoe.

Abraço.

Anônimo disse...

A paz do Senhor amados,

Para refletir e agir :

É lamentável e triste ver que a Igreja de Cristo tenha ao longo de sua história tomado um caminho completamente fora do padrão neo-testamentário no que diz respeito a forma de caminhar coletivamente. Embora o conteúdo de nossa pregação seja bíblico e Deus abençoe pois vela pela sua palavra, no entanto, a forma como caminhamos como Igreja não é bíblica mas segundo os desejos e formas do homem e do mundo. Por estarmos fora do padrão, a Igreja sofre e acontece frequentemente o que vemos:
Política Eclesial, demandas entre irmãos na justiça, a mesma lógica corrupta do mundo imperando na Igreja, divisões e mais divisões, traições, homens amantes de si mesmos que pensam que o rebanho de Deus lhes pertence, pastores recebendo salários de empresários e enriquecendo. Pergunto: O Espírito Santo está nisso ? O Senhor Jesus tem a primazia ? Como tratamos as viúvas ? E os pobres ? E os órfãos ? E os missionários ?

É necessário amados sim, uma nova reforma na Igreja que nos faça voltar ao padrão do início da Igreja. E quer saber como deve ser ? Como era a Igreja Primitiva ? A Igreja Padrão ? está nas Escrituras :

Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros. Romanos 12:10

Não sejamos cobiçosos de vanglórias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros. Gálatas 5:26

Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. João 13:34

Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros. João 13:35

Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo;
Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus. Ef 5:20-21

Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo. Filipenses 2:3

Existem inúmeros outros casos e exemplos mais profundos, porém já são suficientes para com humildade vermos o que o Senhor da Igreja deseja de sua Igreja.

Porque deveriam viver desta forma ? Porque Cristo ensinou assim , veja :

Então Jesus, chamando-os para junto de si, disse: Bem sabeis que pelos príncipes dos gentios são estes dominados, e que os grandes exercem autoridade sobre eles.
NÃO SERÁ ASSIM ENTRE VÓS; mas todo aquele que quiser entre vós fazer-se grande seja vosso serviçal;
E, qualquer que entre vós quiser ser o primeiro, seja vosso servo; Mateus 20:25-28




Sabe porque havia tanta mutualidade ( uns aos outros ) na Igreja Primitiva ? É porque não havia uma hierarquia como há numa Empresa, num exército, num governo e na Igreja de hoje, mas eles estavam abertos para uns aos outros, cada crente exercendo o seu sacerdócio pois TODOS somos sacerdotes ( I Pe 2: 4 ; I Pe 2: 8; Ap 1:6 ), cada um com sua função e dom no corpo de Cristo e não com um cargo hierárquico muitas vezes assalariado. Na Igreja Primitiva havia liderança sim mas não por causa de um cargo mas causa do exemplo moral dos mais maduros na fé, e esses mais maduros na fé eram chamados de presbíteros ( a palavra significa : Homem idoso ) . Cada igreja tinha um grupo de presbíteros quando necessário, e estes cuidavam e ajudavam o rebanho sem se considerarem superiores ao rebanho.
A Igreja se assemelha a Um CORPO onde Cristo é a cabeça e somos todos membros uns dos outros , não há membro mais importante que o outro, hoje, no entanto, a Igreja se organiza como se fosse um governo secular ou uma Empresa e por isso há tanta disputa pelo cargo superior, tanta contenda, tanta divisão, tanto caso de polícia, cada um querendo e buscando edificar o seu próprio reino .

Precisamos voltar ao Início, ao padrão , para a Glória de Deus e somente DELE para que Cristo tenha a primazia na sua Igreja.

Não tenho nenhum sentimento de revolta em meu coração, pelo contrário, tenho a serenidade e clareza de que precisamos mudar.

Graça e Paz,

Irmão Fábio

Otoniel M. de Oliveira disse...

Graça e Paz!

Infelizmente eu creio que esse é o meio de denunciar as ingerências dos presidentes de igrejas, (é o que eles são: Presidentes ao invés de pastores do rebanho) que pretendem ser ungidos do Senhor.Gostaria que houvesse outro meio: As convenções da nossa denominação, no entanto, a politicagem eclesial, o apadrinhamento, o favoritismo faz com que os nossos líderes sejam omissos nessas reuniões. Sentam-se em suas honoráveis cadeiras com fariseus dos tempos modernos concordando com tudo o que o sistema corrupto está ditando.
As pessoas que postam textos repudiando o que vai escrito no seu blog, Eliseu,ou mesmo nos fóruns que eventualmente escreves, não podem ser a bem da verdade, sensatas quanto ao direito de manifestarmos nossas opiniões no que diz respeito ao nosso povo evangélico. Por que se não nos manifestarmos quem estiver de fora pensará que concordamos com o caos administrativo, com a hipocrisia e pensará ainda que somos alienados.

Anônimo disse...

A BRIGA É POR DINHEIRO( DINHEIRO É PODER ) AONDE EXISTE UM MAL A RAIS É O DINHEIRO.

MINISTÉRIO SOLDADO FERDIO disse...

Lamento pelo MALAFAIA, sim lamento muito, na verdade ele perdeu seu tempo, sei que é muito pol,êmico, ele também estava na CONVENÇÃO, só que como muitos homens de Deus, ele está trazendo problemas, meus amigos, sou evangélico, não gostop da pessoa que julga ser o tal, MALAFAIA, ainda está MAGOADO, acabaram com ele na CONVENÇÃO, está com problemas financeiros, é um pedinte, um vendedor de discordia, este dia, não vai dar a ele os 15 minutos de FAMA, ainda não chegou seu momento, é um grande pregador, aprendeu a sê-lo, formou-se com grandes ideais, seu sonho de ser o presidente da CONVENÇÃO, foi-se, nunca atingirá seu objetivo, agora, seu intento é enfraquecer a CONVENÇÃO, atirando pra todo lado, a mídia é uma arma, o nome dela é BALAQUE, o único meio de atingir em cheio o povo de Deus está sendo este, diga-se de passagem, este povo também é o mesmo povo do MALAFAIA, que olha diferente seu próprio irmão em CRISTO JESUS, a partir do conceito de seu lider. Mas veja bem, a política errônea da CONVENÇÃO das A.D, em nada diz respeito ao MALAFAIA, como disse antes MALAFAIA, está inconformado, no seu coração, ele não perdoou seus oponentes, pois quem denuncia a bem da verdade, também vira alvo da notícia, portanto BALAÃO entra na história, NA PELE DE malafaia, digamos que eu sou a MULA.

Eliseu ferreira disse...

Analisei os comentários um por um e não faço este, para defender o Pastor Silas por conhece-lo, até porque não conheço pessoalmente, mas o X da questão toda é poder temporal porque ao meu ver muitos lideres da cgadb ja perderam o espiritual que é eterno, e também por incrível que pareça toda esta confusão foi por causa da convenção do Para (mas precisamente Gilberto marques)que não aceitou o estilo de trabalho do Pr Samuel, com isso com fofocas colocou a cgadb contra Samuél Camara, não importando nem um pouquinho com a igreja do Senhor Jesus nesta cidade...Ver mas em meu bloger; www.bloggerdoeliseu11.blogspot.com

Fabiano Martins José disse...

Creio que há uma séria divisão na liderança das AD`s no Brasil. É inadimissível que pastores de uma mesma denominação não concordem em nada com relação a esta festa do centenário. Penso que a celebração preparada pela CGADB devia contar com a participação do líder da AD em Belém do Pará, visto que, historicamente, esta foi a primeira AD em solo brasileiro. Com certeza o Senhor Jesus deve estar muito triste com esta situação, pois sabemos pela sua palavra que somos um só corpo do qual Ele -e somente Ele- é o cabeça. Precisamos mudar esta situação o mais rápido possível, pois Ele, Jesus, está voltando!

Helena disse...

Pr S.Malafaia fala com conhecimento e com coerencia.

sara heloisa disse...

Eu cresci ouvindo falarem muito mal do pr.Samuel Câmara,só agora percebi que estou do lado errado da historia sob liderança de José Wellington.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Sara.

O nosso lado certo é caminhar no Espírito Santo (Gálatas 5.16-24). Vamos orar por todas as pessoas citadas neste artigo. Até pela razão deste artigo e do assunto nele abordado serem antigos. Se fosse possível atualizar o tema, talvez muitas confusões aqui apresentadas já foram solucionadas, pacificadas.

Deus continue abençoando você.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.